Quantcast
PplWare Mobile

Maiores de 50 anos já se podem vacinar contra a gripe

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. says:

    Para reflectir

    https ://observador.pt/opiniao/a-perversao-atual-da-vacinacao-para-a-covid-19/

    • Zed says:

      Refletir sobre patranhices sem fundamento de uma negacionista sem capacidade para tirar uma especialidade de jeito e que agora se quer armar em epidemiologista, virulogista, politóloga e até economista?
      Haja paciência…

      • Antonio says:

        E qual é a especialidade do seu jeito?
        Há com cada cromo. Você deve ser dos espertos que vai às urgências sempre que acha que tem de ir a um médico.
        O mais ridículo é que vai ser atendido por um médico de clínica geral e familiar, ou como as coisas andam, vai passar a ser atendido por um médico sem especialidade.
        Vivam os ignorantes, e o mundo está cheio deles.

      • says:

        Nem leste o artigo… mas se leste , não entendeste patavina do que é importante … por isso o mundo está como está

        • Zed says:

          Li, pelo menos comecei a ler, mas com palermices e falácias, umas atrás das outras, não há paciência. Claro que, para quem ainda percebe menos do que aquela médica que só serve para passar receitas e encaminhar as pessoas para os especialistas que realmente percebem alguma coisa, qualquer palermice soa a verdade e nem repara na falta de factos para suportar o que vocifera. Ou então, até reparam , mas preferem ignorar – vide viés de confirmação.

  2. says:

    Ok esta encaixa perfeitamente no artigo acima.

    https: //eco.sapo.pt/2022/01/22/vacinados-ou-nao-vacinados-esta-foi-a-evolucao-dos-obitos-de-covid-no-final-de-2021/

    • J. Lebre says:

      Podiam criar também um passaporte digital para a gripe. Há crianças que apanham o vírus e depois transmitem aos idosos que MORREM. Ora isto não devia ser permitido.

      • Antonio says:

        Melhor, agora era criar um documento estilo certificado criminal, com carimbo de todos os vírus, bactérias e fungos que uma pessoa possa ter, e em caso de algum mortal para alguém de grupos de risco, era prisão e multa.
        Isso sim era de valor.
        Além disso, não sei o que esperam para alterar os cursos de medicina e enfermagem, um enfermeiro tem de saber dar vacinas covid, mais nada, não sei porque perdem a dos com outras coisas supérfluas, assim como medicina, anos e anos a aprender sobre batatas, quando o que importa é saber diagnosticar covid, e pior, andam a tirar a especialidade do quê? Ali o artista de cima bem diz, especialista de jeito é o do covid.
        Porreiro pá.

    • Zed says:

      Estás a colocar aqui artigos aleatórios por alguma razão em especial, ou é só para fazer perder tempo?

    • Gustavo Bastos says:

      Eu apenas me pergunto uma questão. Porque raio juntam os “não vacinados” aos com “vacinação incompleta”, que podem ter já 2 doses tomadas?

      Era bom ver quantas mortes houve de comletamente não vacinados. Havia de ser uma grande surpresa para muita gente…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.