Quantcast
PplWare Mobile

Europa quer que smartphones iPhone e Android usem a mesma porta de carregamento

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Miguel says:

    Se realmente se preocupam com o ambiente tinham-o feito…
    E a opção sem carregador, seria feito de forma diferente.

  2. Zé Duarte says:

    Aí vem o iUSB.

  3. NaPodes says:

    Falam como se o USB-C não fosse melhor que o Lightning.

    https://www.macworld.co.uk/feature/usb-c-vs-lightning-3666439/

    Além disso, o iPhone 8, iPhone 8 Plus e o iPhone X todos suportam o carregamento rápido. E para isso é necessário um carregador USB-C e um cabo USB-C para Lightning (os quais não vêm incluidos na caixa).

    • Vítor M. says:

      Sim, é uma tecnologia mais moderna e poderá trazer vantagens. Mas deixa-me lembrar-te que o Lightning apareceu quando os outros usavam micro USB 😉 e que tens uma rol enorme de equipamentos com Lightning.

      Mas há vantagens em usar USB-C face ao Lightning?

      Sim, em grosso modo há na velocidade de carregamento. Mas também há desvantagens para a Apple. Aliás, a história explica isso.

      Quando se começou a trabalhar no USB-C, em 2014, onde estiveram envolvidas muitas empresas, a Apple, a Google, HP, Intel, Lenovo, Microsoft e Samsung (entre várias outras) foi formado o USB 3.0 Promoter group (que a sua formação data de 1995). Contudo, porque não havia entendimento, a Apple chateou-se decidiu avançar ao lado com o Lightning, já que tinha tecnologia sua, patenteada. Isso ajudou a Apple a incrementar uma série de inovações nos seus equipamentos e isso gerou receitas enormes.

      Portanto, um dos pontos em que a Apple pode ganhar em usar a sua própria tecnologia é não depender de outros, que, como explica a história, com a indecisões e os atrasos no consenso, atrasam o desenvolvimento de novas tecnologias.

      • Miguel Ferreira Pinto says:

        Mas se a Apple usa o USB-C nos computadores que vende (o meu Air tem 2 USB-C Thunderbolt), porque não fazer isso em toda a linha de produtos, homogeneizando a própria marca? Eu ter um lightining para o iphone e um USB-C para o MacBook Air não faz muito sentido, diria

        • Tecnical says:

          A razão está explicada acima pelo Vitor M.: “Apple chateou-se decidiu avançar ao lado com o Lightning, já que tinha tecnologia sua, patenteada. Isso ajudou a Apple a incrementar uma série de inovações nos seus equipamentos e isso gerou receitas enormes.
          Portanto, um dos pontos em que a Apple pode ganhar em usar a sua própria tecnologia é não depender de outros […]”
          Ou seja: a “birra” em manter o lightining é porque gera receitas. Já o Thunderbolt é tecnologia Intel.

          • Vítor M. says:

            Gera receitas e permite evoluir sem depender das birras dos outros, que foi o que atrasou vários anos, uns 4 pelo menos, a introdução do USB-C 😉 e em 4 anos, o lightning deu grande vantagem à Apple e aos utilizadores, pela qualidade de ligação, usabilidade… entre outros vantagens.

            Portanto, é redutor dizer que é só por receita, é receita, mas é, sobretudo, liberdade de inovação sem depender de terceiros. Isso é qualidade de serviço.

  4. ernez says:

    Meio caminho para a apple eliminar por completo a porta Lightning, lol.

    • Vítor M. says:

      Não sei se assim será. Mas, de facto poderia a Apple já ter adotado o USB-C. Já que fez parte da equipa de engenharia na sua criação e já que tem vários dispositivos com esta tecnologia, poderia abrir a todos. Mas, quem melhor que a Apple para perceber isso. Por exemplo, nos recentes AirPods Max, a ficha é Lightning. Será que ainda há encomendas destas tecnologia para colocar cá fora? Claro, o utilizador Apple não fica mal servido, mas era preferível assumir o USB-C.

      Mas, poderá não fazer sentido esta lei, se avançar dentro de um ou dois anos a remoção da porta física em favorecimento do carregamento wireless 😉

  5. B@rão Vermelho says:

    À anos que se fala nisto e nunca mais avançamos com esta macacada.

  6. Pedro says:

    E que tal obrigar as marcas a lançar apenas 1 modelo de telemóvel a cada 3 anos.
    E que tal que distribuir senhas para comprar telemóveis, assim controlavam melhor o lixo eletrónico.

    Penso que a UE se devia preocupar com outras questões que são mais importantes para os europeus.

  7. Gerardo says:

    Se a Apple está contra, que meta 2 portas, uma para carregar e outra para sacar dinheiro em iDevices incomp…. para inovação, peço desculpa

  8. Carlos Faria says:

    Era o sonho. Isto de ter um cabo por marca não dá. e só falta a apple, tudo o resto já usa usb-c

  9. Apple says:

    Acho piada que a europa nunca promoveu o empreededorismo para ter projectos semelhantes a essas duas empresas e agora quer obrigá-las a esta ou aquela medida. Porque nao fazem isso com a china????? A solução para Portugal é abandonar esta organização, que impede com burocracias o desenvolvimento economico.

    • ... says:

      Fazem isso com a China como com a apple e android,os fabricantes automóveis chineses,por exemplo,ao não passarem nos testes Euro-NCAP(burocracias,que pelas suas palavras,são impedimento ao desenvolvimento económico),não podem comercializar esses veículos no espaço Europeu!!!
      Solução para Portugal era abandonar o espaço Europeu segundo o que afirma,para escapar das burocracias que estarão a impedir o desenvolvimento económico…antes de Portugal entrar no espaço Europeu,Portugal tinha desenvolvimento económico?Ou entramos no espaço Europeu para termos desenvolvimento que sozinhos não conseguíamos?

      • Apple says:

        Voce quer comparar o que era a actividade economica antes e o que é agora? Voce imagina o que era o textil em Portugal, por exemplo…. a quantidade de pessoas que estavam empregadas nessa área? a quantidade de negocios que se desenvolviam a volta dessas fabricas? Isto é só um dos muitos exemplos.

        • ... says:

          Sei tudo o que afirmou,e tudo o que não afirmou…não afirmou que eram industrias de baixo valor acrescentado,fundamentadas no valor da mão-de-obra baixo,e que a inovação era sofrível!É para isso que quer sair do espaço Europeu?Voltar ao “orgulhosamente sós”?

          • Apple says:

            Orgulhosamente Portugueses, é isso que Portugal vai voltar a ser!

          • ... says:

            …”vai voltar a ser”…
            -se não conseguiu demonstrar quando Portugal FOI orgulhosamente,como pode saber que VOLTARÁ a esse orgulhosamente??? Ou o orgulhosamente é salários baixos,inovação inexistente,baixo valor acrescentado?É que estes parâmetros são o oposto ao empreendedorismo que alegou no seu primeiro comentário!!!

        • Alexandre Moura says:

          Considerando o nome esta pessoa esta no gozo ou é bait.

          Mas se quer lembrar o tempo antes de Portugal estrar na União Europeia e ate nos primeiros tempos, primeiro a classe media era coisa das grandes cidades, porque fora das grandes cidades classe media eram alguns funcionários públicos alguns porque ganhavam bem outros porque ganhavam ainda melhor com o que recebiam por fora, o resto ou eram muito ricos ou muito pobres.

          E a industria têxtil as fabricas o ordenado as vezes eram menos de 150€ muitas dessas fabricas eram ilegais onde a media de idade dos funcionários era 13 ou 14 anos podia haver muito dinheiro na industria mas ao povo chegava pouco e o ordenado dava para por comida na mesa e pouco mais.

          Não é que hoje em dia o ordenado mínimo de para mais do que pagar as contas mas acho que ganhamos mais por continuar na união europeia.

  10. Jorge Carvalho says:

    Depois começam os problemas dos cabos e protocolos….

    “ In 2016, Benson Leung, an engineer at Google, pointed out that Quick Charge 2.0 and 3.0 technologies developed by Qualcomm are not compatible with the USB-C standard”

    Abc

    • Toni da Adega says:

      Nesse caso, não existe problema nenhum, o smartphone é compativel com o USB-C standard. Continua a ser possivel utilizar qualquer cabo/carregador USB-C, a única diferenca é que fica um pouco mais lento a carregar.

  11. Gonçalo says:

    Mais rapidamente a Apple remove a porta por completo. Já há rumores de que este ano vem pelo menos 1 iPhone sem porta (ainda que não ache que seja este ano), por isso não vejo Lightning a ser substituído por USB-C nos iPhones.

  12. jorge says:

    A europa nao o faz com a china, porque a china nao obedece a europa, melhor a china nao lhes da ouvidos a europa esta a cagar para os europeus de meia tijela, depois existe outra coisa a Apple tem muitos engenheiros, e a europa no parlamento europeu so tem advogados, existe uma grande diferença no saber, era a Apple proibir a venda do cabo usbc, porque foi a Apple que o desenvolveu, mas apenas o deu a explorar a terceiros.

      • Galo says:

        Muito bem que não percebes nada do assunto XD.

        Mas a Europa não tem obrigado a que os produtos vindos da China obedeçam a criterios legislativos?
        O proprio iphone não é também um produto made in China?
        As grandes empresas chinesas também não têm muitos engenheiros?
        A Apple fez parte do grupo que desenvolveu o usbc , não é a proprietaria para ter poder de proibir a sua comercialização.

        Por isso muito bem a nada.

  13. tswax says:

    O Lightning tem a vantagem de a “parte” mais fragil do sistema ficar no carregador, que é muito mais barato a substituição. Já o USB-C tem a parte mais frágil do lado do telefone, o que acarreta mais trabalho, e maiores valores de reparação! Continuo a achar que seria preferivel terem todos a mesmo ficha, mas antes de isso acontecer acho muito sinceramente que os iphones irão abulir qualquer ficha no equipamento!

  14. PM says:

    Está o caminho aberto para a massificação do carregamento sem fio

    • Galo says:

      Sim, também acredito nisso. É cada vez mais implementados pelas marcas, com velocidades de carregamento superiores, e até já ha propostas de “verdadeiros carregamentos sem fio” de pelo menos da XIaomi e da Motorola.

  15. David says:

    É mais provável que a Apple abandone qualquer tipo de cabo e use apenas conexão sem fio, como é no Apple Watch.

  16. Joao Pequeno says:

    Perfeitamente legitimo!

  17. g0tH1c.X says:

    A mania dos cabos proprietários…Se o USB-C permite tudo, é adotar-se isso. Em termos de durabilidade dos contactos, o lightning é melhor, mas paciência…tem é que se escolher um!

    • acs says:

      Eles não devem meter USB em mais nenhum lado. Tudo o que tinha que levar com USB-C/thunderbolt já tem. Os iPhones devem ir full wireless.

      • Toni da Adega says:

        Ainda nao existe carregamento wireless, existe uma forma diferente de carregamento.
        Para ser utilizar magsfe ou se coloca numa base ou anda-se com um cabo agarrado á traseira do iPhone. Algo wireless nao possui cabos nem contacto com nada.

    • PTO says:

      Provavelmente não sabes mas o Lightning apareceu antes do USB-C, ou seja, ainda nós usávamos o velhinho micro-USB.

  18. Marquinho says:

    Claro que a Apple não concorda é normal sendo uma empresa capitalista e de números e lucros, irá hipoteticamente perder uma fonte de receita da exclusividade de um dos seus acessórios? Óbvio que não, e é legitimo mas a um senão que é… se queremos vender os nossos produtos nas “casas” de 3°s temos de nos adaptar as regras que eles têm em casa deles.
    E se a Apple caso a Europa avance com essa medida quer vender smartphones na Europa tem de seguir as regras Europeias, eu como consumidor acho que sim, que faria sentido usar um cabo único sendo o USB-C o mais generalizado… Mas existe a situação do copo meio vazio ou meio cheio consoante o jeito que dá por um lado a Apple tem o direito de vender os seus produtos como bem entender e com os acessórios que bem entender, mas lá está a Europa também têm o direito de querer que os produtos vendidos na “sua casa” sejam vendidos consoante o padrão que pretendem e neste caso a uniformidade dos cabos de carregamento!
    Uma coisa é certa por este andar se não se começar a impor limites às marcas qualquer dia começam a vender os smartphones às peças, tiram carregadores, e auriculares só a França pelos vistos e bem é que bateu o pé em defesa dos seus consumidores e cidadãos e honestamente acho que havia de haver mais Franças por essa Europa/Mundo e começarem a impor regras e limtes às marcas!

    • Vanadu says:

      A Apple ou qualquer outra empresa tem o direito de vender respeitando as regras que determinado estado ou grupo de estados (como a União Europeia) impõe. Essa é a legitimidade que tem em vender os seus produtos.
      Era o que faltava uma empresa qualquer, por muito peso que tenha, fazer as suas regras á revelia das Leis ou contornando as mesmas ao seu gosto. E muito abuso essas empresas fazem, mesmo assim.
      A União Europeia faz bem em uniformizar o tipo de carregamento, e não devia parar por aí, existem muitas outras coisas que deviam ser comuns aos equipamentos e que deviam partilhar. Quer por uma questão de economia do consumidor, quer pela defesa do meio ambiente.
      O resto é conversa de fanboys de uns e de outros que não resolve nada do que é fundamental.

  19. ze says:

    Sem normas não existe democracia, sem normas existe é uma grande bagunça e ninguém se entende e o custo para todos inclusive o meio ambiente é enorme. Há coisas que tem de haver normas, imagine agora que cada fabricante de candeeiros fizesse um socket da lampada diferente para com o intuíto de forçar as pessoas só comprarem lâmpadas da mesma marca. É que são cenas que fazem basicamente o mesmo.

  20. Carlos says:

    Os problemas associados à eliminação das porta de carregamento nos IPhones não é apenas uma questão de carregamento.
    A porta também é usada para ligar o equipamento aos computadores e a outros acessórios.

    • Galo says:

      Com avanço das ligações wireless para transmissão de dados isso seria dispensável.

      Uma das vantagens de eliminar a porta de carregamento nos IPhones é que as pessoas deixavam de usar o equipamento enquanto este carrega (se atendermos que não deve ser nada confortável em termos de peso segurar no Iphone com o Magsafe agarrado), o que seria mais seguro.

  21. TSSRK says:

    As outras marcas foram todas para a USB (no tempo da nokia, haviam carregadores de todos os tipos, e ficou harmonizado com as micro usb), não entendo como pode justificar inovação por um conector só utilizado pela marca, proprietário e que dá metade da velocidade usb C 3.1.

    • Galo says:

      Historicamente há razões (já apontadas aqui por outros users) que suportam a escolha da Apple em usar o cabo proprietário. No entanto, concordo que para o utilizador atualmente só traria vantagens a escolha por cabo universal USBC.

  22. Fábio Raniery says:

    Essa Apple é uma sacana mesmo. Onde é que ela inova em alguma coisa? Tudo que for feito que possa prejudicar a Apple eu estarei apoiando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.