Quantcast
PplWare Mobile

Produção de automóveis cai 29,5% em Portugal por falta de chips

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. miguel says:

    Isto ja está a afectar o mercado dos usados e novos, ando a procura de uma berlingo de 3 lugares nem nova nem seminovas encontro se quiser nova tenho que esperar 1 mês e usadas está tudo limpo só se encontra com mais de 3 anos.

    • Joao says:

      Ando a procura de carro novo e em todos os concessionários onde fui, de diferentes marcas, deram-me prazos de 5/6 meses mínimo se o pedido tiver que ser feito a fábrica

  2. SANDOKAN 1513 says:

    Ainda por cima nesta altura.Estes materiais fazem tanta falta. 😐

  3. Robin says:

    Já para não falar nos chips defeituosos que podem trazer , poque na falta ,marcha tudo, alguns vão ter problemas toda a vida.

  4. lucas says:

    É sinal que têm electronica a mais.
    Um tipo quando procura um carro não pretende um avião.

  5. David Guerreiro says:

    E também há falta de borracha natural para pneus.

  6. asdasa says:

    E que tal deixarem de usar carro e passarem a usar bicicleta? Há muito que a UE devia obrigar as familias a ter apenas 1 carro por casa. Quem quiser mais que pague uma taxa de 10% do valor do carro ao ano.

    • Joao says:

      Deves viver noutro planeta, tu. Tens noção do impacto que isso teria num país como Portugal?

      • Carlos Natario says:

        Melhoria de qualidade do ar e da mobilidade nas cidades? Andar nas cidades portuguesas a pe e’ uma corrida de obstáculos tal e’ a quantidade de carros em cima do passeio ou passeios inexistentes para haver uma via rápida para carros.

        • Filipe Rocha says:

          Então vamos meter todas as pessoas e familias no mesmo saco? É que vejo mil familias de cidade com mãos cheias de carros, popo para a filhinha ir para a faculdade, para o filhinho ir passear, para a mamá e para o papá.

          Mas vamos lixar quem vive no interior e demora 2h para cada lado de transportes públicos. Muito bem pensado.

          • Carlos Natario says:

            Isso de obrigar por decreto a ter apenas um carro por familia e’ irreal. Mas dentro das cidades onde existem alternativas ao carro nao faz sentido facilitar a utilização do carro em detrimento de outros meios de transporte.

          • Zé Fonseca A. says:

            Não precisa de fazer sentido caso seja uma preferencia.
            Eu tenho metro à porta de casa e vai até à porta do trabalho, sem ter de mudar de linha, mesmo assim prefiro ir de carro e demorar 2 a 3 vezes mais.
            Abomino transportes publicos, sejam eles onde for, os melhores que já experimentei foi em Singapura, e além de ter experimentado por curiosidade só andei 1 unico dia, de resto andei sempre de taxi.
            Cada um sabe de si, e há pessoas que preferem a comodidade do carro.

        • AqueleAmigo says:

          É?

          Então quando fores de férias para longe quero-te ver a fazer 300km de bicicleta.
          Os camionistas vão passar a usar bicicleta com o material para as fábricas, às costas.

          Comentários da treta.

    • danny says:

      AHAHAH! e deves ter um painel de azulejos com a frase ” Adoro pagar taxas e impostos”

    • Guilherme Maia says:

      Isto certamente é a gozar

    • joao alves says:

      Quando uma pessoa pensa que toda a gente vive em cidades e tem tudo ao pe de casa/tranportes publicos a cada 5min, diz estas barbaridades. Sim porque as pessoas gastam 10.000-20.000€ em carros so porque querem ter comodidade….

    • LR says:

      Troll Alert (again…)

    • Infinity says:

      Faz Lisboa Porto de bicicleta e depois partilha o video da viagem

    • LimpTuga says:

      Vai pedalar pra Saturno, ó comuna!

    • LimpTuga says:

      Vai pedalar pra Saturno, ó comuna!

  7. Abílio Portas says:

    Quem precisar de vender automóveis, é agora a altura certa 😉

  8. LimpTuga says:

    iDroid, sacana, mentiroso dum raio. Afinal ligaste o rádio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.