Quantcast
PplWare Mobile

Bill Gates diz que já o acusaram na rua de colocar chips nas pessoas

                                    
                                

Fonte: The Guardian

Autor: Marisa Pinto


  1. João says:

    Não é tanto os chips que me preocupam mas a utilização não testada a longo prazo de tecnologia de alteração genética mRNA para produção de toxinas Spike, que se mantem no corpo a longo prazo, que não impedem a transmissão do vírus e que podem estar a ter um papel no aumento sem precedentes de morte em excesso, diminuição de natalidade, problemas cardíacos em pessoas jovens, etc. Isto misturado com mandatos de vacinação inconstitucionais, pagamentos a meios de comunicação social tradicionais e censura nas redes sociais.

    • João Cartaxo says:

      mRNA já tem anos. Não é nenhuma novidade. Agora é que se fala e pronto, lá vem as teorias

      • Mr. Y says:

        Não vale a pena contrapores. Vai-te dizer para abrires os olhos e pesquisares no Google

      • Guilherme Lino says:

        Vinho tinto também existe à anos, mas se entretanto começarem a injetar em pessoas convém estarmos atentos às reprecuções

        Ou sabes conheces alguma vacina mRNA que já existisse antes das do covid-19?

      • Jdvs says:

        Fantoches como tu falavam que Com Donald Trump no poder era a terceira guerra mundial , afinal foi só acordos de paz , todas as teorias de conspiração tem acontecido todas , mas fantoches como tu querem estar com os olhos fechados, e eles continuam a fazer o que querem por causa de fantoches como tu, podes confirmar , tem video do Dono do fórum económico, a falar em chip em humanos, para poder fazer tudo, vais ter um chip,podes confirmar também, o Bill gates quer acabar com os telemóveis, e colocar marca, na pele chip , então rapaz eles próprios já confirmaram , sabes ha quantos anos, eu sei dos chips?ha mais de 10 anos, e todas as coisas que vocês dizem que é teoria de conspiração acontecem, porque nos falamos com provas, podes confirmar também deu nas notícias, Dono do Fórum económico e Bill gates em 2019 simularam pandemia, 2 meses depois , covid 19 continua a dormir rapaz que até gemes com o que ai vem

    • Jane Doe says:

      Se tivesses formação no assunto, já não terias essas preocupações, assim, resta-te acreditar em quem tem essa formação e experiência no assunto, ou então naqueles que sem saberem do que falam inventam umas conspirações sonantes, ainda que sem fundamento científico.
      Quanto à referida “censura”, eu fico admirado é de haver comentários com afirmações/suposições falsas e perigosas para a saúde pública que sejam publicados, como o teu.

      • RS says:

        E eu fico incrédulo como é que ainda há pessoas que acreditam cegamente em governos, OMS, industrias farmacêutica etc. Quando já está mais que provado que o ser humano é facilmente corrompido e o que move o mundo é os €€.

        Basta ver casos como os do opioides nos EUA. Tomem lá para ficarem mais informados: https://brasil.elpais.com/sociedade/2021-09-01/justica-dos-eua-encerra-litigio-contra-purdue-pharma-pela-crise-de-opioides.html
        Facilmente percebem que com €€ ficam livres de qualquer tipo de crimes, podem cometer as maiores atrocidades do mundo, com €€ ficaram sempre impunes.

        • Mr. Y says:

          Onde é que os governos aconselharam as pessoas a tomar essas drogas?

          • RS says:

            A partir do momento que a FDA aprova um medicamente este pode passar a ser receitado e administrado em utentes que foi o que aconteceu. Se a FDA aprova um medicamento é porque o mesmo é seguro.

          • Mr. Y says:

            Um medicamento não deixa de ser acompanhado depois de ser aprovado. Justamente por poder haver falhas na sua aprovação.

            O que tu estás a fazer é que é ridículo. Não estou a dizer que o sistema de aprovação seja 100% seguro. Agora, por haver essas falhas, não se pode desconfiar de todos. E qual seria o interesse dessas empresas correrem o risco de manipularem os resultados quando TODO O MUNDO tem os holofotes apontados para estas vacinas?

          • RS says:

            Qual seria o interesse dessas empresas? Qual é o interesse de qualquer empresa? Lucro, simples.

            O que interessa TODO O MUNDO ter os holofotes apontados para a vacina? A comunicação social é controlada. Todos os que dizem algo contra a vacina mesmo sendo cientistas são rotulados de malucos, vamos mesmo por aí?

            A OMS geriu toda esta pandemia de uma forma amadora desde o inicio, não soube avaliar as coisas no momento e criar medidas fortes para conter o vírus na fonte e logo no inicio e depois claro tiveram que arranjar uma solução o mais rápido possível para resolver a merda que fizeram.

            Ainda não se sabe onde o vírus surgiu, não se sabe a causa porque não convém.

          • Castro says:

            RS, qualquer medicamento tem efeitos secundários… O problema é que as pessoas confundem que para um medicamento ser benéfico não pode ter qualquer malefício em circunstância alguma.
            Muitos medicamentos opióides também estão autorizados na Europa, por exemplo, a diferença é que na Europa eles são administrados com supervisão e não se vendem em farmácias.

          • RS says:

            Castro. Claro que sim a diferença aqui é que a farmacêutica vendia o medicamento e publicitava-o como não tendo como efeitos secundários ficares dependente de tomar aquele medicamento e que era claramente falso.

          • Castro says:

            RS, estás enganado! Eles não diziam que não se podia ficar dependente, o que eles diziam é que o risco de dependência era menor do que outros opioides usados em tratamentos como analgésicos, induzindo pessoas em erro quanto à dose. Todos os opióides podem causar dependência, não é uma novidade.

        • says:

          Por essa lógica também vamos dizer que o tabaco é um embuste. Faz mal, toda a gente sabe. Até vem nos pacotes, mas é permitido vender. Fuma quem quer.
          No caso dos opioides, há certamente um certo manipular do mercado que, na minha opinião, deveria ser punido. Mas ninguém anda a mandar as pessoas tomar daquilo às carradas. Como ninguém manda as pessoas snifar coca ou fumar erva. Cada um é consciente de fazer.
          Quanto às vacinas, trabalho num lar de idosos. Posso atestar que funcionam. O antes e depois das vacinas foi uma diferença enorme.

          • RS says:

            Se não conheces o caso simplesmente não fales do que não sabes então.
            As pessoas não tomavam porque simplesmente queriam ou porque lhes apetecia, era receitado pelos médicos para dores cronicas e porque supostamente era mais eficaz e supostamente não trazia dependência para quem tomava o que se provou que era falso e que a empresa que criou este medicamento pagou aos representantes da FDA ou deu cargos altos dentro da empresa, vai ler o caso ou ver documentários sobre o mesmo para ficares mais informado.

            Este medicamento só provou centenas de mortes entre outros problemas como qualquer droga que causa dependência causa.

          • Mr. Y says:

            O que é que isto tem a ver com as vacinas mRNA ou os chips?

            Se houve burla o responsáveis devem ser punidos. Além disso, a própria CDC lançou um “Guideline for Prescribing Opioids for Chronic Pain”. Ou seja, os organismos são ‘regularizam-se’ uns aos outros, são autónomos.

            Novamente, não viste a OMS ou os governos a aconselharem todo o mundo a tomar esses medicamentos. São coisas distintas.

        • Jorge Carvalho says:

          Isso não teve a ver com a segurança do medicamento :

          A Purdue Pharma pediu falência em 2019, em uma tentativa de resolver as mais de 3.000 queixas criminais apresentadas por estados, condados, tribos e outras entidades locais sobre a campanha de marketing agressiva da empresa, incluindo pagamentos a médicos para prescrever o altamente viciante OxyContin, um fato que os fabricantes ocultaram.

          Mas o oxycontin é dos mais viciastes , mas as benzo também são e em portugal receita-se ao pontapé.

          Abc

        • Jane Doe says:

          Argumentum ad lucrum.

        • Tony says:

          Viste uma serie na Disney e ja és o expert em farmacia…

    • João says:

      Concordo que seria pouco produtivo grandes discussões ou ping pong de factos. Felizmente a adesão às novas doses de reforço falam por si.

      • Mr. Y says:

        – alguma vez se disse que não iriam haver doses de reforço? nunca se escondeu que o sistema imunológico vai perdendo a sua eficácia
        – notaste que agora só alguns grupos vão receber esse reforço?
        – achas que as mutações do virus não interessam para nada?

        Deixa de seguir esses canais malucos (normalmente de extrema direita) e de pensar que tudo é movido a dinheiro e com interesses maléficos. Há estudos sérios e factuais que corroboram a necessidade destas doses.

        Já sei que vais dizer que há médicos anti-vacina. É isso que acho incrível como essas pessoas engolem os argumentos toscos e enviesados em que são baseadas essas teorias absurdas.
        Com isso não estou a dizer que a ‘Ciência’ é infalível, por isso, é que é necessário um acompanhamento constante. Mas qualquer medicamento ou vacina não são comercializados sem passar por um rigoroso teste de segurança. E se calhar, até hoje, nunca houve uma vacina tão testada no mundo com as da Covid.

        • RS says:

          loool acho piada a esse argumento de “vacina não são comercializados sem passar por um rigoroso teste de segurança”
          Sabes qual a media de anos para uma vacina ser comercializada? 10 anos, sabes em quanto tempo a vacina do COVID foi aprovada? 10 meses!

        • RS says:

          Para ti só existe uma fonte da verdade, tudo o que vai contra essa verdade é falso, é teoria da conspiração é de extrema direita, são maluquinhos, certo?
          Faz-me lembrar que Galileu quando defendeu as suas teorias sobre o heliocentrismo também foi condenado porque defendia algo que ia contra a “fonte da verdade” da altura que no final se comprovou que não era assim tão verdadeira essa fonte 😀

          Não sei qual é a verdade o que sei é que efetivamente tudo é movido pelo dinheiro com interesses maléficos ou não, o que interesse neste mundo é o lucro, e a industria farmacêutica e a medicina são das industrias que mais lucro dão a par da guerra com a produção de armamento.

          • Mr. Y says:

            Lá vem o Galileu…

            Para se provar que é falso são necessárias provas fidedignas. Aproveito para citar o Carl Sagan.

            “Extraordinary claims require extraordinary evidence.”

          • Jane Doe says:

            Se sabes que “tudo é movido pelo dinheiro com interesses maléficos ou não, o que interesse neste mundo é o lucro”, sabes que essas “fontes de verdade alternativas” têm essa mesma motivação.
            O que não sabes, ou não parece saberes, é que a verdade não tem fonte, a verdade existe tal como é, apenas tenta ser apreendida, compreendida por diversas “fontes”. Como saber qual dessas fontes a “apreende” (e transmite) da forma mais fidedigna essa verdade? Olhando para os factos onde se apoiam, olhando para validade dos argumentos e dos fundamentos. Claro que isto levanta um problema – é preciso que cada um tenha capacidade para fazer essa avaliação, o que não chega a todos, talvez nem à maioria. É é por isso, que quem acredita nas teorias conspiracionistas são, por norma, as pessoas com menos formação, nomeadamente na área, sejam de (extrema) direita, de esquerda ou de centro.

          • RS says:

            Então diz-me lá, como é que tu sabes se o que dizem sobre as vacinas ou outro qualquer assunto é verdade? Só tendo formação na área é que consegues fazer essa avaliação, certo?

            Ou então acreditas em quem diz isso de forma mais convincente, tem a carinha mais bonita ou o melhor fato e se diz munido dos maiores e especialistas na área.

            “É é por isso, que quem acredita nas teorias conspiracionistas são, por norma, as pessoas com menos formação” looooool adoro esta.

            Se pesquisares na net encontras muitos desses “conspiracionistas” académicos com doutoramentos. Esses são o que? São maluquinhos né? que de cientistas bestiais passaram a bestas 😀

            Eu não acredito em tudo o que vejo, seja nas noticiais, seja na internet, seja em teorias da conspiração, simplesmente tento pensar fora da caixa, tentar ver as coisas de outra perspetiva, que talvez as coisas nem sempre sejam como as querem fazer parecer, que existe MUITA coisa que se passa nos bastidores que o comum dos mortais não tem conhecimento.

            Existe duas formas de viver, não questionas nada e aceitas tudo o que te dizem como a verdade absoluta e és um peão ou tentas questionar e procurar a verdade sobre as coisas mas continuas a viver como um peão na mesma, porque é isso que nós somos, simples peões!!

          • Mr. Y says:

            @RS
            Já que és uma pessoa interessada no assunto (e ainda bem!) faço-te uma sugestão. Procura documentação, livros ou artigos que explicam como são criadas as teorias da conspiração.

            Aí verás que muitos dos argumentos usados são armadilhas e onde TODOS podem cair. Ninguém está imune a isso.

            Como qualquer mortal comum não temos capacidade técnica para avaliar os argumentos e contra-argumentos de todos os estudos e análises. Por isso, só podemos confiar no consenso científico e aceitar as suas indicações.

          • Jane Doe says:

            “Então diz-me lá, como é que tu sabes se o que dizem sobre as vacinas ou outro qualquer assunto é verdade” …
            “Olhando para os factos onde se apoiam, olhando para validade dos argumentos e dos fundamentos.”

            “É é por isso, que quem acredita nas teorias conspiracionistas são, por norma, as pessoas com menos formação” looooool adoro esta.” … Adoras tanto que concordas – “Só tendo formação na área é que consegues fazer essa avaliação, certo?”
            E usar excepções para argumentar o geral é desonesto, como deves saber.

            “Existe duas formas de viver, não questionas nada e aceitas tudo o que te dizem como a verdade absoluta e és um peão ou tentas questionar e procurar a verdade sobre as coisas mas continuas a viver como um peão na mesma, porque é isso que nós somos, simples peões!!” – Falsa dicotomia. A questão, como te disse, está na capacidade de procurar e identificar essa verdade – como adquirir essa capacidade (e deixar de “ser peão”)? Investe na formação (está a iniciar o novo ano letivo).

      • Jane Doe says:

        “Ping pong” implica que haveria factos de ambos os lados. Quando há factos de um lado e bitaites do outro não se pode chamar de “Ping pong de factos”.
        A adesão às novas doses de reforço falam por si, não dizem é o que querias que dissessem ou queres sugerir que dizem.

    • Bipbip says:

      Pois ..e o investigador que já trabalhou para a Bill & Melinda Gates Foundation’s Global Health Discovery team in Seattle (USA) as Senior Program Officer…e desde o dia que se manifestou contra as vacinas covid passou de bestial a besta …..nem digo nome dele porque o VM , bloqueia-me logo…há muita coisa que a população no geral desconhece , porque os srs jornalistas decidiram tomar partido , voluntariamente ou por interesses económicos….

      • Mr. Y says:

        Experimenta lá colocar o nome e vê se o VM bloqueia ou não. Belo argumento…

        Só neste artigo já foram ditas coisas que fogem do discurso da manada e estão aí. O VM fica à espera…

        • Bipbip says:

          Estive bloqueado meses , embora fosse simples ultrapassar o bloqueio ,fiz-lo algumas vezes ..o nome não interessa muito agora , mas o que se passou foi ridículo …todos os que se manifestavam contra as vacinas eram imediatamente perseguidos e desapareciam dos meios de informação ..cheguei a comunicar com a Vera Arreigoso a suposta jornalista especializada em saude da SIC , que se limitou a repetir frases já feitas sem investigar nada ..e isto nada tem a ver com aqueles rolinhos dos antivacinas …chegaram a apagar um trabalho já publicado em revistas científicas duma investigadora Canadiana a trabalhar em Israel só porque nele , ela demonstrava que as vacinas , não eram assim tão seguras….enfim

    • Castro says:

      isso é para rir certo?
      o mRNA não provoca qualquer alteração genética, nem se mantém no corpo a longo prazo.

    • deeppurple says:

      Concordo. O tempo mostrará quem tem razão. Na verdade já mostrou mas a lavagem foi de tal forma que os carneiros continuam a achar que são teorias.

    • mlopes says:

      proteína spike. a adulteração da expressão é da tua exclusiva responsabilidade

  2. Jane Doe says:

    Não deixa de ser admirável que haja Zés-ninguém a acharem que alguém estaria disposto a gastar um chip mirabolante com eles.

    • says:

      Se tiver telemóvel (nem precisa de smarphone) já nem precisa do chip para nada.
      Mas anda aí tanta gente com smartphone, smartwatch, chaleiras smart, aspiradores smart, a ligarem-se a tudo o que é café com wifi e sei lá que mais e depois queixam-se que lhes querem meter um chip no lombo. Haja paciência.

      • FAR says:

        Está tudo dito. A real ironia é preocuparem-se com um chip, que quanto muito transmitiria a localização, quando andam com um aparelho com 2 cameras, microfone, GPS, e uma largura de banda brutal para envio de dados, constantemente ativa.

        Haja lógica!

        • maxim says:

          “quanto muito transmitiria a localização” isso não está bem. já existem muitos sensores que captam dados biológicos do hospedeiro. não sei de nenhum em específico e se seria viável enviar os dados remotamente e ter ter energia para o fazer, mas é uma questão de tempo

    • Zé tuga do futuro says:

      Os zés ninguem votam e são consumidores, é um recurso humano a explorar. Os chips nos humanos em massa virão a seu tempo numa base voluntária porque será vantajoso no quotidiano mas tal como toda a tecnologia será tambem usada para outros fins.

  3. Profeta says:

    O Homem e um santo. Vamos colocar-lhe um bigode. Sempre a pensar no bem das pessoas, desde que isso lhe encha os cofres.

  4. Secadegas says:

    O Bill Gates é uma pessoa que utiliza os muitos biliões que tem para ajudar os outros… Depois existem este tipo de “gente” que tem zero conhecimento científico e que acredita em tudo o que são teorias da conspiração, tipo Flat Earth e lizard people.

    • anticrentes says:

      Adoro estes que defendem a bolha.
      Uma aposta que não querem saber do animal abandonado ou sem abrigo a porta de casa, do vizinho ou até da família. Mas acreditam e defendem com toda a força que o governo e grandes corporações querem o bem deles.

      • Mr. Y says:

        Defender a bolha?
        Eu bem gostaria que o Bill (o Soros, a FDA, a Johson & Johnson, etc) não se esqueceçam de me pagar o que me devem por estar a ‘defendê-los’ SENÃO eu ponho a boca no trombone!

        Não percebo o que é que os animais ou os sem abrigos interessam no assunto…

    • Antiteorias says:

      Secadegas para ti! É ideal para ti e para o Jane Doe

    • Antiteorias says:

      Sim isto é para os antiteorias em geral, feito a pensar neles
      https ://forasteiro.net/mundo/cinco-filmes-que-previram-o-futuro-antes-do-ano-2000/

  5. Octavio says:

    Essas mesmas pessoas já tem o cérebro “chipado” há muitos anos. Não faz sentido quererem chipar outra vez

  6. freakonaleash says:

    Ò Shôr Gates! O meu chip está com recechão fraca de chinal e num conchigo ouvir o relato da bola na retrete! Veja lá icho fach fabor! Obrigados.

  7. aaa says:

    eu nem sequer apanho 5g. tomei as vacinas na esperança de melhor rede e afinal nada. um embuste..

  8. Vasco says:

    Por acaso, ou não, dado que se trata de uma tecnologia em evolução permanente e nos seus estágios iniciais, é pena que não seja o Bill Gates ou alguém com a sua capacidade de visão e de antevisão, a fornecer à humanidade a tecnologia de integração entre a biologia humana e os sistemas de informação. O espectáculo que seria, o governo poder canalizar com anos de antecedência verbas para o SNS ao saber que uma parte significativa da população iria fatalmente desenvolver diabetes dentro de uns anos, ou apanhar marcadores de cancro na sua fase inicial, sem sequer serem necessárias análises e procedimentos invasivos para ter essa informação. A quantidade brutal de vidas que não se salvariam em acidentes, se a carta se condução fosse suspensa em função do número de horas de sono não dormidas. A quantidade de crimes que poderiam ser prevenidos, já num cenário ainda mais avançado dessa integração, se uma base de dados contivesse uma série de informações e indicadores do estado mental de certos cidadãos, grupos de risco, etc. E 1001 outras vantagens dessa tecnologia a serem aplicadas para o bem comum, para além do aspecto da conveniência no dia a dia de não ter de andar com um único documento, com uma única chave, eventualmente substituir telemóveis e PC’s por implantes, etc. Pena de ainda não vivermos nessa epoca!

    • RS says:

      minority report?

      “O espectáculo que seria, o governo poder canalizar com anos de antecedência verbas para o SNS ao saber que uma parte significativa da população iria fatalmente desenvolver diabetes dentro de uns anos”

      E que tal o SNS ou estado incentivar uma vida mais activa? Tipo dar incentivos a quem pratica exercicio fisico? Ajudar a pagar ginasios? Ou colocar taxas de IVA mais elevados em certos produtos? Que tal?

      “A quantidade brutal de vidas que não se salvariam em acidentes, se a carta se condução fosse suspensa em função do número de horas de sono não dormidas”
      Será que ainda tinhas carta? Será que nunca conduziste mais cansado do que devias? Ou tiveste outros comportamentos como tomar medicação, fumar, alcool que podem afectar a tua condução e mesmo assim conduziste?

      “A quantidade de crimes que poderiam ser prevenidos, já num cenário ainda mais avançado dessa integração, se uma base de dados contivesse uma série de informações e indicadores do estado mental de certos cidadãos, grupos de risco, etc”
      Se calhar eramos todos presos não? Com o stress que a sociedade hoje em dia vive talvez sejamos todos psicopatas, quem nunca desejou a morte do chefe só porque ele nos está a chatear? 😀

      “E 1001 outras vantagens dessa tecnologia a serem aplicadas para o bem comum, para além do aspecto da conveniência no dia a dia de não ter de andar com um único documento, com uma única chave, eventualmente substituir telemóveis e PC’s por implantes, etc. Pena de ainda não vivermos nessa epoca!”

      Exato tipo cancelarem o teu seguro de saude ou aumentarem o valor do mesmo porque sabem que daqui a 3 meses vais ter uma doença complicada 😉
      Não me importo nada de andar com a carteira cheia de documentos 😀 prefiro que me roubem a chaves de casa do que me cortem a mão para assaltar a casa.

    • Mr. Y says:

      Viva a nanotecnologia! 😉

      • SPr says:

        Eishhh que resposta forte do @RS. Diria que esta chegou e bateu forte tanto no Vasco como em outros.

        É assim mesmo! Combater esses anti-teorias é o melhor a fazer. E os pro-vax. Na extrema direita já sabem como se trata os pro-vax e é pelo poleirinho hehehehehe, se é que entendem.

  9. rSP says:

    «O excutivo frisa novamente que é importante lutar-se pela divulgação de notícias verdadeiras, combatendo as fake news acerca de vários assuntos.» Negativo
    https ://cyber-gamers.org/topic/51003-como-fazer-detox-da-vacina-covid-19-a-verdade/

  10. Beterraba do Punjab says:

    Tanta gente com teorias da conspiracao mas se lhes oferecerem 120 euros para levar com um chip vao todos a correr. E incrivel como o dinheiro torna toda a gente tao docil, dance for me puppets!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.