Quantcast
PplWare Mobile

Descobertos anticorpos capazes de neutralizar as variantes da COVID-19

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. paulo says:

    bota em vacina e da mais uma dose!

  2. jorgeg says:

    13 booster, JA!

  3. Miguel says:

    Mais um shoot, aproveitem que para já são grátis.

  4. Pedro Pinto says:

    Desde o início da pandemia que se sabe que anticorpos ocorrem de forma natural em determinadas pessoas, sem a ciência saber ainda porquê, mas decerto por especificidade genética.

    Espero que a ciência não se lembre de me vir dizer que descobriu que a Terra é redonda.

    • Tadeu says:

      lol!!!! Todas as pessoas (excepção para quem terá problemas imunológicos) desenvolvem anticorpos naturalmente, não é só algumas. É este o princípio usado com as vacinas para se criar imunidade contra virus, bactérias, etc, sem que o processo cause a doença.
      Poder fazer isto reduz o risco de contrair a doença ou a morte quando houver um contacto com o vírus real, etc.

    • Maria do Céu says:

      Não é bem assim. O que há é pessoas que possuem imunidade natural. Assim como se o bicho passasse e não ficasse.

  5. donodacarne says:

    Pois….depois do secretário de estado da saúde ter dito que eram 90 % de não vacinados que estavam internados , à noite na entrevista à CNN já dizia que podiam ser 60% , 70 % , ou outro número qualquer …a base científica daquelas afirmações era uma conversa de amigos 🙂 ………Em Portugal os estudos em que se baseia o Governo para decidir , são conversas de amigos…….ninguém sabe quem são na realidade os internados . Que idade têm , qual o sexo predominante , doenças anteriores …nada . Em Portugal a ciência são conversas de amigos ….Bastava um estudo com os dados que eu referi , para se saber quem tem realmente urgência e necessidade em vacinar-se …A maioria do povo segue estes ignorantes como este secretário de estado , e vai em manada vacinar-se e testar-se , eles sem saberem porquê . Disseram-lhes que se não se vacinassem ficavam muito doentes…sem perceberem que quem fica realmente doente , são as pessoas que já sofriam doenças que os incluem nos grupos de risco , ……Nem um simples guia de comportamento , sobre como se comportar , incluindo alimentação e cuidados de saúde , em caso de sintomas a DGS foi capaz de lançar , a organização contra a vacinação fez um , bastante completo , 32 páginas ….Enquanto isso a SIC continua a dizer que quem se vacina está do lado da ciência …eu acho mais que estão do lado da ignorância ….Entretanto o Frois , anda a dizer que foi ameaçado , coitadinho… nunca o ouvi dizer , é que cada vez que emite uma opinião favorável a vacinas , há um grande conflito de interesses , porque recebe milhares dos fabricantes das vacinas …São estas as pessoas , que estão do lado da ciência …..ciência pelos vistos agora passou a ser sinónimo de conversas de amigos , ignorância e muitos $$$$$$ ….nos bolsos deles

    • Honorato says:

      As pessoas morrem doutras patologias mas foi de covid porque lhes interessa para por medo a populaçao

    • Hugo Ribeiro says:

      Permita-me que acrescente ao seu comentário, que o diretor do Centro Hospitalar Universitário de Coimbra, informou que todos os pacientes que estão em UCI no “seu” hospital estão vacinados, uns com duas doses, outros com três.
      A DGS garantidamente terá a informação que utentes internados nos cuidados intensivos estão vacinados ou não, o problema é que emitir esses dados não ajuda á narrativa da vacinação em massa.
      É mais fácil e conveniente ir a canais televisivos e despejar mentiras para cima dos cidadãos.

      • Tadeu says:

        O que dizes não é verdade. O diretor do Centro Hospitalar Universitário de Coimbra não disse tal coisa, pelo contrário disse que a maioria dos casos seria não vacinado.
        Um responsável do São João é que mencionou que no Hospital São João a maioria dos internados já seria vacinada (não falou em UCI), mas não tinha os dados.
        O facto é quando quase todos estiverem vacinados passa a haver muito menos casos com pessoas não vacinadas já que há muito menos pessoas não vacinadas do que vacinadas. Levando ao extremo para melhor visualizares, se não houver pessoas não vacinadas então é óbvio que 100% dos casos seriam com vacinados…
        O preocupante é mesmo com 90% de população vacinada, os não vacinados representarem a maioria dos casos nas UCI nalguns hospitais.

        • Donodacarne says:

          Não , o preocupante não é isso…o que é preocupante é ninguém saber que tipo de pessoas , idade , sexo , historial clinico são estas pessoas…Só assim se definem critérios de risco….andar a contar vacinados e não vacinados é simplório demais e da uma imagem de contas de merceeiro , ou manipulação pura . Ou eles querem mesmo estudar o assunto , ou andam a fazer de nós parvos . Eu tenho quase a certeza de que estas pessoas , vacinadas ou não , são pessoas com problemas de saúde anteriores …..e esse é que é o fator determinante….não se vacinaram por medo de agravarem o seu estado de saúde….

          • Tadeu says:

            engraçado que no meio da desgraça achas que o mais preocupante é tu não conheceres dados e não o facto de muitas das pessoas morrerem porque não se quiseram vacinar.

  6. Memória says:

    Interessante que recentemente se descobriu que este virus também se transmite directamente entre células não necessitando desta forma das proteínas de espícula (spike proteins)

    https://www.sciencedaily.com/releases/2021/12/211223113127.htm

  7. AP says:

    As pestes no antigo Egipto já eram coisas inventadas pelos Chineses, pelas farmaceuticas, pela NASA e pelo Bill Gates! Quando esta civilização desmoronou passaram a atacar a Grega. A seguir foi Roma. Depois foi a Europa… Estas multinacionais estão em todas a criar doenças para nos sugar até ao tutano!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.