Quantcast
PplWare Mobile

Espaço: Existe uma reserva de água do tamanho de 140 biliões de oceanos

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. David Guerreiro says:

    É mais fácil a dessalinização do que ir buscar água ao espaço. Portugal precisa de ter estações dessalinizadoras, tal como sucede em outros países.

    • PovoManso says:

      E não só, Portugal precisa criar furos para capturar as aguas das chuvas, como sucede nos outros países da europa, mas não! Em Portugal só fazem furos para retirar a agua.

      Basicamente os impostos ambientes é só para pagar, fazer tá quieto, vota PS!

      • Rick says:

        se não fosse o PS ainda não tinhas Alqueva que é o maior reservatório de água doce do pais eh eh

        • Américo Mendes says:

          Vamos lá ver um pouco de historia.

          Foi em 1993 (governo de Cavaco Silva) que se decidiu a retoma, em definitivo, das obras do Alqueva, pensadas em 1975.
          Foi tb com ele (Cavaco) que se seguiram as decisões sem retorno…depois, foi cumprir contratos lançados.
          Mérito tb ao Guterres que não interrompeu nada, diga-se.

          1968 – Celebração do Convénio Luso-Espanhol para utilização dos rios internacionais
          1975 – Aprovação pelo Conselho de Ministros da realização do Projecto
          1976 – Início das obras preliminares (ensecadeira/infraestruturas de apoio à obra)
          1978 – Interrupção das obras
          1980 – Resolução do Conselho de Ministros determina a retoma dos trabalhos
          1993 – Decisão do Conselho de Ministros para retoma do Empreendimento
          1993 – Criação da Comissão Instaladora da Empresa do Alqueva (CIEA)
          1995 – Reinicio dos trabalhos
          1996 – Através da Resolução do Conselho de Ministros n.º 8/96, o Governo assume “avançar inequivocamente com o projecto” com ou sem financiamento comunitário
          1996 – Adjudicação da empreitada principal de construção civil da barragem e central
          1998 – Início das betonagens.
          2000 – Adjudicação da empreitada para a execução do primeiro bloco de rega do Sistema Global de Rega
          2002 – Encerramento das Comportas e início do enchimento da albufeira (8 de Março)
          2002 – Abertura ao trânsito da estrada Portel/Moura sobre o coroamento
          2004 – Inauguração da Central hidroeléctrica
          2005 – Conclusão do contra-embalse (barragem de Pedrógão)
          2008 – Início das obras de ampliação da Potência Instalada da Barragem.

          Meu caro, se se lembrar de alguma grande obra de 2000 para cá, que fique na história, faça favor.

    • B@rão Vermelho says:

      Tudo o que diz é verdade, mas dá puco dinheiro a ganhar, comparado a ir ao espaço.
      Não é só em Portugal como muita gente pensa em que há favorecimentos de empresas de amigos e conhecidos

    • Rick says:

      Mas alguém está a por a hipótese de ir buscar água ao espaço? É que as pessoas comentam mesmo por comentar e nem param para pensar eh eh. Nem temos capacidade para ir buscar água à lua quanto mais a 12 mil milhões de anos luz!

    • Joao_LT says:

      Portugal é só dos países da Europa e do mundo com mais rios, logo com muita água a correr para mar.
      Dito isto, os sábios dos políticos não veem o palmo a frente da cara.
      Pais precisa de um ORGANIZAÇÃO TERRITORIAL e um Plano Hidrográfico Nacional e REDE DE ABASTECIMENTO CONTINUA EM TODO TERRITORIO CONTINENTAL… coisa que não tem…em cada Camara Municipal estam EGOS, REPITO EGOS a lutarem pelo taxo… problemas reais empurem, ignoram, ou pior não saberem isso chama-se incompetencia e ignorancia….há dúvidas!???

  2. Informático Amador says:

    Essa água está fora de alcance, como é obvio. É melhor porem antes os pés na Terra e prepararem-se para a Seca: transvases, barragens e albufeiras em circuito fechado reutilizando água, rede de estações de dessalinização, reciclagem em grande escala das águas das ETAR e não só, modificações na Agricultura, etc, etc. Os estudos estão feitos, é deixarem-se de sucessivas reuniões e palestras, e lançarem mãos à obra.

  3. Roberto Moura says:

    Me fez lembrar de um filme, de 1976, com David Bowie. (O Homem que Caiu na Terra).
    Ele era um alienígena que veio à Terra para levar água para seu planeta, que estava quase totalmente seco.

  4. riosj says:

    Isto seria a solucao ideal para Portugal mas duvido que o costa invista no espaço. Acabariam os nossos problemas de seca, disso não tenham duvidas!!

  5. Curioso lunar says:

    Esta informação é o mesmo que aliciar uma criança com um rebuçado, e dizer que não o pode comer…

  6. Fernando Raimundo says:

    Com tanta Água, como é que os donos dos INCENDIÁRIOS se governavam? E os aviõeszinhos não tinham teta para MAMAR.

  7. Jose says:

    Está demasiado longe. Temos mesmo que nos servir daquela que existe por cá. Há imensas firmas de se obter água basta haver vontade. O meu avô tinha nas suas lavouras, desde tanques a depósitos de água. Nunca teve falta dela. Só da água das chuvas vão triliões de litros para o mar. Bastaria capturar uma infinésima parte para pelo menos em Portugal, termos meios para enfrentar períodos de seca, que são sazonais, pois há décadas que de tantos em tantos anos, temos sistematicamente falta de água. O que é dramático num país cujo território é quase 90% de água. Convinha não o esquecer.

  8. Sergio J says:

    As vezes estes comentadores parecem tao básicos e associam descobertas grandiosas com assuntos mundanos (mesmo que preocupantes)
    Sempre se pensou como a água teria chegado até ao planeta terra, esta pode ser uma das respostas. O estudo destas reservas podem vir a trazer muitos outros novos conhecimentos.
    Em termos práticos no futuro talvez estas ou outras reservas podem ser talvez usadas para abastecimentos intermédios. Talvez possam ser usadas para terraficacacao de outros mundos.

    se calhar o problema da sobrepopulacao passe pela exploração de novos mundos.

    Vamos pensar no que realmente esta descoberta nós pode trazer num futuro e não nas necessidades imediatas, pois essas são irrealistas para amanhã.

  9. djo says:

    ” levou 12 mil milhões de anos-luz a chegar à Terra, o que implica que esta massa de água já existisse quando o universo tinha apenas 1,6 mil milhões de anos”
    Espera aí, se o universo tem 4.5 mil milhoes de anos, como é que levou 12 mil milhões de anos à velocidade da luz..?
    De resto óptimo artigo

    • Vítor M. says:

      Não. A idade do universo é o tempo decorrido entre o Big Bang até o presente momento. Há alguns anos, a sonda WMAP da NASA recolheu dados que levaram os astrónomos a chegar à conclusão de que os dados da sonda aceitava a determinação da idade do Universo em cerca de 13,8 mil milhões de anos.

      4,6 mil milhões de anos tem o nosso sol, que estará a meio da sua vida.

  10. Kito says:

    Não se vislumbra um acontecimento que nos faça perder este líquido precioso para o espaço. No entanto, nesse mesmo espaço, a alguns mil milhões anos luz, existe um lugar que tem mais 140 biliões de vezes mais água que a que temos aqui no nosso planeta. Portanto, 140 biliões de vezes mil duzentos e sessenta triliões de litros.
    Isto é uma notícia sem qualquer valor. 50% da população terrena não tem água que chegue para as suas necessidades básicas e estão preocupados com a nuvem de água que está a 140 milhões de anos luz da terra…santa paciência!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.