Quantcast
PplWare Mobile

OPPO diz que, afinal, carregamento rápido de 40W não faz mal à bateria

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. SANDOKAN 15,já13 says:

    Pessoalmente acho que carregamentos rápidos puxam mais pela bateria e forçam-na,mas é a minha simples opinião.

  2. Marco says:

    É só acho que é só dor de cotovelo, sabe tão bem ter um tlm com carregador de 50w a carregar. Basta meter na ficha, ir fazer QQ coisa e quando se vai ver já ganhou bastante percentagem ou ficou a 100%.

  3. Fiu says:

    Cá estão os afinais. Sempre a mesma lenga lenga. Hoje faz mal, afinal já não faz. Já nem disfarçam.

  4. Pedro F. says:

    Só por curiosidade, quando falam em degradação da capacidade da bateria para 70% no primeiro parágrafo, isto ocorre no primeiro carregamento? Ao fim de 500? Ao fim de 1000?

    • Hugo Nabais says:

      Não diz. Apenas especifica que na mesma quantidade de ciclos a 15W a bateria perde 10% da capacidade e nessa mesma quantidade de ciclos a 40W a perca é de 30%!

    • Hugo Nabais says:

      Mais posso adiantar que o meu S9+ em menos de 2 anos já tinha perdido mais de 20% de capacidade. Portanto é fácil de ter uma ideia que ao fim de um ano a carregar a 40W perde-se mais de 30% da capacidade.
      Acho que carregamentos a 40W são bons mas para serem usados pontualmente e não todos os dias.

      • Pedro F. says:

        Isso é assumindo que as baterias e as tecnologias de carregamento são iguais…
        O meu iPhone 7 carrega a 5w e já perdeu 17% de capacidade…

      • Bruno says:

        A Samsung sempre teve esses problemas. Mesmo sem ser ao fim de dois anos, a bateria já é má.
        Mas há outras empresas que têm boa bateria mesmo ao fim de dois ou três anos. Mas também depende do utilizador e dos seus hábitos de carregamento.

  5. Hélio Musco says:

    Esperem até saberem quanto puxo pelas baterias do meu carro 😉

  6. Jorge Carvalho says:

    Então a Oppo usa email da salesforce e o contacto é o hotmail ???

    Abc

  7. Sérgio says:

    Depende muito do tipo de bateria, e como já referido, fabricante/qualidade.

    Um dos grandes impactos na vida da bateria é a temperatura. Ao carregar (muito) rápido, gera mais calor.
    Se o sistema ou bateria não estiverem bem desenhados, o calor vai afetar a vida.
    Muitos ou alguns sistemas limitam o carregamento se a temperatura for alta, por forma a prolongar a bateria.

    Um truque que muitos usam/defendem, é, quando possível, manter a bateria entre 40 e 80%. Isto faz ciclos mais curtos e menos aquecimento.
    Bateria a 100%, no meu caso, só quando vou em longas viagens que sei não ter possibilidade de carregamento frequente.
    Autodescarga dos 100 para 98 ou 95% é habitualmente alta.

    Quanto a comparar com a bateria do automóvel, são tecnologias totalmente diferentes.

    • Pedro F. says:

      Usar a bateria entre os 40% e os 80% é simplesmente ridículo!
      Usar apenas 40% da capacidade de uma bateria para a manter de boa saúde é de longe pior que usar e abusar a bateria e ao fim de 2 anos ainda a ter a durar o dobro do que quem só usa 40% da sua capacidade desde o primeiro dia…
      Não sejam escravos da tecnologia!

      • Sergio says:

        Não digo que é ser escravo e nem estou com preocupação constante. Apenas que vou carregando aos poucos durante o dia , quando é necessário.. e apenas evito é deixar a noite toda ligado sem razão.
        Também não sou de trocar de telefone todos os anos, e enquanto ele se portar bem e para o uso que lhe dou, fico com ele.
        O lixo electrónico é um grande problema hoje em dia..e não custa pequenos detalhes.

        Apenas é opinião e cada um sabe de si.. além de como o outro disse.. os fabricantes respondem o que lhes convém naquele momento

  8. Nitroglycérine says:

    Dizem o que lhes dá na real gana, ou seja aquilo que lhe convém.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.