Quantcast
PplWare Mobile

Detetado o primeiro caso de gripe aviária H10N3 em humanos

PUB

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Utilizador de Mint says:

    Normal, está muito relacionado com a quantidade absurda de antibióticos que se dá aos animais…

    Acredito que nem todos achem piada, achem que vai faltar alguma coisa na nossa vida, no entanto isto vai continuar a acontecer enquanto se produzir a quantidade exorbitante de animais para comer…

    Deveria ser incentivado a redução de carne nas nossas dietas, ao ponto de fazer no mínimo uma refeição sem qualquer produtos animais…

    • Jorge+Ribeiro says:

      Infelizmente é algo que será bastante demorado
      Principalmente porque o outro lado da moeda está irradicar por completo o consumo animal, algo impossivel perante a nossa biologia… Sem contar com o que teria que ser feito para a produção de legumes. Algo que já foi provado ser bastante mais destrutivo ao planeta se seguirem por tal caminho
      Necessita de existir meio termo! Necessita de existir exploração controlada de ambos os lados!
      Não é acabar com x porque y é 1000x melhor. Não é assim que o mundo funciona.

      • Zé dos Azeites says:

        Mais destrutivo para o planeta plantar legumes? Envia lá o link sff para ver isso, que eu não sabia.

        • Jorge+Ribeiro says:

          Dr google is your best friend.
          I aint it so….

          • cross says:

            O google devolveu-me isto:
            “83% das terras agrícolas do mundo são usadas para alimentar gado, no entanto este apenas fornece 18% das nossas calorias. Ao mudar para uma dieta baseada em vegetais poderíamo-nos alimentar com [76%] menos terra. E a natureza poderia recuperar. ”

      • Utilizador de Mint says:

        Acho que te estas a referir a um único estudo que foi feito em que se pensou no que seria não existir qualquer consumo animal, mantendo a mesma produção de legumes para os mesmos animais que não existiam…

        Os próprios autores desse estudo já tentaram explicar que foi errado terem usado esses factos irrealistas.

      • cross says:

        Tanta bacorada em tão pouco espaço. A nossa biologia funciona perfeitamente sem consumos animais. Tens a ciência a provar isso:
        “Government health experts worldwide are finally catching up with the large body of scientific evidence demonstrating that a vegan diet is not only a viable option for people of any age, but that eating plant foods instead of animal-based foods can confer significant health benefits, including reduction in incidence of obesity, diabetes, high blood pressure, high cholesterol, heart attack, stroke, and some types of cancer.”

        Plantações de legumes destrutivo para o planeta? sem comentários..

        • scp says:

          Não consumir carne é mais saudável mas quem é vegetariano ou vegan tem à mesma de consumir vitaminas que apenas se encontram na carne.
          Por isso é perigoso esse tipo de dieta para crianças sem as vitaminas suplementares provenientes da carne.

          A carne só é má para o corpo a apartir de uma certa idade (a partir dos 40 ou 50 anos), enquanto és jovem não é a carne que te causa problemas, são os açúcares, o pão, as gorduras, o sal, (estes quando em excesso e quando não existe consumo de verduras, frutas e outras comidas variáveis), as carnes e laticínios processados.

          A carne é má para o ambiente devido à carga que a criação dos animais causa, mas num futuro a 10-20 anos vamos ter a mesma carne criada em laboratório e será essa usada pelos restaurantes e supermercados.

          Tudo aquilo que enumeraste não é causado pela carne em si, mas pela maneira que é preparada e com o que é servida.
          Um vegan ou vegetariano também pode sofrer de diabetes e obesidade, não por comer legumes mas por ter outros hábitos não saudáveis em excesso.

        • yep says:

          Sorry, vegetarians, but eating meat apparently made our ancestors smarter — smart enough to make better tools, which in turn led to other changes

    • Francisco Santos says:

      Utilizador de Mint, o que é que a “quantidade absurda de antibióticos” tem a ver com vírus? Antibióticos é para matar ou inibir o crescimento de bactérias 😉

      • Utilizador de Mint says:

        Tens toda a razão, misturei as coisas. No entanto acredito que saibas que as condições das criações de animais certo? O objetivo nunca vai ser o bem estar dos animais, mas sim o lucro a curto prazo 🙁

    • JS says:

      O problema dos Alimentos sejam quais eles forem é que as Pessoas comem a vontade ou seja em vez de comerem o que necessitam para o seu dia a dia, comem como querem. Sim, deviam criar um Sistema melhor para não ter que criar milhares de animais ou plantar toneladas.

    • Ru says:

      Fala por ti. Eu não quero andar a comer erva. Se queres come, mas tentar obrigar os outros a fazerem o mesmo está fora de questão.
      Gosto muito de um bom bife, ou peixinho na brasa.

      • Zé dos Azeites says:

        Sim, até porque a unica alternativa ao comer animais é ir pastar para comer erva.

      • cross says:

        A Terra produz sabores como cebola, alho, ervas aromáticas, legumes variados, pimenta, chocolate, baunilha, citrinos, menta e 70,000 mais, e tu gostas é de sabor de animais mortos em decomposição?
        Nem sabes o que são bons sabores..

        • Rafilda says:

          Óptimo, come tu as ervas aromática que eu continuo a comer peixe e carne, com ervas aromáticas

          • scp says:

            Eu como carne e sei que as ervas aromáticas são o que dão sabor à carne que comes e a todos os cozinhados.

            Deixa lá, quando a carne dos animais vivos será substituída pela carne criada em laboratório nem te vais dar conta, vai saber ao mesmo mas ser melhor para o ambiente.

            A não ser que compres muito mais caro aos produtores das aldeias ou faças tu a criação. Mas se viveres na cidade dentro de 10-20 a carne virá do laboratório.

          • PeFerreira98 says:

            scp só que não. Quanto mais alta a qualidade da carne, menos ervas usas. Se é que usas alguma.
            Uma boa picanha só precisas de uma pitada de sal.
            Agora… Hamburgers, Carnes picadas, e essa treta toda que 90% da malta come, sim, é tudo ervas aromáticas lá no meio, sem dúvida.

    • Zé dos Azeites says:

      “Deveria ser incentivado a redução de carne nas nossas dietas,”- estás doido? Homem que é homem come carne, logo o que disseste está debunked. E onde vais buscar as proteínas meuuuu?

    • Maquina10 says:

      antibioticos??? tamos a falar de virus…

  2. Carlos says:

    “De acordo com os peritos trata-se de um caso isolado. Este vírus não tem capacidade para infetar de forma efetiva os humanos.” – vale a pena recordar que a OMS dizia em Fevereiro de 2020 que o SARS-CoV-2 também não se transmitia por propagação via aérea. Todos sabemos como a história terminou. ¯\_(ツ)_/¯

  3. Helder Gomes says:

    ahahhah ja faltava mais noticias do medo.

  4. Oscar says:

    Talvez seja uma notícia para ocultar outra notícia (a do COVID)

  5. ervilhoid says:

    H7N9, este foi aquele que apareceu e desapareceu à mesma velocidade?

  6. OdeioBichasModernas says:

    Calma rapaziada, isto se for assim é só uma gripezinha que nunca chegará cá.
    E se chegar, estaremos preparados, como sempre.

    Há um vírus muito mais perigoso à solta, o vírus Xuxa, que ataca o cérebro de um modo altamente destrutivo.
    Quem for infectado torna-se um perfeito imbecil.
    Parece que aqui por estas paragens metade dos indígenas já está infectada.

  7. Azevedo says:

    Posso estar a ser extremista mas acredito plenamente que resolveria grande parte dos problemas a nível mundial, máximo de 2 filhos por casal, acabava se com milhares de milhões de problemas

  8. David Guerreiro says:

    Mais um vírus, vindo da… China. E nenhum comentário sobre isso.

    • Zé Duarte says:

      Porque desta vez o animal é conhecido então vamos culpar as galinhas.

    • OdeioBichasModernas says:

      David, não sabe que não pode dizer que o vírus vem da China?
      É racismo ou algo parecido.
      Se fosse Tuga ou Espanhol já se podia dizer que era daqui mas como é de não brancos, é racismo.

      Decadência total….

    • OdeioBichasModernas says:

      David, não sabe que não pode dizer que o vírus vem da China?
      É racismo ou algo parecido.
      Se fosse Tuga ou Espanhol já se podia dizer que era daqui mas como é de não brancos, é racismo.

      Decadência total….

  9. R says:

    Sempre foi assim, mas agora há mais notícias sobre o assunto. Há imensos vírus que a humanidade ainda desconhece e, por exemplo, muitos deles em animais selvagens. Qual o problema? É que na China têm mercados onde misturam todo o tipo de animais (domésticos e selvagens) e quando por acaso surge um vírus capaz de “saltar” para outra espécie, está o caldo entornado; e se também for capaz de infectar humanos ainda pior (como o Corona Vírus).
    É por isso que a maioria destes vírus aparecem na China.
    E a comunidade internacional tem sido demasiado branda com a China no aspecto destes mercados…

  10. Cláudio Andrade says:

    e tudo vem da china…

  11. falcaobranco says:

    Faltam duas estirpes da gripe para se encontrar… uma já foi e está a ser vigiada… H5N8 … esta poderá a ultima? Não sabemos… ainda devem estar em estudos…

  12. Jonny says:

    Nunca vi tanto comentário estupido estão de parabéns!

  13. 652mga says:

    “Quem não é para comer não é para descansar!” > Eu como um pouco de tudo… sem dúvida que muitas vezes como demais… é que também é um prazer! Mas este “prazer”, no meu caso, terá a ver com a forma como se preparam as refeições…

    Hoje o meu almoço foi apenas um prato de sopa confeccionada em casa… logo à noite “vingo-me”!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.