Quantcast
PplWare Mobile

Tags: anticorpos

COVID-19: Anticorpos caem a pique ao fim de 6 meses (estudo português)

A vacina contra a COVID-19 já demonstrou ser bastante eficiente. O número de mortos diário baixou drasticamente assim como o número de internamentos.

No entanto, segundo um estudo recente, os anticorpos caem a pique meses após vacinação e nesse sentido a terceira dose é quase inevitável. Conheça os resultados da Universidade de Coimbra.

COVID-19: Anticorpos caem a pique ao fim de 6 meses (estudo português)


COVID-19: AstraZeneca admite retrocesso em tratamento com anticorpos

Desde o início da vacinação que a AstraZeneca tem estado “debaixo de fogo” por várias situações. Depois dos coágulos de sangue, recentemente um funcionário da Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla inglesa) chegou mesmo a indicar a proibição da vacina (algo que foi desmentido pela própria EMA).

Agora a AstraZeneca admitiu um retrocesso em tratamento com anticorpos.

COVID-19: AstraZeneca admite retrocesso em tratamento com anticorpos


COVID-19: Infetados podem criar anticorpos para toda a vida

A ciência tem estado ao mais alto nível nesta pandemia por COVID-19. Rapidamente se descobriram várias vacinas e há vários estudos a serem realizados. No entanto, o tempo continua a ser o principal inimigo da ciência porque são precisos resultados para se perceber os efeitos da vacina, a criação de anticorpos, etc.

De acordo com  um estudo recente, quem esteve infetado com COVID-19 pode gerar anticorpos que duram para o resto da vida.

COVID-19: Infetados podem criar anticorpos para toda a vida


COVID-19: Apenas 2,9% da população portuguesa com anticorpos

A COVID-19 continua a ser um enorme desafio para o mundo. Se em Portugal a tendência dos números se mantém em queda, já em outros países da Europa os números indicam que o número de casos voltaram a crescer.

Uma das soluções para combate à COVID-19 é a imunidade em grupo! No entanto, em Portugal a percentagem da população portuguesa com anticorpos (seroprevalência) ao novo coronavírus SARS-Cov-2 é de apenas 2,9% (valor estimado).

COVID-19: Apenas 2,9% da população portuguesa com anticorpos