Quantcast
PplWare Mobile

Apple poderá em breve parar de produzir o iPhone X

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Simões


  1. Mota says:

    ótimas noticias.

    Espero que as marcas entendam que nenhum smartphone vale 1000€ .
    Mesmo que isto seja verdade e o mesmo aconteça com todas as marcas.

    • Sujeito says:

      Isso não cabe às empresas. Cabe aos consumidores.

    • Luis says:

      O preço é definido pela procura, se deixarem de comercializar este porque não vendem e a partir de agora lançarem modelos com preço inferior, confirma que não há procura para esse valor. Contudo, os telemóveis de tipo andam na casa dos 800€ e continuam a vender bastante, é porque há procura.

    • AS says:

      Não é o preço, é o notch dizem eles. Quando o iPhone 8 não vendia era porque esperavam pelo X. Agora o X não vende, é o notch. A Apple já perdeu ponto onde se destacava, o iOS. Mas continuamos a não ver isso. O telefone é lindo mas podia custar 2.500 euros que vendiam o mesmo. Não dá para o consumidor normal quando há tanta oferta (melhor na minha opinião) e abaixo do preço. Vai sempre alguém dizer “sim, mas no fim vê se as vendas abismais”

      • AS says:

        E atenção que o iOS é muito bom. Mas já não é factor decisivo na compra. O Android está muito maduro.

        • jonas says:

          a meu ver o iOS está longe de ser muito bom. É claro que cabe a cada um definir o que é muito bom. Se gostas de ter os mesmos aborrecidos icons, o mesmo formato, a mesma forma de navegar, entao sim é muito bom. é que nem na fluidez se pode gabar que o meu ipad 4 mini morreu com o novo iOS e nao existe melhor na class dos minis. baterias ridiculas que duram um dia a rezar ou o telemovel é so para ter em cima da mesa para mostrar que se tem um? eu mudo de aparencia, icons, sons, etc todos os meses em 30s as vezes mais que o mais dificil é escolher um tema entre milhares. a liberdade que da o android a ligar a um pc, ou ainda melhor a integracao com o google drive perfeita que consigo instalar uma app feita por mim sem ter que ligar a lado nenhum…tenta fazer isso num iphone..primeiro precisas dum mac….depois so ligado ao cabo e com autorizacao para esse telemovel…para telefonar é maravilhoso o IOS..mas tambem é um telemovel de 100 euros….

          • Sujeito says:

            É por isso que é bom haver plataformas diferentes e que não faz sentido, nalguns parâmetros, discutir preferências.

      • Sujeito says:

        O 8 não vendia? Tens de te informar melhor.

    • Marco says:

      A notícia vai aumentar as vendas!

    • jonas says:

      foi o flagship mais vendido no Q4 de 2017. ficou é abaixo das espectativas da Apple. 29Milhoes de envios nao é propriamente um “fiasco”….o huawei topo de gama num ano vendou 10milhoes…bem bom…em paises que se ganha 3.000 a 7.000 euros mes dar mil por ano nao é nada de especial…agora quando se vive num pais pobre que se ganha entre 500-1200 em media, sim é um exagero dar 1/6 a 1/12 dum orçamento anual num aparelho.

      • Eduardo says:

        Jonas, não sei se você é brasileiro, mas a situação aqui no Brasil é bem parecida, se não for pior. O brasileiro recebe em média 2 mil reais (aproximadamente 500 euros) e o aparelho custa 7 mil reais (aproximadamente 1800 euros), ou seja, não só recebemos menos, como o valor ainda é mais alto do que a maior parte do que é praticado no mundo. Comparando em salários mínimos, que talvez a maior parte da população receba, o iphone custa mais de 7 salários! 0_0

  2. Nuno Fernandes says:

    Lol, vendem um smartphone a começar nos 1200€ +- e esperam vender mais do que os outros modelos?
    Enfim, há que por um travão no preço absurdo dos flagships que custam o dobro do que custavam há 3/4 anos atrás. Ainda pra mais sendo um telefone cujo design foi desenvolvido em cima do joelho pois aquele “notch” não lembra ao diabo e mesmo os novos gestos deixam muito a desejar, já para não falar da inconveniência do Face ID. Aprende Apple, nem a empresa com mais hype do mundo faz milagres e nem todos os fanboys são ricos. Conheço quem ganhe 5mil€/mês e se tenha ficado pelo 7 porque não gosta do X e teve todos os modelos até agora.

    • Sujeito says:

      Não custam mais do que custavam. É um novo modelo, se fosse um carro, é como introduzires uma nova gama. Já os Note esses sim, andam a escalar de preços.

  3. Ricardo says:

    Resultado das baixas vendas?? Não pode ser verdade. E o sucesso que foi falado aqui repetidamente? Não se percebe nada.

  4. Belmiro says:

    Este é que é o iPhone 8 e devia estar ao preço desse, e o 8 atual devia deixar de existir. Deram um passo maior que a perna.

  5. Luís Miguel says:

    Espero que essas notícias não passem de boatos, comprei o meu há poucos dias e de facto só quem não tem é que pode criticar. Para mim o mais prático iphone feito até hoje para além de bonito.

    • Daniel de Melo says:

      O facto de deixar de ser produzido não quer dizer que deixe de ser suportado.

      Eu não me importo que deixe de ser produzido. Já o comprei, estou satisfeito, venha o próximo.

    • Nuno Fernandes says:

      “Só quem não tem é que pode criticar.” como assim? Isso é um paradoxo do caraças…
      Então o Miguel não quer que seja verdade porquê? O seu X vai continuar a ser igual ao que era, nem melhor nem pior! A menos que o tenha comprado pelo status e tenha medo que o seu X venha meio rotulado de falhanço por parte da Apple. Em boa verdade, grande parte dos donos do X foi por isso mesmo que compraram, pelo status (lol) e não porque é um bom smartphone! Não estou a dizer que é o seu caso, mas certamente é o caso de muitos e eu conheço alguns desses…

      • Toder says:

        claro que é o caso dele tambem, depois de ter pago tanto dinheiro esta com medo que este tal de status caia, enfim há demasiados que compram pelo status e não pelo aparelho em sim ser bom ou nao

    • Belmiro says:

      Luís Miguel, se entendi bem só pode criticar quem não tem, porque quem tem se tem críticas não as pode/deve fazer lol

      Sim, de facto quem deu 1200€ e critica é um escândalo porque a Apple só constrói aparelhos perfeitos … (Sarcasmo)

    • Ed says:

      Eu não acho nada prático em comparação com os outros mas pronto

    • Joao Magalhaes says:

      Enfim, esperemos que daqui a 6 meses não receba uma actualização e fique como o 6S , quanto ao “só quem não tem é que pode criticar” discordo pois cada vez mais vai-se notar menos diferença nos telemóveis, não há muito a melhorar.

    • Toder says:

      bonito pode ser para ti mas para mim só de ver aquelas bordas faz-me rir. chamam o iphone x sem bordas mas tem umas bordas maior que um tlm de 2 anos atras, e pagar mais de 1000€ para depois estar com medo de ter problemas com o ecrã como muitos tiveram? não obrigado, mas cada um faz o que pode e o que quer claro

    • PG says:

      Prático em que sentido? Tão prático quanto o 6s, 7 ou o 8, e aliás, até o acho muito menos prático no uso diário do que os últimos modelos.
      Quanto ao aspecto… bonito é (mas o notch… dá vómitos), e bastante frágil também. Muito cuidado!
      “Só quem não tem é que pode criticar” – Eu compreendo e digo-lhe que, quem gasta 1300 euros num aparelho, não o pode/deve criticar, pois o preço que pagou por esse aparelho e mais o status que lhe confere, não lhe dá azo a criticas, mesmo que pense o contrário.
      Mas enfim, são opiniões e cada qual tem a sua… assim como a carteira. Mas, 1300 euros por um telefone, meu Deus, dá que pensar!

  6. Joel Reis says:

    Um dia sai um artigo a falar dos números de vendas excelentes no iPhone X, no dia a seguir a falar das vendas abaixo do esperado, é um ciclo engraçado aqui no pplware.

  7. Nitroglycerine says:

    Sim. Bem bonito que ele é!
    Pareceu-me também bastante frágil, para ser sincero.
    E atendendo o preço, que consubstancia um autêntico assalto ao consumidor, não contém comigo como cliente.
    E então agora com as novas opções disponíveis, que garantem uma obsolescência programada, então… Esperem sentados!

  8. Simão says:

    Parecer frágil é uma coisa agora ser é outra. Ele não é tão frágil como querem fazer crer, sei do que falo.
    Respeitante a preços o iPhone X não é o mais caro, o mais caro é o smartphone Huawei Mate 10 Porsche Design
    1 395,00 €.

  9. Simão says:

    Parecer frágil é uma coisa ser é outra. O iPhone X não é tão frágil como querem fazer crer, sei do que falo.
    Respeitante a preços o iPhone X não é o mais caro, o mais caro é o smartphone Huawei Mate 10 Porsche Design
    1 395,00 €.

  10. Pintor says:

    Desde do “fim” da Nokia que uso telefones da Apple saltando sempre um modelo antes de adquirir um novo. Sempre fiquei satisfeito no entanto apesar de quer comprar um novo mostrei muitas reticências quanto a este a modelo acabando por não o comprar, parece que não fui o único.Da ideia que foi lançado a presa sem grande atenção ao detalha.

    • Marco says:

      Como dizem os velhos utilizadores Apple, nunca compres uma primeira versão de um produto Apple, a primeira versão é sempre de testes, a coisa só fica afinada ao depois da 2ª ou 3ª versão, o mesmo serve para os SO.

    • Sujeito says:

      O novo modelo desta geração é o 8, que para todos os efeitos é um 7s. O X é um novo modelo, como o SE foi também ou os iPad Pro.

  11. Sérgio E. says:

    Facciosismos à parte, como é que se pode escrever num artigo que algo é o que mais atrai os consumidores e ao mesmo tempo falar em descontinuação por não atingir objective de vendas? Se este é o que mais atrai os consumidores, o modelo mais vendido será o quê ? Um fracasso ?

  12. B@rão Vermelho says:

    “O iPhone X é, sem qualquer dúvida, o smartphone do momento e aquele que mais atrai os consumidores”
    Parece me a mim que esta frase é algo exagerada, pelos visto não é assim tão desejado, isto é apenas um rumor vamos ver o que reserva o futuro.
    Afinal as vendas foram ou não um sucesso?
    Acho que venderam muitos milhões, mas não os milhões esperados, será assim?

  13. Rui says:

    Dia 11.01.2018 pplware noticiou “vendas elevadas” e “vendas fantásticas”… hoje já diz precisamente o oposto… Fiquei confuso

  14. Jobz says:

    Onde vivo as pessoas têm um poder económico que os Portugueses apenas podem sonhar, contudo, até agora só vi uma única pessoa com o iPhone X, e era mais para andar a mostrar que outra coisa.
    Acredito que se tenham vendido alguns, mas muito longe de ser um sucesso de vendas.
    Tenho notado sim, uma grande procura pelo OnePlus.
    Pessoalmente, vou comprar este ano um Vernee, ou uma outra marca que tenha boas specs e um preço baixo.

  15. YO says:

    Nada como o meu Note 8 e o S8 da minha esposa….
    Apple nunca mais!!!!!!! Já lá vão uns anos!!!!

    • Belmiro says:

      Eu honestamente acho que o S8 e seguintes e os novos dispositivos da Huawei mostram que no segmento alto há já nos 700-800€ o melhor que é possível fazer. A partir de agora os clientes pouco mais precisam e já se atinge esse nível em sub 700€.

      A Apple conseguiu durante anos minar o consumidor com produtos parecidos e preços altos, achou que uma novidade podia contar 1200€ mas de facto vejo muito pouca gente com um e todos os fiéis da Apple que conheço (são muitos) ou ficam-se pelo 6s por mais uns anos ou já tiveram por um S8 e estão felizes. Quando falo do X são da opinião que é muito dinheiro para pouca uva sem vantagens sobre a competição.

      • Sujeito says:

        Muita misturada. Não tem sido a Apple a minar clientes com produtos parecidos, mas sim os concorrentes é que o têm feito.

        Ainda é muito recente para veres muitos X a circular e não é essa observação diária pessoal tua ou minha que representa sucesso ou fracasso. Eles têm outras gamas e tudo isto é um plano maior.

    • Armindo says:

      Agora a nível de pontuação, isso já devias voltar para a primária.

  16. Antunes says:

    Tenho um é zero problemas.

    • Belmiro says:

      Não é por problemas, é porque há falta de interesse em dar esse valor. A maioria obtém o mesmo por 700-800€ no mundo Android.

      A Apple deve estar a questionar como ter o X no mercado sem declarar que precisa baixar o preço. Talvez a direção tenha achado mais digno e optado por descontinuar o X e só ter o 8, e este ano lança o “X versão 2” ao preço atual do 8 e para substituir o 8. A maioria dos X que conheço foram por contrato e mesmo assim dizem que não entendem como custa o que custa e “não há grandes diferenças salvo a câmara e ecrã para os anteriores, como custa mais de 1000€???”

      • Sujeito says:

        Essa sempre me pareceu que seria a estratégia deles desde o início (quando lançaram o X). Se conheceres o historial de operações deles, faz todo o sentido.

  17. eu says:

    Tiveram mais olhos que barriga.
    O preço tem vindo sempre a subir mas até para a parvoíce de cortar em bens essenciais em nome do status com ter um BMW e um iPhone, existem limites (o pacto que se faz com o diabo, chamado de crédito) e um parece que o limite do status para um telefone deverá rondar as 1000 unidades monetárias que foram ultrapassadas por este modelo.
    Agora não assumem e inventam desculpas e a maior parte deve achar o ecrã fantástico e não sabe o que é o notch.

  18. História says:

    A razão e o preço porque uma baixa de preço vai criar problemas para o novo iPhone.por isso vai ser retirado

  19. Vasco says:

    Eu comprei o meu nos EUA, versão 256GB e acabei por benificiar da taxa de cambio. Ficou cerca de 250 libras mais barato (+-300 euros). Para mim o preco mais adquado seria a volta de 800-900 euros. Mas é sem duvida o melhor iphone de sempre, camara boa, bateria excelente e ecra fantastico. O Face ID para mim funciona igual ou melhor que o touch id. O portrait mode funciona mal, vê-se que é beta e os emojis não servem para nada. Em londres onde moro uso o telemovel para tudo. aplicaçoes profissionais, pagamentos de compras em supermercados , restaurantes, para metro e autocarro. Se vivesse em Portugal neste momento compraria o One plus 5T ou o Xiaomi A1 que têm optima qualidade preço. O meu telemovel favorito de sempre foi o Motorola Moto x 2013 que ainda tenho e que ja na altura tinha ecra oled 🙂

  20. Vitor says:

    Rumores, para levar mais pessoas as lojas enquanto “conseguem” comprar um….

  21. V.T. says:

    É o mais desejado mas ninguém lhe toca… E por isso pode ser já descontinuado, passando a ser o smartphone da Apple com mais curta vida comercial… Só só eu ou o iPhone X é um falhanço épico?

  22. V says:

    O mate Porche design não é o mais caro….. Nem o phoniX o é!
    Mas mesmo o mais caro não o quero para nada!!!

  23. eu says:

    Para mim, um produto tem de ser visto num todo, desde a parte comercial, ao produto físico em si, terminado no preço e neste último ponto, o preço é absurdamente desajustado, logo para mim este foi o “Windows Vista da Apple” enquanto produto num todo (incluído o preço).

    • Sujeito says:

      É exatamente por esse todo que custa o preço que custa. Só tens de perceber o que está por trás.

      Agora, o preço que ele vale não é a mesma coisa que dizer que é o preço que alguém esteja disposto a dar por um.

  24. Francisco says:

    Vai deixar de ser produzido, porque vem uma segunda geração. E desta vez a política não vai ser manter este a um preço mais baixo. Deveriam era dar a notícia toda e como deve de ser.

    • Na verdade não é bem assim. A Apple por norma mantém os modelos anteriores em produção e só os descontinua alguns anos depois. Neste caso parece que vai se diferente e ainda antes de sair os novos modelos vão deixar de os produzir.

  25. Logico says:

    Boa MANOBRA DE MARKETING!!! Só não vê quem não quer..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.