PplWare Mobile

Chegou o Pear Linux 7 – Uma distro com cara do MacOS X


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Carlos Carvalho says:

    Bom dia ,

    Ja testei ontem e pareceu-me bem construida , irei fazer um video durante o proximo fim de semana .

    Carlos Carvalho

  2. Luis says:

    Boas,
    Para 32 bits não existe.
    Obrigado

  3. Luis says:

    Boas,
    Para 32 bits não existe???
    Obrigado

  4. Luis says:

    Boas,
    Para 32Bits não existe???
    Obrigado

  5. Pedro Gomes says:

    Minimum System Requirements
    Personal computer with a 64 bit processor
    512 MB physical RAM
    8 GB available disk space
    800×600 display resolution

    Parece que não.

  6. Phyan says:

    É pena não haver 32bits tenho aqui um PC já com 7 anos e queria experimentar. Mas sendo assim tenho de esquecer a ideia 🙂

  7. Mário Pereira says:

    Esta distro tem linguaguem PT?

  8. Bruno says:

    Esta malta linux é demais, sempre a ver o que hao-de copiar a seguir.
    Até gostava de ver linux a avançar no mercado, mas enquanto não houver uma distro única, bem implementada, linux nunca vai ser respeitado pelo “average joe”.
    Olhando para isto só me ocorre: la estão os pobres a tentar simular o mac…

    • José Patrão says:

      Mais única que o Ubuntu e Mint ?

    • JP (djlinux) says:

      Tens a certeza que queres ir por ai? Quem copia quem? É que te garanto que tanto o pessoal do Mac como do Windows ficam a perder em quem copia quem… E não estou a falar apenas do visual, que é sempre a vossa desculpa de que o Linux imita o visual dos outros…

      “Até gostava de ver linux a avançar no mercado, mas enquanto não houver uma distro única, bem implementada, linux nunca vai ser respeitado pelo “average joe”.” … Então ora bem, tens o Ubuntu, Mageia, Fedora, Debian, openSUSE, etc… Todas elas S.O’s de topo usadas em grandes empresas.

    • lmx says:

      Eu não percebo essa tua ideia de que o linux copia tudo…

      Talvez por desconhecimento teu…mas montes da tecnologia no mundo que vai para o mercado de uma forma ou de outra passa pelo linux…não digo toda como é obvio, mas muita mesmo, acredita…

      Linux é um SO por excelencia para teses de mestrado, douturamentos, etc…normalmente esta sempre na crista da onda…

      E depois no copiar não sei se é bem assim…olha o sistema de janelas da M$ foi copiado do IBM os2, o windows 7 foi muito baseado no KDE…o stack de rede do XP foi uma copia do BSD(penso que hoje em dia a M$ tenha ja uma implementação propria…), o ubuntu lança o Unity a uns anos…aparece o windows 8 com o metro agora…e por ai a fora…em relação a copia todos teem telhados de vidro…porque pur e simplesmente não é possivel fazer algumas coisa de outra forma e que resultem bem, em muitos casos…

      O teu comentario fez-me lembrar a perseguição que a M$ fez aqui ha uns anos a empresas que usavam linux nos seus productos…uma delas foi a Europeia TomTom…foi ridiculo o desfecho…a tecnologia que a M$ dizia ser dona…estava registada como software livre ha alguns Anos…pois é quem copiou de quem afinal…

      De todos os processos que a M# lançou contra o Linux no passado…pelo menos os mais conhecidos…perdeu-os todos em Tribunal…

      Por exemplo o usb3.0 ha ja uns anos que esta disponivel no linux…não havia era hardware que o suportasse…mais tarde la apareceu no windows.

      Todavia, a partilha de tecnologia so faz avançar o mundo, e em muitos casos as patentes deveriam ser abulidas, apartir do momento em que a empresa que inovou, conseguisse lucrar com essa tecnologia, e deveria ser adotada uma politica de pagamentos por utilização(que ja se faz em alguns casos), de custo baixo…e quem não comercializasse deveria ter acesso a toda a info, para puder melhorar o que ja tinha sido feito…

      cmps

      • Ruben says:

        Nem mais! Quando dizem que linux apenas copia, é porque não conhecem o que é o linux e só vêm o windows na frente e o mac a seguir. Linux vem do Unix que era um sistema totalmente em codigo criado de raiz, passando do osso à pele que hoje em dia é o linux. Apenas não vemos o linux por ai espalhado porque realemente não existe nenhuma empresa a vender, porque se houve-se estariamos vendo o linux concorrendo diretamente com windows e mac. Mas como é gratuito pensam logo que não vale muito a pena. Acreditem que se dessem mais oportunidades ao linux estariamos vendo este sistema ainda melhor do que é, concorrendo diretamente com o windows e mac com alguma empresa a vender e possivelmente com produtos exclusivos de linux.

    • quimkaos says:

      Comentários como estes é que são demais porque demonstram a total ignorância de quem os faz…
      Mas copiar o que? O Linux é o kernell e o resto é software. Quem quiser criar um ambiente gráfico igual a outro já existente ou completamente diferente tem essa liberdade, direito e oportunidade.
      Talvez devas saber que o MacOS é baseado em *nix (BSD) e também um contribuidor para algum software Opensource.
      Até poderia dizer que o “average joe” nunca vai ser respeitado pelo Linux, mas são este tipo de distribuições que contradizem o que acabei de dizer: proporcionam ao utilizador comum a experiência com o Linux sem grande distancia do Sistema Operativo a que o utilizador se habituou, tal como muitas outras que simulam o funcionamento do Windows.
      O Linux nunca terá como objectivo o mercado, mas que tem avançado e continuará a avançar neste, podes ter a certeza.
      Olhando para este tipo de comentário só me ocorre: Realmente pobres só os de espírito!

    • Tchicanu says:

      O objectivo desta distro é proporcionar uma fácil adaptação ao linux por parte de quem vem do Mac, tal como existe o ZorinOS para quem vem do windows. Quem trabalhou em mac a vida inteira e, por exemplo, devido à crise, não tem dinheiro para o upgrade do computador ou algo do género, pode pegar no seu computador mais antigo e pôr esta distro.
      Também para quem não consegue pagar um Mac, utiliza isto, que é quase tão estável como o MacOS e tão bonito como esse.
      É óbvio que é “a copiar”, mas é de propósito.

    • SérgioA says:

      Boas,

      Concordo em parte que a existencia de várias distros é algo que prejudica a expanção do linux no utilizador comum. Estas diversisdade que nós tanto apreciamos, acaba por confundir o utilizador comum que tem receio de adoptar o SO e depois haver tantas empresas tantas distribuiçoes. O que o user quer é um SO que já venha pronto a usar sem necessidade de grandes configurações. Simplicidade, é isto que o utilizador comum pretende e que o linux falha na comunicação.
      Notem que não estou a argumentar que o linux é complicado ou que requer grandes conhecimentos informáticos, onde falha é na capacidade de transmitir a mensagem ao user comum, que continua a olhar para o linux como “um bicho indomável”.
      Esta distro assim que saia para 32 bit, vou instalar

    • leor says:

      Mac 10.9 Maverick está a copiar o Linux tal como o conhecemos desde que o Nautilus e o Compiz existem. Quem copia quem? xD

  9. NF says:

    A minha dúvida é:

    “pearos7-amd64.iso”

    O meu processador é x86 e x64, mas os ISO estão todos como “amd64”, vai ser possível instalar este SO nos da Intel?

    Cumps

  10. Jorge Fernandes says:

    Estou neste momento a usar o Pear 7 no meu MacBook Air e funciona excelentemente bem…

    Parece mesmo um Mac.

    Estou cada vez mais apaixonado pelo Linux… Nesta distro so tenho pena que apenas haja a versao de 64bits… Ia ficar a matar no Magalhaes que ha aqui por casa…

    Nota – Escrito sem acentos por nao ter instalado a linguagem portuguesa na distro (ainda)

  11. JJ says:

    É impressão minha ou 90% das distro linux, que são faladas aqui/existentes, são uma variante do Ubuntu!?

    Mas afinal o Ubuntu é a estrutura, e depois a malta muda apenas os programas de origem, faz algumas alterações na programação e muda o grafismo… e pronto, temos uma nova distro linux.

    Parecem cogumelos… mas tem todos a mesma origem…

    Qualquer dia, um programador de informática que não tenha a sua própria distro linux, é visto com más olhos…

    • MrT says:

      *”…com maus olhos…”

      Não é bem assim, o que acontece é que tens pessoas que gostam da forma como o ubuntu está feito internamente (a nivel de pacotes, gestores, definições, suporte, etc), no entanto gostavam que tivesse esta ou aquela aplicação, ou uma interface diferente, ou mais ou menos um pózinhos… e que o fazem é pegar no ubuntu e modifica-lo, até porque actualmente um dos conceitos do mundo Linux é pegares em algo que gostes ou não gostes e personaliza-lo a tua imagem, utilizando ferramentas existentes ou criando-as.

    • MrT says:

      Para completar, existem outras distros como esta mas que se baseiam noutras distros sem ser Ubuntu ou debian….
      E neste caso isto deve ter sido feito por alguem que gostaria de ter um ubuntu-MacOS-like

    • Carlos Carvalho says:

      Boa tarde ,

      Já esclareci noutro Post acerca de Linux , quando se diz que é baseado no Ubuntu só nos estamos a referir ao Kernel nada mais , este Kernel que o Ubuntu usa chama-se de instável porque é baseado no Kernel do Debian testing , tudo o resto é programação pura e dura , a vossa concepção na elaboração de distribuições está profundamente errada .

      Cumprimentos

      Carlos Carvalho

    • JP (djlinux) says:

      Lol… Agora vou brincar um pouco…

      Vamos acabar com todas as “Distribuições” e deixar apenas uma ou duas, boa? Assim fica como o Janelas, ou o teu computador suporta essas duas “Distribuições” ou mandas o PC para o Lixo e compras um novo…Boa?

      • ElectroescadaS says:

        Pelas poucas distribuições que experimentei deixa lá que não estão muito diferentes do Windows…

      • PR says:

        Até parece que o Janelas XP e 8 não correm bem em pc’s antigos..

        É só para dizerem que têm um P3 800 que corre linux..que lindo..web browsing..wiiiiiiiiii

        • leor says:

          darktable, rawtherapee, gimp, inkscape, wine, openshot, kdenlive, avidemux, firefox, thunderbirf, gearymail, shotwell, fotoxx, gambas3, qtcreator, pitivi, ffdiaporama, blender, drupal, audacity, aria maestrosa, lmms, hydrogen, jahshaka e muitos mais.
          Isto porque as aplicações desenvolvidas para Linux não desperdiçam código, são implementadas em linguagens mais estáveis e são melhor desenvolvidas.

          Tenho um pc com 128 MB RAM e P2 233 MHz com gráfica de 8 MB mais rápido que um i7.

    • leor says:

      40% de facto.

    • Rafael says:

      Você não quer dizer variantes do Debian?

  12. okapi says:

    Vou testar por curiosidade , mas nunca trocar pelo meu openSUSE.

  13. PR says:

    Não percebo é a cena de se experimentarem distros e mais distros…e depois é sempre a 5a maravilha de todas elas..nem percebo porque estão sempre a instalar/testar mais e mais..

    • JJ says:

      É viciou…
      A incessante procura pelo a distro perfeita…
      A sede de ter algo diferente…
      É curiosidade…

    • Carlos Carvalho says:

      PR ,

      Boa tarde , tens uma lata que dava para construir um ferro velho , vais-me dizer que quando sai um SO novo e que usas (mocrosoft, mac osx) , não estás na expectativa de melhorias gráficas de produtividade etc , etc , não percebo o teu comentário .

      Cumprimentos

      Carlos Carvalho

      • Bruno says:

        Boas,

        Mudar de software = produtividade? Exacto..
        Ora vou já mudar os pc’s da minha empresa (passam os 70) de cada vez que sai uma distro de linux..

        Mesmo com o Solidworks muitas vezes é adiada a introdução do mesmo para não diminuir a produtividade a curto prazo. Às vezes saltamos edições porque simplesmente não é preciso melhor para o que se está a fazer.

        Por isso quem não percebe o teu comentário sou eu 🙂

        Alta produtividade que deve ser andar a saltar de SO em SO constantemente 😉

        • Carlos Carvalho says:

          Calma ,

          Não estamos a falar de empresas , mas sim de uso domestico , eu tenho 9 instaladas , mas tenho a minha distro principal , caso não saibas em Linux existem diversas famílias e cada uma dessas famílias usa comandos ou formas de funcionamento muito diferentes umas das outras , já existem até distros que nem interface gráfica têm , mas parecem ter , todo o grafismo é assegurado pelo gestor de ficheiros , queres que eu continue a escrever .

          O Mundo Linux não tem comparação com outro SO meus caros , a muita diversidade e muita qualidade , já sabem que a NASA a semelhança do CERNE vai migrar para Linux , e porquê? , porque é suficientemente moldável para as necessidades particulares destas empresas que são os seus próprios Engos que fazem a sua distribuição , caso não saibam a do CERNE chama-se cientific .

          Não falem sff de coisas que não sabem com a maior das leviandades , a malta do Linux não é maluca , o que acontece é que o conhecimento nunca para , mais , o Linux é o SO que mais rapidamente cresce , por esta nossa maluquice de parecer que nunca estamos satisfeitos , é assim como escrevo , o Linux é também paixão .

          Cumprimentos

          Carlos Carvalho

          • PR says:

            Se é para falar de produtividade é necessário falar de empresas..Se calhar é menos importante que a produtividade do uso doméstico lolol

            Quero lá saber que eles migrem para Linux, isso é algum argumento? São uns iluminados esses senhores é? 🙂 Já agora, é CERN e não CERNE.

            Para mim é inútil, nem o Solidworks corre..

        • Alexandre Amaral says:

          Uma coisa é ter gosto de experimentar varias distro que até consigo compreender, agora misturar isso com produtividade é qualquer de fantástica, até o dono do ferro velho se riu com o argumento.

          • lmx says:

            a productividade depende muito da Area…areas existem que é escolhido linux para pruductividade…

            A productividade pode ser entendida de varias formas…não podes olhar para ela como sendo apenas, a capacidade humana de realizar trabalho e claro que este seja quantificavel…desta forma podes dizer que tens mais productividade neste ou naquele sistema, ou podes olhar de outras formas…que não envolvam directamente o ser humano(depois das configurações técnicas necessarias)…

            Por exemplo a NASA gosta muito de RedHat, ou Suse Linux, e eles sabem que para terem mais productividade(maior performance de recpção/enviu e transformação), de dados que recebem das suas sondas espaciais, teem que usar linux…porque não falha, não ha viruas…os servidores depois de configurados(tarefa inicial ardua), funcionam até atingirem o seu ciclo de vida…isto é ter maior productividade o Cerne a mesma coisa e as bolsas…e todo o mais…

            Mas também existem coisas em windows ás quais tinha mais productividade…por exemplo jogar Need For Speed…no linux nem havia 😀

            tudo depende do avontade que sentes com as coisas é certo, mas depois de entranhares a coisa, começas a perceber que de facto, existem milhentas coisas que fazem mais sentido.

            Mas claro…tens que fazer o caminho das pedras primeiro…

            É uma pena que ainda existam muitas pessoas que não entendem que o Software livre não é inimigo de ninguém, mas que veio para ajudar e trazer mais Democracia no uso das tecnologias…

            no caso en concreto, o linux, é uma fonte de aprendizagem inesgotavel, todos os dias aprendemos algo…

            Ás vezes falo com amigos ligados a productos M$ sobre alguns temas…e eles pura e simplesmente, nem percebem do que estou a falar…o que me leva logo de imediato a pensar que são muito limitados…mas não!
            Por eles usarem sistemas basicos é que não conseguiram ir mais além…e tenho pena por isso, porque podiam atingir niveis de conhecimento mais elevado…

            Em relação ao Ferro Velho do Amaral…sem comentarios…então você queria que o dono do ferro velho entendesse do que estamos aqui a falar??!!Por amor de deus, se calhar nem tecnicos do windows percebem quanto mais o senhor do Ferro velho…por amor de deus…

            cmps

          • Alexandre Amaral says:

            Lmx, primeiro tudo a piada do ferro velho está relacionada com um comentário em cima, lê a sequência depois irás perceber.

            Agora respondendo-te a produtividade no geral tem muitos variantes que não podes obviamente quantificar (ai tens toda a razão), agora não me parece que a NASA use propriamente o PEAR , nem me parece sequer que a NASA esteja constantemente a mudar de distros só porque sim…era isso que estávamos a falar, de produtividade no mercado doméstico e de empresas ditas normais… não em satélites, ou grandes empresas que tem orçamentos astronómicos para o efeito.

            Sinceramente até podia estar aqui e explicar, a debater argumentos sobre a (falta) produtividade em ambientes Linux em ambientes ditos normais , tanto no mercado doméstico (onde se pode ter 5000 distros instaladas que vai dar ao mesmo) ou até em pequenas/médias empresas (que é a realidade que conheço) mas sinto realmente que é como dar milho a pombos, qualquer argumento que se venha a escrever, será negado pelos supercomputadores com linux, pelo satélites da nasa, pela torradeira que usa unix… existem certas discussões que valem a pena começar, outras nem tanto.

            Bom fds.

          • lmx says:

            boas…

            O lapso foi meu Amaral, em relação, ao Ferro velho…de qualquer das formas não percebi o seu comentário depreciativo em relação ao exemplo dado pelo colega…?!

            O que ele disse está correcto…as pessoas buscam incessantemente algo novo e procuram nessa busca melhorar métodos e aperfeiçoar as suas capacidades…por isso é que no Linux é normal o pessoal ir seguindo de perto os avanços em determinadas distros…porque algumas trazem alguma melhoria que acabamos por perceber que nos pode ser útil…mas para isso na maioria das vezes temos que experimentar…

            Como é que alguém pode dar uma opinião sobre algo novo…se não experimenta…graças a Deus, hoje em dia já não é preciso ser rico para poder ter uma suite de office…no meu tempo o Office profissional(que era o unico que trazia funcionalidades de jeito) custava mais de 200 contos(mais de 1000 euros), a minha pergunta é a seguinte…

            Acha bem que num pais onde tecnologicamente se exclui pessoas por falta de conhecimento, estas tenham que adquirir produtos estrangeiros caríssimos, para poderem arranjar Emprego?

            Isto é 10 vezes pior que uma ditadura…ainda bem que hoje temos suites de Office e Sistemas operativos gratis para as pessoas puderem trabalhar e evoluir…é uma questão de educação e valores morais…

            cmps

          • PR says:

            @lmx (não consegui fazer responder pq não aparece o botão).

            “Ás vezes falo com amigos ligados a productos M$ sobre alguns temas…e eles pura e simplesmente, nem percebem do que estou a falar…o que me leva logo de imediato a pensar que são muito limitados…mas não!
            Por eles usarem sistemas basicos é que não conseguiram ir mais além…e tenho pena por isso, porque podiam atingir niveis de conhecimento mais elevado…”

            A sério? Muito bom argumento..Mas tê que ser todos iluminados nessa área? Se calhar devia usar linux para aprofundar os meus conhecimentos de dinâmica de estruturas..o que eu ando a perder.

            Mas querem meter os utilizadores todos no mesmo saco? Geeks e noobs todos juntos 🙂

          • SérgioA says:

            LOL, que confusão que vós estais fazendo para aqui.

            produtividade, naturalmente que num ambiente de produtividade, digamos, num escritório com 10 utilizadores, não é bom estar sempre a alterar o SO. mas isto independentemente do SO que seja. Por exemplo na minha empresa ainda tenho o xp instalado porque o que necessito (essencialmente oficce) funciona bem com o xp e o tempo que ia perder com a alteração de SO não se justifica.

            Na empresa do meu pai, usa-se o ubunto 8.4 já há alguns anos, nas mesmas condições que na minha, essencialmente usa-se o openOffice que chega perfeitamente para o que é necessário. e tb aqui ainda não foi actualizado porque o tempo que se perderia não se justifica face aos beneficios.

            Isto não invalida que em casa tenha pc’s com windows 7 (testei o 8 mas nao gotei e voltei para o 7) e outro que neste momento tem o linux mint 14 cinamom, para conhecimento e prospecção.

            Não podemos dizer que este ou aquele SO é melhor para produtividade, tudo depende do que se quer e do que já se tem instalado e calcular se o beneficio que vamos ter com a alteração justifica o custo da alteração(enmtenda-se por custo, não só o preço mas tambem tempo de inoperabilidade, eventual formação e adaptação ao novo SO etc)

            PS uma vez a um dos funcionarios disponibilizaei o meu pc para uma pequena tarefa e ela não o conseguiu fazer porque não se entendia com o office. A diferençao era que no meu pc tenho o 2007 e nos deles tenho o xp. como vês a quebra de produtividade não tem nada a ver com o SO mas sim com alterações.

        • leor says:

          Muda-te para Blender que estás muito melhor. O melhor do mundo à disponibilidade do “average joe”

  14. Paulo Henrique says:

    Tem como instalar a linguagem pt-br nele?

  15. Miguel says:

    Impek! mas não está a sincronizar com o meu iPhone : D

  16. Bastante engraçada esta distro.
    É bastante leve e roda bastante bem no meu pc.
    é impressão minha ou esta distro é baseada no ubuntu?

  17. MrT says:

    Uma questão, dá para por este Linux numa pen, como se faz com o ubuntu e outros linuxs?

  18. Carlos Carvalho says:

    Nenhum deles , isso são os nome de versões anteriores , esta agora não me recordo do nome e não estou em casa , saca a lili USB creator, e escolhe a opção Ubuntu 12.10 , este programa dá na boa foi com ele que instalei .

    Cumprimentos

    Carlos Carvalho

  19. Paulo says:

    Boas noites, tenho 3 perguntas, tenho um portátil da asus com 3 Gb de RAM que o meu filho usa pros jogos online. Esse portátil com Windows esta todo entupido com lixo e vírus. O Linux é bom para os jogos online? Se sim, qual deles devo instalar? E instalando o Linux e visto que o Windows esta todo marado o melhor é formatar tudo e ficar só com o Linux?

    • lmx says:

      boas…

      Podes criar uma partição para o linux e manter a do windows se quiseres…ao instalares o linux, ele cria-te automaticamente as opções de arranque para os Sistemas operativos que estiverem na maquina.

      Para jogar na net qualquer coisa dá…
      Não referis -te as características do Pc, deste a entender que não será nada de obsoleto(3GB de RAM).

      A escolha do Sistema operativo depende muito dos teus gostos(ou do teu filho)… o Ubuntu é muito user friendly, o linux mint também, para mim , se tiveres uma maquina capaz, um destes dois seria a minha escolha, recaindo mais até sobre o linux mint.

      Algumas pessoas demoram algum tempo até encontrar um SO com o qual se sintam confortáveis, tudo depende… existem pessoas que usam o Caixa Mágica que é português, outros preferem distros estrangeiras…é tudo uma questão de gosto 😉

      cmps

  20. monux says:

    -Estou usando-a em modo Live pelo pendrive num pc com 4gb memoria. Distro bastante rapida e com um visual agradavel.Vamos ver como se comporta em um pc com 1gb memoria e placa antiga. Cumps

  21. ElectroescadaS says:

    É impressão minha ou muitas das distros existentes por e simplesmente desativam teclas num portátil?

    Ontem há noite tentei instalar 2 distros á vez claro (Mint 14 e Cylon) mas várias teclas do portatil que estou a testar por e simplesmente deixaram de funcionar. Será que os alyouts de teclados para Português estarão assim tão desatualizados?

    Deixa cá instalar de novo o Xubuntu e ver se fico com as teclas todas a funcionar…

  22. diogo says:

    mas o tema nao seria o Pear os 7 64bits ???

    instalei….roda fixe.. ta bonito…funcional…

    uso mint 13 e ubuntu 12.04…e este nao fica nada atras….e no meu pontto de vista…mais bonito.

    portem se e boas criticas construtivas.

    diogo

  23. Raul says:

    Como instalar no Windows 7?

  24. Vicente de Farias Barros says:

    Instalei e gostei. Realmente é uma distro muito leve e bonita. Pena que mesmo instalando os pacotes de linguagem pt-pt e pt-br muitos aplicativos ainda permanecem em inglês.

  25. leor says:

    O Pear Linux 8 vai entrar em face de testes daqui a uma semana ou duas.

    Devido a um conflito enorma passaraá a usar o Gnome em vez do desktop do Elementary OS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.