Quantcast
PplWare Mobile

Justiça rejeita argumentos da Apple sobre bloqueio do iPhone

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Simões


  1. Joana Castro says:

    Muito bem, Apple…

    Porque é que as outras marcas não andam com estas lutas em tribunal? PORQUE TÊM BACKDOORS!

    • DAMIAN says:

      lol… cada um

      • Joana Castro says:

        Sim, a Apple é a única fabricante de telemóveis?

        Porque é que eles insistem com a Apple (que é a número 2 nos USA em unidades), e não insistem com outras marcas?

        Porque já têm backdoors que querem!

      • Nome de Campeão ... Zé says:

        Nunca pensei na vida estar moralmente no lado da Apple, mas olha aconteceu, até o pior pano tem um canto branquinho I guess. Well done Apple.

    • Miguel says:

      lol isto é uma luta contra um tribunal, “processo publico”.
      Agora a CIA/FBI/NSA quando precisa tem a porta aberta e não precisa de mandato de juiz são coisas na hora.

      Claro que se a policia do bairro prendeu um iphone que acha que tem contactos de vendedores de droga tem que ir pelo tribunal, mesmo até casos de divorcio etc… tudo isso são coisas banais que passam pelos tribunais.

      Agora não duvidem que a NSA tem a porta directa como sempre teve!

      • JBM says:

        Não é preciso mandato? Então para que é que criaram tribunais especiais para pedidos em casos secretos? E isto é um processo com o FBI em que o juiz responsável pediu à Apple a sua opinião antes de passar um mandato.

      • Ruben says:

        Resta é saber de onde tiraste que essas agências federais têm porta aberta.

        Não têm.

        Não tens provas disso, tens até provas do contrário, é só pesquisar.

        • Prim says:

          Até o Snowden se tornar famoso também havia muitas portas fechadas… Santa ingenuidade!

          • JBM says:

            O que snowden mostrou foi a NSA e afins com programas de pesquisa para tentar contornar as defesas dos sistemas operativos de aparelhos móveis, nenhum documento mostrou backdoors nos sistemas operativos.
            Os únicos possíveis backdoors que apareceram nesses documentos eram relativos a redes de servidores de certas empresas.

    • JJ says:

      A questão é que a Apple também as tem, e os tribunais/governos sabem disso. Por isso é que insistem nisso neste processo. O problema será admitir isso em publico (tribunal), pondo em causa aquilo que dizem aos clientes..

    • int3 says:

      Simples: O windows tem backdoors como tu dizes. É fechado e tem backdoors.
      Mas o android é livre. Pelo menos devia de ser livre. Assim sendo livre o software não é vendido mas sim só o hardware.
      Por isso o tribunal não pode obrigar a Google por exemplo a fazer uma maneira no android para se reverter a encriptação. Simplesmente não pode. É livre e é…

      • JBM says:

        A maioria dos smartphones vendidos vêm com versões licenciadas à Google com muito código fechado… com tantas dúvidas que levantas então nada te garante que a Google não tenha por lá um “backdoor”.

        • Miguel says:

          Sempre tens as roms asop. Mas continuas a ter drivers, firmwares e afins que continuam a ser fechados.

          Segurança a 100% se fosses tu a fazer tudo de raiz, desde o processador, passando pelo compilador, e pelo compilador do compilador (ad. infinitum), até mesmo a motherboard. Tudo pode conter um vector de ataque. No fim terás que ser tu a assumir um compromisso entre a segurança/privacidade e o conhecimento do hardware/software.

          • JBM says:

            A existência de ROMs ASOP não modifica a realidade de a maioria dos telemóveis terem neste momento software fechado da Google, em especial a loja com o Play Services que mexem com tanto no sistema.

        • Nome de Campeão ... Zé says:

          E se for um costum rom?

      • Ruben says:

        O Android é 0% livre.

        Todos os dispositivos Android têm software proprietário (pelo menos o bootloader), que podem, facilmente, dar acesso ao telemóvel.

  2. Benchmark do iPhone 6 says:

    Já disse bye-bye, mas enfim, quando há asneira nos posts – ou não os leio ou tenho que dizer qualquer coisa.

    Como é que é possível que no segundo post sobre este caso, em julgamento, não se diga que se trata de um iPhone a correr o iOS 7, apreendido a um traficante de droga?

    E que a Apple para as versões anteriores ao iOS 8 tem meios técnicos para desencriptar, parcialmente, o conteúdo do iPhone – mas já não tem, porque deitou fora a chave encriptação, os que correm o iOS 8 e 9?

    Como é que sem se falar do caso em concreto e que se trata do iOS 7, se põe o título “Justiça rejeita argumentos da Apple”? E desde quando é que o Departamento de Justiça, correspondente à nossa Procuradoria-Geral da República, é a “Justiça”?

    É-se levado a crer que um tribunal obrigou a Apple a ter meios para desencriptar o conteúdo do iPhone, qualquer que seja. Quando o caso em concreto – de um iPhone a correr o iOS 7 – ainda não foi julgado, alegando o Departamento de Justiça dos EUA que se a Apple possui os meios para desencriptá-lo o deve fazer enquanto a Apple alega que não o deve fazer por levar à quebra de confiança dos utilizadores na marca e porque a partir do iOS 8 já não o pode fazer.

  3. Ricardo M. says:

    Não vai ser fácil admitir isso, uma das grandes armas dos consumidores, é a tal privacidade, que a meu ver, a nsa tem acesso na mesmo, e Tamos na mesma num mundo de corrupção onde a liberdade não e liberdade, e a privacidade é limitada.
    Aqui apenas a Apple o terá que tornar publico, e isso e um problema. Os fanboys não vão aguentar esta, e vai ser o desespero.
    Vai virar uma estirpe, applezombies a querer controlar o mundo.

    • JBM says:

      admitir o quê? Dizer o mesmo que já informou há tanto tempo atrás? Ser mais um caso em que um tribunal pode ordenar o desbloqueio dum iPhone com iOS7 ou anterior? Não é a primeira vez que tal é noticiado.

    • Prim says:

      Se fosse publicamente admitido que o iOS tinha backdoors, os mal intencionados deixavam de confiar no mesmo e assim as agências de segurança perdiam informações preciosas.

  4. eleck says:

    a nsa faz a mesma coisa que anacaom, grava as vossas conversas e sms/mms, e siga e voces nem se apercebem disso

    • Jorge Gomes says:

      Desde que não seja a minha mulher, estão à vontade!

    • Ruben says:

      Gostava de saber onde é que este arranjou que era a anacom a gravar conversas.

    • rui says:

      Queres melhor do que a própria NOS saber até que torrents estou a sacar no meu pc? Toda a gente é espiada. Há quem ganhe com venda de dados mesmo que não sejam relevantes. Mas só digo que quem não deve, não teme. E neste caso a Apple está muito preocupada com o que podem pensar deles. Será que os apanharam a mentir? Parece que sim.

  5. David.pt says:

    Basicamente a Apple está a conseguir usar isto como publicidade. É imperdoável não haver forma de aceder aos dados com processos de tribunal. Para mim isto é o mesmo que defenderem criminosos

    • JBM says:

      Publicidade? A Apple foi chamada pelo Juiz para se pronunciar sobre se ele deveria dar ao FBI um mandato que impelia a Apple a desbloquear um aparelho. Esse Juiz já logo à partida não era muito favorável a passar esse mandato.

    • Joana Castro says:

      Sim, a Apple está a fazer anúncios, e a publicar isso no seu site… enfim…

  6. Diogo Alexandre says:

    Caro Ruben tens provas sim. e são documentos secretos. Revelações de documentos dos Senhores Assange, Snowden e da Hacking Team.
    Nesses documentos mostra backdoors, vulnerabilidades, exploits, virus e outras coisas.
    Isto tudo é propaganda. A apple não quer perder os seus clientes e inventa estes esquemas.

  7. sakura says:

    a apple nao esta acima da LEI, ou pessa que pode fazer o que-lhe apeteçe?

    o software tem de ser certificado ou não pode ser comercializado, os usa que iligalizem o ios.
    levar isso a tribunal demostra a estupi….. da apple. slite to unlock…………

  8. joao says:

    Boas. Todo o sistema Proprietário tem backdoors. Todo sistema que é livre é mais difícil isso acontecer mas não é impossível pois nada é impossível de se realizar seja em que sistema for. Quanto mais livre for mais pessoas estão atentas ao seu código original e a possíveis mudanças externas possibilitando assim a sua correcção tornando-o assim mais seguro para o utilizador que não acontece num sistema fechado ou seja Proprietário. Devemos optar por um sistema livre (linux… etc) ou fechado (windows Mac… etc)? Cada utilizador é livre de escolher….

  9. Fernando says:

    Isto é que é uma empresa luta por os direitos dos seus clientes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.