Quantcast
PplWare Mobile

Estados Unidos querem bombas plasma controladas por satélites

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Paulo says:

    “comunicação de rádio em longas distâncias” ou não quererá espiar os cidadãos pelo mundo inteiro mediante comunicações rádio? É possível, já que uma antena 3G ou 4G é como se fosse rádio, ninguem lhes impede de controlar o mundo..

    O problema é esse, é o que os Estados Unidos pensam que mandam em tudo o que se mexe, tudo o que se mexa ou existe é deles é assim que eles pensam, pensam que mandam em todos os países é por isso que não gosto nada dos Estados Unidos

    “melhorar a comunicação de rádio em longas distâncias” Claro em pleno século XXI é que vão fazer isso, logo agora que a rádio já é uma coisa que quase ninguem utiliza no seu dia a dia, excepto no Carro e ao dormir de resto existe 3G.. 4G.. onde se pode ver as noticias e os relatos e a própria TV.

    Não digo que o rádio ainda não seja usado, porque é.. No entanto não é tão usado enquanto 3G / 4G e claro TV e a Internet retiram uma boa dose a Rádio.

    Segundas intenções é o que eles têm, e não pensem que é conspiração porque não são os nossos dados valem dinheiro não é por acaso que muitas das vezes os nossos dados de lojas e/ou operadoras são vendidas a empresas de marketing onde pagam por isso, nunca vós aconteceu receberem uma chamada ou um email de uma empresa que não conhecem e nunca entregaram os vossos dados via telefone,mail? A mim já.

    Isso é normal acontece em vários paises incluíndo Portugal, dai eu dizer que os Estados Unidos podem fazer isso.

    • Tecnico Meo says:

      Ó ZÉ…. o 3g e o 4g são modulações de rádio… o wifi , o bt, o nfc são modulações de rádio…o teu telemóvel é um “walkie talkie ” full duplex digital que por acaso está agora assente em sistemas operativos para nossa luxuria…

      Não se usa rádio…se calhar querias dizer que não se usa onda curta… será?

      tchhhIII

      Não sabes tu os segredinhos e utilidades que se encontram pelo espectro rádio fora por essa onda curta dentro…

      A onda curta não falha… é barata e não precisa de regenadores / repetidores de sinal para fazer milhares de quilómetros…

      Funciona sempre, mesmo com todas as outras estruturas de telecomunicações em baixo…

      Os EUA são os teus melhores amigos…

      foi criada lá a internet… o macdonalds…o Hollywood e o facebook…

      e por duas vezes não estás agora a falar alemão por causa deles portanto…

      deixa o anti_americanismo em paz …ou vai viver pro Irão… aquilo por lá é muito á frente!!!

      • Luís says:

        Por acaso o mcdonald’s e o facebook são duas maravilhas da Terra.
        O que eras tu sem isso…
        Deve ter sido no facebook que tiraste o teu mestrado em História, ou terá sido o de Português?!!!.
        O que tu sabes sobre.. e acerca de.
        Já agora sobre a invenção da internet: Tim Berners-Lee, diz-te alguma coisa? CERN diz-te alguma coisa?
        informa-te ..
        https://pt.wikipedia.org/wiki/Tim_Berners-Lee

        • Técnico Meo says:

          Wikipedia? Esse ainda é melhor que o macdonalds. O insulto é a ferramenta de resposta dos fracos e dos que não sabem aceitar outras ideias.

          Depois a culpa é dos mauzoes dos EUA, é por causa deles que ontem furei um pneu, esses malandros!

          Lol

      • RDastr says:

        depois de matarem milhoes em hiroshima e nagasaki, o hitler ja estava morto quando os o estado espião largou as bombas

      • Tiago says:

        “Os EUA são os teus melhores amigos…” concordo com tdo o q disseste menos com essa parte. É q se fores a ver bem os EUA são o maior cancro deste planeta.

      • #$iShe#$ says:

        Concordo contigo, e fico preocupado com tantos comentários de gente desinformada e com limitações cerebrais e intelectuais. Claro que não existe nenhuma nação perfeita, mas os EUA têm sido o cancro em algumas áreas sim senhora, mas curam mais que aquilo que infectam, e se não fossem eles estaríamos muito atrasados tecnologicamente, a informática nasceu lá, e tudo o resto que daí deriva, ou seja praticamente tudo que utilizamos. Claro que tudo tem um ponto negativo, mas essas negatividades evidenciam-se e/ou nascem de más interpretações e/ou aproveitamentos dessas mesmas evoluções. Portanto não culpem A, B, ou C por muita porcaria da qual todos nós temos a nossa quota de responsabilidade, e aprendam a dar valor ao que se faz para melhor o nosso dia-a-dia e essencialmente a nossa segurança com os cada vez presentes perigos do quotidiano, desde os mais antigos aos novos como o terrorismo.
        E aqueles que criticam a boa vontade de alguns em tentarem melhorar a nossa vida, se acham que não está correcto, façam-se ouvir, desenvolvam ideias, apresentem um plano elaborado de soluções alternativas, apresentem esses mesmos planos a quem de direito, façam a diferença de uma forma positiva. Mas não se esqueçam de fazer sentido.

        • #$iShe#$ says:

          Desculpem a falta de uma ou duas palavras no meio do texto, a correcção automática juntamente com a pressa e a minha ainda resistente insistência em tentar manter o Português original, acabam por me atraiçoar.

      • AM says:

        Coitados dos aviadores e das mulheres telegrafistas-pararaquedistas. a onda curta atrás delas e a resistencia a aparar tudo, em nome da liberdade.
        E os alemáes a passear de carro a catar as antenas…

      • tio says:

        Aqui podem ver p/ que serve a brincadeira que querem fazer, controlo de tudo que possa ser militar e ande pelo mar terra e ar.
        https://dl.dropboxusercontent.com/u/91715067/AHRAP/Boletins/Boletim%20REP%202016/Boletim%20d%40%20REP%20Edi%C3%A7%C3%A3o%20N%C2%BA%207%2C%20Vol.%204%20de%2031-07-2016.pdf

  2. Vigilante says:

    O HAARP serve também para causar terramotos e tsunamis e controlar o clima de nações inimigas… quanto ao gás, uma palavra apenas: CHEMTRAILS…

    • Player1 says:

      sim chemtrails. e a terra é plana também.

    • Carlos Torres Lima says:

      Óh Vigilante! Acreditas em todo o lixo que lês na net?
      Se sim, então não te preocupes, porque os seres intra-terrenos sairão cá fora para nos ajudar a elevar a vibração do planeta para a 4ª dimensão. LOL

      • NT says:

        Já agora vai ver quem “inventou” as teorias da conspiração. Depois é que poderás preocupar com o BIGFOOT, o mostro do lago e os intra-terrenos…

    • NT says:

      Por acaso aqui nos Açores ontem reparei num incidente curioso… um avião passou e deixou um rasto que se transformou em nuvens. Passada cerca de meia hora, outra vez a mesma coisa. Mais uns minutos e passou um 3º que deixou o “tradicional” risco que desaparece em questão de minutos.
      Agora esta noticia do HAARP… Tendo em conta que uma das bases móveis desse projeto esteve ao largo de S. Miguel há meia dúzia de anos atrás(e montes de pessoal a dizer que era uma base para encontrar petróleo?). E finalmente a ESA estar a instalar mais equipamento por estas bandas…
      https://pplware.sapo.pt/informacao/acores-vai-ter-nova-antena-monitorizacao-satelites/

      E o projeto haarp é um projeto MILITAR… É como abrir uma fábrica de armas para manter a paz.

  3. Tecnico Meo says:

    Sim, pelo menos a gama abaixo dos 30 MHz seria, se as doses largadas fossem em escala industrial, bastante beneficiada.

    AS restantes bandas, acima dos 30 MHz não teria grande efeito uma vez que acima dos 30 MHz por norma a onda de rádio atravessa as 4 camadas da ionosfera, tirando alguns períodos do ano em que as camadas mais baixas # E # ficam polarizadas e reflectem os sinais para baixo, mesmo os de vhf e uhf. Os ductos troposféricos.

    São as chamadas propagações esporádicas. O melhor exemplo disto no verão é quando de repente na frequência da M80 se começa a escutar de repente uma rádio francesa, ou da Argelia ou até Marrocos.

    Os radioamadores vão delirar com isto hehehe

    73

  4. Alvega says:

    Zeca Afonso, “eles comem tudo e nao deixam nada”, é assim de repente o que faz lembrar.
    Aquelas “gordos tratados a hamburgers” se puderem vivem sozinhos, alguém tem duvidas disso mesmo?
    Mas que esperar de um povo que tem na sua origem a escumalha que a Europa inicialmente para lá mandou, depois os Africanos forçados, e finalmente todos os demais a quem a vida nao bafejou.
    Podem até ser os melhores, cozinheiros, agricultores, o que seja: mas se a “semente nao preta…” ora ai temos .
    Sao uns dos maiores poluidores atmosfericos, as leis e protocolos sao sempre para os outros cumprirem, agora é o radio, antes e já a INTERNET, os Bancos e depois o que lhes aprover, who cares, it´s American way.
    Orson Wells, Big_Brother…nao é o da tvi que isso sao outras tretas.

  5. George Orwell says:

    Será para impor música de qualidade, Justin Bieber e Milley Cirrus em Portugal através duma qualquer Radio Caroline proveniente da costa leste conflituando com as frequências da Antena 2, Smooth FM ou M80 ?

    Ou será para neutralizar satélites e confundir sistemas de direccionamento de mísseis inimigos, dotando os seus de uma vantagem temporal e de precisão ? Esta não, só poderia ser produto de delirante imaginação conspiratória. Um projecto com o nome HAARP nunca podia ser militar, senão chamar-lhe-iam o equivalente a CORNETIM ou TAMBOR ( militar é viril, não toca haarpa).

    Esta HAARP é sim uma oferta para anjos tocarem e as nuvens dançarem, um grande sinal de pujança económica que possibilita tão inocente e artística oferenda para êxtase do etéreo assento.

    Pode haver carências graves no sistema de saúde, milhões de “homeless”, cidades inteiras que ficaram completamente descaracterizadas (p.e. Detroit e Flint ) e um estudante universitário pode ter de pedir emprestado o equivalente ao segundo prémio do Euromilhões para concluir os seus estudos nas boas universidades.
    Mas para coisas como esta ou manter um arsenal de dez mil bombas atómicas com mais fragrâncias que DE(s) do Ubuntu – plutónio, urânio, hidrogénio, neutrões … you name it …- haverá sempre papel verde a rodos, a tragédia suicidária humano nem o céu tem por limite.

    PS:
    N.B. : Diria o mesmo caso o autor fosse uma outra qualquer potência. A ionosfera não é património de nenhum humano ou organização de qualquer tipo. É um bem inerente e do interesse de todos e, que eu desse conta, ninguém me consultou. Algum de vós deu consentimento ? E será que os próprios americanos votaram nalgum partido ou presidente cujos programas eleitorais mencionassem tal ionização ?
    Estas coisas aparentemente não passam pelas urnas eleitorais, podem passar mais pelas urnas do cemitério.

  6. SOMOS ETERNAS MARIONETAS.... says:

    Sim, somos eternas marionetas, nestes jogos de poder.
    Devemos bastante aos E.U.A, mas os Americanos não são nenhuns santos, estão longe (Muito) longe disso…
    A par com eles, vêem os Russos, logo seguidos pelos Chineses, Muçulmanos Radicais, Israelitas etc…
    Ninguém é inocente !
    E Enquanto os Russos estão a investir cada vez mais em Armamento, os Norte Americanos tentam pela via da tecnologia sempre “com fins pacíficos” pois claro… Lol

  7. SOMOS ETERNAS MARIONETAS.... says:

    Sim, somos eternas marionetas, nestes jogos de poder.
    Tecnologicamente devemos bastante aos E.U.A, mas os Americanos (sobretudo Militares e Políticos) não são nenhuns santos, estão longe (Muito) longe disso…Veja-se os Lobby´s da Industria Militar, Petróleo e Políticos !
    A par com eles, vêem os Russos, logo seguidos pelos Chineses, Muçulmanos Radicais, Israelitas etc…
    Ninguém é inocente !
    E Enquanto os Russos estão a investir cada vez mais em Armamento convencional, os Norte Americanos tentam pela via da tecnologia sempre “com fins pacíficos” pois claro… Lol

  8. Jose Simoes says:

    Alguém me encontra o link original? No newScientist (falhou um S algures ) nem pela data vou lá.

  9. Cláudio Castro says:

    Atenção ao título deste artigo… Não se tratam de bombas de uso militar destructivo. Diz-se também “bombas de plasma” e não “bombas plasma”.

    Para além disso deixa a entender que o plasma ionosférico é algo novo e perigoso, o que não é. Este tipo de plasma acontece naturalmente na atmosfera terrestre, normalmente visível como aurora boreal, por exemplo. O que se pretende com este projecto é provocar a ionização artificial das camadas superiores da atmosfera, regulando as interferências provocadas pela radiação solar, entre outros factores. O tipo de gás que provoca a formação de plasma ionosférico está também presente naturalmente na atmosfera.

    A ver sobre o assunto:

    https://pt.wikipedia.org/wiki/Plasma_ionosf%C3%A9rico
    https://pt.wikipedia.org/wiki/Ionosfera
    https://otaviomello.wordpress.com/2012/08/29/a-importancia-da-ionosfera-para-as-ondas-de-radio/

    • Vítor M. says:

      Calma que isso não é assim como refere!!! Primeiro as bombas são usualmente chamadas de Bombas Plasma, não está errado e diz exactamente isso em várias fontes. Depois não é dito como algo unicamente prejudicial, diz assim no artigo:

      A ideia está em conseguir melhorar as partículas da ionosfera para que esta mesmo durante o dia pudesse ter uma acção refletora mais eficiente.

      Não é a primeira vez que se tentou “reparar a ionosfera” para tentar melhorar a comunicação de rádio e aumentar a gama de radar over-the-horizon. O projecto High Frequency Active Auroral Research Program (HAARP) (em português: Programa de Investigação de Aurora Activa de Alta Frequência) no Alasca, estimula a ionosfera com a radiação a partir de uma matriz de antenas terrestres para produzir plasma de reflexão de rádio.

      Portanto, vale a pena ler bem e interpretar melhor. Depois, o próprio artigo fonte refere outros fins para esta tecnologia.

      Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.