Quantcast
PplWare Mobile

Microsoft poderia ter feito fortuna com as suas ações da Apple

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Abreu says:

    Na big Apple falam em 2 trilioes de USD.. na Europa 2 biliões? Como e que ficamos do valor da Apple em bolsa?
    Quem está a desafiar a matemática? Será novo esquema da trumpa?

    Abc

  2. Tadeu says:

    História muito, muito incompleta! Tudo isso fez parte dum acordo entre as empresas para resolver os problemas judiciais que havia entre as duas. O acordo envolveu muito mais do que esses 150 milhões de dólares e o uso do Internet Explorer

    • Vítor M. says:

      Sim, há mais, mas para o caso em questão apenas é interessante o montante envolvido na aquisição dos títulos da Apple. Foram 150 milhões de dólares. O resto… envolve muita coisa.

      • Tadeu says:

        Se isso era o interessante, para quê dizer que o internet Explorer era a contrapartida dos 150 milhões, quando houve muitas mais coisas envolvidas de ambas as partes. Aliás houve coisas que nem se souberam como deve ser, devido a parte do acordo ser confidencial.

        • Vítor M. says:

          Nessa altura, esse foi um dos assuntos curiosos do acordo, eventualmente o mais marcante. Achei interessante em falar disso, até porque foi referido por Steve Jobs na keynote desse ano 😉

          • Tadeu says:

            Continua a não ser a contrapartida dos 150 milhões…
            Houve coisas bem mais marcantes e mencionadas pelos Jobs, como o compromisso de desenvolvimento do Office durante vários anos – algo que tem quase todos os analistas consideraram o maior sinal de confiança para a plataforma.

  3. Miguel C says:

    Não é teria ganho, é teria ganhado.

  4. Cicrano says:

    Hoje provalvelmente era dona da Apple …

    • fui says:

      E integrava a Apple na Microsoft, ou seja hoje não havia Apple. Por mim nada se perdia.

    • Tadeu says:

      lol!
      1º O que a Microsoft comprou eram acções especiais sem direito de voto. 2º O valor que comprou era equivalente a uma pequena percentagem da Apple.
      Logo, muito longe de ser dona, nem as autoridades o permitiriam.

  5. JJ_ says:

    Isto no mercado de acções é sempre muito difícil saber qual o momento certo para vender. Na altura pareceu o momento certo…
    Hoje, pode-se dizer que é o momento certo. E amanha, será mais certo? Ou pode se perder? Não se sabe…

    Agora, a Microsoft pode não ter directamente acções da Apple, mas indirectamente terá certamente através de consórcios.

  6. ToFerreira says:

    As acções são sem dúvida o melhor “produto” da Apple.

  7. eachtime says:

    É curioso que no vídeo o Jobs dizem que na Apple acreditam em escolha e como tal deixam mudar o default browser. Parece que com o IOS deixaram de acreditar em escolha entretanto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.