Quantcast
PplWare Mobile

Apple continua a enviar o iPhone e outros dispositivos para a Rússia, mesmo com sanções

                                    
                                

Fonte: Izvestia

Autor: Pedro Simões


  1. Pedro says:

    E uma decisão vergonhosa!

  2. SteveRobs says:

    Lamentável.

  3. kotze says:

    O negocio não pode parar. As pesssoas que criticam sao as mesmas que defendem a europa apos a crimeia franca e alemanha continuavam a exportar armas para a russia. A propria guerra na ucrania e uma guerra de dinheiro, e quem a esta a perder e a Europa. A russia trocou a europa com a india para exportar petroleo e gas. Se a europa não pedir perdao de joelhos vai congelar este inverno, depois quero ver as manifestacoes na rua a derrubar governos e abrir caminho para a extrema direita novamente e voltamos ao mesmo. A propria china que todos criticam so se tornou numa potência com a ajuda do ocidente, antes nem tinham comida. O ocidente cria os monstros e depois faz ar de sonso a criticar.

    • Rui says:

      Mais um boot que nem teclado luso tem!!!!!

      Eu pensava que os criminosos dos russos invadiram a Ucrãnia para roubarem-lhes território. Foi por dinheiro!?!?!?!?!

  4. José Orlando says:

    Não vejo porque razão será vergonhosa. Vejo mais vergonhosa é a atitude dos portugueses. Talvez os senhores não se recordem mas apoiamos a invasão do Iraque em 2003, mesmo sabendo que a ONU considerava a mesma ilegal. Anos depois as provas que supostamente suportaram a invasão eram falsas e não me recordo de alguém vir a pedir sanções aos EUA ou boicotar qualquer coisa do o ocidente. Peço desculpas por dizer isto mas quando a cor da pele importa somos os primeiros a dizer que é vergonhoso o que estão a fazer. Mas ter consciência dos seus atos do passado parece ser algo estranho. Se formos invadidos por países com outro tipo de cor mais escura vão dizer que somos inocentes e que nunca fizemos mal a ninguém. É por isto e por outras coisas que a Europa encontra-se no estado em que está.

    • V.T. says:

      A Europa está como? Amigo, esse tipo de lamentações são fáceis de contrapor, vai viver para a Rússia ou China e depois falamos. Que mania, sempre a criticarem, está tudo mal, mas não se vão embora para lá!
      No Iraque realmente não havia armas nucleares, mas havia como se veio a provar células da Al Qaeda que tinham atacado o WTC.
      Realmente, tentar justificar a invasão da Ucrânia com qualquer invasão dos EUA é de uma falta de coragem e de uma hipocrisia do tamanho da Lua.
      Cá está, os comunas só vêm o partido, mas camarada, o comunismo já foi completamente ultrapassado e como se viu foi uma das maiores “flops” que o ser humano cometeu!

      • PorcoDoPunjab says:

        V.T, ” vá viver para a Rússia ou China e depois falamos “.
        Isso quer dizer concretamente o quê?
        Andei pela China meses a fio e não tive problemas nenhuns.
        Aliás, sinto-me mais seguro por aquelas bandas do que aqui.
        Mania de pensar que aquilo do outro lado é só bichos papões…
        As pessoas são simpáticas, come-se bem e barato, já foi mais barato é verdade mas pronto o custo de vida sobe em todo o lado.
        Se tiver dinheiro vive lá tão bem como em qualquer outro sítio.
        Ou está a dizer que aqui sem dinheiro vive-se bem?
        Só se for o seu caso e será único…
        Rússia nunca lá fui mas tem certamente muitos encantos…
        Antes que me diga para ir para lá, não falo Russo nem Mandarim e já estou velho para emigrar.
        AH, os 700 euros que desconto mensalmente sustentam alguns que não fazem nem nunca fizeram nada a não ser beber bejecas no café de manhã à noite…
        Sim, na China e na Rússia não há lá desses truques, chatice pá, e os direitos humanos?
        Era só o que faltava, um gajo ser obrigado a trabalhar para ter dinheiro para coisas essenciais como uma bela bejeca fresquinha…

        Atenciosamente, PorcoDoPunjab, o encantador de burros

        • B@rão Vermelho says:

          Lá está esteve na China de turismo, provavelmente nas visitas dos roteiros turísticos, isso serve de exemplo?
          Por essa ordem de ideias quem visita Portugal e vai ao Chiado, Praça do Comercio, Expo, Belém, Cascais, Sintra etc, sai daqui com a ideia que todos os Portugueses são ricos.
          Que eu me lembro foi um dos que criticou os confinamentos que o governo cria controlar tudo e todas e agora está a defender a China, muito bom mesmo, a China é um exemplo perfeito de democracia.

          • PorcoDoPunjab says:

            Barão, está redondamente enganado.
            Não andei por roteiros turísticos nenhuns.
            A minha esposa é Chinesa e vamos onde queremos, até porque no meu caso, devido a esse pormenor, não tenho problemas com falhas de comunicação.
            De Mandarim sei apenas 2 ou 3 palavras e são ordinarices…

            A aldeia de onde ela é originária é bastante pobre, mas olhe, todos me ofereceram o melhor que tinham, mesmo tendo tão pouco.
            Quando lá vamos andamos por todo lado, turístico e não só…

            E repito, sinto-me mais seguro lá que cá.
            E volto a dizer, tem dinheiro? Então nada lhe faltará, pode lá ir.
            Há lá tudo o que há aqui e coisas que cá não há…

            Critiquei a China nos confinamentos e volto a criticar.
            Aquilo não se faz, prender as pessoas em casa semanas a fio sem poderem sair sequer para comprar comida.
            As coisas que a minha mulher me contou sobre esse assunto,porque ela fala com pessoas de lá, nem imagina as situações que aconteceram.
            Muita gente morreu e morre devido a esses confinamentos e não é devido à doença..

            E critico Portugal tb devido ao confinamento do Covid.
            Deram cabo da economia, que já pouco vale, para quê?
            Distinguir as pessoas entre ter vacina e não ter, só faltou a estrela amarela no ombro para separar vacinados de não vacinados.

            Por incrível que pareça, começou a guerra na Ucrânia e acabou o Covid.
            Antes era Covid de manhã ànoite nas tvs.
            As variantes Omurcão, altamente contagiosas, terríveis, podem matar milhões, bláblá bláblá…
            Começou a guerra, acabou o Covid.
            Já não há confinamento para ninguém e a paranóia com as variantes estraterrestres acabaram.

            Não tenho vacina nenhuma do Covid, nem eu nem restante família e ainda por cá ando, firme e hirto como uma barra de ferro, como dizia o outro.

            Então em que ficamos? Era tão terrível, era o fim do mundo em cuecas e afinal depois acaba tudo assim?

            Em relação ao exemplo perfeito de democracia…pode vc dizer-me onde está esse exemplo?
            Não diga que é Portugal, senão fico a rir durante 15 dias e tenho mais que fazer.

            Olhe, apenas um aparte, não julgue vc que o mundo tem que ser movido pelos valores europeus.
            Há muitos povos, muitas culturas e o que serve para nós pode não ser indicado para outros povos.
            Não podemos impor aos outros aquilo que queremos que sejam senão eles podem fazer o mesmo a nós tb, correcto?

            A China, com um sistema podre e corrupto como o nosso , entrava em guerra civil num ápice.
            Já aqui disse antes algumas vezes que o que mantém a China unida é o poder central forte.
            Com uma treta como o que nós temos era logo no dia a seguir algumas províncias a quererem independência e em pouco tempo andava tudo à batatada…

            Para a China o nosso sistema político levaria ao desastre rapidamente.

            Não era para levar a democracia à Líbia e ao Iraque?
            Onde é que ela está? Foi de férias?

            Para rematar, já viu o que 50 anos de ladrões democratas fizeram a um país outrora orgulhoso e respeitado?
            Agora não temos futuro, falidos, condenados a pedir esmolas ao Norte da Europa para não morrermos de fome, a nossa palavra não vale nada, fazemos e dizemos o que os outros mandam .
            Não impomos respeito nem nos damos a isso.
            Valeu mesmo a pena…

    • PorcoDoPunjab says:

      José Orlando, ” se formos invadidos”?
      Estamos a ser invadidos há anos e ainda não deu por nada?
      Acalme-se que isto só vai piorar… O pior não é agora, é daqui a uns anos.

      Atenciosamente, PorcoDoPunjab, o encantador de burros

    • Rui says:

      Sem dúvida de que a 2ª invasão do Iraque foi errada, ao contrário da 1ª investida contra o Iraque para correrem com os iraquianos do kuwait, que tinham invadido!

      Mas não me lembro dos EUA terem ficado com nenhum metro quadrado do Iraque, mas posso estar enganado!!!!

      No caso da Rússia, trata-se de uma ditadura que invadiu vários vizinhos à força para roubar território:
      Ucrãnia: Leste e Crimeia;
      Geórgia: Ossétia do Sul e Abcásia;
      Moldova: Transnístria

      E estamos a falar do maior país do mundo, mas que se comporta como um cobarde.

      Só gostava de saber como teria sido diferente se a 3ª maior potência nuclear do mundo nos anos 90 (Ucrãnia), não tivesse dado o seu arsenal nuclear à Rússia em troca de nunca ser atacado por esta!!!!!! Até por isso a rússia não merece a mínima consideração de ninguém!!!!!

      Mas claro que há quem tenha óculos que só focam para aquilo que lhes interessa ver!!!!!

      • PorcoDoPunjab says:

        Rui, ” Mas não me lembro dos EUA terem ficado com nenhum metro quadrado do Iraque, mas posso estar enganado!!!!”..

        Ou seja, invade-se um país, mata-se meio milhão de pessoas entre civis e militares, destrói-se todas as infraestruturas para um país funcionar , mas como não queria anexar um metro quadrado, está tudo bem. Venha outra invasão…

        Seria difícil o Iraque ser anexado aos EUA porque estão um bocado afastados.
        Fizessem eles fronteira com os EUA e à muito tempo que já estariam anexados.
        Olhe o que aconteceu ao México, ou parte dele.
        Tudo o que hoje é o Texas, Califórnia eoutros estados da mesma zona, já foram território Mexicano.

        Neste momento o stock de encantamentos está esgotado.
        Tenho usado muito e olhe, foi-se…
        Terei novo stock em breve e um já está reservado para si.
        Talvez um seja pouco…. depois logo se vê..

        Atenciosamente, PorcoDoPUnjab, o encantador de burros ( sem stock de encantamentos provisóriamente ).

        • Rui says:

          Antes de fazer comparações absurdas, estude história primeiro!

          Sabe porque é que o México perdeu o Texas?
          Convém perceber que quer o México quer os EUA passaram por guerras civis logo a seguir às suas recém independências (da Inglaterra os EUA e da Espanha o México). Quando um ditador mexicano suspendeu a constituição e retirou poder às regiões, 3 regiões revoltaram-se e uma delas foi perdida para sempre!!!!

          Quanto ao inocente do Iraque, que até eram amigos dos EUA, deixaram de o ser quando invadiram o vizinho kuwait!!!!!
          Na invasão do Iraque, é preciso recordar que os EUA tinham sido atacados à menos de 2 anos no seu território!!!! Já ouviu falar do ataque às torres gémeas e ao Pentagono? Desvio de aviões?! Um dos principais suspeitos foi desde o início Saddam Hussein!!!!!

          Aprenda história 1º

          • PorcoDoPunjab says:

            Oh Rui, epá, eu posso estar equivocado, mas o chefe dos sequestradores , um tal de Atta, ou algo do género, mais os seus muchachos, não eram Sauditas?
            E vão invadir o Iraque?
            Quer ver que o GPS enganou-se e atacaram Bagdad pensando que estavam a atacar Riade?
            Já acredito em tudo…

            Um dos principais suspeitos foi o Saddam? Aquele que tb era suspeito de ter armas de destruição galácticas, que punham em perigo todo o equilíbrio do sistema solar?
            Mas que afinal, nunca apareceram?
            Olhe, eu sei onde elas estavam, o Saddam, esse matreiro, escondeu-as no lado oculto da Lua.
            Agora invade-se países por suspeitas?
            Não tivesse o Koweit petróleo e ia vc ver se os EUA iam lá.
            Aliás, o que fez transbordar o copo foi o Saddam querer negociar o petróleo Iraquiano em Euros e não em USD.
            O Kadaffi tb queria fazer isso, foi logo eliminado com a primavera árabe para levar a democracia à Líbia hihihi…
            Que conveniente…

            Em relação aos EUA serem atacados no seu território, pá, com tantos amigos que eles arranjam, dado que levam guerras a todo o lado, ficam sujeitos a esses percalços.
            Seja como for, a destruição e morte causados por esses ataques foram uma ínfima parte do que eles causaram aos civis Iraquianos, já para não falar de outros países.
            No Iraque o total de perdas humanas ascendeu aos 500 000.
            500 000, não é 2 000 ou 3000….

            Não é que eu tenha algo contra os EUA, bem pelo contrário, a ter que haver uma super potência, que sejam eles mas que eles fazem muita coisa má tb, lá isso fazem.

            Vc diz que sabe muito, mas se calhar do que interessa não sabe assim tanto como pensa.

            Atenciosamente, ( já sabem o resto )…

      • José Orlando says:

        Portanto está-me a dizer que a invasão de um estado soberano pelo Ocidente no Iraque em 2003 pode ter sido feito desde que não tenham ficado com algum terreno? Assim como o Afeganistão. Siria, Panama, China (sim China no inicio do seculo XX)?

        Quanto aos locais invadidos pela Rússia tem muito a ver com a expansão da Nato para Leste. Trata-se de segurança. E quanto a Ucrânia é o mesmo processo.
        A Russia nunca invadiu a Europa. E é um pais europeu, com cultura europeia. Muito diferente da cultura norte-americana (EUA e Canada).
        Eu não tenho dados para apoiar isto de que vou falar mas a Ucrânia estava no processo de entrar na Nato.É claro que a Ucrania tem todo o direito de pedir a entrada mas a Nato tem a obrigação de dizer não. E quando refiro a Nato refiro-me aos paises europeus. A razão para tal é que no caso de um conflito armado com a Rússia o campo de batalha volta a ser a Europa. Seria melhor meter o campo de batalha nos EUA porque o problema é mais entre estes dois paises e não a Europa.
        Depois temos a questão do gas. A tal dependência da Russia seria a mesma que teriamos de qualquer outro pais produtor de gas. Aqui mais uma vez houve interferencia dos EUA no gasoduto pago pela Alemanha e Russia. O que iria acontecer? A Europa comecaria a ficar mais independente dos EUA visto que a Economia motora da Europa iria impulsionar o desenvolvimento europeu. E com isso diminuir as suas dividas. Quase todos os paises europeus têm a sua divida publica muito perto dos 100%. Perder essa fonte de rendimento assim como a influência americana na governação europeia provoca muitos problemas nos EUA. Depois temos a questão da Siria. A Siria aceitou o projeto de gasoduto do Irão, Iraque e Turquia. E não aceitou dos parceiros dos EUA no médio oriente. Só isto iria impulsionar a economia da Siria, Iraque, Irão e Turquia e diversificar a fonte de rendimento desses paises alem do petroleo. O que iria posteriormente acontecer? Terminar com a monarquia da Arábia Saudita atraves do Iemen. E sem a Arabia Saudita não há EUA. EUA depende muito da Arabia Saudita em termos energeticos.

    • gambuzino says:

      José Orlando , voçê deve ser mesmo comunista, ou então daquelas coisas woke, a sua ordem de ideias foi :
      Apple,
      Guerra Iraque,
      EUA são maus,
      Cor da pele importa

      • José Orlando says:

        Dar-me rotulos não leva nada digo-lhe. Sou uma pessoa bastante ciente das responsabilidades do meu pais. Quando dei o exemplo do Iraque é mesmo para perceber que não podemos gritar que um pais invadiu outro e esquecer o que fizemos no passado. É como faltar ao respeito aos paises que ajudamos a invadir ainda no seculo XX e inicio do seculo XXI.
        É isto que o resto do planeta está a ver. Como podem os países europeus falarem de invasão quando há poucos anos ajudaram a invadir outros paises e até foram colonizadores de muitos paises atuais e que deixaram tudo numa confusão?
        E é claro que os EUA são maus. Basta olhar para o seu próprio pais e como tratam os seus. Não esperem que sejam diferentes fora do seu pais. E o dinheiro que gastam por ano no armamento acho que deixaria qualquer europeu a pensar melhor sobre a parceria com os EUA.
        Depois temos a questão da cor. Claro que a mesma conta. Vê-se na situação dos migrantes.
        E digo-lhe que as unicas duas coisas que importam aos EUA é hegemonia mundial e dinheiro.
        E espanta-me que os Europeus aceitem com facilidade a opinião de um pais com 300 anos contra outro como a Rússia, China e India. Estes 3 ultimos paises são muito mais maduros que os EUA. E sofreram muito na mão do Ocidente.

  5. José Orlando says:

    Apregoar liberdade e democracia não é sinônimo de que realmente a cumprimos. Lembrem-se disso.

  6. David says:

    Andam todos a dormir?
    Ai a Apple faz…
    Fora outros que fazem negócios no Dubai… países a irem comprar ouro russo ao Dubai…
    Empresas que arranjam maneiras de enviar para a China e depois da China parte para a Rússia…
    Etc etc
    Mas a Apple… que mais exemplo!
    O pior são países defender a Ucrânia e seguem outros caminhos para fazer negócios… a Apple é uma gota perante um mar de hipocrisias etc…

  7. ICE says:

    Típico da marca

  8. Amilcar Alho says:

    Money talks.

  9. Samuel MGor says:

    As sanções que Apple impôs foi só para inglês ver.

  10. Castro says:

    Parece que ninguém aqui entendeu a notícia e pensa que a Apple anda a ganhar dinheiro com isto!
    Quando uma empresa cumpre a garantia está na prática a perder dinheiro!

  11. mamba says:

    adoro que toda gente manda postas de pescada nos comentários sem sequer ler a noticia..

    • G-rod says:

      Basta verem um nome de uma marca que não gostam e desatam a comentar o título. Não fazem ideia do que comentam… mas têm que destilar o ódio à marca/pessoa.

  12. V.T. says:

    Faz lembrar a cena dos carregadores, por causa do ambiente e tal… $$$$

  13. paulo says:

    Hipocrisia pura, assim como os políticos que nos (des)governam só lhes interessa o dinheiro. Vivemos tempos de mudança de paradigma. Os valores vão cair de vez. Passa-se a prestar vassalagem ao dinheiro, à hipocrisia, ao cinismo, vamos perder aos poucos o que nos torna humanos.

  14. Juvenal says:

    Aqueles que criticam são os primeiros a aplaudir quando os equipamentos têm problemas… Uma empresa como a Apple é dependente de resultados que nunca podem ser nagativos, pois quando isso começar a acontecer com frequência, fecha portas. As sanções até agora a unica coisa que afectaram foi a carteira dos habitantes destes Estados que fazem sanções.

    • B@rão Vermelho says:

      @Juvenal, acredita mesmo que o povo russo não está novamente a sofrer na pele as loucuras dos sucessivos ditadores, desta vez é o Putin?
      A diferença do ditador Putin e os outros lideres é que o Putin como ditador que é não tem de prestar contas a ninguém ao contrário dos lideres dos países democráticos que têm o povo que é chamado de 4 em 4 anos a pronunciar-se.
      Na Rússia se morrerem a fome ou ao frio ele que lá saber disso.
      As sanções são sempre injustas, quem vai sentir na pele é o povo, quem está no poder assim como toda a corja que os apoia esses pouco ou nada vão sentir as sanções, ainda há dias li uma noticia que a empresa russa que ficou com as lojas do McDonalds os menus são servidos sem batatas fritas porque não há batatas suficientes na Rússia, como não consegue comprar fora por causa dos embargos não há batatas para “minguem”, isto é um pequeno exemplo o que não deve de faltar são exemplos deste na Rússia.

      • PorcoDoPunjab says:

        Barão, não precisa de falar da Rússia, fale do seu país.
        Cada vez mais pobres, ultrapassados por praticamente todos os ex países de leste, gente que morre nos corredores dos hospitais, consultas que demoram anos, corrupção endémica que vai de lés a lés, país endividado até ao espaço, carga fiscal mais alta de sempre e nada funciona e vc vem falar das batatas na Rússia?

        Não fosse a Europa a mandar dinheiro para cá e morria aqui tudo de fome.
        Nem pratos teríamos quanto mais batatas…
        Sim, e o Costa e restantes acólitos iriam se importar muito com isso, tb…

        O povo é que escolhe? A sério que acredita nisso? Hihihi…
        O povo é que escolhe esta gente que em 50 anos nos transformou em pedintes profissionais sem dignidade e sem futuro?
        Está a falar de que povo?

        Deixe os livros e viva mais a realidade…

        Atenciosamente, já sabem o resto…

  15. Jorge says:

    Acho que todos os comentarios do artigo foram de pessoas que não o leram. Os dispositivos enviados é para serem usados em reparaçoes e trocas do apple care. Não tem problema nenhum, desde que seja só mesmo para isso.

  16. Joao Miguel Carvalho says:

    Faz o que eu digo, não o que faço!

  17. Douglas Charles Cunha says:

    A base da hipocrisia: façam o que eu digo, não façam o que eu faço.
    Apple jamais abrirá a mão de lucros. Pessoa trabalharam em regime de escravidão na China para produzirem os aparelhos da Apple. Isso é mais que normal para eles, mas o fãs não estão nem aí.

  18. kotze says:

    O mundo seria melhor se empresas como a Apple e Tesla desaparecem se. No tempo da nokia não havia guerras porque quem mandava eram os europeus e como toda a gente nunca se comecaram guerras na europa. Não somos americanos

  19. José Orlando says:

    É grande verdade. Em miúdo convivi com soviéticos em Angola. E eram bem mais parecidos connosco. Quando amigos meus foram viver para os EUA e voltaram caramba tinham mudado imenso. Eram bastante arrogantes. Depois já durante a guerra civil, a Unita, que era apoiada pelos EUA, decidiu atacar Cabinda e o Soio, onde estava a Cabinda Golf (empresa de petróleo americana) os EUA avisaram a UNITA que se atacassem Cabinda iam entrar na guerra porque a UNITA estava a prejudicar os interesses económicos dos EUA. Eu sei disso porque colegas do meu pai foram raptados pelos UNITA e mais tarde libertados. E com isso a UNITA perdeu o seu apoio e o Savimbi foi morto. A embaixada americana, em Luanda, era um forte. A da Rússia era uma embaixada normal. Tal como aqui. Basta ver uma e outra e perceber como é cada país.

    • PorcoDoPunjab says:

      Oh José Orlando, pá, nem sei como lhe hei-de dizer isto, não diga essas coisas.
      Todos temos que ir pela narrativa oficial, sem pensar, tipo gado.
      Vá, diga lá comigo 20 vezes, no Ocidente é tudo virtudes e fora dele é só seres diabólicos.
      20 vezes isto e fica perdoado.

      Entretanto andam os inteligentes a dizer todos os dias que temos que reduzir a dependência energética da Rússia e o Putin, coitado, para lhes fazer a vontade e ajudar, ameaça cortar o gás e ficam todos malucos a dizer que não podem cortar porque isso é chantagem política.
      Então mas se os Russos cortassem o gás isso não era bom? Ia reduzir logo a dependência…
      Ah espera, quem pode fazer sanções são os virtuosos, os diabólicos não podem.
      Como se as sanções europeias e americanas não fossem tb elas uma chantagem.
      Percebe esta gente? Olhe, eu não.
      Mas pronto, não vou em conversas e sou logo apelidado de maluco.
      Seja…

      • Nuno Alves says:

        Meu caro. Comentários lúcidos , inteligentes e sensatos. Comecei a ler com interesse e cheguei ao fim com vontade de ler mais. Parabéns.

  20. PorcoDoPunjab says:

    Nuno Alves, os meus?

    Atenciosamente, PorcoDoPunjab, o encantador de burros

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.