Quantcast
PplWare Mobile

Tags: El Salvador

Banco Mundial reprova bitcoin e recusa-se a ajudar no plano de criptomoeda de El Salvador

Na semana passada, o governo de El Salvador aprovou uma lei para aceitar o bitcoin como moeda com curso legal ao lado do dólar americano. O país recebe 6 mil milhões de dólares em remessas por ano – um quarto do seu produto interno bruto – e a esperança é que os custos de transação mais baixos do bitcoin possam aumentar este montante nalguns pontos percentuais.

Nesta iniciativa, El Salvador iria mesmo usar os vulcões para minerar bitcoin de forma sustentável. Contudo, o Banco Mundial reprova o bitcoin e recusa-se a ajudar no plano.

PUB


El Salvador quer usar os vulcões para minerar legalmente Bitcoins

El Salvador tornou-se esta semana no primeiro país a ter o Bitcoin como uma criptomoeda com curso legal. A Assembleia Legislativa do país aprovou ontem a lei que converte Bitcoin em moeda legal. Além desta decisão ser uma iniciativa pioneira e, de alguma forma, controversa, o método como querem minerar os Bitcoins é ainda muito mais curioso e engenhoso.

Sabemos que minerar as criptomoedas consume muita energia. Aliás, várias fontes referem que esta atividade consome anualmente, em todo o planeta 143 TWh. Então, El Salvador anunciou um plano para fazê-lo com energia renovável. Vão aproveitar os vulcões.

Ilustração bitcoin e vulcões de El Salvador

PUB