Quantcast
PplWare Mobile

Criptomoedas: Nova Iorque baniu a mineração de Bitcoins

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. Poio says:

    Veio um bocado tarde

  2. gambuzino says:

    Proibiram a mineração ? E como vão fazer cumprir isso se hoje em dia com IOT em todo o lado se pode minerar em tudo, laptop, telemóvel, smartwatch, frigorifico, etc.

  3. Fusion says:

    oh well, whatever, nevermind…

  4. compro essa também says:

    Que cebolada ! …

    Parece que os fanáticos “informados” e manipuladores ” das verdades “… , ficaram com o rabo ao léu …

    Agora podem atacar quem alertava para essa mesma situação…

    Mesmo assim devem de aparecer por aqui com as suas comparações subversivas tipo trampistas com as suas posturas intelectualmente desonestas como se tem verificado … em muitos assuntos… em que a própria ciência desmente…

    E com um jeitinho até dizer que é a inveja canhota …

    Como diria o RAP

    Chupem !!

    • joao says:

      Tu tas todo apanhado pah…

      Perdeste assim tanto com cripto, foi? Tanta coisa que foi banida por este mundo fora… E nao se fazem/acontecem na mesma?

      Banam a vontade… Vai fazer uma diferenca…

  5. André says:

    um banimento do BTC por parte dos governos só fortalece a rede do Bitcoin, uma vez que é um ataque que apenas funciona nos grandes mineradores resultando numa descentralização da rede e consequente fortalecimento da rede contra censuras
    É impossível entrarem casa a casa para saberem se o PC da família está a minerar BTC.

  6. SANDOKAN 1513 says:

    Ora muito bem.Só notícias que me agradam.Este dia está a ser muito bom.

  7. compro essa também says:

    Parece que não gostam do RAP ( Ricardo Araujo Pereira ) e das suas palavras como o *hup* !!

    Ok! *a* !

    Que cebolada ! …

    Parece que os fanáticos “informados” e manipuladores ” das verdades “… , ficaram com o rabo ao léu …

    Agora podem atacar ( censurar ) quem alertava para essa mesma situação… mas isso vale o que vale, como tudo… mas é o que é…

    Mesmo assim devem de aparecer por aqui ( como é costume ) com as suas comparações subversivas tipo trampistas com as suas posturas intelectualmente desonestas como se tem verificado … em muitos assuntos… em que a própria ciência desmente… como é o caso, e que nem era dificil de se constatar …. enfim…

    E com um jeitinho até podem dizer que é a inveja canhota … o que também não será de se estranhar …

    Rir será o melhor remédio, até porque o que não tem remédio, remediado está… daí o RAP…

    Com amizade assim me despeço.

    *hupem !

    😉

  8. compro essa também says:

    Outro erro …

    É possivel sim saber quem minera … e mais não digo .

    Saudinha !

  9. compro essa também says:

    Menino André, podes pensar o que bem quiseres, dizer o que bem quiseres … como outro/a qualquer …

    Volta a ler o comentário que questionas, ou o anterior…

    A ganância é a morte do artista …

    Se tens tantas certezas assim contínua…

    Talvez até descobras a roda ou mesmo o fogo…

    Saudinha !

  10. compro essa também says:

    Decubras …

    Sorry !

  11. Zé Fonseca A. says:

    A notícia é muito desinformativa.
    Primeiro não foi banida a mineração, foi banida a atribuição de novas licenças, segundo apenas não são atribuídas novas licenças a quem nao tiver como fonte de energia energia renovável, terceiro a maioria das empresas de mineração em escala no estado de NY usam hídrica ou misture de hídrica e gás natural.
    O hashrate continua la em cima e muitas operações já não sem lucrativas, ou seja se tivessem de vender o que mineram estariam em prejuízo, mas isso não muda nada.
    Da mesma forma como se mudou tudo da China e do kazaquistao para os USA, facilmente mudaria tudo para um qualquer país da América Latina. A questão é que graças à mineração os estados do sul têm as suas redes eléctricas mais eficientes que nunca.

    • Vítor M. says:

      Então se foi banida a atribuição de novas licenças para… minerar, logo, foi banida a mineração. As licenças são para quê?

      Lê a notícia porque diz assim “A governadora Kathy Hochul aprovou agora uma proibição da mineração de Bitcoins e, desta forma, as novas licenças para tal prática deixam de poder ser concedidas.”

      • Zé Fonseca A. says:

        Novas = futuras
        As antigas licenças continuam em vigor e a mineração continua a ocorrer em NY.
        Assim como novas licenças com fontes de energia renováveis.
        Vale a pena informar que 80% da mineração em NY tem recurso a hídrica que é considerada renovável.
        Foi mais uma lei do politicamente correto para ficar bem na fotografia mas que em termos práticos não muda muito. Até porque NY agradece os altos impostos pagos pelas farms.

        • Vítor M. says:

          Certo, no geral foi o que foi dito. Claro que estes escândalos vieram “ajudar” algumas entidades a atacar as criptomoedas. Mas, lá está, a culpa não é dessas entidades,mas sim dos operadores das criptomoedas que em pouco tempo começaram a destruir o que poderia ser uma modesta fortíssima e de futuro.

          Vamos ver se esta medida não tem um efeito dominó.

  12. compro essa também says:

    Os que ajudam à subida de preços no geral … enquanto a maior parte sofre no geral …

    Mas é lhes dificil entender … de ver mais além …

    Enfim …

  13. Stanley says:

    O que importa é que existam mineradoras espalhadas pelo planeta. Eventuais inconsistências na precisão de fechar o bloco (criação de blocos paralelos) são corrigidos pela própria blockchain. e se o Putin sair cortando cabos de fibra, no máximo (subentendo eu) ocorreria a queda na cotação do bitcoin.

  14. compro essa também says:

    Menino joao

    Já tens a resposta no comentário que comentas e nos seguintes … 😉

    Lê o artigo novamente menino.

    Se pensas que é com esse tipo de discurso que se deve expor ideias e ter conversas civilizadas ( aliás, previsto no meu comentário, que te assenta como uma luva … ) está tudo dito.

    Vê lá quem é que esta ou foi apanhado …

  15. CF says:

    Eu acho é que a governadora devia proibir os ferros de engomar, as máquinas de lavar com programas com temperatura mt elevada, o tabaco, bebidas alcoólicas destiladas, a cerveja, o café torrado, automóveis com velocidade superior a 120km com menos de 5 lugares, roupas de cor sintéticas, passava a ser tudo algodão branco ou até proibir as roupas já que um dos maiores lagos do mundo desapareceu devido à indústria do algodão, os carrinhos de choque, as montanhas russas, os videojogos, as castanhas assadas, as batatas fritas, o frango de churrasco, os vibradores elétricos, os motores de arranque (à manivela era mt mais ecológico), vidros eléctricos, estores e portões automáticos, saca-rolhas elétricos, rolhas de plástico, metálicas, luzes de Natal excepto as feitas com pirilampos alimentados com ração biológica, as balas de borracha já que diminuir a população diminui a poluição, talvez capar o marido e dar um nó nas trompas de falópio não vá ele ter galharduras formosas, compridas e retorcidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.