PplWare Mobile

Altice Labs: Mini Bus 5G autónomo já circula pelas ruas de Aveiro


Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

13 Respostas

  1. Sergio says:

    Sou a favor dos avanços tecnológicos, mas bom bom era se isto fosse aplicado para alargar as quase inexistentes linhas de transporte.
    Preferem continuar a ver os idosos sem transporte para ir ao médico ou centro de saúde, em detrimento de um veiculo autónomo de grande exibição com um 5G que ninguém ainda precisa, entre outras coisas inovadoras que pouco melhoram a vida do aveirense.
    Mas pronto, a camara é que saberá quais são os parceiros de seu interesse e onde investe o dinheiro resultante do taxamento municipal mais alto do país. Viva ao turismo! e os aveirenses que se amanhem..
    É que até o local que escolheram para este veiculo estar grande parte do seu tempo parado, foi na maior superfície comercial da cidade, numa altura que a principal avenida está a precisar de movimento e atenção para dinamizar tudo à sua volta. E espaço meus amigos é que não falta.

  2. Nonnus says:

    Uma questão se o veiculo é autónomo para que é que serve o limpa para-brisas? Pela superfície que limpa não é para os passageiros certamente, talvez para alguns sensores.

    Isto é tudo show off em Abril: http://www.telesintese.com.br/telefonica-demonstra-na-espanha-uso-de-rede-5g-por-veiculo-autonomo/

    Portanto isto nem sequer é novidade nem inovação da Altice.

    • Diogo says:

      lol, só muda o simbolo.

      a pplware devia investigar antes de publicar, just an opinion…

      • Vítor M. says:

        Vocês são fantásticos. Não lêem o artigo e disparam logo disparate 😀

        Primeiro, o conceito deste veículo vem bem lá detrás: https://pplware.sapo.pt/informacao/olli-o-minibus-autonomo-electrico-e-fabricado-na-impressora-3d/

        Depois, como está no texto, a Altice não disse que inventou seja o que for, a empresa disse que “…está hoje em exclusivo e pela primeira vez em circulação na cidade de Aveiro um Mini Bus 5G.” E até referiu com que parceiros avançou para este projeto em Portugal.

        É que o Diogo vem lá com duas pedras a dizer “a pplware devia investigar antes de publicar, just an opinion…”

        Vá, tenham primeiro atenção ao que pensam, depois leiam, depois comentem e em caso de dúvida 😉 perguntei, não acusem. Cump 😉

        • Diogo says:

          Pela primeira ve em aveiro….
          Quando o veiculo circular pela primeira vez em braga, porto, coimbra etc etc tb vai ser noticia?!

        • Nonnus says:

          “Altice Portugal e Ericsson voltam a surpreender na área da tecnologia.”

          Somos nós que lemos mal, ou são vocês que escrevem para dar a entender aquilo que não é.

          Neste caso em concreto vocês querem passar a imagem que isto é um coisa do outro mundo, quando em Abril (6 meses atrás) o mesmo foi apresentado em Espanha, portanto não há aqui inovação nenhuma, e se há alguma certamente não é da Altice, porque o mesmo projecto foi apresentado noutro país.

          Os 5G não é da invenção da Altice, o mini bus também não, pronto sobra os monitores e umas box´s cheias de mariquices que na realidade não servem para nada e que nem sequer estão prontas para serem comercializadas para as massas.

          “O Caso de Uso 5G Mini Bus que trazemos para Aveiro em exclusivo com o nosso parceiro Ericsson é um dos exemplos que simboliza a capacidade da Altice, através da Altice Labs, antecipar o futuro.”

          Uso em exclusivo e antecipam o futuro! Bom os espanhóis conseguiram antecipar o futuro 6 meses antes que a Altice e se calhar também foi um exclusivo (lol).

  3. Vitor says:

    É triste ver o mundo cruel que se está a criar. As bestas poderosas e ricas e o triste pobre. Algum dia das nossas vidas iremos dizer que a tecnologia nos levou os ofícios e sem ofícios só existiram duas classes, completamente pobre e os ricos, o tempo vira dizer se a robotização é assim tão linda.

  4. Vitor says:

    Onde se lê : existiram, passa a ler-se : existirão

  5. Miguel says:

    A única coisa que leio aqui são mais 6 milhões de euros dos contribuintes portugueses para a Altice e parceiros.

    Mais 6 milhoes para meter em sacos azuis.

    O veículo mencionado não é autónomo. Segue uma linha reta de 100 m para trás e para a frente no meio do passeio mais nada.

    E ainda por cima um veiculo reutilizado, visto que já tinha sido construido e andado em espanha. E os 6 milhoes ?

  6. Miguel says:

    O país está como está e as pessoas passam necessidades.

    Acho que já era mais que hora de parar de dar o pouco dinheiro de contribuintes que temos a empresas gigantes multinacionais e privadas.

  7. Diogo says:

    vamos ver quando é que a altice meo inventa o VoLTE…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.