Quantcast
PplWare Mobile

COVID-19: Infetados podem criar anticorpos para toda a vida

PUB

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Miguel says:

    Então porque a DGS diz que já podem ag ndar vacina quem apanhou o vírus a 6 meses?

    • JS says:

      Tem chances da carga viral que a pessoa apanhou ser baixa, fora que ainda não se sabia o quão forte seria as Defesas do corpo contra o Covid. A vacina acaba por ser um reforço dessa proteção para ter se a certeza que a pessoa está protegida especialmente contra as outras variantes.

    • AqueleAmigo says:

      F”#$%
      Mas não vocês não lêem os artigos!?

      Como conclusão, os investigadores referiram que os anticorpos sofrem uma diminuição acentuada quatros meses passados após a infeção, mas as células que produzem anticorpos permanecem na corrente sanguínea 11 meses depois de as pessoas terem estado doentes.

      Quer isto dizer que não estás protegido o suficiente numa futur infeção, não com uma percentagem suficiente.
      Lê o artigo. A DGS tem toda a razão (nisto)

  2. Cláudio Andrade says:

    hoje sai um que dura a vida toda, amanha sai um que so duram 5 meses… e andamos nisto

    • ToFerreira says:

      As ciências naturais não são exatas como a matemática. Nunca reparaste que tu próprio és um ser único, não havendo outro igual?

    • AqueleAmigo says:

      Cláudio, e ainda bem que assim é.
      Enquanto houver dados novos todos os dias, é melhor para nós todos. A ciência é assim mesmo.

    • Há Cada Gajo says:

      Evolução do conhecimento …é o nome do fenómeno a que está a assistir. Compreendes ? Repara que há pouco mais de ano e meio não imaginavas sequer que o SARS-COV2 existia…

    • Jorge says:

      É a ciência a seguir o seu percurso normal. O conhecimento está em constante evolução.

  3. Pedro Matias says:

    Então porque é que uma pessoa que teve sarampo e recuperou nunca precisou de tomar uma vacina? Estranhos tempos estes em que estamos………….

  4. Joao Cordeiro says:

    É uma não notícia….
    Como dizer que as pessoas com covid estão sujeitas a multas se andarem a 200km/h na autoestrada….

    Este é o funcionamento padrão de qualquer resposta imunitária. Sem tirar nem por.

    Depois do nosso corpo identificar o vírus, as células que o identificaram irão produzir anticorpos para a vida toda.

    No entanto há vírus recorrentes na nossa vida.
    Isto acontece por dois mecanismos.
    1 – Vírus como o da gripe mudam todos os anos fazendo com que o anticorpo, que ainda é produzido seja inútil
    2 – vírus como o herpes entram numa faze em que se escondem do anticorpo. Alguns pelo seu mecanismo de contágio no DNA das células, outros por permanecerem meses em exporem, as proteínas que o anticorpo identifica, ao exterior.

    Mas em nenhum destes exemplos foi deixado de produzir o anticorpo…

    Nota que, ao contrario da possivel interpretação desta notícia, a vacina tem exactamente o mesmo mecanismo e também verá os seus anticorpoa produzidos para a vida toda.
    Ou seja, nao vao para ai apanhar covid porque “é melhor que a vacina”

    A verdadeira questão aqui é se o covid tem mutações frequentes e se tem mecanismo de ocultação.

    Pelo que se conhece do tipo “corona”(coroa, pois faz um circulo), à partida nao terá mecanismo de ocultação a frequência de mutações é bem mais baixa que a da gripe, não se expectando uma vacina todos os anos.

    • Vítor M. says:

      Repara, tanto é uma notícia que te interessou e, à tua maneira, descreveste o que tu entendes sobre o assunto. Bem ou mal, tu tens uma opinião face à notícia e isso é de louvar.

      • Joao Cordeiro says:

        Ao contrário de muitas, não te culpo por esta, Vitor.
        Até a RTP publicou….

        E este comentário não foi contra o PPlware, foi mais para as pessoas saberem que não há informação nova aqui.

        Porque, como a notícia é dada, aqui e nos outros jornais, parece que quem foi contagiado tem proteção adicional e vitalícia contra o covid que quem foi vacinado não tem..

  5. Miguel says:

    O importante aqui e o dinheiro

  6. João says:

    Daqui a pouco estão a dizer que desinfetar as mãos não tem efeito na propagação deste vírus, e que usar máscara no exterior é ineficaz.

    • ToFerreira says:

      A eficácia é sempre relativa.

    • pretor says:

      e não é que tens razao, a mascara no exterior é igual a ZERO, os aerossóis dispersam-se com a brisa, para ficares infetado seria preciso estar mais de 15 min com alguém em ambiente fechado sem ventilacao (brisa). Ou seja …mascara na rua é ZERO, alias infeccao na rua é perto de zero.

      transmissão via superficies infetadas tb é apenas teorica
      os israelitas infetaram um telemovel em ambiente controlado e nem assim conseguiram efetuar uma trasmissao do virus

      e esta hein?

  7. Miguel says:

    Só levo vacinas para doenças com taxa de mortalidade superiores a 25%. Covid está longe de preencher estes requisitos.

    • FreakOnALeash says:

      Não fossem as sequelas graves que uma infeção por Covid-19 pode deixar e até concordaria contigo. Eu tive e foi ao de leve, mas conheço quem passado mais de meio ano ainda não recuperado o olfato.

    • Pedro says:

      Ha coisas que me parece que as pessoas não entenderam e tu és uma delas pelos vistos. Não acho assim tao complicado mas vou tentar explicar pra ver se tu entendes…ao tomar a vacina estás a proteger não só a ti mas aos outros, os outros que podem não ser tao saudáveis, podem não ter tantas defesas! Etc etc etc! Sintomas vacinas com taxa de mortalidade superior a 25% não é ? Absolutamente ridiculo.Mas gostas de vir passear a imbecilidade pelos fóruns de internet não é ? É importante pensar nos outros e se não tens empatia, pensa que daqui a uns anos, vais ser tu o mais debilitado, com
      Menos defesas e de certeza que ias gostar que os outros pensassem em ti! Ou não ?

    • Há Cada Gajo says:

      Conheço alguns negacionistas. Aliás…conhecia.

      • Miguel says:

        Todos morrem, de covid é que são apenas 1% ou menos dos infectafos.

        • Há Cada Gajo says:

          Eu se tivesse a certeza absoluta de que a COVID a mim não me afetava, não me importava de me infectar. O pior é que não sei e não arrisco experimentar.

          • Miguel says:

            Tens menos de 1% de morrer de covid, já de cancro e avc …

          • MR says:

            A questão não é só saber se vamos ou não resistir à doença, é também a questão que se ficarmos infetados, há grande probabilidade e infetadarmos outros, e nós ou os outros irem ocupar camas do hospital que são também necessárias para as outras doenças que não deixaram de existir!

  8. Brutosaurus says:

    Estudos científicos para quê? Pela qualidade dos comentários por aqui vê-se bem quem percebe afinal… de tudo!
    Até a DGS devia era perguntar a esta malta o que fazer, pois estes já sabiam indicar o que até saiu num estudo publicado há uma semana… Enfim, o que vale é que em Portugal estamos safos pois temos peritos em tudo!

  9. Joao Luiz says:

    Pelos comentários parece que é difícil as pessoas entenderem o “podem”.

  10. contacto says:

    LOl que é que isto quer dizer? Que quem estiver infectado está melhor protegido? Quer dizer é melhor ser infectado? EU prefiro NÂO SER INFECTADO!

  11. Sardinha Enlatada says:

    Mas este virus ainda nao dizimou metade da populacao mundial ? E que pela letalidade dele ja devia ter feito isso ou nao e assim tao perigoso como falam ? Que contraditorio que existe neste virus, tudo a volta dele e mentiras ou meias verdades. Ja parece quando os politicos falam, so falam mentiras. Me engana que eu gosto.

    • Há Cada Gajo says:

      Já te esqueceste do que aconteceu em janeiro ? Se deixas este virus à solta, deixas de ter sistema de saúde para te tratar de um pé partido ou uma amigadlite, por exemplo. Consegues perceber isso ou não queres ?

      • LR says:

        Não vale a pena, o Sardinha é um daqueles para quem isto é tudo uma grande mentira, com interesses ocultos, e tudo o que se sabe sobe este virus é completamente falso, servindo apenas para meter medo aos idiotas simplórios (ou seja, todos os que conseguem ver o que se passa à volta deles, sem olhar apenas para o próprio umbigo).

      • Miguel says:

        E nos outros anos antes de haver covid? Aprende a analisar numeros e deixa-te de sics!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.