Quantcast
PplWare Mobile

Cyberpunk 2077: jogo pode causar convulsões de epilepsia a quem tenha predisposição

                                    
                                

Fonte: The Verge

Autor: Marisa Pinto


  1. Antonio says:

    Todos os jogos podem causar isso. Aliás quase todos jogos têm o aviso ao iniciar.
    Isto é uma não notícia.

    • rui says:

      quando os jogos vinham em caixa estava lá sempre escrito 🙂

    • TugAzeiteiro says:

      Exatamente!

    • Marisa Pinto says:

      É um anão notícia porquê? Porque tu dizes?

      Não, nem todos os jogos podem provocar, pois depende de determinadas características do jogo, nomeadamente ao nível das luzes (como está escrito no texto)

    • rjSampaio says:

      Pelo que li, tens uma parte do jogo que usas um capacete que reproduz imagens iguais ao usado na realidade para provocar ataques, ou seja, não é por uma questão de sorte e combinação de eventos que acontece, é mesmo terem reproduzido o mesmo padrão que é usado na realidade para estes testes.

      Obviamente que é um notch acima do normal.

    • Pedro Almorin says:

      Este jogo está com muitas polémicas. Pelo que vejo muitas simplesmente porque é um jogo que está em desenvolvimento por muito tempo e bastante aguardado.
      Muita das noticias serão como clikbait e as coisas nos Estados unidos da aMerica estão estanhas
      Ataques epilépticos, problemas de trans géneros, problemas de racismo ….
      tudo é argumentos para falar mal.
      O jogo tem bugs e esses sim são maus mas no futuro próximo esses serao resolvidos com certeza.

      Na verdade se não gostam do jogo não comprem se gostem do jogo comprem.
      pena que o jogo não vem com modo “demo” assim podia-se evitar muitas destas noticias.

  2. Luisão says:

    Também concordo com o Antonio a maioria dos jogos podem causar ataques epilépticos e os jogos que os possam causar normalmente tem um aviso. PPLWARE alguém que explique a diferença deste para os outros jogos por favor

    • Marisa Pinto says:

      Sim, e este vai reforçar isso. Diferença deste para outros jogos como?

      • ItsMeMickey says:

        Maria não há a necessidade de a Marisa colocar na defensiva.
        Há vários jogos que causam ataques epilépticos. No passado jogos como COD advanced Warfare, Alien: Isolation, WWE 2K15, Boarder lands: Pre-sequels entre outros, tiveram o rating PSE (photosensitive epilepsy), ter a possibilidade de causar ataques epilépticos.

        O facto do jogo ser recente e todo mediatismo a volta do jogo impulsionou-a a escrever este artigo, no entanto o que eu acho que os caro colegas internautas, embora não da melhor forma, estão a tentar dizer é que o seu artigo não acrescenta em nada para a pool do conhecimento, que a informação deste tipo de consequência já está presente no éter.
        E a questão do @Luisão é legitima, o que é que este jogos tem de diferente de outros títulos anteriormente lançados e que apresentavam a mesma possibilidade?
        Quando o jogador está a servir-se deste jogos corre mais riscos que em outro titulo anteriormente lançado ou os riscos são os mesmo?

      • Carlos Correia says:

        óbvio que ele pergunta a diferença entre este jogo e outros no sentido de porque é que jogo merece mais atenção que os outros uma vez que mesmo muitos jogos têm o alerta de poder causar convulsões de epilepsia, o que pode ser pelos “neons” e toda aquela luminosidade que o jogo tem nos mapas.
        Essa defensiva toda é um bocado desmedida, e só fica mal. muito mal, “Porque tu dizes?” sim, porque eu o digo, eu e muitos.

        • Vítor M. says:

          Apesar de dizeres não quer dizer que estejas certo. Tens a tua opinião, mas é importante salientar que este jogo, rico em determinadas imagens, como flashes ou sequências visuais pode ter os efeitos que estão descritos no artigo. Outros não terão estes problemas ou com esta maior hipótese de acontecer. Tem a ver com a dinâmica do jogo.

          Estás a desvalorizar os muitos alertas que este jogo já suscitou e que queremos que as pessoas saibam. E por isso é uma notícia importante, mesmo que tu não entendas assim, é contigo, mas não queiras, tu ou alguém, condicionar a informação só porque não percebeste a mensagem, isso nunca.

          Fora isso, é importante que estes alertas sejam percebido de forma transversal, para que as pessoas mais suscetíveis se possam prevenir.

  3. José Fonseca Amadeu says:

    Até ver desenhos animados faz isso 😀

  4. Ze Duarte says:

    Ela própria no tweet diz que já estava abusar no tempo de jogo, é normal que um corpo fraco fique mais susceptível a ataques.
    É o mesmo que ficar a jogar dias seguidos e ficar desidratado porque não bebeu água e culpar o jogo.

  5. Pedro Pinto says:

    Convulsões ? Só se for por causa dos bugs !!!

  6. Leandro Barbosa says:

    Certa vez eu tive um ataque epiléptico jogando Minecraft…

  7. Dinis Domingos says:

    Este jogo provoca MAIS que os outros. Pessoas epilepsia fotossensível ou propensão podem ter convulsões provocadas por qualquer jogo (até desenhos animados, luzes numa discoteca, etc). A questão é que este jogo tem combinações visuais especialmente suscetíveis de provocar as convulsões.

  8. evilfx says:

    Estava a ler este artigo https ://gowell.pt/tudo-o-que-precisa-saber-sobre-o-cyberpunk-2077/ – será que com uma 3070 consigo correr bem o jogo em 4K?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.