Quantcast
PplWare Mobile

Descobriu-se algo sobre a Lua que é muito difícil de acreditar

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Spoky says:

    Isto é só mais uma prova de que o nosso corpo é inteligente, temos células NK (Natural Killers) que são ativadas para matar Cancro entre outros vírus.

    A razão pelo qual não matam muitas das vezes, é tão simples de explicar. Assim como a Lua tem impacto em nós. O que comemos também tem.

    Hoje em dia, os animais levam hormonios e isso faz mal a nos. Pois tudo o que ingerimos está presente na Carne, incluindo os hormonios. Criando uma resposta inflamatória.

    Se antigamente comer Carne era bom, hoje em dia não é assim tão bom e cada vez fica pior.
    E o peixe é a mesma coisa, alimentado a ração, com antibioticos e sabe-se la mais o quê.

    E a maioria desses peixes, possuem mercúrio como é o caso da Tuna, Salmão (pode ter baixas concentrações mas têm) e o problema não do Mercúrio não vêm só de um peixe.

    Por exemplo o Atum e a Sardinha contêm mercurio, ora se um peixe grande, se alimentar de peixes pequenos que contenham mercúrio o que é que será que acontecerá?

    Comeu o peixe muito bem, alimentou-se mas e o mercúrio para onde vai? Pois é.. A resposta é obvia, armazena-se no peixe que comeu o peixe pequeno etc.

    E isto para dizer, que o nosso corpo humano é inteligente. Hoje em dia, para o corpo humano conseguir-se curar a si próprio teriamos de deixar de usar hormonios, antibioticos e rações em aquacultura entre outras práticas que se revelam más para a saúde dos humanos.

    E já sei o que vêm dizer, que a aquacultura permite evitar a extinção de certas espécies, mas de quem é a culpa? É dos peixes? É obvio dos Seres Humanos.

    Se pensam que é só a Lua, o Sol também regula o Sono.
    E o nosso relógio interno é a glândula pineal (há muiiitooo que estudar sobre isto, pesquisem por Sérgio Felipe de Oliveira mestre que estudou muito sobre a Glandula Pineal)

    É só uma prova, finalmente alguem se deu ao trabalho de estudar a natureza. É pena que não estudam as plantas medicinais disponíveis, senão iriam se surpreender.
    E com isto fico-me por aqui.

    • Miguel Pinto says:

      Ridiculo como consegues tranformar um artigo sobre a lua num movimento vegan. Hormonios?? Ao menos escreve em portugues..

    • scp says:

      E as plantas/árvores levam o que por cima e trazem o quê de baixo? Por cima levam sprays feitos por nós e chuva tóxica da poluição e de baixo trazem a contaminação do solo/água.

      Serão as pessoas do campo mais imunes aos vírus e ao cancro? Partindo do princípio que comem biológico, daquilo que cultivam e dos animais que criam de forma natural sem hormónios e antibióticos.

      Na cidade estamos sujeitos ao que os outros decidem por nós.

      • Spoky says:

        Concordo contigo quando dizes que plantas levam com sprays. Não digo o contrário

        Mas entre comer peixes e carne com hormônios e antibióticos, prefiro levar com os sprays (infelizmente)

        Eu não disse que as pessoas do campo vivem mais. Ou não morrem dos cancros.

        O que eu disse é que o nosso corpo para ter habilidade de se curar é preciso comer coisas biológicas sem qualquer componentes.

        Hoje em dia estamos intoxicados, o mercúrio é uma ameaça e uma progressão para a demência, Alzheimer e Parkinson.

        Sim, na cidade quem decide são os outros.

        O meu comentário foi apenas a minha opinião. Quem quiser comer carne com hormônios etc que coma…

        Mas não digam que isso é saudavel. Vejo empresas de agricultura e de gado em que dizem que os seus produtos são biológicos e que utilizam hormônios mas está tudo louco?

        Infelizmente e para ser bem honesto contigo hoje em dia é difícil do nosso corpo conseguir se curar sozinho, muito difícil mesmo.

    • SSD says:

      Porque é que todos os teus comentários derivam para o alternativo e teórico?
      O nosso corpo nunca se conseguiu curar sozinho, porque é que achas que no tempo do JC a esperança média andava por volta do 30 anos? Porque é que a peste negra limpou, a primeira grande epidemia limpou metade da Europa em comparação com o que acontece agora?
      Temos um problema atual com químicos isso é inegável, agora devido a diversas razões, incluindo diversas melhorias médicas em termos de conhecimento, prevenção, vacinação, etc. a nossa esperança média está muito mais alta e há cada vez mais pessoas a chegarem a centena de anos e sem problemas de maior.

      • Cristiano says:

        A esperança média de vida era baixa devido a altos niveis de mortalidade natal.

      • ... says:

        “O nosso corpo nunca se conseguiu curar sozinho”

        O nosso corpo curasse sozinho,sempre foi assim,e talvez continue assim;a medicina com a miríade de conhecimentos que tem acumulado,coloca o(s) paciente(s) nas condições mais favoráveis ao corpo se curar…um exemplo prático que falou,é as vacinas,ensinam o corpo a defender-se,mas é o corpo que se defende não é a vacina!
        O aumento da esperança média de vida,tem mais a haver com a melhoria das condições ambientais,higiénicas e outras do que com a medicina(na Idade Média havia casos de idosos de 70 anos,apesar da média ser os 30 anos como disse,ou seja,eram as condições favoráveis ao corpo de certa nobreza e não as médicas a permitir tal longevidade).
        Comparar a Peste Negra com a pandemia actual,confirma que é o conhecimento das condições ambientais,higiénicas etc que permitem evitar a mortandade que referiu da Peste,quando actualmente ainda não se conhece medicação propedêutica para o Covid como não se conhecia medicação para a Peste.

        Cumprimentos

        • Hélio Musco says:

          O aumento da esperança média de vida tem a ver com baixa mortalidade infantil. Hoje em dia, é raro uma criança morrer antes de completar 5 anos. Há 200 anos atrás (para não dizer 500 ou 1000), a probabilidade de morrer até essa idade era de +30% (https://ourworldindata.org/child-mortality#child-mortality-around-the-world-since-1800).

          Um exemplo com 10 novos bebés. 3 deles morrem logo no 1º ano enquanto os outros 7 chegam aos 70. No final, apenas terias uma esperança média de vida de 49 anos.

          Sem a medicina (e.g. vacinas, antibióticos, …), seria muito difícil baixar esse número até ao que temos actualmente. Por alguma razão, é nos primeiros anos de vida que somos mais vacinados.

          • ... says:

            Caro @helio musco,a razão de sermos vacinados desde o nascimento,é ser a fase da vida onde as vacinas tem mais eficiência.E por acréscimo,as probabilidades de sobrevida(menos mortalidade infantil) aumentam.
            -dizer que o aumento da esperança média de vida se deve à diminuição da mortalidade infantil é errar em dois pontos;primeiro,a esperança média de vida mede a vida total não só a infância;segundo,mesmo que a diminuição da mortalidade infantil seja eficaz,existem factores que impedem essa sobrevida atingir patamares de meia-idade ou velhice…

            A medicina interventiva,vulgo vacinas,medicamentos,etc,melhorou,mas o conhecimento da chamada medicina preventiva melhorou muito mais,e é este conhecimento preventivo que aumentou a esperança da média de vida;a pandemia actual é paradigmática do que acabei de escrever,ainda não temos anti-virais/retro-virais ou se as vacinas em distribuição serão eficazes,mas o conhecimento preventivo,vulgo confinamento,mascara e distanciamento social já sabemos que são factores eficientes.Se durante a Peste Negra estes factores preventivos fossem aplicados,será que a Peste teria sido tão mortal mesmo não havendo medicação?Ou,dado a diminuição da esperança média de vida com a pandemia,caso não houvesse confinamento,mascaras,e etc,quanto teria sido a diminuição dessa esperança média de vida?Repare,o covid não aumentou a mortalidade infantil,mas diminuiu a esperança média de vida…o exemplo probabilístico que apresentou choca com esta simples constatação de factos!

            Cumprimentos.

    • TSLABull says:

      Ahh.. what??

    • Pedro Costa says:

      “presente na Carne, incluindo os hormonios”, assumo que queiras dizer hormonas. E toda a produção de carne em Portugal, pelo menos o sector das aves, não levam hormonas de crescimento. Podes confiar na carne que compras de cá, há muita fiscalização, tanto do sector da criação, tanto nos matadouros.

    • Luís Costa says:

      Realmente o pplware devia ter um botão de “Isto é sarcástico” ou “Isto é estúpido” ou algo deste género.. estas mentes que aparecem por aqui parece que andam a fumar alguns pozinhos meios estranhos

    • Marco B. says:

      Parei de ler quando dizes que o cancro é um virus

    • Paco says:

      A tuna que melhor conheço é a Versus Tuna – Tuna Académica da Universidade do Algarve.

    • Cortano says:

      Esqueceste-te de tomar os comprimidos novamente?

  2. falcaobranco says:

    Mas a lua não é desde agora que é estudada e por alguma razão ela tem quatro fases… e em todas elas… não é só os seres humanos que “sentem”, o próprio planeta “sente” … a lua nunca foi e nunca será “apenas” o nosso satélite…

    Podia estar aqui a falar de energias positivas e negativas… mas acho que é melhor voçês pesquisarem um pouco 😉

  3. Sardinha Enlatada says:

    A maldade no mundo por exemplo, ou inveja, odio. Isso e basico.

  4. KodiakShadows says:

    @Spoky, concordo contigo , até porque sou fishveg, só como salmão e porque consigo ele ainda fresco e pescado em estado selvagem.
    Não se esqueçam que do Lobishomem pode vir aí renascido das cinzas e pode ser que seja na próxima lua cheia. ehehe!!!

  5. jimmypt says:

    Tanto o Sol como a Lua tem influência em todos o ciclos da vida,tanto animal,como vegetal.
    Toda a gente sabe disso.Logo a nossa espécie também é afectada por esses ciclos,não podia ser de outra maneira.
    Ainda a pouco tempo vivíamos em cavernas.

  6. LM says:

    Só eu é que me lembrei do Dragon Ball (Son Goku que se transformava em macaco ao ver a lua cheia) ao ler isto!? xDD

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.