PplWare Mobile

Cura da SIDA? Cientistas conseguem eliminar o HIV do genoma de animais vivos


Imagem: ScienceCue

Fonte: MedicalXpress

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. Antoninho Pitágoras says:

    Existem muitos avanços em estudos universitários, mas depois não se ouve falar mais de avanços sobre esse estudo. Chega uma farmacêutica compra o estudo e faz que vais investigando.
    Mesmo que tal cura já exista, acham que vão meter uma cura efectiva? Já imaginaram os milhares de milhões que seriam perdidas com a venda de medicamentos para o resto da vida a um doente crónico, acham mesmo que iriam dar a cura efectiva a cada doente e desfazer está mina de ouro. Tal vai acontecer quando acha uma mina de ouro substituta e queiram limpar a imagem da indústria farmacêutica.

    • Antoninho Pitágoras says:

      *com uma cura efectiva, deixariam de vender medicamentos para o resto da vida a cada doente, façam as contas quanto perderiam as farmacêuticas
      Nr doentes x preço retrovirais x anos de facturação

    • Ax says:

      Os novos medicamentos se forem promissores no laboratório em testes em animais ainda têm que passar para os testes clinicos em humanos, para comprovar a sua eficácia e segurança (a maioria dos medicamentos falha nesta fase), e depois ainda têm que ser aprovados pela FDA (americana) e pela EMA (Europeia). Tudo isto demora no minimo 10 a 15 anos.

      Por isso se tudo correr bem e este novo tratamento não chumbar nos testes clinicos, estará no mercado daqui a 10 a 15 anos, no minimo.

      >”Mesmo que tal cura já exista, acham que vão meter uma cura efectiva? Já imaginaram os milhares de milhões que seriam perdidas com a venda de medicamentos para o resto da vida a um doente crónico, acham mesmo que iriam dar a cura efectiva a cada doente e desfazer está mina de ouro”

      Isso não tem a minima logica, pois vivemos numa economia de mercado. Se uma farmacêutica em qualquer parte do mundo patentear um novo medicamento que cure a sida vai ganhar muitos milhões em vendas e meter os medicamentos da concorrência a valerem 0€.
      Não tem lógica nenhuma uma farmacêutica gastar milhões em R&D, descobrir uma cura para uma doença, patentear a cura e depois esperar que a patente expire, para que sejam depois as empresas Indianas de genéricos a ganharam dinheiro com a sua comercialização.

    • BlackFerdyPT says:

      Quem pense que tal cura efectiva não exista já – e, há muito tempo – pergunte à mulher do muito rico “Magic” Johnson, o que queria ela (verdadeiramente) dizer quando, numa entrevista, disse uma vez que o seu marido estava “curado”…

      Sobre este vírus,

      1) Passando ao lado do benefício económico… Há um muito mais importante benefício social: que é o de terem as elites governantes populações subordinadas doentes – e, consequentemente, (física e economicamente) fracas, para o caso de quererem as últimas alguma vez lutar socialmente contra as primeiras.

      2) O vírus da SIDA é conhecido por (misteriosamente ou não) ter uma taxa de infecção *muitíssimo* maior entre pessoas que vivem em África – que, coincidência ou não, habitam os países que se querem mais subdesenvolvidos, para não consumirem os seus recursos naturais, que se querem antes importados para o Ocidente (informem-se sobre o documento NSSM200 de H. Kissinger). E, observando a enormíssima quantidade de gente que morre por causa deste vírus em África…

      3) Também, há quem, analisando a genética do vírus da SIDA, avance como explicação mais provável, para a origem do mesmo, este ter sido uma criação de laboratório (notícia do Sunday Express de 1986 “AIDS ‘Made in Lab’ Shock”, revista “Executive Intelligence Review”, entre outros).

      4) Ora, juntando os pontos anteriores – e falando em termos hipotéticos… Quisessem vocês espalhar um vírus à vossa volta, não o fariam só em caso de terem já uma cura para o mesmo, pensando na hipótese deste atingir acidentalmente alguma pessoa do vosso grupo?

      Por tudo isto…

      Mesmo que venha a ser disponibilizada uma cura para a SIDA, não contem com a mesma ser providenciada às populações pobres em África (da mesma maneira que se faz tal coisa para os tratamentos do Ébola) e, quando começarem os cortes a sério no SNS, não contem com que venha esta cura a ser distribuída por entre pessoas reformadas, que já não tenham utilidade para as elites. (Oiçam o Bill Gates sobre os chamados “Death Panels”.)

  2. Luis says:

    Alguma vez ouviram falar na Prata Coloidal? Eficaz mesmo em supervírus ou em bactérias multiresistentes… O melhor antibiótico do Mundo, e sem efeitos secundários. Pesquisem um pouco soble e vejam esta patente pelo menos a partir da pág. 10
    https://patents.google.com/patent/US20050061678A1/en
    https://patentimages.storage.googleapis.com/e9/cc/94/44e88a9ebbc6e7/US20050061678A1.pdf
    https://www.facebook.com/sunsoul.lr/posts/183219752637748

    • Toni da Adega says:

      antibiótico e virus na mesma frase…
      Se cura virus nao é antibiótico, se é antibiótico nao cura virus

    • Nuno V says:

      Ainda existem muito poucos estudos sobre a eficácia da Prata Coloidal. Mas os que já se fizeram concluíram que não existe um único indício que demonstre que a prata coloidal é eficaz como antibiótico, ou antivírus, ou antifúngico,… Existe também indícios que a prata coloidal é prejudicial à saúde.

      No que toca à patentes, existem patentes para todas as idiotices. Queres patentes para dispositivos de movimento perpétuo? Existem aos magotes. Bem como existem patentes de toneladas de medicamentos homeopáticos, que é sabido que não funcionam. Para se registar uma patente não é preciso que esta seja funcional.

  3. Ze says:

    Uma cura não é economicamente viável para uma farmacêutica. Tanto no HIV quanto nos cancros. A mina está nos tratamentos prolongados.

    No fim do dia é uma questão de dinheiro e não de pessoas vivas

  4. me and me says:

    pesquisem um pouco por Timothy Ray Brown…

    resumindo ele recebeu um transplante de medula óssea de um doador imune ao HIV e o vírus entrou em remissão. ele já não toma medicação para o HIV há 10 anos…

    cura existe, nao temos é de isolar o gene que nos torna imune e transformar numa cura viavel… algo que nao custe 5milhoes de euros….

    • me and me says:

      EDIT:
      cura existe, temos é de isolar o gene que nos torna imune e transformar numa cura viavel… algo que nao custe 5milhoes de euros….

  5. Rodrigo says:

    Há mais de 10anos que existe a cura para a SIDA. Só uma mente fechada é que não acredita nisso. Simplesmente devido a certos interesses dos grandes laboratórios farmacêuticos a mesma ainda não é vendida ao público em geral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.