Quantcast
PplWare Mobile

A Terra está a girar mais rápido agora que nos últimos 50 anos. Que se passa?

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. PORTUGAL says:

    A CULPA É DO AQUECIMENTO GLOBAL!

  2. Hacadagajo says:

    Mas quem é que não tinha pressa em sair de 2020?

  3. Sílvio Pinto says:

    parem lá com a brincadeira que já estou a ficar tonto

  4. Luís says:

    Oh diabooo, assim fico velho mais rápido!
    Vela se andas com mais calma, sim!

  5. Bento Fidalgo says:

    Penso que seja lógico pois, ao fim de quase um século a extrair petróleo, para ser queimado, do interior da terra, esta vá reduzindo o seu peso e, ficando mais leve, logicamente se fará sentir mais rápida a rotação da mesma.

    • Tekman says:

      Vamos pensar um pouco antes de escrever.
      Tudo o que extraímos da Terra está na camada superficial do planeta – na crosta, e não no “interior”.
      Para além disso, o que extraímos é convertido em outra coisa, mas fica na Terra.
      Como a notícia diz, variações de 1 milissegundo são normais.

      • OHS says:

        O combustível evapora-se e vai para atmosfera e deixa de ter peso . Mas existem coisas que realmente podem influenciar a rotação da terra tal como já foi demonstrado, a barragem três gargantas na China, acumula milhões de m3 de água num só ponto que influencia o movimento de rotação…

        • Tekman says:

          «O combustível evapora-se e vai para atmosfera e deixa de ter peso.»

          Olha outro… então o petróleo “evapora-se”.
          Tem a certeza que o produto da combustão do petróleo fica na atmosfera para sempre?
          Ou interage com os restantes elementos, sendo levado pelos ventos, caindo sob a forma de chuvas ácidas, absorvido pelos oceanos, etc etc.

    • Jorge says:

      Não forçosamente, como dizia Lavoisier, na natureza nada se perde, tudo se transforma. Tudo o que foi extraído da terra foi convertido em outros produtos. Na essência continua tudo cá (terra).

  6. cK says:

    Então mas com a força centrífuga vamos ser projetados para o Espaço?

  7. SANDOKAN 1513 says:

    Excelente artigo,Vítor Martins.Como sempre é hábito. 🙂

  8. Quim says:

    “It’s the end of the world as we know it…”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.