Quantcast
PplWare Mobile

COVID-19: Novo estudo recomenda 2ª dose da vacina Janssen

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. miguel says:

    E novidades?
    Vai ser para tomar todos os anos seja qual for a vacina, isto veio para ficar.

    PS. Esta é a pior das vacinas que se pode tomar, mas o governo gosta de ir aos saldos e comprar a mais barata e por isso obriga o pessoal a tomar a pior delas 🙁

    • MS says:

      A mais barata é a Astra zeneca

      • David Guerreiro says:

        O barato sai caro

        • Pedro says:

          Barato? É a terceira mais cara.

          • miguel says:

            Janssen: 10$ x1 dose única
            AstraZeneca: $3 x 2 doses
            Pfizer-BioNTech: $19.50 x 2 doses
            Moderna: 25-$37 x 2 doses

            Neste momento é a primeira mais barata porque só se toma uma dome e fica a $10, a Astra não conta para o baralho porque não se dá essa a ninguem e a Europa não compra mais.

      • miguel says:

        Eu já nem falo na astra porque deixaram de comprar essa e dar as pessoas, foram atrás do barato pumba!

        A melhor é a Moderna e Pfizer tem uma eficácia acima de 96% e é das que menos sintomas secundários graves tem.
        Se não for uma destas 2 recusava a toma, estar a sujeitar o corpo a algo com 60% de eficácia e cheia de sintomas secundários?

        • Duarte says:

          A eficacia das vacinas foram medidas em alturas diferentes da pandemia. A da Pfizer / Moderna foi testada muito no inicio antes de haver grande parte daquelas mutações mais contagiosas, as outras duas e especialmente a da Janssen foram testadas mais recentemente. Esse valor de eficácia não pode ser usado para comparação entre elas, é uma métrica usada durante os trials iniciais. E tens muitas outras vacinas que tomas ao longo da vida com eficácias de 60%/70%…

          • Miguel Gomes says:

            +1
            já efeitos secundários, já os tive com outras vacinas, a da gripe é também é comum.

            A nivel dos desmaios, quem trabalhou em analises clinicas, ou até administrar vacinas (pré-covid) sabe que não é assim tão incomum os desmaios, há pessoas que os níveis de ansiedade ou nervosismo batem no teto durante estes procedimentos, e em relação ás vacinas covid, a ansiedade e nervosismo é brutalmente maior devido ao mediatismo à volta das mesmas.

            Em relação ao estudo, aconselho a darem importancia a artigos publicados em revistas cientificas reconhecidas, antes disso não level 100% a serio.

          • Tiktoker says:

            Ainda ontem vi um vídeo a explicar isso, a Janssen, foi testada em África e no Brasil, já com as novas variantes, enquanto as outras 2 nos EUA.

        • Miguel says:

          O Covid-19 também tem uma ineficácia de mais de 96%

        • Miguel says:

          Ainda vacinam com Astra cá, ainda este fim de semana tinhamos 2000 doses para administrar

          • miguel says:

            Só se for aos que levaram a 1ª dose para completar e mesmo assim a responsabilidade fica do lado de quem a leva, em muitos países da Europa estão a completar com a pfizer a segunda dose.

        • Luis Rosalino says:

          “Amigo” miguel a vacina que me ofereceram foi a da Janssen e eu ralado com isso.
          Faço ouvidos moucos a noticias e nao noticias e asseguro que o meu cérebro percebe só e apenas só que qualquer vacina que recebesse para combater o sars cov 2 seria uma dadiva, uma alegria, um peso que sai de cima.
          Ridículo este mundo novo onde se recebe uma vacina contra um vírus (DE BORLA) e no minuto a seguir se recebe mensagem de conhecidos a perguntar “qual foi?” Ridículo. A resposta é: foi a vacina contra o Covid. E é só.
          Para quê continuar a alimentar estupidez e conspirações?

          Engraçado que quando eu era adolescente lembro-me muitas vezes de ouvir que a vacina da gripe “dava gripe”.
          Talvez as pessoas sentissem alguns efeitos secundários parecidos aos da gripe e associassem isso a contraírem o vírus durante a inoculação.
          Qual é a curiosidade disto? É que como esse tipo de vacina (que tmb é fornecida por variadas farmacêuticas) é banal e bem instalada na população não gera noticias, nem gera não noticias nem contra informação e consequentemente não cria alarmismos, nao cria informações falsas, não cria ansiedade nem tampouco causa pânico.

          Para terminar, registo só este pequeno episódio que assisti durante o meu recobro da minha vacina:
          Algumas pessoas que receberam a vacina foram para o recobro (que tinha um espaço exterior)…fumar um cigarro…Isto é temos os que não acreditam que existe um vírus novo e altamente transmissivel, temos os que acham que as vacinas e as medidas de combate à pandemia são manipulações da humidade e afins e temos aqueles que aceitam a vacina para o seu próprio bem mas logo a seguir continuam a sua saga de destruição corporal com o fatídico cigarro…Humanidade.

          • Rafilda says:

            Assim é que é! Um bom memé que não está ralado com nada, não questiona nada. Fazes o que te mandas e logo à noite vês o telejornal! Porque é aí que obténs factos verdadeiros!

        • João says:

          Tens de pesquisar mais um bocadinho.
          Como já aqui foi dito, não se pode comparar diretamente a eficácia das vacinas. A janssen foi testada 3 meses depois da pfizer quando a pandemia já estava no auge nos EUA, com novas variantes a aparecer, e além disso foi testada em vários países, não só nos EUA.
          Em relação ao preço tb n podes comparar pq a johnson está a fornecer a vacina ao preço de custo.
          Em relação às dúvidas sobre os efeitos a longo prazo, não será preocupante em nenhuma, sobretudo pq tb não sabemos nada a longo prazo sobre quem apanha a própria doença, mas se servir de conforto a alguns, a tecnologia de vetor viral aplicada na janssen já foi usada na vacina para ébola, que já recebeu uma aprovação completa na Europa.
          https://youtu.be/K3odScka55A
          https://www.theatlantic.com/health/archive/2021/03/pfizer-moderna-and-johnson-johnson-vaccines-compared/618226/

    • Nuno José Almeida says:

      Tomar vacinas todos os anos é um possibilidade não uma certeza. Mesmo que acertes não te torna uma pessoa inteligente o teres afirmado

      PS: O estado português administra as vacinas que a UE lhe envia. O estado português não tem um único contrato para vacinas COVID 19 mas sim a UE. Que bom que seria se pudéssemos já cá ter 10 milhões de doses da Jansen.

    • Pedro says:

      AstraZeneca 2€
      Janssen 12-14€.
      Pfizer 20€.

      Enfim…

      • miguel says:

        Enfim digo eu.

        Janssen: 10$ x1 dose única
        Pfizer-BioNTech: $19.50 x 2 doses
        Moderna: 25-$37 x 2 doses

        Neste momento é a primeira mais barata porque só se toma uma dose e fica a $10, a Astra não conta para o baralho porque não se dá essa a ninguém e a Europa não compra mais.

    • Flávio says:

      Sabes que as vacinas não têm a duração de um ano, certo? A Janssen tem 67% de eficação em casos moderados e a eficácia sobe para os 90% em casos graves, tens de começar a informar-te melhor. Relativo a doses futuras, a Pfizer estava a tentar obter uma futura dose para daqui a um ano para aumentar a imunidade, porém se não for aprovado, só daqui por uns 3 anos é que será precisa outra dose

  2. Silvio Pinto says:

    mais critério nas fontes… uma universidade de Nova Iorque!?

  3. art says:

    Só a 2ª ? Cá para mim daqui a uns anitos já se deve andar a falar na 10ª dose e assim por diante …uma maravilha para a indústria farmacêutica , que esfrega as mãos de contente , com o lucro…..é engraçado que tudo isto já tinha sido previsto , por algumas vozes científicas independentes , mas que os polígrafos apelidaram de falsos ….passamos a os dias a ouvir uns papagaios que se repetem uns aos outros , mas não há um único canal de TV capaz de entrevistar os críticos ….

    • Mf3rRo says:

      “…entrevistar os críticos…” não passam de críticos… Agora, se tiveram estudos e provas ok…

      • art says:

        Claro que têm , são tão cientistas como os outros , mas seria interessante pôr em confronto o Dr Castanho que passa a vida a aparecer na TV com o Dr Geert Vanden Bossche…desconfio é que o Castanho não ia aceitar (mudava de cor ) , mas dava um programa interessantíssimo….

        • Chalupa pela verdade says:

          Então a Doutora Joana Amaral Dias já nos defende também.. não é preciso chamar o Doutro Geeeert Vanden para aqui e maça-lo!!!

          Ela até já é a nova presidente do consílio dos burros! E como já disse aqui são animais super inteligentes tal como a Doutora e viróloga Joana Amaral Dias.

          Três salves para ela!! Ipipe Hurra!!

    • Rafilda says:

      Esse site dos polígrafos não passa de mais uma banha da cobra política. Site para bloquear.

      • Chalupa pela verdade says:

        eu também bloqueio tudo, só acedo a informação no site conspiraçoes.br! É de confiança, só pessoas que querem que tomemos a red pill lá

  4. Carlos Santos says:

    Já era esperado. Tirando as de mRNA que são vacinas mais modernas e eficazes estas mais antigas precisam de um update.

    Senão é como instalar um antivirus em 2020 e nunca mais atualizar as bases de dados do antivirus e achar que se está protegido xD

  5. xbuzzy says:

    Eu tomei a janssen e não volto a tomar mais nenhuma!

  6. Samuel MG says:

    Eu tomei a janssen há pelo menos 4 horas!!

  7. Carlos says:

    Só se deve dar valor a estudos publicados em revistas cientificas para se conhecer a realidade do estudo ao pormenor o resto é tudo marketing, a prestigiada universidade de certo recebeu dinheiro de um qualquer lobby que encomendou o estudo!

  8. david says:

    “O estudo, divulgado pela Universidade de Nova Iorque, não foi revisto nem publicado numa revista científica, e foi realizado a partir de uma série de experiências laboratoriais com amostras de sangue, o que significa que não reflete a aplicação efetiva da vacina nos humanos.”
    Como é que isto é notícia? Nem sequer foi revisto pelos seus pares nem publicado em revista científica? Nem sequer reflecte a aplicação efectiva em seres humanos. Sinceramente, como é que o jornalismo dá tempo de antena a estes estudos, é só contribuir para a desinformação.

    • Vítor M. says:

      A realidade é que há testes a serem feitos por entidades competentes. A seguir, o estudo passará para a fase seguinte que irá ser examinado pelos pares se é ou não conclusivo com o que diz ser. No entanto, a entidade que revelou os dados tem especialistas e cientistas a dar a cara pelos resultados. Não é desinformação, é boa informação que devemos seguir com atenção.

      • david says:

        Para mim é desinformação, informação seria divulgar o resultado do estudo depois de ser publicado e revisto.
        Até porque se as conclusões foram contrárias à deste estudo o efeito já foi conseguido, foi criar a sensação que a vacina é pouco eficaz numa altura em que as pessoas estão a ser vacinadas.
        Muitas pessoas só lêem os títulos e para muita gente o que fica é:

        “Novo estudo recomenda 2ª dose da vacina Janssen”

        • Rafilda says:

          Cuidado, ainda vem aí o cancro da sociedade M chamar-te negacionista e cancro da sociedade!

        • Vítor M. says:

          Não há só esta universidade a estudar esta hipótese, ou esta entidade, há mais. E os estudos como este encontram mais resultados à medida que as novas variantes vão avançando. Não se pode parar de investigar e devemos acompanhar. É boa informação.

          • C.S. says:

            O prémio nobel da medicina disse que a vacinação é que provocava as variantes, e não me lembro de alguém ter acompanhado a informação.

          • Vítor M. says:

            C.S. isso deve ser o teu prémio Nobel. Um que tens lá por casa, numa gaveta. Só disparates.

            Ainda nem se falava em vacinas e já havia várias variantes. Tu antes de falares não usas a cabeça para pensar um pouco?

            Não, mas devias.

          • C.S. says:

            E porque é que em vez de ofenderes não confirmas o que eu disse.
            O prémio nobel não é o que tenho em casa, é o que descobriu o vírus da sida, e deve saber alguma coisa de vírus, não?
            Ou agora não se pode questionar nada, temos de aceitar tudo como verdades absolutas. Ou só usas a cabeça para pensar igual aos outros?

          • Vítor M. says:

            Então se não havia qualquer vacina, e já havia várias mutações do vírus, estás a dar música a quem?

            Usa a cabeça, pensa e vai aos factos. Inventar pode ser perigoso. Tem responsabilidade.

          • rui says:

            Cuidado Vitor
            Dizeres que “O” nobel dele esta errado???????

            Daqui a pouco começa a tentar ofender te….

            🙂

          • Vítor M. says:

            Sem chance. Factos. Eu gosto de factos. As variantes começaram ainda a vacina estava longe. E vem ele inventar com um Nobel. É cada um.

          • roger says:

            O C.S. está a reporta FACTOS.

            rumble.com/vh8vz9-bombshell-nobel-laureate-reveals-that-covid-vaccine-is-creating-variants.html

            Mas o Vitor é o típico fact-checker. Só treta mas muita postura.

          • Vítor M. says:

            Não, apenas factos reais. Se ainda não havia vacina e já se falava em mutações e variantes, como querem que o leve a sério? Não pode ser. E pior são as idiotices que alguns dizem para enganar outros. Uma espécie que vai tomar a vacina, cala-se, acovardam-se e depois andam a propagar que a vacina traz novas variantes. Isso é que é triste.

          • Vítor M. says:

            Não, apenas factos reais. Se ainda não havia vacina e já se falava em mutações e variantes, como querem que te leve a sério? Não pode ser. E pior são as idiotices q

          • Chalupa pela verdade says:

            Até o Pinto da Costa com 84 anos já começa a mostrar sinais de debilidade como qualquer pessoa que chegue a essa idade.. mas se é um nobelista (?) então pode ter 120 anos que tudo o que ele disser é verdade.. respeitem tá! É o novo Manuel de Oliveira, vai trabalhar até aos cento e tal anos!!

        • Paulo Martins says:

          Infelizmente há muito pouco investimento em estudos de replicação de resultados, ninguém quer ler sobre o estudo que comprovou algo que já se sabia, para além disso há pouco ou nenhum reconhecimento para os cientistas que fazem esse trabalho.
          A maioria dos estudos publicados são sempre novidades é raro uma revista científica dar espaço a estudos que provam ou disprovam artigos já publicados.

          Por isso nesse aspecto há que dar os parabéns ao Pplware de pelo menos chamar à atenção que este estudo é apenas em laboratório e que ainda não foi revisto por outros cientistas, há muitos sites que não o fazem e tentam passar os resultados dos estudos como verdades comprovadas.

  9. ;) says:

    Tanto cientista por estes lados.

  10. Samuel MG says:

    Até agora: “Novo Estudo recomenda 3ª dose da Pfizer”; “Novo Estudo recomenda 3ª dose da AstraZeneca”

    Afinal tantos estudos e poucas certezas 😛
    Andam a estudar e lançam estudos para ficarem famosos!? Burros!!

    • Vítor M. says:

      Por isso são estudos, se não eram determinações finais e já estaríamos a ser vacinados com outra dose.

      • C.S. says:

        Estamos a servir de cobaias é o que é.

        • Vítor M. says:

          Não não é. Estamos a combater uma pandemia. Como a vacinação já combateu outras doenças. Só alguém muito distraído e com menos de dois neurónios não consegue perceber que ao longo dos séculos as vacinas foram combatendo doenças e melhorando a qualidade de vida dos seres humanos.

          Mas infelizmente há muita malta que tem menos de dois neurónios e são esses que estão a causar milhões de mortes por esse mundo fora.

          • C.S. says:

            Mas não eram estas vacinas feitas à pressa. Eu não sou anti vacinas. Estas é que ultrapassaram várias etapas para serem comercializadas. Tanto que ainda não sabem todos os efeitos secundários que elas podem provocar.

          • Vítor M. says:

            Vacinas feitas à pressa? É um disparate a seguir ao outro.

            É incrível como nos dias de hoje, com a facilidade de informação, de bons artigos sobre tudo e mais alguma coisa, há pessoas que dizem asneiras desse calibre.

            https://en.m.wikipedia.org/wiki/RNA_vaccine

          • Chalupa pela verdade says:

            Feitas à “pressa”.

            Para quem gosta tanto de falar dos efeitos a médio prazo, o normal é acontecerem nas duas semanas seguintes e no máximo até 8 semanas depois da toma. Ora bem, quando é que foi mesmo a primeira pessoa vacinada? 9 meses? Mais..

            https://www.uab.edu/news/health/item/12143-three-things-to-know-about-the-long-term-side-effects-of-covid-vaccines

          • Vítor M. says:

            Claramente que vemos hoje nestas vacinas um conhecimento avançado acumulado de décadas e a mais desenvolvida tecnologia até hoje usada para este objetivo. Por isso são seguras e, melhor que tudo, com grau de eficiência acima dos 90%. Tudo isto só se consegue com muitos anos de investigação, não foi da noite para o dia. São usados métodos perfeitamente conhecidos como seguros e eficazes.

            Com o uso massivo do mRNA demos (a ciência) um salto incrível.

  11. Sardinha Enlatada says:

    Existem as especulacoes na bolsa que fazem subir e descer as mesmas. E depois existem os estudos que fazem alargar as doses ou nao do virus covid. Nada de novo. Alguma previsao para quando esta bosta caotica va terminar ?.

  12. Sardinha Enlatada says:

    Agora ate os administradores andam nervosos. O covid anda a colocar toda a gente nervosa. Deviam comecar a respirar melhor. Anda tudo preocupado com as 17 232 mortes. Numero actual. Quando a maioria de voces nao consegue perceber isso, eu diria que voces e que estao apresentados, ou entao tambem vos passaram alguma agenda Covid.

  13. Sardinha Enlatada says:

    “Espalhar mentiras pode matar” Nao estaria mais de acordo. Bora fechar a comunicacao social, ou colocar la uma bomba para nao andarem a desinformar as pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.