Quantcast
PplWare Mobile

Rede Starlink vai chegar aos 300 Mbps e com uma latência abaixo dos 20 ms

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. g0tH1c.X says:

    E já está disponível em Portugal…:)

  2. Paulo says:

    Ainda baixo e caro, pago 29 euros por mes por 1000megas de download e 400megas de upload.

    • TSSRK says:

      isso é o preço dos 200mb da meo+tv

    • Vítor M. says:

      Bom dia. Não podes fazer comparação. Imagina o seguinte, tens este sistema, para onde quer que vás, tendo uma assinatura, terás internet, basta levar o equipamento de receção. E estou a falar em locais remotos onde não chega a internet por cabo ou por antena no solo.

      Este é o ponto chave da tecnologia Starlink pata já. Mas tem outros. Por exemplo, imagina teres uma assinatura e teres sempre internet no carro, tirando o carro também proveito dessa ligação.

      Imagina o que vem a seguir. Portanto, para já estamos a falar de um projeto em versão beta que vai revolucionar o mundo.

      • Wook says:

        Quem vive em cidade tem fibra que é bem superior, agora nas aldeias da beira interior ou alentejo ou para quem vive no meio do pacifico acredito que possa ser uma mais valia.

        • Vítor M. says:

          Exato, isto “ainda” não é útil para todos. Mas acredita, vai ser um “pincel” para as operadoras “tradicionais”.

          • Rui says:

            Mas não é só isso… é estar sempre conectado… sem estar preso a MEO Wifi ou dados do tarifário… Segundo o que li, paga-se e tem-se… as únicas limitações são a níveis de velocidade e latencia (que se espera que melhorem assim que mais satélites sejam postos em orbita)

            Mesmo assim, não compensa para já… e os preços terão de baixar claro…

        • Rui Costa says:

          Já tens muitas aldeias de interior com acesso a fibra.

      • Urtencio says:

        “locais remotos onde não chega internet”… mas se não chegar eletricidade também não vais longe, pois para a tecnologia Starlink funcionar precisas de eletricidade! a não ser que leves um inverter e uma bateria atras..

      • Matreco says:

        Pois, só que não é bem assim…

        “Starlink satellites are scheduled to send internet down to all users within a designated area on the ground. This designated area is referred to as a cell.

        Your Starlink is assigned to a single cell. If you move your Starlink outside of its assigned cell, a satellite will not be scheduled to serve your Starlink and you will not receive internet. This is constrained by geometry and is not arbitrary geofencing.”

    • ficolixado says:

      Realmente ou es burr0, ou então não sais do quarto.
      Ainda não entendeste o porquê desta internet? Achas mesmo que é pra clientes como tu?
      Devias viver com 1mbps de internet e por vezes menos que depois vias o porquê desta internet.

  3. MF says:

    Imaginem um acesso destes massificado e a funcionar em telemóveis banais. Será o terror de qualquer estado ditatorial … deixar de poder controlar a Internet, de a cortar ao seu belo prazer, de a censura, de erguer grandes muralhas!

    • Jorge Carvalho says:

      Sabes que ligações via satélite existem há anos certo ?

      Abc

      • MF says:

        A palavra chave é … “massificado”! E antes que digas que um pobre camponês na Coreia do Norte nunca vai ter hipóteses de te um telemóvel capaz de aceder a essa rede, não subestimes por exemplo, da possibilidade em equipamentos “subsidiados” generosamente pelo estado americano .

    • Joao Ptt says:

      Eles não podem prestar serviços onde não têm autorização, sempre foi assim. Vá lá tentar comprar Starlink na Rússia, sem autorização prévia do estado Russo e vai ver se consegue… mal metesse aquilo a funcionar tinha rapidamente uma visita dos serviços secretos ou da polícia, que eles monitorizam tudo, e em outros países é igual… e isto se a Starlink aceitasse sequer fornecer o serviço para esse local.

      A revolução não é escapar aos Estados e tal, até porque eles exigem e conseguem ter monitorização de tudo o que acontece no seu país se quiserem, a revolução é os operadores locais estarem a ignorar a sua necessidade de Internet com boas velocidade há anos, e você poder alugar à Starlink um serviço que será relativamente rápido onde antes seria impensável por não ser economicamente viável.

      • MF says:

        Óbvio que enquanto for necessário equipamento especial tal é inviável. Mas deixo-te uma analogia barata … algum governo consegue monitorizar o acesso e a utilização através dos telemóveis ao GPS?

        Imagina então um futuro próximo em que qualquer telemóvel de 20€ consiga aceder à internet através de redes como a Starlink.

        Já tivemos uma revolução algo semelhante, quando os rádios se vulgarizaram. Claro que era crime ouvires a BBC na alemanha Nazi, mas como impedir tal de acontecer efectivamente?

  4. Berto says:

    Na minha terra não tenho Fibra nem ADSL, apenas 3G a 1Mb,
    Resultado: https://imgur.com/w6dkkBa
    E nem moro no interior.

  5. CMatomic says:

    Para uma pequena Aldeia remota é a melhor maneira de aceder a Internet .

  6. B@rão Vermelho says:

    Desculpem a ignorância, sobre a matéria, exp. eu sou cliente Starlink em Portugal, e viajo para outro continente onde também há serviço tenho acesso à internet também ou estou limitado ao país de origem de contrato Portugal?
    Obrigado

  7. gr33nbits says:

    Atenção que o Starlink no é um sistema móvel.

  8. Pedro says:

    Em Portugal há muitossssssssssss locais que nem 1Mbit se consegue. Falo com conhecimento da causa.

    • B@rão Vermelho says:

      Não é só em Portugal, nos USA, que supostamente é o supra sumo da barbatana Chinesa é igual, o que não falta por ai é países com pouca cobertura.
      O que seria de esperar é que sendo Portugal um país tão pequeno isso não fosse um problema, mas a produção de riqueza é proposicional ao nosso tamanho.
      Outro dos nossos principais problemas é com os serviços ilimitados com limites.

      • rjSampaio says:

        “nos USA, que supostamente é o supra sumo da barbatana”

        os EUA tens muita area considerada a mais escura do mundo, nem luz tens quanto mais internet, os EUA é daqueles paises que 90% da população vive em meia duzias de cidades. espalhados pela costa e o interior esta totalmente vazio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.