Quantcast
PplWare Mobile

COVID-19: “Picar Ponto” para registo de assiduidade mas online…

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. George Orwell says:

    Uma palavra de apreço e admiração para a equipa do Pplware por abrir os horizontes da tecnologia e economia digital em prol da manutenção do ritmo produtivo num relevante serviço público de informação e formação . Ao contrário dos “media” tradicionais, não se limita a dar notícias mas também a formar, dando a conhecer propostas pertinentes exemplificadas não só com o presente artigo, também outros que o antecedem e outros que se seguirão em que o Pplware não vai deixar de picar o ponto em abono do momento em que vivemos.

    É que, afigura-se no horizonte o grande dilema económico atestado pelos colapsos históricos dos índices das praças financeiras e das estimativas negativas dos PIBs. Se medidas de emergência como o fecho das escolas, bares, espectáculos, cruzeiros, competições, celebrações, fronteiras etc. são incontestáveis, por outro lado a economia produtiva não pode ser dispensada porquanto ela é absolutamente necessária para o combate à COVID-19.
    Se a cadeia produtiva e a cadeia de distribuição, designadamente de bens alimentares, for seriamente afectada, a emissão massiva de papel-moeda pelos bancos centrais para sustento geral constituirá um remendo temporário que a curto trecho será descompensado por uma inflação dos bens fundamentais escassos que pode levar ao não desejável cenário do dinheiro no carro de mão que apenas pode comprar o que cabe no bolso. Em tempos como estes urge pois estimular ainda mais as cadeias produtivas, sobretudo as alimentares, e fortalecer a economia digital, a logística e a racionalização no acesso aos bens.
    Se o neo-liberalismo e a sua “mão invisível” já tinha soçobrado com a crise do “subprime” de 2008, é agora tempo não do Estado mínimo nem do Estado máximo mas do Estado NECESSÁRIO em acção concertada com os agentes económicos e as famílias como se fizesse jus ao lema patente no emblema do S.L. Benfica, “e pluribus unum”, cada um é chamado à sua acção em função do interesse comum perante uma adversidade tão clara e presente que só com a unidade podemos vencer, não sobrando muito tempo para hesitações. Com efeito, para a COVID-19 somos todos iguais, não há uns mais iguais que os outros.

  2. Figueiredo says:

    Ocultar uma crise económica com a disseminação de um vírus (Covid-19), por forma a impor medidas económicas, laborais, e jurídicas, que dificilmente seriam aceites pelos cidadãos é do mais escroque que pode existir.

    E igualmente medíocre é servirem-se dessa mesma disseminação do vírus (Covid-19), para testarem e analisar em locais e transportes públicos ou nos locais de trabalho de empresas privadas ou públicas, tecnologia que em breve será parte do nosso quotidiano, ao mesmo tempo que realizam um gigantesco experimento social.

    P.S.: Desembarcou na Europa um efectivo de mais de 20 000 militares do exército dos Estados Unidos da América do Norte (EUA) sem o consentimento dos cidadãos Europeus, para realizar o exercício militar «Defender a Europa 20» em conjunto com os seus aliados; agora falta saber do quê que a Europa se vai defender pois na cabeça doente destes psicopatas, ameaças e inimigos imaginários não faltam.

  3. George Orwell says:

    Neste momento histórico que estamos vivendo, um minúsculo ser apenas visível ao microscópio declarou guerra à humanidade. Direi mesmo que é o pior inimigo com que a humanidade até hoje se debateu o que demonstra bem a nossa tão esquecida fragilidade bem mais pequena que o dito vírus. Não são pois necessários inimigos imaginários porque este é bem claro e presente.

    E o teatro (trágico) desta guerra mundial contra a COVID-19 deslocou-se da R.P. China para a Europa. Porém, enquanto a R.P. China tinha uma frente concreta de batalha, a província de Hubei e a sua capital Wuhan, na Europa tem várias frentes maiores de batalha, o que torna a contenção muito mais complicada. A Itália, a vizinha Espanha, o eixo franco-alemão são as maiores frentes desta guerra sem tréguas. O ideal da livre circulação de pessoas ( e capitais ) parece ter os dias contados e o inimigo tem potencial para suspender o projecto europeu.

    É que, enquanto na guerra convencional podem ser negociadas tréguas, seguir a Convenção de Genebra e acabar num armistício e delimitação territorial, a COVID-19 não concede tréguas, nem respeita qualquer convenção, não se limita a territórios e jamais irá bater em retirada por conta própria. Daí que, sendo os profissionais de saúde heróicos soldados da linha frente para um combate desigual, merecem todo o nosso apoio, solidariedade e admiração em horas tão trágicas quanto estas. Bem revelador da abnegação destes soldados foi o facto de médicos terem deixado o conforto da situação de aposentadoria para ocuparem lugares na linha de retaguarda libertando mais médicos no activo para acções primárias. Bem hajam pois estes soldados desconhecidos que, por razões óbvias, ninguém quer no momento conhecer.

    E estes soldados também precisam da complementaridade de todos os outros braços armados da sociedade cada um no seu papel neste necessário esforço de guerra. A Economia é também essencial para a sobrevivência e tem de se ajustar a este ameaçador desafio dando salvaguarda aos soldados da frente de batalha a cujas directivas nos devemos submeter.

    Se houver possibilidade de derrotar a COVID-19, e ainda não está provado que haja, só a união de todos pode conduzir à derrota da COVID-19. Não há outra opção.

  4. CucoCloud says:

    Boa tarde, junto envio uma solução portuguesa. cucocloud.pt

  5. Innux Technologies says:

    A Innux é uma empresa com 100% capital português, espacialidade na área de controlo de ponto, que possui uma plataforma online de ‘’ picar o ponto’’ através do telemóvel. Uma solução completa, apetrechada de funcionalidades com capacidade de marcar o ponto com geolocalização, onde acresce inúmeras funcionalidades de consulta de marcações de entrada e saída ao trabalho. APP de registo de ponto para smartphones Android e IOS: http://www.innux.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.