Quantcast
PplWare Mobile

Análise Prática ao serviço Starlink: Estará à altura do hype?

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. diogo says:

    Latência de 100ms é o único factor negativo que limita a quem se destina este tipo de internet, mas para locais remotos que não tem Cabo/Fibra/3G/ é uma boa solução.

  2. Pedro Rocha says:

    É possivel adquirir em Portugal e levar de viagem para fora? Por exemplo Angola ou Moçambique?

    Obrigado,

    • Vítor M. says:

      Podes comprar e levar para onde quiseres, tens de ver é se há serviço nesse local. Como ainda há poucos satélites, podem esses serem países sem serviço.

    • Tretas says:

      Cuidado que o serviço não é tão móvel como pode parecer á primeira vista.
      Retirado de https://support.starlink.com/topic?category=2 :

      Can I move Starlink to a different Service Address, or use it on a moving vehicle?
      Service is only guaranteed at the Service Address on your order. If you move Starlink outside of its assigned area, a satellite may not be scheduled to serve Starlink and you may not receive internet or may receive degraded service. By changing your Service Address, you may not be able to return to your original address based on service availability. Once updated, service at your previous address will be disconnected.

      At this time, we are not able to support moves to a different country. Our teams are actively working to make it possible to use Starlink on a moving vehicle (e.g. automobiles, RVs, boats) in the future.

      Note: Orders are fulfilled based on the date of your initial Starlink order; if you move to a new location, your place in the queue at the new location will still be based off of your initial order date.

  3. Samuel says:

    Aproveito para deixar a minha opinião, passei de ter 3G a 1mb para Starlink por isso a mudança foi notória e finalmente consigo me sentir incluido no mundo digital. Jogo diáriamente Valorant e CSGO e, como a ligação terestre da Starlink mais próxima é em França, consigo jogar com um ping de 20/30 com pessoal de França. Acredito que quando chegue a base de Espanha o ping para os serviços nacionais melhore bastante. Eu acredito que este serviço é mesmo para povos remotos como o meu caso. Que não tem outra alterntiva, não para ostentar “um produto do Elon Musk”.

  4. joao says:

    em duas palavras: lixo espacial
    respeito a tecnologia mas é apenas para o senhor Musk fazer dinheiro.
    As nossas crianças já nem podem fazer astrofotografia porque o céu foi privatizado por uns quantos americanos.

    • Técnico Meo says:

      Deves estar a falar concerteza de todo o lixo chinês que por lá fica abandonado com muito ou nenhum controle, que já fez disparar vários alertas de colisão, incluindo na terra….

    • Tiago M. says:

      Infelizmente parece ser daquelas coisas muito longe de serem reguladas… tal como há 70 anos atrás “era regra” atirar lixo para qualquer lado. (como se hoje em dia alguns não fizessem o mesmo…)

    • LS says:

      Com todo o respeito, só têm de o fazer regressar á terra.
      Quanto ás crianças, é importante sim, mas mais importante é democratizar o acesso á internet, sobretudo a quem não o tem.
      De resto, toda a tecnologia serve para fazer dinheiro a alguém. Se não concordas, só tens de te juntar ao povo amish.

    • Eu próprio says:

      Damos muito espaço/tempo de investigação para “as nossas crianças fazerem astrofotografia” e continuamos a cair para o lado de cancro como pardais, porque não estamos focados no essencial.

  5. Manuel Costa says:

    Em Março de 2020 usei um kit semelhante (a antena era metálica) na zona de Castelo Branco. Durante o dia era perfeito, sem grandes falhas, o problema era assim que faltavam 90 minutos para o por do sol… durante 3 a 5 horas, as quebras eram constantes. Nem com o apoio da empresa era possível ter ligações estáveis dentro daquele horário…
    Depois de enviar todos os resultados, a explicação que me foi dada era que ainda faltavam 39000 satélites e que faltavam 4200 antenas de transmissão. Uma delas gigantesca, em Espanha e outra algures no sul de Portugal/Espanha ou norte de Marrocos.
    Desde aí para cá a super antena de França ficou online, já deve ter melhorado.
    E sim, É PROIBIDO LEVAR A ANTENA PARA UMA LOCALIZAÇÃO A MAIS DE 25KM DO LOCAL ONDE FAZEM A PRIMEIRA LIGAÇÃO!!!
    Se o fizerem recebem avisos e as quebras são constantes, ao ponto de receberem um “red alert” na app, a informar que a antena será desactivada até voltar a ser usada no ponto definido.

  6. Samuel MGor says:

    É menos móvel que um caracol!! Pelo menos alguns vão ter Internet em zonas remotas de Portugal, onde os operadores (normais) não metem fibra nem Internet móvel. Este cenário mudaria se o governo assumisse o que esta em diário da republica e de certo que cobraria 90% do território português com 20Mbps de velocidade mas como 90% dos politicos são da IDADE DA PEDRA, piores o VELHO DO RESTELO, e como tal não olham para o futuro com olhos de ver.

  7. Eddy says:

    Vítor, qual era o servidor da Ookla que usaram, de Lisboa?

    Se sim, é importante que refaçam os testes de latência para servidores em França e principalmente em Frankfurt (a vasta maioria de servidores europeus estão nesta cidade)

    Porque é importante? Porque Portugal não tem ponto físico de injeção na rede global. Ou seja, está a enviar o sinal para França, que depois segue o tracerouting normal em direção aos servidores Ookla em Lisboa. O ping de ligação de um serviço Starlink em Portugal a um servidor em Frankfurt é menos de metade do que o ping de ligação de um serviço Starlink em Portugal a um servidor em Lisboa.

    E para os que dizem que não podem mover o serviço além da morada declarada, é apenas uma restrição temporária até existirem satélites suficientes para cobrir os clientes de forma global e interrupta.

  8. Tiago M. says:

    Será este “um fim” das carrinhas satélite para transmissões televisavas? Visto que o custo das mesmas é relativamente alto.
    Ou será que o 5G/6G a médio/longo prazo irá conseguir ter uma cobertura global que rivaliza com o StarLink?

    • Eddy says:

      A grande vantagem da Starlink vs o 5G/6G será sempre a inexistência de zonas sombra. Apesar de o sistema Starlink precisar de céu aberto, não está dependente de existirem montes a bloquear o sinal, visto que é um sinal transmitido na vertical, enquanto as redes terrestres são sinais horizontais.

      Mas, a Starlink terá sempre a desvantagem da latência. Mesmo quando a comunicação inter-satelites estiver a 100%.
      Talvez em comunicação entre dois pontos tipo Portugal-Austrália acabe por ter menos latência, mas locais mais perto tipo Portugal-França será sempre melhor uma comunicação em fibra entre pontos de injeção na rede.

  9. eu2 says:

    “Afinal de contas, o kit é seu depois de o adquirir, e, embora não possa revendê-lo, mesmo que não o utilize, poderá ser uma bela (embora bastante cara) mesa de centro.”

    Mas tem de continuar a pagar 99€ todos os meses, certo?

    • Eddy says:

      Enquanto quiser ter o kit a receber sinal…
      Se depois quiser parar de ser cliente Starlink, deixa de ter serviço, mas não tem de devolver os equipamentos, ao contrário do que acontece com as operadoras em contratos com fidelização (Ex: a Vodafone faz contratos sem fidelização mas é o cliente que paga a pronto os equipamentos e a instalação e quando quiser de trocar de operadora, não tem de devolver nada)

  10. ficolixado says:

    Posso deixar o meu testemunho como utilizador da starlink desde que existe em Portugal.

    Venho de um 4G da Vodafone em que a velocidade max era 20mbps com antena direcional, sendo que apenas de madrugada, durante o dia ou noite rondavam os 5-10mbps.

    Pra começar as velocidades são ligeiramente diferentes da do PPlware (Vila Real), as velocidades rondam sempre os 250Mbps a 300Mbps, nunca menos de 200Mbps nem nunca mais de 400Mbps.
    O ping varia: ~30ms pra frança/Espanha, ~40ms pra Portugal
    O ping para a Google anda sempre nos 30ms.
    De notar que a estação terrestre mais próxima de Portugal é em França, daí o ping ser mais baixo em França do que em Portugal.
    De notar também que recentemente tivemos alguns problemas em Portugal, nosso POP passou a ser em Sofia (Bulgaria) em vez de Madrid (Espanha). Nessa altura o ping disparou pra 90~100ms em Portugal. Contudo, neste momento já está resolvido, e nosso POP voltou a ser em Madrid, e por conseguinte o ping baixou drasticamente para 30ms.

    Jogo diariamente Apex, Halo e Warzone, sem notar qualquer instabilidade ou perca de pacotes.
    Apex: ~60-70ms
    Warzone/Cod: 30~40ms
    Halo: 50-60ms
    Estes valores variam, mas nunca me impossibilitaram de jogar com estabilidade.

    A antena está montada no telhado com zero obstruções.
    De notar que não uso o router da Starlink, mas sim a Dream Machine Pro da Ubiquiti, e funciona muito bem, com varias vantagens pelo meio.
    Uma vez que não uso o router da starlink, as estatísticas deixam de estar disponíveis, contudo, bastou criar uma “static route” com o IP 192.168.100.1 e as estatísticas estão de volta.

    Posso concluir que este tipo de serviço foi uma bênção para as pessoas ignoradas pelas ISPs.
    Internet super rápida e estável (garantir que não há obstruções), e o mais importante, é Internet, não é como a 4G oversold pelas ISP, sempre super congestionada, que não passa de uma RDIS do sec. passado.

    Esperamos que no futuro a estação terreste em Espanha seja construida e nosso ping possa baixar pros 20ms ou menos. E claro muitos mais satelites serão enviados e tudo ficará ainda melhor.

    Caso para dizer: Musk take my money right now.

    • Ricardo Graça says:

      Boas também como usuário desde os primeiros dias subscrevo tudo o que foi dito anteriormente, o meu ping para o servidor dns 8.8.8.8 é de 25 a 30ms em media e varias vezes a velocidade passou os 400Mb e o meu router é um Asus o que fez uma grande diferença.
      E a minha antena está no telhado as interrupções não chegam a 1minuto a cada 12 horas para exemplo neste momento está em 39 segundos nas ultimas 12 horas .

  11. Wilson Antunes says:

    Já para não falar que não é possível fazer censura com esta tecnologia de internet, o que é bom para a democracia (cada vez pior em Portugal) e não para os ditadores.

    • luis says:

      Infelizmente, tenho de discordar.
      Qualquer governo ditatorial pode perfeitamente mandar uns misseis aos satélites e acabar com eles num instante. Nem precisa de ser a todos, basta a meia duzia para fazer passar a mensagem.

  12. matos says:

    nao sei se ja foi respondido masé possivel ter este sistema e viajar por portugal com o kit para ter internet?

    • Wilson Antunes says:

      Boa tarde Matos,
      Pelo que percebi, sim é possível, embora não seja prático pois o sistema não foi pensado para ser portátil, é necessário montar e desmontar o sistema e ter electricidade. Talvez no futuro façam uma versão com bateria e com antena mais pequena e dobrável.

      • MATOS says:

        Eu pergunto isto por ter uma empresa que faz streaming e por vezes o 4G não é viável sendo assim possível! O transporte o montar e desmontar não há problema até se pode facilmente adaptar na carrinha o suporte para tal.

        Obrigado wilson

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.