Quantcast
PplWare Mobile

Tags: gripe

Detetado o primeiro caso de gripe aviária H10N3 em humanos

O mundo está estranho! Nos últimos anos têm aparecido vários vírus, sendo que atualmente o novo coronavírus é uma das maiores ameaças. Recente foi detetado o primeiro caso de gripe aviária H10N3 em humanos.

De acordo com os peritos trata-se de um caso isolado. Este vírus não tem capacidade para infetar de forma efetiva os humanos.

Detetado o primeiro caso de gripe aviária H10N3 em humanos


Estudo respiratório é lançado para descobrir como o Apple Watch pode prever a COVID-19

Desde há um ano para cá que se fala nas capacidades do Apple Watch para detetar sinais da COVID-19. Agora, investigadores da Universidade de Washington fizeram uma parceria com a Apple para estudar como o Apple Watch pode ser usado para prever doenças como a COVID-19 ou mesmo a gripe. Estes dispositivos têm capacidades e cenários de utilização bastante alargados. Isto é, como os smartwatches estão permanentemente a verificar algumas informações relevantes sobre os sinais vitais dos utilizadores, podem detetar indícios de certas doenças.

Não é uma novidade, aliás, a NASA disponibilizou a mil dos seus funcionários o smartwatch Fitbit para monitorizar a saúde deste profissionais.

Imagem Apple Watch em estudo de deteção COVID-19


Gripe induz a proliferação de “células gustativas” no pulmão

Nós, seres humanos, dependemos dos nossos sentidos para sobreviver. Inicialmente, Aristóteles definiu cinco sistemas sensoriais: a visão, a audição, o tato, o olfato e o paladar. Mas, na verdade, dependendo do ponto de vista, podem existir muitos mais.

O nosso corpo obtém este tipo de informações através de recetores celulares específicos que, normalmente, estão localizadas em zonas específicas. Mas e se estas células sensoriais estivessem em zonas onde não é suposto? Podem os nossos pulmões ter “células gustativas”?

Gripe induz a proliferação de “células gustativas” no pulmão


Cientistas estão mais perto de uma vacina da gripe Universal

Todos os anos a gripe ataca milhões de pessoas pelo mundo fora. Desenvolvendo novas vacinas para cada novo surto, investigadores e colaboradores na área da saúde ajudam a salvar vidas e impedem que os vírus se espalhem com tanta facilidade.

Recentemente, a Universidade da Califórnia reportou que um grupo de cientistas pode estar muito perto de desenvolver uma vacina da gripe Universal, algo muito mais avançado em relação ao que temos hoje e que ajuda a prevenir um maior número de viroses e infeções.

vacina da gripe Universal