Quantcast
PplWare Mobile

Falta de chips pode arrastar-se até 2023! Preocupações são muitas…

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. sayWhat says:

    Acabem com o mining descontrolado que isso passa…

  2. ToFerreira says:

    A esta altura não vejo falta de mais nada a não ser de chips. Será que não se estão a aproveitar da covid para criar uma falsa escassez e aumentar os preços?

  3. PorcoDoPunjab says:

    A culpa é do Trump!

  4. Sardinha Enlatada says:

    Sim, falta a parte de escassez de componentes para prolongar o abrandamento da economia. Isso e um facto comprovado, senao vejamos porque razao a escassez so apareceu agora em epoca covid ? Pois grandes malucos, nem disfarcar a coisa conseguem.

  5. falcaobranco says:

    “De acordo com a TSF, a Peugeot, por exemplo, abandonou os velocímetros eletrónicos para voltar aos velhinhos ponteiros que marcam os quilómetros/hora.”

    Sinceramente são muito melhores e tem-se uma percepção melhor do combustivel e afins que temos e estamos a usar…

    Mas sinceramente esta historia dos chips já cheira um pouco mal… falta de chips…e depois saiem placas graficas novas, telemoveis novos, televisões novas…enfim…

    • Jesualdo says:

      Tens que ver mais telejornal para ficares mais informado com as suas informações informativas e verdadeiras!

    • João Ferreira says:

      Há faltas de chips para todos mas estão a produz mais chips que nunca e daqui a 4 anos quando as novas fabricas estiverem prontos devemos dobrar a produção. Até a Intel que só produzia chips para eles vão abrir a quem quiser imprimir o desenho deles tal como faz Samsung e TSMC. É a nova mina de ouro mas também custa os olhos da cara abrir uma fabrica nova.

  6. Vasco says:

    A escassez é um dos sintomas, ainda mal encobertos, do colapso ambiental para que caminhamos. Posso estar muito errado – e oxalá esteja mesmo -, mas existe uma confluência de circunstâncias, que tenderá a agravar e a estender as falhas de abastecimento a todos os restantes sectores da economia. Por exemplo, o preço dos alimentos está a aumentar de dia para dia… Vivemos o nosso dia a dia sobre uma bomba relógio.

    • João Ferreira says:

      Não tem nada a ver com colapso ambiental. Não há falta de material. Aquilo é feito com sílica, que é areia. Falta é fabricas para imprimir nos discos feitos de silica. Essas fabricas demoram anos e mil mihões de euros a construir e as maquinas para isso custam mihões e apenas 1 empresa na europa produz tais maquinas. Ou seja até novas fabricas custa a construir pois não há maquinas para todas as novas fabricas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.