Quantcast
PplWare Mobile

GeForce RTX 3050 e RTX 3050 Ti aparecem em especificações de portáteis Lenovo

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. iDroid says:

    Mais umas para ficarem sem stock…

    • Rui says:

      o DAG para etherium já passou os 4gb, logo só moedas com pouco valor dão para estas versões, se fores ver dá para comprar GPUs com 4gb e GPUs 3060 pois estão castradas, embora os preços ainda estejam upa upa…

  2. José Fonseca Amadeu says:

    Só uma correcção, a Lenovo não é chinesa.
    Nas palavras do proprio CEO Yang Yuanqing “We’re not a Chinese company”.
    Nos dias de hoje Lenovo é uma empresa que funciona essencialmente a partir de Hong Kong e Morrisville, EUA.
    Além disso, tem muito IP, por isso se tenta distanciar das suas origens.

    • Vítor M. says:

      A LENOVO é chinesa sim 🙂 o CEO disse isso noutro enquadramento. “Lenovo Group Ltd. é uma multinacional chinesa de tecnologia…”

      • José Fonseca Amadeu says:

        É preciso entender o que é uma empresa chinesa, não tem apenas a ver com a localização da sua sede mas sim com a sua politica externa.
        A Lenovo tem IP e não tem qualquer afiliação com o PC, além disso tem divergido todos os executivos para US e Hong Kong desde a compra da divisão de computadores da IBM em 2005.
        A Lenovo conseguiu assim ficar imune às sanções às empresas chinesas e tem actualmente contratos com várias empresas governamentais norte americanas, incluindo militares quer na vertente de pcs quer servidores intel (também adquirido à IBM em 2014) e também outros handheld devices Motorola.
        Tem ainda parcerias (joint ventures) com EMC (já terminada) e NEC e aquisições como Medion, CCE e Motorola.
        Fez um esforço grande em remover toda a produção da china.
        Daí dizer, que Lenovo é tudo menos chinesa, na minha caracterização é uma empresa mais americana que chinesa, o que lhes dá mais dinheiro hoje foi comprado a IBM e Google e desde 1988 que se incorporou em Hong Kong para fugir à pressão do PCC e as suas ideias de world domination, mas também aceito que lhe chamem uma marca global.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.