Quantcast
PplWare Mobile

Samsung lança primeiro vídeo do Galaxy Gear

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Simões


    • Ricardo Melo says:

      Não concordo muito que tenha sido inspirado nesse… O da Samsung foi pegar em algo fantasioso que já víamos nos filmes à imensos anos senão décadas atrás e sugerir que deixou de ser ficção científica porque eles o criaram… Falar através de um relógio, etc… O da Apple nada tem a haver, eles não inventaram o telemóvel, nem o smartphone quanto muito e a publicidade apenas refere pessoas a dizerem hello, etc… Que diretamente não tem muito a haver. A única coincidência é terem usado excertos de filmes. Mas, é relativo porque nesse aspecto não faltam situações idênticas noutros lados…

      • António says:

        A apple sempre que introduzi um produto novo num mercado novo (não estou a dizer quando é a primeira) entra sempre com o “hello”. Quando foi o iMAC foi igual.

      • Nunes says:

        não vês a semelhança no estilo e montagem dos anúncios?
        ninguém está a falar no conteúdo ou produto, mas sim em pegar em clips de filmes e cartoons famosos para apresentar um novo produto. É mais do que claro que foi intencional até para “esfregar” na cara da Apple e criar debate!

    • Francisco Pinto says:

      Se fosse só este a ser inspirado nos da Apple 🙂
      Mas já é normal a Samsung se inspirar na Maça.. 🙂 🙂
      http://obamapacman.com/2012/01/comparison-samsung-shamelessly-plagiarizes-apple-ad-uses-same-actress/

      • Bruno M. says:

        curioso que a maçã nunca se inspirou em ninguém… foi sempre a pioneira……….

        ahem….

        Fanboy alert…. fanboy alert…… fanboy alert……..

        • Francisco Pinto says:

          Ui que alguém ficou ofendido… não era essa a intensão..

          hater alert… hater alert… hater alert…. ou será Samsung fanboy alert .. Samsung fanboy alert …Samsung fanboy alert…

          • Marco says:

            Não é uma questão de ser fã da marca, apenas é ser-se realista. Procura os produtos da Braun do Dieter Rams e depois diz-me se a apple é pioneira…em muitas conceitos sim, mas o tão famoso design é um plágio descarado.

          • Francisco Pinto says:

            @MArco e a onde eu disse que a Apple não se inspira/inspirou em alguns produtos noutros?? E se achas que o Ive plagiou o Dieter Rams o que dizer da Samsung que fez copy & paste desde o carregador aos anúncios….!

          • Nunes says:

            @ Marco
            plágio descarado do trabalho de Dieter Rams!?? essa não tem pés nem cabeça. O próprio Dieter Rams elogia o trabalho dos designers da Apple, não parece que isso acontecesse se houvesse plágio de alguma coisa!
            O que o design da Apple segue são os princípios básicos duma corrente de pensamento desenvolvida por Rams… seguir uma corrente de pensamento não leva a plágio/cópia, é apenas um ponto de partida para criar algo novo!

            O que a Samsung faz de forma alguma se assemelha a isto. Ela limita-se a pegar no “guião” e ajustar onde é preciso para ter a sua história. Nada de muito criativo nisso!

          • Nelson says:

            @ Marco:

            “Não é uma questão de ser fã da marca, apenas é ser-se realista. Procura os produtos da Braun do Dieter Rams e depois diz-me se a apple é pioneira…em muitas conceitos sim, mas o tão famoso design é um plágio descarado.”

            http://youtu.be/ohZd8DxzhYQ?t=2m50s

            Chega-te?

            Caso não sabias, é o próprio Dieter Rams…

          • Nelson says:

            PS: enganei-me no video, tens aqui o queria pôr: https://www.youtube.com/watch?v=ZLMbDJ_nNfU

            Ele podia fácilmente processar a Apple por fortunas inimagináveis… porque é que não o faz?

  1. Tavares says:

    Bem…a “dificuldade” de a Samsung lançar um produto com algo realmente NOVO e REVOLUCIONÁRIO parte logo de esse “produto” ser apenas compatível com UM dispositivo.Quer isso dizer que para quem tem um smartphone da MESMA MARCA e com o MESMO SO mas de modelo diferente…essa “treta” de nada vale!! Era preferivel a Samsung ter utilizado a “estratégia” habitual…esperar que outra marca lançasse o produto e depois copiavam!!rsrsrs

    • António says:

      Eles basicamente lançaram um prototipo para o mercado só para dizerem first! Isto é uma tentativa de enfiar um smartphone num pulso quando está mais que visto que os novos relogios devem ter outras funções.

      Isso ou então esperam pelas criticas de pessoas par ao melhorar.

      Mas está mais que visto que nos proximos 5 anos será muito dificil enfiar um smarphone num relogio por causa das baterias.

      Os relogios intelegentes tem de entrar por outro lado dar algo ás pessoas que estas não tenham ou que seja dificil fazer num telemovel que nem cabe na mão. cabe agora ás empresas descobrir o que é.

    • golias17 says:

      O OS não é o mesmo lamento informar-te!

      • Tavares says:

        Desculpa,o SO é o mesmo…embora com versões diferentes!! E a Samsung é a principal culpaada de os seus “aparelhos” demorarem meses a receber uma atualização do SO.Isso quando recebem…para a Samsung é “preferível”que os clientes quando querem a nova versão do Android…sejam obrigados a comprar um novo gadget!!

      • Nelson says:

        Se não é, devia…

        Olha o pebble funciona com iOS e Android igual… e agora?

  2. Ricardo Melo says:

    O marketing a funcionar… Hoje em dia o marketing, conta para 60/70 por cento do sucesso de venda de um produto, independentemente de qual for, Samsung, Apple, etc… Daqui a 6 meses quase todas as pessoas vão dizer que a Samsung lançou o primeiro smartwatch, quando na realidade já existia o da Sony vai fazer dois anos, já vai na segunda geração, embora seja inferior em vários aspetos, mas também bastante mais acessível, assim como o Pebble por exemplo…

  3. Pedro says:

    Qualquer semelhança com este video é pura coincidência….
    https://www.youtube.com/watch?v=6Bvfs4ai5XU

  4. António says:

    Bem, encontrei algo mais feio que o Nexus 5!

    Já contratavam designers de jeito. Specs não é tudo! O unico sitio onde specs é tudo é no desktop que esta escondido debaixo da secretária.

    Enfim… Já paravam de deixar engenheiros desenharem os seus gadjets e contratavam pessoas com gosto!

    Por alguma razão são arquitectos que desenha as casas e não engenheiros civis. Se é que me entendem.

    • Profect says:

      xD também não gosto muito do design para além de achar que neste momento não tras nada de novo a nivel funcional..

      Mas gosto do design do Nexus 5..

      gostos são gostos.. não se pode agradar a todos..

  5. Tiago Teixeira says:

    Estão a falar a sério quando dizem coisas como

    “(…)mas para breve a Samsung irá mostrar ao mundo que o facto de ter sido a primeira a disponibilizar um smartwatch a fará pioneira.”

    “É certo que outras marcas a vão seguir, estando já a ser ultimados os seus relógios, mas que de certeza vão aprender com o que a Samsung iniciou.”

    Onde é que a Samsung foi primeira? Já existiam vários produtos como este no mercado e com mais funcionalidades. O facto de restringirem a guerra entre Apple/Samsung tapa-vos os olhos!

    Façam um bocadinho de pesquisa antes de dizerem baboseiras.

    • Nelson says:

      Já existem telemóveis-relógios antes de existirem sequer a linha galaxy… Enfim…

      E o pebble? Nunca existiu? Ou é por ter uma bateria que dura vários dias sem problemas, que já não presta?

  6. Pedro Neves says:

    Isto além de ser um conceito incompleto, pois depende sempre do telemóvel emparelhado, para realizar comunicações, não é, como dizem, a primeira marca a fazê-lo. Vejam o I’m Watch… e o Smartwatch da Sony… e mesmo assim, ainda estão longe de atingir o que é pretendido ilustrar com os conceitos da ficção mundial referidos no vídeo.
    A Samsung decepciona-me por tentar fazer ver que atingiu o conceito sonhado ao longo destes anos e também por alegar ser a primeira a criar um smartwatch…
    Ainda têm que trabalhar muito…. principalmente nas baterias, até conseguirem criar um relógio que faça realmente o que um telemóvel faz. A Samsung que se deixe de tretas e que faça jogo limpo no mercado… senão o pessoal começa a fartar-se de ser tomado por parvo…

  7. Filipe Peixoto says:

    Como tive a sorte de ganhar um Galaxy Gear, vou deixar aqui as minhas primeiras impressões.

    É leve, acho-o confortável, e original.

    A nível de software ainda deixa a desejar, mudar o “relógio” só com os que vem de fabrica, existem na app Samsung já alguns gratuitos mas dá erro a descarregar assim como outras aplicações.

    A sincronização com o tempo também ainda não esta a funcionar direito.

    Já a app de passos funciona na perfeição.

    Resumo, como foi aqui dito, foi um primeiro passo para uma nova vertente dos smartphones e tablet, onde ainda tem muito por onde evoluir. Mas não deixa de ser um bom relógio com alguns extras.

  8. Angelo Brito says:

    E porquê anunciar que é revolucionário se antes da Samsung lançar um SmartWatch a Sony já o tinha feito e mais algumas como a pebble, i’m Watch Smartwatch??

    Não sou anti-marcas mas anunciar e fazer um estardalhaço a volta do que não é verdade deixa-me ficar fora de mim!

  9. Leandro says:

    Não ligo que tenha publicidade nos vídeos online, mas 30 segundos para poder ver o conteúdo desejado é um exagero. Tá parecendo televisão o pplware(sapo).

  10. João B.F.Fernandes says:

    Bem melhor e mais “cool” é o Pebble e pelo menos só é necessário carregar de 7 em 7 dias…Um “must” actual…quando for lançada a versão 2….

    Mais em https://getpebble.com/?utm_medium=email&utm_source=BloodSweatCheers&utm_campaign=national

  11. Pedro says:

    Boa tarde,
    Concordo, o Galaxy gear será porventura um protótipo para ser o teórico “first to market” quando na verdade já existem produtos como Pebble, com muito maior autonomia e funcionalidades Q.B.
    Já agora, quem quiser, tenho um Pebble novo para vender 😉

    Cumps

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.