Quantcast
PplWare Mobile

SpaceX – Elon Musk quer lançar quase 12 mil satélites espaciais

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Vítor M.


  1. Alex says:

    O Elon Musk sempre a surpreender!

  2. António says:

    Com o Elon Musk o melhor é esperar para ver, de preferência sentado.

    • Nuno Fernandes says:

      Claro, até porque nem foi ele a criar o primeiro automóvel elétrico realmente bom, funcional e inovador! E se já há grandes grupos automóveis a construir carros elétricos, muito se deva à Tesla que impulsionou o mercado e não teve medo dos barões do petróleo.

    • JVC says:

      Olha que muitos engenheiros disseram o mesmo quando ele afirmou que conseguia recuperar boosters e faze-los aterras numa plataforma. E fez.

      Por isso, quando este tipo afirma que quer colocar humanos em marte antes de 2025, prefiro não duvidar.

  3. BGG says:

    Isto sim é alguém com dinheiro mas também com ideias capazes de mudar o mundo…a espera de ver o que sucederá

    • António says:

      LOL, de certeza que o dinheiro não é dele…

      • JJ says:

        Sendo ao accionista maioritário das suas empresas, o dinheiro é dele!
        Se algo correr mal é ele que perde mais.

        • Sujeito says:

          Dinheiro dos contribuintes.

          • Nuno Fernandes says:

            Que contribuintes? É uma empresa privada, com investidores privados e o maior accionista é o Elon Musk. É difícil perceber isso? Sabes ao menos como funciona o sistema de segurança social dos EUA? Não fales do que não sabes…

          • Sujeito says:

            Faço minhas as tuas palavras. Não custa informares-te antes de falar de nariz empinado.

            Eu estou somente a partilhar info. Assume que eu não sou um tótó e dá uma olhadela mais profunda ao assunto.

          • Nuno Fernandes says:

            A única coisa que partilhas é “dinheiro dos contribuintes”. É só isso que sabes dizer? Eu sei que para cada grande empresa há sempre um número equivalente de haters a condizer. Parece-me o caso. Mostra aí então as tuas fontes que dizem que são os contribuintes que estão a pagar as excentricidades da SpaceX… Estou à espera!

          • Sujeito says:

            Eu sei dizer muitas coisas, mas não são relevantes para aqui. Estou só a alertar para um sério erro que a malta insiste em ignorar e que pode mudar a perspectiva que se tem da(s) empresa(s) deste homem.

            Quanto às fontes, são as mesmas a que todos temos acesso. Se procurares um pouco, encontras e com certeza será mais útil do que eu a “tentar convencer-te”.

          • Nuno Fernandes says:

            Exacto, típica resposta de quem tenta mostrar que sabe. Sabes muitas coisas mas não são relevantes para aqui, lol, que paradoxo! Mas partindo do princípio que tens razão, estás a perder tempo em alertar aqui os tugas, vai para o twitter e alerta os americanos, porque, segundo a tua teoria, são eles que estão a pagar as excentricidades do Elon. Essas fontes devem estar a buscar água ao fundo do poço onde ninguém lhe chega… Obviamente que haverão sempre teorias da conspiração e afins, mas vou acabar por aqui a conversa que isto de argumentar sem argumentos não dá em nada e eu tenho mais que fazer.

          • Sujeito says:

            Pá, ó meu, onde é que já vai essa conversa.

            Se o assunto te interessa, em vez de estares com ataques pessoais e teorias, já tinhas procurado saber.

    • David Guerreiro says:

      Uma vez perguntaram a Larry Page a quem doaria a sua fortuna, e ele respondeu: ao Elon Musk. Com esse dinheiro ele investiria em novos avanços tecnológicos para a Humanidade.

      • Nuno Fernandes says:

        Ora nem mais! Alguém com dinheiro que faça o mundo andar para a frente em vez de o gastar em armas… Fossem todos como ele e o mundo estaria tecnologicamente bem mais avançado!

        • Sujeito says:

          Dinheiro dos contribuintes,

          • nuno says:

            tu es estupido ou tens problemas mentais? vou te ja explicar uma coisa o resto tu pesqusas se quiseres ele ganhou cerca de 180 milhoes com a venda do paypal investiu 100 na spacex 70 na tesla e 10 na solarcity e pediu dinheiro emprestado para pagar a renda quantas pessoas e que faziam isto ? muito poucas antes de abrires a boca pesquisa um pouco para nao fazeres figuras ele pediu muito dinheiro ao estado pagou o todo e ainda pagou a mais da me um exemplo de outra empresa que tenha feito isto.
            Segundo:
            Ele reduziu estupidamente o preço transportes espaciais aterrando booster na vertical numa plataforma no meio do atlantico quando toda a gente dizia ser impossivel contruiui o melho carros letrico do mundo portanto se é para dar dinheiro dos contribuintes a um gajo deste ate podem dar o meu mais vale dar dinheiro a um destes do que um como tu

    • António says:

      A boa gestão de Elon Musk:
      A Tesla aumentou as perdas líquidas para os 2,2 mil milhões de dólares em 2017, mais 189,7% do que em 2016.
      A Tesla durante o ano de 2017 vendeu 103.181 entregou (não confundir com vender).
      A Tesla foi fundada em 2003, que se saiba nunca teve lucro.

      https://eco.pt/2018/02/08/tesla-com-perdas-de-22-mil-milhoes-de-dolares-em-2017/

      • Américo says:

        Bom dia,
        Conhece o Business Plan da empresa a 10;, 15 anos? Da Tesla!
        Sabe se as perdas operacionais, previstas, estão cobertas pelo Capital, de forma a que a empresa ainda apresente hoje, rácios económico financeiros que lhe permite ser cotada na maior bolsa de valores mobiliários do mundo? Resposta: sim a todas as questões.

        Compreendo que a lógica de investimento a longo prazo, contraria a perspectiva dos gestores que globalmente conhecemos, isto é, ter o máximo de resultados para ter accionistas satisfeitos (dividendos) e prémios fabulosos para os mesmos….

        Agora, imagine alguém (muitos que se juntaram ao Elon…. conhece a evolução das ações da Tesla em 2018?…existe muito pequeno investidor que se está a juntar a esta forma de investir…LP) que percebem, acreditando que o projecto é ambicioso, mas realista, que aceite investir de forma sustentada a longo prazo! Aí tem uma lógica diferente de estar no mercado….que é muito bem-vinda.

        A lógica da Tesla é simples: apostar numa nova forma de usar a energia…pode ser utopia, mas veja o mundo à sua volta….os construtores de automóveis (lobistas gananciosos) estão à beira de um “ataque de nervos”!… os governos (impostos) e eléctricas também vão ter a sua parte, quando deixarem de ter o monopólio do fornecimento da energia….enfim…somos uns priveligiados em assistir a este movimento…para bem de todos, que tenha sucesso.

        • So7t says:

          Vamos lá esclarecer o amigo… Caso não saiba a Tesla actual, absorveu a antiga Solarcity, a única empresa do grupo que alguma vez deu lucro… 😉 A Tesla como a conhecemos hoje sempre foi capitalizada à custa de subsídios para energias limpas desde a era Bush … Desde então a Tesla tem sido a empresa dos olhinhos bonitos dos sucessivos governos, símbolo de inovação visto que a NASA tal como a conhecíamos do tempo da Guerra Fria fechou portas!! 🙂 Assim sendo e não fossem as sucessivas injecções de capita já estaria fechado operações há muito tempo!!

          • Oliver Twistas says:

            O que você disse não invalida que foi dito. Os investidores sabiam que os lucros só viram mais tarde.

            E a NASA não fechou portas, tem é só 20 mil milhões para gastar. O que para o espaço é pouco.

          • Sujeito says:

            Invalida sim senhor. Esses “investidores” não jogam a 15 anos companheiro. É tudo fogo de vista. Inclusive o dinheiro para orçamento da NASA, que está a ser dirigido para a SpaceX.

            Há décadas que se falava em privatizar a NASA. Cá está ela, só de nome mudado, o que interessa é não ter de darem justificações.

          • JJ says:

            Não “jogam a 15 anos”? Então existem investidores a comprar divida publica a 15/20, como é que dizes que os investidores da SpaceX ou da Tesla, não investem a longo prazo? O que é que os impedia de fazer?

            Por esses investidores estarem habituados a fazer investimentos a longo prazo é que tem grandes fortunas, porque todos os anos recolhem os dividendos dos investimentos que fizeram a uns 15/20 anos atrás.
            Claro que o risco é alto, mas ganham nuns perdem noutros. Mas a vida deles é essa investir agora para recolher ganhos no futuro, sejam eles a curto, médio ou longo prazo.
            Eles investem em negócios que sirvam para ganhos a curto, médio e longo prazo.

          • Sujeito says:

            JJ, de acordo, dívida pública compra-se a longo prazo e há razões para isso. Mas isto é uma empresa. Nada os impede de o fazer, mas vai uma grande diferença. Muito grande mesmo, principalmente nesta situação.

      • António Fagundes says:

        Não percebes muito de gestão de empresas, pois não?

    • Sujeito says:

      Alguém com acesso ao dinheiro dos contribuintes queres tu dizer.

      • Nuno Fernandes says:

        Tesla e Elon Musk hater spotted! Responde com azia a tudo o que de bom a Tesla tem feito, principalmente com a frase “com o dinheiro dos contribuintes”… Lol, não sabes mais do que isso ou queres ser o hater nº1 do Elon? Pqp, qual é a tua empresa fetiche?

        • Sujeito says:

          Meu Deus. Eu fiz o máximo para expressar o mínimo de opinião e mesmo assim surge conflito.

          Nuno, a minha opinião nem é para aqui chamada. Estou só a adicionar um dado que todos parecem ignorar/ desconhecer acerca do assunto. Tal é o encanto pelo Musk que a malta nem se informa antes de atacar.

          • JJ says:

            1. Qual é a Grande Empresa a nível mundial que não recebe apoios estatais?
            2. Em que informação te baseias, que indique que os principais investidores de Musk são apoios públicos?
            3. Qual é a cota de investimento/apoio estatal, perante todo o dinheiro investido nas empresas de Musk?

          • JJ says:

            Para não pensar que estou a falar por “encanto”…
            Ele criou em 2002 a SpaceX, com o dinheiro que ganho com a venda da PayPal, num investimento de 100 milhões de dólares.
            É verdade que em 2006 e depois em 2012, fez contratos lucrativos com a NASA para levar mercadoria para a ESI. Mas, para a NASA ficava mais económico esse tipo de contrato do que ser ela a produzir os foguetões e fazer o seu desenvolvimento.
            Mesmo assim, ele teve de investir inicialmente 100 milhões de dólares e mostrar trabalho, para poder ter esses contratos.
            Mas, em 2017 a SpaceX, financiou-se nos mercados privados, valorizando a empresa num valor superior aos 20 biliões de dólares, mas essa valorização deve-se ao mercado privado!
            Resumidamente, no caso da SpaceX, apesar de ter bons contratos com a NASA, o principal fonte de financiamento é privada não publica. Os contratos que tem com a NASA, trata-se da venda de um serviço, que a empresa desenvolve, serviços esses que podem e são vendidos a outros clientes.

          • Sujeito says:

            JJ, grato pelo tom de cordialidade. Quanto ao encanto, quem me dera eu próprio estar encantado. Mas, sendo direto:

            Estamos a falar da SpaceX/Musk (S/M). Vamos deixar outras empresas de parte. Estamos em concordância, é comum grandes empresas receberem apoios estatais. A questão era se esta(s) recebe(m).

            A S/M recebeu, até à data, perto de 5 biliões dos contribuintes americanos, em moeda americana. Está presente em análises de investimentos e inclusive jornais americanos. Neste momento, já se estão contar com mais fundos, no caso da SpaceX, para desenvolver o BFR e mais uns quantos fundos para as missões de exploração Deep Space. Provenientes do Governo.

            Desconheço o rácio privado/público. Tenho umas ideias mas não o suficiente para ter certeza. Se alguém souber, faça favor de intervir, é uma boa questão.

            Quanto ao início da SpaceX, a mim levanta-me as orelhas em vários aspetos. Dinheiros a vir do nada, lobby do McCain que fez a SpaceX ficar com todos os contratos militares Top Secret, apesar da fraca eficácia comparada com a Nasa, o constante reforço de interesse no espaço (especialmente em satélites militares e criação dos Space Corps militares) enquanto que paralelamente têm vindo a desmontar a Nasa, quando o interesse era claramente inverso, a que se junta a isso o manifesto interesse em privatizar a Nasa já há largos anos.

            Muitas peças que não encaixam mas aqui já é entrar em conjunturas.

  4. Pedro says:

    100 a 300 dólares não é relativamente barato… Mas se calhar comparando com outros equipamentos no mercado é capaz de ser… Agora se eu ainda precisar de telefone para fazer upload não compraria 😐

    • Oliver Twistas says:

      É extremamente barato se quiseres ter net no meio do oceano.
      Agora imagina todos os navios que podem usufruir dessa tecnologia e ser monitorizados em tempo real.

  5. Gabriel Rodrigues says:

    O cliente da próxima missão não se chama Paz, mas sim qualquer coisa como hisdesat. (Btw não sei até que ponto isto será concorrência à Google, pois a Google/Alphabet investiu muito na SpaceX com o objetivo de começar a Starlink)

  6. Ricardo Costa says:

    Mais depressa chega aqui onde moro esse serviço que a fibra óptica…

    • Nuno Fernandes says:

      Somos dois! Bora Elon que estes gajos da Vodafone e Altice são uns otários…

      • Francisco says:

        Sim, a Altice e Vodafone têm a culpa de viveres no fim do mundo onde não é rentável investir. Se gerir a sua vida financeira como quer que outros façam imagino que em pouco tempo esteja falido e a pedinchar.

        • Oliver Twistas says:

          Mas há dinheiro para oferecer 10 iPhones X por semana durante 4 semanas.
          O ser rentável é relativo, o ROI é que pode não ser tão atractivo.

        • Nuno Fernandes says:

          Caro Francisco, tenho uma amigo que mora a 200mts e tem fibra. Assim como tenho familiares que moram no meio do nada, mas, e quase por milagre, a Vodafone resolveu passar fibra e têm 100Mbps certos. Se a MEO funcionasse como deve ser iam buscar fibra onde foram buscar para o meu amigo e estava resolvido, mas o problema é que não é a MEO que instala a fibra, são empresas privadas a trabalhar em regime de sub-contractos e que têm muita gente a trabalhar lá que se estão a marimbar para o cliente. É o que dá subcontratar empresas sem o mínino de qualidade que depois cancelam as instalações. O apoio do cliente da MEO é uma m**da e não querem saber do meu problema para nada porque os supervisores são pouco rigorosos no que toca à satisfação do cliente (ao contrário da Vodafone que é a melhor). Digo isto tudo com conhecimento de causa, tenho amigos a instalar fibra para a MEO e Vodafone e outros/as a trabalhar em call-centers. É esse o problema, não é morar no fim do mundo, mas, mesmo que fosse, nem seria o sr nem ninguém que seria mais do que os outros só porque são betinhos da cidade!

  7. Arlindo says:

    O problema disto são os pings que são da ordem dos 500 a 1000 ms! (devido à velocidade finita da luz, que é a velocidade “mais rápida” que se conhece)

    Órbita geostacionária = 35 786 km
    Velocidade da luz = 300 000 km/s

    • Arlindo says:

      Claro que os satélites não têm de estar necessariamente na órbita geostacionária, mas mesmo assim a ordem de grandeza dos pings muda pouco.

      Não serve para heavy gamers…

    • Arlindo says:

      No melhor dos cenários, se tivermos satélites não geostacionários a viajar pelo céu na órbita da ISS conseguir-se-ia um ping de 15 ms (ping para servidor no satélite, mas não se esqueçam que depois para aceder a servidores terrestres um sinal teria de ser transmitido para a terra e eram mais outros 15 ms).

      P.S: Não imagino que se consigam pôr 12 mil satélites devido ao perigo para a outra “aviação intergalética” que saia da Terra, mas fica a hipótese académiica

    • Nuno Fernandes says:

      Eu cá não me importava de ter esse ping com 100Mbps em vez dos meus 30ms com 5Mbps/1Mbps…
      Não jogo, por isso é igual ao litro se houver 1seg de delay!

  8. Correia says:

    Resta saber se e’ pago.

  9. censo says:

    Continuo com sérias reservas quanto a este senhor. Temo que será o próximo grande flop. Ideias todos as tem. Este conseguiu dinheiro que poucos conseguiram, mas…o retorno? Quem lá meteu dinheiro vai querer o retorno, mais cedo ou mais tarde. Depois, 12mil ? Como vai ser a vida na estação espacial? Como se vai fazer a circulação interplanetárias (se vier a fazer, é claro) com tanta lata em órbita?

  10. Hugo Gomes says:

    Sim se ele primeiro limpar o lixo espacial que la esta, sempre o pode mandar para o sol para ver se ele derrete o lixo que ta la em cima a passear, agora 12mil satélites o mundo fica dele

  11. jorge Cardoso says:

    quem tem dinheiro faz o que quer
    sem mais nada a acrescentar

  12. Alvaro Campos says:

    Um dia iremos ver o Sol por uma peneira tal a quantidade de objetos a orbitar a Terra…

  13. fabiano bramatti says:

    São 4,2 bilhões de pessoas no mundo sem internet, e não 4,2 milhões como citou a informação dando uma porcentagem de 57% da população mundial.

  14. li says:

    O dia de lançamento mudou para o domingo

  15. V says:

    Mais m***** para o espaço.
    Só espero q quando cair lhes caia em cima da cabeça, deles e não dos outros.

  16. BITCOIN2 says:

    So sabios aqui o dinheiro nao e vosso estao a reclamar do que o tipico ze povinho que nao tem aonde cair morto e preocupado com a casa dos outros . So espero que ele consiga por a funcionar as ideias dele e ponha um bloqueio nos satelites para quando passarem por cima dos Tugas na Tugalandia corte o sinal que se quiserem internet usem a que usam nos dias de hoje . Pois aqui e so gente de metalidade atrasada que nao serve para nada . Um desperdicio total enviar internet para os tuguinhas a muita terra para lavrar no alentejo podem ir para la ocupar o tempo livre

    • João Nunes says:

      Nem mais!

    • Sujeito says:

      Eu diria que quase pareces revoltado e com mania de superioridade.

      Ele, o gajo a quem estás a lamber os pés, está a fazer as coisas com dinheiro do povo. E isso sim, é motivo de alguma revolta.

      • Nuno Fernandes says:

        E tu és um frustrado porque o Musk tem uma carreina notável enquanto gajos como tu passam a vida a ler notícias para dizerem mal de quem é bem sucedido. De certeza que sabes bem a história dele, se fizesses um centésimo do que ele fez e perdesses 1/10 do tempo a despejar ódio eras mais útil para a humanidade!

  17. George Orwell says:

    Será isto, não apenas Internet, mas também uma SDI v. 2.0 desta vez real ?

    Resumindo em parcas palavras, tarefa esta sempre difícil e incompleta, em 1983, Ronald Reagan, então presidente dos USA, propôs uma “Strategic Defense Initiative”(SDI), que ficou mais conhecida por “Star Wars” , tido como o maior “bluff” da história por ser tão ficcional como o Chewbacca e o Sphero Robot, a qual consistiria, nomeadamente, numa miríade de satélites com capacidade bélica nuclear defensiva e ofensiva, a qual não só daria um monopólio espacial aos USA como também anularia o equilíbrio nuclear da então Guerra Fria ao anular o poder ofensivo soviético. Uma dobradinha.
    Muitos historiadores garantem que tal SDI foi determinante no surgimento da Perestroika soviética que viria a permitir a queda do muro de Berlim em 1989. A confiança americana ( e o “bluff” ao nível dos maiores estúdios de Hollywood, digno de um Oscar para os melhores efeitos especiais ) foi tal que Ronald Reagan hesitou em proferir, em Berlim, o discurso demasiado agressivo que lhe tinham preparado. Ganhou coragem e ficou para a história o “diktat” dirigido a Gorbachov :
    “Tear down this wall”.

    E tal “diktat” foi obedientemente cumprido. Sucessivamente, o muro, a RDA e a União Soviética … “kaputt”.
    Ora, Caros Leitores, façam favor de ler também isto que o Pplware nos fez o favor de dar a conhecer:
    https://pplware.sapo.pt/informacao/estados-unidos-querem-bombas-plasma-controladas-por-satelites/

    Conjuguem o link com esta notícia e substituam a União Soviética pela R.P.China e a F. Russa da Putin e reflictam nas vantagens de operações privadas dissimulando interesses estratégicos estatais subordinados ao princípio de Napoleão, “Falar em paz e agir com a guerra” ou o mais recente “upgrade” formulado pelo actual presidente colombiano “”Fazer a paz é mais difícil do que fazer a guerra”.

    Pode haver carências graves no sistema de saúde, milhões de “homeless”, cidades inteiras que ficaram completamente descaracterizadas (p.e. Detroit e Flint ) e um estudante universitário pode ter de pedir emprestado o equivalente ao segundo prémio do Euromilhões para concluir os seus estudos nas universidades da Ivy League
    Mas para coisas como esta ou manter um arsenal de dez mil bombas atómicas com mais fragrâncias que DE(s) do Linux – plutónio, urânio, hidrogénio, neutrões … you name it …- haverá sempre papel verde a rodos, a tragédia suicidária humano nem o céu tem por limite.

    O que mais desejaria é estar errado e que o dinheiro dos contribuintes fosse apenas para a internet mesmo que isso passasse por levar à falência alguns dos maiores contribuintes do fisco americano como a Verizon e outras., e digo isto, mesmo se tratasse da R.P.China e a F. Russa.

    O meu ponto é a defesa do Universo conforme nos foi legado. Mas pelo exemplo da Terra onde as aves e os peixes ( que ainda subsistam) já vomitam plástico, todo parece contrariar este meu mais belo desejo .

    PS: Um “fait divers” . Cristiano Ronaldo, deve o seu “Ronaldo” a Ronald Reagan por quem o pai do melhor jogador do mundo nutria grande admiração.

  18. djofight says:

    opá dizem aí no final net a 1gbps (teórica só pode) e depois comparam com uma velocidade prática (5. qq coisa megas) de media global.. 1/180 está um bocado puchado não? isto é o q dá tar tudo a fantasiar com o musk

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.