Quantcast
PplWare Mobile

Surgem novos indícios que o iPhone X poderá ser descontinuado pela Apple

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Simões


  1. Paulo Mendes says:

    Isso é bom. Passa a ser raro e mais tarde valerá mais €.

    • iDespairing says:

      +1. Mas por acaso li o artigo original e somente dizem que quando um ou mais novos modelos forem lançado não serão mais produzidos os X a exemplo do que aconteceu com o 5. Por outras palavras não fabricam mais. como por exemplo o 7 ainda produzem e vendem no presente.

    • PoPeY says:

      Acho que o mercado não está virado para ai. o Iphone X embora extraordinário não trás nada de espetacular amanhã, o topo de gama que ele tem amanhã já é obsoleto. Nesse mesmo amanhã sairá um Iphone mais bonito e melhor que fará com que o publico se esqueça rapidamente do Iphone Monocelha, O único telemóvel que não segue essa tendência sãos os nokia 8800 gold e carbon titanium, e mesmo esses…

    • Vítor M. says:

      Embora seja apenas um conjugar de indícios, não é de certeza ainda uma decisão que foi oficializada. Além disso, o iPhone X, que saiu para comemorar os 10 anos do iPhone, se saísse de linha iria valorizar de forma estrondosa. Mas não parece ser essa a ideia. Pelo menos pelo que o mercado dos componentes vem demostrando.

      A Apple até poderá tirar de linha o iPhone X, pois saiu fora da designação, mas um novo nome virá para dar continuidade ao que a Apple tradicionalmente criou. Poderá ser um iPhone 11 com novas características, mas dando continuidade a tecnologias, como o ecrã OLED, Face ID, SoC A11 Bionic, etc…

      A Apple facilmente alavancava as vendas se quisesse, para isso bastava baixar uns dólares ao preço e as operadoras absorviam milhões de unidades. Mas não parece ser essa a estratégia. Vamos ver o que poderá estar na manga, mas ainda falta uns meses valentes até se saber mesmo o que por aí virá.

      • PoPeY says:

        Vitor compreendo o que escreves, mas para um telemóvel descontinuado ter valor, teria que ter algo que mais nenhum tivesse, ser o único com aquela especificação (util). Como o caso das primeiras PS3 que foram as únicas com compatibilidade com jogos físicos da ps2. Ou o caso dos 8800 que eram construídos em ouro, carbono ou titanium. Eram modelos especiais. À uns anos atras comprei o Note Edge porque era uma enorme novidade ecrã curvo. UAU… Serie Limitada e tudo. Hoje estão à venda por 300€ porque depois dele saíram muitos outros modelos com a mesma tecnologia… Mas como dizes e bem no segundo paragrafo, se o X for descontinuado à de aparecer outro para dar continuidade à tecnologia, o que fará o X perder imenso valor. A tal cena do “Para dar 1000 por um X em segunda mão mais vale comprar o XI novo…”

        • Vítor M. says:

          O iPhone X é um modelo espacial, veio marcar o décimo aniversário, tem valor de hardware pois foi o primeiro a introduzir o Face ID e continua a ser um dos melhores do mercado. Criou uma tendência, cortou com outras e ainda irá por vários anos receber atualizações. Deu início a uma série nova, dos ecrãs OLED, na Apple. Agora imagina em termos de colecionadores e utilizadores comuns que irão valorizar este equipamento.

  2. Djoje says:

    A questão é …. o notch é para morrer ou não? e depois as marcas que adoptaram essa treta também o vão descontinuar em próximos modelos?

    • censo says:

      E o problema é o notch???

      • Adalberto says:

        Por acaso o meu problema foi mesmo esse, optei pelo note porque não sou de fanatismos e não me agradou o notch.

      • Alexandre Machado says:

        Para mim o notch até é giro, mas limita a funcionalidade do telemóvel na horizontal. Ver ali um vídeo do YouTube é como ver num iPhone 8, se se ampliar fica cortado…

    • Tiago Reis says:

      O cerne da questão não se prende no notch ou não – prende-se no preço!

      • JonnyKid says:

        Quem dá 900 ou 1000 paus por um iphone 8+ não é por +200 que não leva o X… Repare que grande parte dos consumidores são os próprios americanos e eles lá basicamente recebem os smartphone através de planos com as operadoras (carrier subsidies smartphone) e poucos são aqueles que compram fora deste sistema.
        Dito isto, não é fator preço que julgo ser o único motivo das fracas vendas.

    • Artur Matias says:

      A outra questao que se tem é se a discussao acerca deste assunto deve morrer ou não.

    • Pedro Pinto says:

      Eu nunca comprendi este trauma com o notch. Se eles quisessem tinham feito uma barra preta de uma ponta á outra no topo do smartphone assim com tem o S8 e o S9. Faz-me mais confusão aquela traseira horrível do smartphone com aquele degrau na câmera que até mete medo.

    • iDespairing says:

      Notch R us foi a falência! oops não foi a Toys R us? Get over it! Existem gostos para tudo.

    • Hugo Costa says:

      A Apple não tem nada a ver com as fabricantes que utilizaram o notch, ninguém as obrigou a ir correr fazer um smartphone com notch também.

    • André says:

      Vi a mesma notícia e pensei no mesmo.. Afinal no que ficamos ? Tem vendas ou não tem vendas ?

      • Vítor M. says:

        André, não deverá ser o problema das vendas, deverá ser a entrada do novo iPhone dessa gama e, provavelmente, isolar o X como um equipamento que veio ao mercado introduzir uma gama nova mas sendo um equipamento de comemoração. Agora, ainda muita água passará por baixo desta ponte… a Apple ainda não falou. Vamos ver. Era interessante sim saber o que virá com o iOS 12, com o iPhone 11, com o Apple Watch 4…. etc.

    • Toni da Adega says:

      É bem provável, mas por outro lado:
      “Apple does not break out iPhone sales by device, so it is difficult to confirm Counterpoint Research’s specific numbers”

    • Miguel Costa says:

      Se tivesses notado, nas notas dessa comunicação, está a razão: Reduziram os preços cobrados ás operadoras americanas e inglesas pelos contratos de venda associada, que levou a um aumento de vendas, beneficiando o lucro da empresa. E a Apple não diz mais, pois os X não estão incluídos nessa redução. Portanto, pela nota que é feita, as vendas subiram mas, foi pela venda dos outros 3 modelos.

    • Vitor Miguel Correia says:

      Fake news

  3. Luís says:

    Isso é um facto. Eu comprei um na altura da febre mas utilizo mais um moto g5s plus. Resumindo e concluindo prefiro Android.

  4. antonio says:

    ???
    iPhone X generated 5X more profit than the combined profit of 600+ Android OEMs during Q4 2017
    https://www.counterpointresearch.com/iphone-x-alone-generated-35-total-handset-industry-profits-q4-2017/

    • Miguel Costa says:

      Se tivesses verificado os dados, notavas que o Iphone X dá 426 dólares de lucros, imediatos, à Apple. É sobre este valor que é feita a contagem (não oficial, pois a Apple não dá os valores de vendas do X e as 2 versões do 8 em separado). Se a Apple ganha 400 dólares por cada telemóvel vendido (repito: valor imediato sem contar com os pagamentos posteriores, onde o número ultrapassa os 10000 dólares por cada telemóvel vendido durante 2 anos) é normal que ganhe muito mais do que 606 outros aparelhos onde as empresas ganham 2-10 dólares em cada.

      • antonio says:

        Se tivesses lido os dados notavas que não é o que a Apple ganha com cada iPhone a comparar com o que é ganho em 600 Android.
        É: A Apple tem de lucro só com o iPhone X mais do que o lucro do conjunto dos 600 maiores fabricantes de Android.

        • met says:

          Uma coisa tem a ver com a outra. Não percebo como podem haver utilizadores que fiquem felizes com os lucros de uma empresa, especialmente quando estes são feitos com margens altas e não com escala. No fundo ficam satisfeitos porque os acionistas da Apple passam melhor que os da huawei.

  5. V.T. says:

    Na minha opinião, não é só o factor preço, mas os vários erros que a Apple cometeu no iPhone X. Desde a implementação da fatídica monocelha, até ao polémico método de desbloqueio do aparelho.

    • JonnyKid says:

      e não só. O timing de anuncio do lançamento que foi ao mesmo tempo que o do iPhone 8, que causou confusão ao habitual consumidor, para além da demora para começarem a ser entregues.

    • Sujeito says:

      Vocês estão muito fatalistas. Não há confusão nenhuma. Quem vai comprar ou já sabe ao que vai ou gostou na hora, tem dinheiro e compra.

      Quando liga, o dispostitivo informa como proceder para funcionar e está feito.

  6. Napoléon Bonaparte says:

    Então depois de ser o supra-sumo dos sumos vai ser descontinuado. Então, afinal fica claro que não se trata da máquina que tantos pretendiam que era. A começar pela Apple. Depois pelos fanáticos. E pelo Hélder…

    • Sujeito says:

      Estás noutra. O modelo vai ser “descontinuado” para sair um novo. Tal como tem acontecido sempre antes.

      O título da notícia sensacionalista não ajuda, mas também não custa puxar pela cabeça.

  7. Pedro Meira says:

    no nosso país o preço não é propriamente uma questão, coisa que tenho reparado é que tenho visto alguns IPhone’s X nas mãos… quase que arrisco a dizer que é um sucesso de vendas em Portugal.

    • Napoléon Bonaparte says:

      Peço desculpa, se discordo.
      O preço para mim é importante e penso que para muitos portugueses também é importante. Refiro-me às pessoas mais racionais e que também têm outras despesas. ou que simplesmente se recusam a investir tanto num equipamento.
      Pelo que me toca, acho o Iphone 8 Red lindo, mas mesmo assim parece-me caro; por isso só poderia achar o X caríssimo!
      Na verdade, não estou afim de gastar mais de € 500,00 num novo equipamento. No entanto, posso eventualmente reconsiderar quando o OP6 chegar…

  8. maria vieira a atriz says:

    algo cheira mal

  9. Rui Pereira says:

    Simplesmente patético. Mais valia baixar o preço

  10. pedro says:

    Já era previsível, é um desastre em termos de design e preço bem como o face unlock!!! não há tecnologia que justifique estes preços, até os fanboys da apple estão a acordar para a realidade …. mas como a Apple é expert em tornar derrotas de vendas em vitorias, nunca se sabe ….

    • Jorge Carvalho says:

      Leram o artigo ?
      Fico sempre com a sensação que não lêm ….

      Abc

      • Sujeito says:

        Esse pedro não leu de certeza. Ficou tão contente pelo título enganoso que nem puxou pela cabeça para perceber o contexto.

        • pedro says:

          li e muito bem o artigo!!!! a Apple pensava que a procura pelo iphone X era infinitamente elástica qualquer que fosse o seu preço!!!! mais uma vez enganou-se … o iPhone X é um grande embuste!!!! existe concorrência com melhores maquinas face à qualidade/preço …acordem para a realidade!!! felizmente só os que têm um neurónio é que alinham no jogo da apple …. são “roubados” até ao tutano … se um dia me explicarem o que é que um bom telemóvel de 500 euros (ex. One Plus) fica a perder para um iPhone X de 1200 euros, então talvez mude de opinião!!!

  11. pedro says:

    isso me cheira falta de inovação, ou a Apple acorda pra vida e assume q a concorrência já te passou, ou já era Apple, quem viver verá.

  12. Foi um fracassa total. Não só no preço que não compensa. E aquele rótulo de inovador não se viu nele.

  13. Carlos says:

    Boa tarde ,

    Como já aqui foi referido o factor preço não terá sido o problema principal em virtude do principal mercado do Iphone ser o Americano e como já foi dito muito subsidiado pelos operadores norte americanos , na minha modesta opinião serão um conjunto de factores que terão feito com que este smartphone não tenha atingido o nível de vendas esperado, a saber :

    1/Notch
    2/Iphone sem botão
    3/Sistema operativo por gestos
    4/Desbloqueio 3D
    5/Sem sensor de impressões digitais

    Penso que este último ponto terá sido o que teve maior peso aliado a todos os outros , a nova forma de interagir com o IOS não terá sido do agrado dos mais conservadores consumidores Americanos e que há muitos há e depois sem dúvida a barreira psicológica do preço aliado a todos estes factores terão ditado as vendas abaixo do esperado, embora como se diz na noticia a Apple não divulgue números , o que é certo é que em Portugal foram vendidos até Março 16 mil, números que não andaram muito diferentes do resto da Europa salvaguardando as dimensões dos diversos mercados e também aonde a Aplle tem maior penetração .

    • Sujeito says:

      Principal problema do quê? Este modelo está a ser um sucesso.

      Eu tenho as minhas reservas em relação ao modelo mas a realidade é que está de boa saúde.

  14. Miguel Costa says:

    A Apple tentou deitar o isco para ver se valia a pena avançar para telemóveis de 2000 dólares, que os fãs iriam continuar a comprar, dando lucros muito maiores à empresa. A coisa não correu bem, pois há registos que as vendas nem aos 20% das previsões chegaram. Tem muitos em stock, é natural que deixem de os produzir, para lançarem uma nova versão lá para Outubro, reduzindo o preço do X em 300-400 dólares.

    • Sujeito says:

      Eles não têm muito stock. Estás a falar da empresa que , dentro da área, menos stocks acumula.

      E não tem a ver com “iscos”. As coisas custam o que custam.

  15. Rui Carriço says:

    A sério? Que pena, um equipamento tão bom e tão em conta.

  16. Zé antonio says:

    O Pt é muito invejoso,

  17. Alexandre Machado says:

    O único problema é o preço… 1200 euros é um atentado. Se baixassem o preço se calhar teria mais vendas

  18. irlm says:

    iphone > a maior receita da apple, se cai não sei, se sobrevive.

  19. claudio says:

    Um telemovel que se faz pagar pela Marca e que custa 1000 e tal euros estavam á espera de vender muito, eu já previa que ninguem ou quase ninguem o comprasse, A Huawei e a Samsung já vendem caro quanto mais 1000 euros. Invistam noutras coisas, em Smartphones já nao conseguem ganhar a corrida.

  20. Gustavo Dezen says:

    Matéria um tanto quanto equivocada.

  21. Fernando says:

    É caso para dizer: A montanha parui um rato…..

  22. Diogo Rodrigues says:

    Esta notícia não está completamente correta. O que vai acontecer é que o IPhone X vai deixar de ser produzido devido aos novos telemóveis que a Apple vai introduzir no mercado no outono. Fala-se numa versão mais barata com ecra LCD e duas versões flagship com ecra OLED de tamanhos diferentes. Se o IPhone X continuasse no mercado iria confundir os consumidores e provavelmente não iria vender devido à tal opção mais barata.

  23. Marcio says:

    Só tretas

  24. Filipe Cordeiro says:

    Tenho um IPhone X, tendo vindo de um Samsung Galaxy S6, e posso dizer que o IPhone X está um “pouco” caro para o equipamento que é. Mas também neste momento todos os equipamentos de topo estão demasiado caros.
    Quanto ao notch, não gosto muito, mas na verdade este não interfere na utilização a não ser nos jogos. Ao ver vídeos como são com dimensões menores que o ecran não existe problema. O Face ID funciona melhor do que esperava, mesmo usando óculos, claro que ainda pode melhorar mais. A bateria é excelente para o que estava habituado. Quanto ao alto da câmara a mim não me afeta pois uso a capa de pele que assenta que nem uma luva e protege que as lentes toquem na superfície quando coloco em cima de algo.

    O grande defeito é mesmo não ter o jack 3.5mm e o DAC que vem é muito fraquinho em termos de purpurina e mesmo em qualidade de som. O que leva a quem gosta de música com qualidade a ter que investir num DAC ou então nuns auscultadores wireless que com qualidade decente não são nada baratos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.