Quantcast
PplWare Mobile

STAYAWAY COVID: Downloads de aplicação dispararam mais de 140%

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. barta says:

    Porque gostam de continuar a enganar as pessoas “Não há registo que a app tenha influência negativa na autonomia da bateria”???

    “Atualmente, os telemóveis Android dificultam ainda uma execução eficiente das aplicações de rastreio digital de contactos. A utilização de Bluetooth neste sistema operativo implica que os serviços de localização, o que inclui o GPS, estejam ativos, o que, apesar de não serem utilizados pela STAYAWAY COVID, causa um consumo considerável de bateria. Este é um problema que apenas a Google pode ultrapassar.”

    A informação está no próprio site da app, sejam honestos.

    • João Matos says:

      Eu continuo a usar o meu telemóvel como antes e não notei diferença do antes de ter a app instalada para o depois.

      • Spoky says:

        Pois não notas, não é no telemóvel que notas a diferença.

        É na tua sanidade mental, embalaste na cantiga do Governo. Agora foste Aconchegado por eles.

        É normal que não notes a curto prazo, a longo prazo talvez assim que perceberem que podem aplicar ditadura.

        E vão começar pelos mais fracos (mentalmente) que certamente é o teu caso.

        • Hugo says:

          Sim, ele é o fraco e os paranóicos os fortes. Estou a perceber.

        • Carlos de aveiro says:

          Meu caro, quando vais ao supermercado e usas um simples cartão de cliente também te controlam e até ficas contente… por uns míseros cêntimos de desconto ficam a saber o que comes, o que limpas e quanto usas para o teu traseiro e assim sucessivamente…. A chatice da posse deste tipo de info é que se for o Estado então a coisa há-de ser dura e grave… se for a tua cadeia de supermercados, o facebook ou a Google…. tudo bem pois são uns santos…enfim…

          • Toni da Adega says:

            A diferença é que um cartão de cliente é utilizado de forma voluntária. Nao existe nenhuma lei, ninguém te obriga e nao cometes nenhum crime se te recusares a utilizar e cartão de cliente.

            Violência física é proibida, mas de forma voluntária podes ser lutador de Boxe e levares porrada da boa. Mas ninguém te bater á forca.

        • Infetado says:

          Mirabolante!

      • Luís Fonseca says:

        Os comentadores daqui que defendem a App deviam ter vergonha na cara… É à vossa custa que vamos voltar a uma ditadura… Podiam ao menos respeitar os nossos antepassados que tanto sofreram ao lutar pela liberdade…

        • Miguel says:

          Isto resume muito bem a estupidez que por aqui anda. Aqui em casa essa app já não entrava. Com imposições é 100% garantido que não entra mesmo.

        • Jorge says:

          É à custa daqueles que sempre ignoraram as recomendações, e que dizem que o virus é um embuste, que o uso da máscara e o confinamento são uma medidas de repressão do governo, que as vacinas são uma fraude, sim é à custa desses que temos hoje +2000 casos por dia. Custa tanto usar as mascaras, lavar as mãos e terem um pouco de cuidado enquanto isto não passa? Se o governo quiser saber por onde andamos não precisam de nenhuma aplicação, basta um telemóvel e pode se um 3310 ou um mais antigo, basta estar ligado a uma rede móvel. Não concordo obviamente com a obrigatoriedade, mas que raio,… entre usar a aplicação até ao facto de voltarmos a uma ditadura ainda vai uma grande distancia.

          • Woot! says:

            A resposta para isso é simples, quem não acredita não vai usar máscara. Tal como quem não é cristão não vai andar de joelheiras (desculpa, de joelhos) em fátima.

          • Sujeito says:

            Curioso então que os que mais seguem as recomendações são a maioria dos casos. É só ir ler as publicações caro Jorge.

        • Infetado says:

          Como se a ditadura precisasse de apps. É com cada iluminado.

          • Pedro Rosa says:

            Claro que precisa, toda a gente sabe.
            Já o Hitler com o nacional socialismo criou uma App chamada StayAwayJews e foi o que se viu.

      • jorgeg says:

        -1
        Trabalho para o STASI do PS e sei onde te encontras!

    • Vilna says:

      Já uso desde o inicio. o Telemóvel é modesto huawei y6 2018 e não noto diferença na bateria.

  2. David Guerreiro says:

    Duvido muito que essa obrigatoriedade possa ser estendida a toda a população (os que possuem equipamentos compatíveis), suscita dúvidas de constitucionalidade. Eu utilizo desde o início, mas sei que a eficácia é reduzida, pelo número baixo de pessoas que utilizam.

    • Almaister says:

      Ora aí está porque razão na minha modesta opinião esta app é uma inutilidade. Não é com as ameaças do PM ou talvez do PR que vai melhorar algo que na realidade pouca ou nenhuma utilidade terá porque vendo bem as coisas se os dados são introduzidos voluntariamente ficamos sempre na incerteza da sua real utilidade. Por outro lado incutir medo na população não é a melhor forma de “obrigar” a usar esta app. Quanto às desculpas habituais que se tem tanto falar neste blogue o melhor é nem responder ou perder tempo com elas. Abraço… 🙂

      • Rui M says:

        é uma inutilidade se toda a gente tiver a mesma linha de pensamento que tu. A obrigação nunca é uma boa solução, mas a sociedade teima em ser cada vez mais egoísta e ignorara todos os conselhos, caso contrario não haveria obrigação de usar mascaras onde se é obrigado nem a obrigação do distanciamento social ou de todas as limitações existentes, seria apenas opcional se toda a gente seguisse isso. Eu tambem tenho instalado quase desde inicio e estou neste preciso momento em isolamento profilático, realizando o teste, espero que pelo menos alguem possa ser avisado de alguma possivel exposição caso de positivo.

        Pode não ser a melhor solução (o uso da app) mas é certamente uma ajuda e funciona cada vez melhor se toda a gente colaborar.

        • Almaister says:

          Deus te oiça quanto à questão de toda a gente colaborar mas não é isso que tem sido difundido nas notícias. Entre os milhares de instalações da app, entre o numero de casos activos e o numero de pessoas que efectivamente introduziram os seus códigos na app há aqui qualquer coisa de errado mas pronto vamos acreditar que tens razão…

          Abraço…

  3. Abreu says:

    Estão do medo do Tô?

  4. Alita says:

    Eu bem avisei que ia dar multa quem não instalasse e agora spoky? Instalam e não piam.

    • Spoky says:

      E agora? Eu não tenho nada instalado lol. Deves pensar que tenho ela instalada.

      Mas se for o caso, I know what to do
      https://play.google.com/store/apps/details?id=dev.ukanth.ufirewall&hl=pt_PT&gl=US
      https://play.google.com/store/apps/details?id=eu.faircode.netguard&hl=pt_PT&gl=US

      Isto foi só para criar medo e pânico nas pessoas, assim elas pensam que vão ser multadas, quando não vai ser aprovada porque é inconstitucional perante a lei, aumentam os downloads e o uso da mesma.

      Fabuloso, funciona.
      Mas comigo não, por cá não esta nada instalado nem vai estar. E se for caso disso (os links acima falam por si..)

    • Leandro says:

      Não instalo esta APP por duas razões:

      – gasta demasiada bateria do meu telemóvel

      – não adianta para nada relativamente á minha segurança na doença covid. Se ela me alertar á noite em casa, que tive 20 min ao pé de uma pessoa infectada nesse dia o que adianta? Telefono para a saúde 24 e mandar-me dar uma volta ao bilhar grande.
      Não me dão atestado para faltar ao emprego contudo pago nem me vão fazer um teste que custa 100€

      • Rui M says:

        Então a solução passa por andares na mesma aí tranquilo a espalhar o virus, fazendo com que os números aumentem, consequentemente as restrições aumentem, o +aís cada vez se afunde mais… Na volta por causa disso ainda perdes o emprego e assim não precisas de te preocupar em faltar.
        O problema está aí é cada um só pensar na sua segurança e estar a marimbar para a dos outros

        • EU says:

          A solução passa por manter uma boa higiene, principalmente das mãos e rosto, usar máscara quando estiver em contacto com outras pessoas, manter o distanciamento e o recato social e se tiver sintomas contactar de imediato um médico.

          Parece-me mais do que suficiente e sinceramente não acho que seja a app que vá fazer a diferença no meio destas medidas, antes pelo contrário, só cria paranoia.

      • Hugo says:

        É por isso mesmo que têm de haver multas.
        Temos uma pandemia mundial e cromos como tu estão única e exclusivamente preocupados com o seu importantíssimo umbigo.

        • Infetado says:

          O pessoal não sofre de Covid, mas sim de umbiguismo! Só se lêem argumentos tontos de quem nunca sequer se deu ao trabalho de perceber como funciona a APP.

      • pH says:

        Agora disseste tudo… o pensamento é sempre eu, eu, eu.

  5. Vitor says:

    Não estão com medo do “Tonito” mas todos sabemos duas coisas…o “Portuga” é sempre “do contra” porque é “especialista” em tudo e mais alguma coisa e gosta de uma “voz autoritária” que os obrigue a fazer alguma coisa que muitas vezes…ELE QUER MESMO FAZER! Feitios…

    • Spoky says:

      Mas tu vais obrigar-me a instalar uma aplicação? O telemóvel é meu, quem decide o que vou instalar ou não sou eu. Não é o Governo.

      Aceitar isto, é aceitar a opressão. Uma ditadura. Ninguem é especialista.

      Trata-se de direitos, existe a proteção de dados e a mesma disse que isto viola todos os principios da privacidade e dados pessoais.

      Sempre foi dito que esta App seria uma App opcional, e que apenas recomendariam o uso da mesma. Sempre foi dito assim, e sempre foi comunicado dessa forma, OPCIONAL. Uso de recomendação por parte da DGS entre outros.

      Aplicarem a obrigatoriedade é inconstitucional perante a lei.

      E tu podes vir com aquele argumento, mas deves ter Apps que não usas e que consumem ou usem mais dados que a StayAway COVID.

      Pois, isso já é problema meu. O equipamento afinal é de quem? Meu ou deles? Mais parece deles.
      Paguem ou arranjem um telemóvel que eu instalo, até la nada feito.

      Aceitar isto, é aceitar uma ditadura. Quem aceita e concorda com a obrigatoridade é o mesmo que alguem entrar na tua casa para fiscalizar se tens 3 poltronas uma de verde, amarelo e vermelho para representar a patria.

      Consegues perceber? Acho que não, até lá podes ler:
      https: //www.noticiasaominuto.com/economia/1604941/cnpd-stayaway-covid-obrigatoria-abre-graves-questoes-de-privacidade

      Quem o diz é CNPD. 😉

      • eu2 says:

        Epá fogo, eles precisam lá de saber o que é que eu trago na carteira. Quem decide se vou conduzir com a carta de condução ou não sou eu. Não é o Governo.

        • Luis says:

          Opah realmente existe pessoas burrinhas.. a carta de condução é obrigatório por lei! Era o que mais faltava me virem obrigar a usar coisas no que é meu!

      • PTO says:

        “Aceitar isto, é aceitar a opressão. Uma ditadura. Ninguem é especialista.” – Tu sabes lá o que é uma ditadura, rapaz. O simples facto de comparares isto a uma ditadura prova isso. Cresce e aparece.

        “Trata-se de direitos, existe a proteção de dados e a mesma disse que isto viola todos os principios da privacidade e dados pessoais.” – MENTIRA!

        Entretanto usas Facebook ou Whatsapp ou Instagram ou Twitter ou Messenger ou Pinterest. Se calhar até usas todas ou quase todas. Todas elas virtuosas no respeito pela privacidade e dados pessoais.

        Basicamente o pessoal como tu é apenas do contra porque sim, mais nada.

      • João Matos says:

        O governo também te obriga a ir a escola. Cambada de ditadores a obrigar os meninos a ir a escola…
        O governo obriga-te a levar vacinas. Cambada de ditadores…
        O governo obriga-te a seguir a lei. Cambada de ditadores.

        Deixem mas é de ser egoístas pá.

        • Spoky says:

          Quando tiveres nas urgências aflito, e os medicos demorarem e atenderem outras pessoas primeiro que tu, e tu a reclamares que ganham muito mais que um ordenado mínimo.

          Eles vão te dizer o seguinte: deixa de ser egoista pá.

          • Hugo says:

            Bom argumento. Continua a cavar que ainda te vemos a cabeça. Ahhh maluquinhos.

          • Hélio Musco says:

            Que comentário tão rudimentar.
            Os serviços médicos estão entupidos neste momento. Tens vários hospitais que não conseguem receber mais pessoas. Os médicos não tem mãos a medir. Portugal precisa de mais médicos, não de menos.
            Mas o mais curioso é que ninguém reclamou que ganham muito ou pouco, mas parece que te faz comichão o dinheiro dos outros. Se quiseres receber também, olha, estuda como eles.

            Por isso, sai desse buraco e pensa um bocado. Sabes o que é lidar com pessoas à beira da morte metade do teu dia? Ter nas tuas mãos a vida de pessoas? São muito poucas as pessoas no mundo que tem essa responsabilidade.

          • Rui says:

            Para quem se farta de escrever textos e “grandes” aqui, deveria ter um pouco mais de cuidado com a escrita do português.
            Não se diz “Quando tiveres nas … “, mas sim “quando estiveres nas …”
            É do verbo estar e não do verbo ter.
            Certo?

        • Joaquim Sobreiro says:

          O governo obriga a levar máscara, come se me protegesse de qualquer vírus.
          Quem trabalha com vírus, em laboratório ou outro ambiente semelhante sabe bem qual é a totalidade de fato de protecção e isolamento corporal necessário.
          Queres estar informado… segue o rasto do dinheiro

  6. R says:

    Mentes pequeninas…

    • Spoky says:

      Quem? Quem não instala ou quem instala? Só se for quem instala com medo das multas.

      Ditaduras underground em duro regime. Não obrigado.

      • Carlos de aveiro says:

        Olha, o governo não sabe já tudo sobre o que fazes através do teu NIF? Onde gastas e o que ganhas? Se te quiser rastrear, é muito fácil… é só seguir as faturas com o teu nif… faz o mesmo efeito que o teu pavoroso medo de te seguirem com o telemóvel…

        • Spoky says:

          Curioso que fui deitar gasolina e não dei o NIF certamente sabem que fui deitar gasolina e paguei em dinheiro…

          • PTO says:

            E é claro que pagas tudo em dinheiro, nem sequer tens multibanco já por causa disso. Ainda és dos que vai ao balcão do banco levantar dinheiro para a semana toda. Fantástico!

            Tb não deves ter certidão de nascimento, bilhete de identidade, carta de condução, declaração de rendimentos, morada fiscal, registo civil, pagamento de impostos, viatura registada, etc, etc.

            De ti o governo não tem dados pessoais nenhuns, és um exemplo de luta contra estas ditaduras que nos querem “roubar” os dados pessoais todos. Os malandros, pá!

            E claro que não usas nenhuma rede social, não tens registos em sites, não fazes compras online, não tens contratos de eletricidade, luz e água, não usas a internet e nem sequer usas smartphone Android ou iOS, tudo para evitares que alguém possa aceder aos teus dados pessoais.

            Adoro pessoas “coerentes” como tu, são fascinantes!

  7. Cuca Beludo says:

    Contagem regressiva para o governo micro-gerenciar todas as atividades do indivíduo. Espero que haja um levante a tempo antes que o sistema de crédito social entre em vigor.

    • PTO says:

      LOL, vocês vivem todos noutro planeta.

      O Governo já sabe tudo que lhe interessa sobre as pessoas. Dados pessoais? Tem-os todos, desde o teu nascimento, ao teu estado civil, onde moras, que carros tens, quanto ganhas, onde gastas o dinheiro, qual o teu banco, quantos filhos tens, quanto medes, que idade tens, onde trabalhas, etc, etc, etc.

      E agora, com uma aplicação onde nem sequer a vossa identidade é guardada, cai o Carmo e a Trindade e começam todos a berrar “Ai meu DEUS, que isto é uma ditadura, ai os meus dados pessoais, a minha privacidade, blá, blá, blá…”.

      Só não dá para rir porque o assunto é sério, porque fora isso é uma atitude absolutamente infantil e ridícula.

      • Cuca Beludo says:

        Não sabe onde eu gasto meu dinheiro totalmente enquanto não banirem dinheiro vivo. Amigo, a China é a planta do Ocidente. Depois não venha reclamar quando não puder pegar um avião ou fazer alguma simples compra no mercado porque falou do governo no facebook.

      • Filipe says:

        Infantil e ridiculo é justificar uma qualquer coisa porque outras coisas que ja existem sao como são. Mas alguém disse que concorda com essas outras coisas?

        Se uns são puyos, outros já não jogam com o baralho todo…

      • Euéquesei says:

        Onde gasto o dinheiro não sabe, porque pago tudo em dinheiro vivo.
        Supermercado, gasóleo, roupa, restaurante… É só dinheiro vivo.
        Não há cartões para ninguém.

        • PTO says:

          Pois, poiis, claro que pagas ABSOLUTAMENTE tudo em dinheiro.

          Então o governo só sabe todos os outros dados pessoais teus todos, certo?

          Mas o raio da aplicação que nem recolhe dado pessoal nenhum é que é o problema, certo?

          I rest my case.

          • EU says:

            O que tu e outros não conseguem perceber, é que mesmo que ninguém pague tudo com dinheiro, pelo menos tem essa opção.

            Percebeste? Ou é assim tão complicado perceber que a tua liberdade tem de ser sempre, mas sempre mais importante do que a tua vida?

            Se não tiveres liberdade vives apenas para fazer o que os outros te dizem para fazer, ou seja, não existes.

  8. g0tH1c.X says:

    A obrigatoriedade nunca irá avançar…até porque nunca o deixariam, já a introdução dos códigos, essa sim, deveria ser obrigatória e de forma automática, baseada no Cartão do Cidadão, por exemplo, onde certamente já fica associado, que a pessoa teve Covid, à semelhança de outras doenças contagiosas.
    Esses dados tem é que estar bem protegidos.
    Ninguém está interessado em saber que o colega do lado está infectado, apenas saber que esteve em contacto próximo com alguém infectado e que por isso, deve ter cuidado e procurar aconselhamento médico.

    • Spoky says:

      A obrigatoriedade não vai avançar, porque é inconstiticional não esta na lei.
      Alem disso fora desses aspetos existe muitas duvidas, vão me multar se tiver um telemóvel de uma empresa ou de outra pessoa? Não.

      Como vão provar que é meu? Só porque o tinha na mão? Posso ter vindo com ele de uma loja de reparações, posso ter acabado de comprar, posso não ter internet movel.

      Logo, não vai ser aprovado (em principio e é o que devia acontecer).

      É uma ditadura caso isso aconteça, o telemóvel é nosso, foi pago por nós e ainda querem exigir que se instale algo? Não não, não nem pensar! Só se me pegarem!

      • eu2 says:

        A carteira foi paga por nós e ainda querem decidir o que lá se mete ou não? Só se me pegarem!

      • LR says:

        Ou seja, se te pagarem, todas as preocupações que apontas, da invasão de privacidade ao facto de ser inconstitucional, caem todas por terra e já não são importantes, certo? Se te pagarem, todos os teur pruridos, indignações e revolta desaparecem por completo? Pareces o outro que anda por aí, que só aceita as medidas de contenção se todos tiverem uma redução de 1/3 no ordenado, como ele diz que tem. Congruência, acima de tudo.

        • PTO says:

          Ele é um exemplo de (in)coerência.
          Chega a ser fascinante ver todas as contradições em que ele próprio cai no seu habitual discurso inflamado e ignorante.

  9. albertino says:

    “Não há registo que a app tenha influência negativa na autonomia da bateria”
    Descordo completamente. Para que app use todos os recursos precisa consumir a bateria ao maximo, alem de ter o bluetooth ativado.

    • rjSampaio says:

      é obvio que gasta bateria, não ha milagres, esta a dizer-se que o consumo não é grave nem notorio.

      A mim por exemplo, representa menos de 1% da bateria em 12h , onde apenas 1h foi com o ecran ligado.

    • PTO says:

      O Bluetooth é o LE (Low Energy) que não gasta quase nada.
      Instalei a app logo que saiu e não tive qualquer alteração visível na duração da bateria.

  10. Miguel F. says:

    “Não há registo que a app tenha influência negativa na autonomia da bateria”
    No Android a App para funcionar obriga a ter GPS + Bluetooth ativos. A Google obriga-nos a ter o GPS ativo para identificar dispositivos bluetooth não emparelhados, que é uma função essencial ao funcionamento da App Stayaway-COVID. Estas 2 opções (GPS + BT) reduzem consideravelmente o tempo de vida da bateria do meu telefone que tem 4 anos — eu sei que já é velhinho, mas ainda vai servindo para o essencial. Por isso só as ligo quando preciso mesmo delas. Ainda estava disposto a deixar o BT sempre ativo, mas o GPS nem pensar. Neste cenário a App não funciona e torna-se inútil, acabei por desinstala-la.

    • rjSampaio says:

      teres o GPS activo nao implica que ele esteja… activo.

      Permitir que o GPS seja usado no telefone não quer dizer que esta 100% do tempo a receber e procesar o sinal dos satelites, apenas é usado assim quando uma app lhe pede tal coisa, ora se tens o gps a gastar bateria devias ir ver quem é que acede ao GPS.

  11. Xnelox says:

    Vou na rua e a aplicação alerta “esteve perto de alguém a quem diagnosticou covid-19″… Pera… Mas essas pessoas podem circular na rua? Acho que essa app devia era ser utilizada pela polícia para intervir

    • Marisa Pinto says:

      Não circulam, a app vai notificar contactos nos 14 dias anteriores a um contacto proximo. A pessoa infectada, no momento que insere o código, está em isolamento já.

    • PTO says:

      Uau, que inteligente que tu és, descobriste a pólvora!

      Gajos como tu há por aqui às carradas. Gajos que nem sequer se esforçam para se informarem sobre o assunto e depois vêm para aqui feitos “doutores” mandar bitaites, apenas para ficarem mal na fotografia.

      Sabem sempre tudo mas depois quando se vai a ver nem sabem o funcionamento da aplicação.

      Santa ignorância!

      • Xnelox says:

        Lamento mas a aplicação não é eficaz no que toca a prevenção/protecção , está Sujeita a muitas lacunas sociais e comportamentais. Decerto que quem trabalha num hospital vai passar os dia a receber alertas

        • LR says:

          Mas quem trabalha num hospital sabe de antemão que esteve perto de pessoas infetadas, acho que não precisa de uma app para o saber, certo? Mas tens razão, a aplicação está sujeita a muitas lacunas sociais e comportamentais, sendo as mais relevantes a falta de civismo e cidadania típica de muitos portugueses. Mas para essa maleita, não há aplicações que valham…

        • PTO says:

          Brilhante!
          Escolher como exemplo quem trabalha DIRETAMENTE com pessoas infetadas para criticar a app é de génio.
          Já nasceste assim “inteligente” ou tiveste ajuda profissional?

        • Infetado says:

          Mas ainda não percebeste como funciona, pois não ? Era mais fácil admitir ignorância. Até te passariam a respeitar.

  12. Hélio Musco says:

    Apesar de não concordar com a ideologia política do primeiro-ministro, sei que o país está a passar por uma situação complicadíssima e que nestes tempos de crise é necessário medidas que seriam impensáveis em situações normais.

    É muito fácil criticar quando tudo está arder. Difícil é encontrar soluções, mais difícil ainda é encontrar soluções que agradem a todos.

    • PTO says:

      Ora nem mais. Algum bom senso e sentido de responsabilidade nestes comentários.
      É que infelizmente por aqui abunda o narcisismo, teóricos das conspirações e militantes do Ser do Contra.
      Todos eles abundantemente banhados em ignorância, como não podia deixar de ser.

    • Almaister says:

      Explica-me uma coisa @Hélio Musco. Se o próprio Pplware refere e paço a citar…

      “De relembrar que…

      A app é de instalação voluntária

      A pessoa que está infectada pode decidir se quer alertar ou não outros utilizadores”

      Como é que é possível exigir a alguém uma multa de algo cujo funcionamento fica ao critério de cada um?

      • Hélio Musco says:

        O Pplware apenas referiu como estão actualmente as coisas. Se for aceite uma lei em que obriga a utilização desta app, então o Pplware irá ter que atualizar (ou lançar nova notícia).

        Mas esse nem é o meu maior problema. Para mim quem critica devia de contrapor outras soluções, e não só dizer mal.
        Porque no final das contas, se nada for feito, por causa das “virgens ofendidas”, e isto acabar muito mal em termos de mortalidade (esperemos que não), o PS vai ter uma excelente carta na mão: “Ah pois, nós tentamos propor soluções, vocês é que rejeitaram tudo…”

  13. João Santos says:

    Eu é que decido e sempre irei decidir se vou ou não instalar. Não estou na China por isso posso fazer literalmente o que quero dentro dos limites e da segurança

  14. Spoky says:

    Isto é só para meter medo as pessoas. Desde quando é que vão conseguir fiscalizar os telemóveis de todas as pessoas? Ou de multidões? Não conseguem ir 1 a 1, é complicado.

    Não faz sentido e QUEM ACEITA isto, esta a aceitar uma diturada. Ponham de uma vez por todas na vossa cabeça. O Vírus não vai desaparecer com esta aplicação, não serve de nada terem esta aplicação se o comportamento em estabelecimentos, encontros, grupos de pessoas não for respeitado.

    É simples quanto isto, podem sacar milhões de pessoas, não vai adiantar. Uma App não consegue acabar com um vírus, muito menos neutralizar-lo.

    Pode MINIMIZAR, prevenir não! As pessoas têm de ser conscientes disso, e obrigarem as pessoas a utilizarem esta app é CRIMINOSO, quando SEMPRE DISSERAM que era OPCIONAL e sempre disseram que só instala QUEM QUER, sempre foi dito isto.

    É inconstiticional, obrigarem uma pessoa a instalar o que quer que seja nos seus telemóveis.

    Ponto nº 1: Como sabem que o telemóvel é meu e não de uma empresa?
    Ponto nº 2: Como sabem que o telemóvel é de outra pessoa ou meu?
    Ponto nº 3: Não somos obrigados a fornecer password
    Ponto nº 4: Os telemóveis são de uso pessoais, o acesso ao mesmo sem ordem judicial é inconstiticional e vai contra as leis de proteção de dados entre outras.
    Ponto nº5: Quem não usar smartphone, vai pagar multa? Obvío que não.
    Ponto nº6: Se a App não funcionar ou não ser compatível vai pagar multa? Obvio que não

    Isto é só para meter medo as pessoas, é como uma “ameaça” para criar pânico e as pessoas se sentirem com medo, e assim instalam. Eu chamo isto de Marketing Agressivo.

    Utiliza-se as “leis” inexistentes para criar o medo, a polemica, o pânico e o que se ganha com isto?

    Comunicação Boca a boca para instalarem a App devido a poderem ser alvos de multa e fiscalização
    Medo de ser multado por não ter App
    Ser alvo de fiscalização

    É isto meus amigos, CRIAM o MEDO e depois é isto que temos um AUMENTO de downloads, não me venham dizer que é o sucesso.

    Não não é Sucesso, nem as pessoas estão preocupadas. Estão com MEDO e o MEDO leva as pessoas a agirem perante o mesmo, consequência? Maior número de downloads.

    E atenção, isto foi uma jogada perfeita a nível tático. Não só aumentaram os downloads como ainda podem, como ainda pode ser recusado e não ser aplicado.

    No caso de isso acontecer, voila. Já têm mais gente a usar na mesma! E muitos vão se esquecer de desinstalar, outros nem isso sabem fazer (pediram os primos ou amigos para instalar)

    Foi uma jogada inteligente sim senhor, os meus parabéns. Mas não instalo, e não é porque sou algum criminoso, o telemóvel é meu instalo aquilo que bem me apetecer. É um direito meu e vosso.

    Exijam e lutem pelos vossos direitos, o medo e pânico das multas já foi gerado. E o resultado esta a vista de todos.

    Felizmente não caio nestas coisas, mas há quem caia e é perfeitamente natural é o medo e o receio a falar mais alto.

    Enquanto isso, caso venham mesmo a sair com isto aprovado, sempre podem ir ao Google Play Store, procurar uma firewall e bloquear a ligação da App. Simples quanto isto (sim sei, que tirando algumas permissões também funciona) mas uma App é melhor e podes sempre a esconder. Voila, qual multa? Esta instalado, funcionar é que não vai funcionar.

    Quem aceita isto e acha isto normal, estamos perante a ditadura, quer queiram ou não. Não é uma App que vai salvar vidas.

    • PTO says:

      Blá, Blá, Blá… o teu discurso é sempre o mesmo, recheado de clichés e ignorância.

      Só esta tua frase – “É simples quanto isto, podem sacar milhões de pessoas, não vai adiantar. Uma App não consegue acabar com um vírus, muito menos neutralizar-lo.” – mostra o quão ignorante tu és.

      E mais não digo, vê se descobres porquê (se conseguires, o que duvido).

    • Hugo says:

      Porra, deixa de ser maluco rapaz.
      Mas tu achas que és mais inteligente que quem?
      És um contribuinte como qualquer outro de nós. Pára lá com a conversa de que és assim ou assado. És igual, mas com menos capacidade intelectual, só isso.

      • Spoky says:

        Hugo, se fosses ler os teus comentários em outros artigos meu deus. Deus te salve porque capacidade intelectual…. Deixa lá isso.

        É pena, se tivesse aqui os prints já estavas arrumado numa prateleira. Vens cá de vez em quando como quem não quer nada, tentas dar uma para a caixa e falhas redondamente.

        E cnpd já ninguém quer falar? Foge tudo, então que se passa? Quando o cnpd diz que viola? Já tá tudo com as mãos no bolso e a olhar para o chão?

        É para rir mesmo, logo tu que és um homem civilizado, nunca deves ter falado uma caneta ou feito um download ilegal. És a favor do que o que é nacional é bom.

        E não falas do que a CNPD disse acerca disto? Uiii, algo de muito grave se passa.

        • Hugo says:

          Mas qual arrumado. Eu não sou melhor que ninguém. Em tudo o que faço tenho sempre a aprender.
          És TU e outros como tu que se achas os donos da verdade com base em teorias. Sim TEORIAS, até ver.
          O que o cnpd disse é mais que óbvio mas isso não valida a vossa paranoia.
          Tantas apps que metem em causa os teus dados pessoais…e estás preocupado com a única que foi desenvolvida com o intuito de ajudar numa situação de pandemia? Sim, sei que não acreditas nisso mas como disse, até ver, são só teorias, a menos que tenhas informações que mais ninguém tem.
          Vão todos em contra mão…. pensem se não serão vocês que estão errados. O mínimo a fazer por uma pessoa inteligente e humilde é pelo menos tentar chegar a uma conclusão e discutir construtivamente, coisa que não são capazes porque são extremistas, literalmente.
          Da minha parte acho que existe a possibilidade de isto ser o princípio de uma ditadura, no entanto os factos nada o levam a crer para já.
          Façam o mesmo e pensem, imparcialmente.

        • Infetado says:

          A CNPD deixa de ser credível a partir do momento em que proíbe a instalação de uma camara num multibanco para identificar os autores dos constantes assaltos, porque, pasme-se, a camara não capta só os meliantes, mas todo o ambiente em redor. Depois disto, quem é a CNPD ?

          • EU says:

            Uma instituição que zela pela tua privacidade e liberdade, e que sabe perfeitamente, tal como toda a gente deveria saber, que a tua segurança é muito menos importante do que essas duas coisas.

            Repara: desde que nasceste que podes morrer e que não estás seguro em local algum, apesar de achares que sim. É por isso que a tua liberdade e privacidade deverão ser sempre mais importantes do que a tua segurança e até do que a tua vida, assim como o são para essas instituições.

    • Sergio says:

      Gastas-te tanto latim para nada.. Lê uma simples noticia e percebe o que é proposto..

      “Isto é só para meter medo as pessoas. Desde quando é que vão conseguir fiscalizar os telemóveis de todas as pessoas? Ou de multidões? Não conseguem ir 1 a 1, é complicado.”

      E vou responder só a esta parte que é para nao seres mais um movimento ” fake new”
      A obrigatoriedade está destinada apenas a Escolas e locais de trabalho ou equivalente, em pessoas que ja pessoa um equipamento adequado.

      Não me interessa discutir se es a favor da instalaçao da app, mas por favor deixa de inventar coisas e lê as noticias para nao ajudares a confundir ainda mais.

      • Spoky says:

        Fake news? Agora é tudo fake news, vou apontar isto. Para depois escrever um artigo de gozo acerca dos homens anti-fakenews.

        Se assim for a comunicação também é fake news, muitas delas falam em ser obrigatório e ainda nem a lei saiu… Muito menos aprovada.

        Engraçado, não é Sérgio? É é é meu people.

        • LR says:

          Mas tu ao menos leste a proposta do governo na integra? Ah, já sei, não te pagam para o fazer, não é?

        • Sergio says:

          Spoky, sem te querer faltar ao respeito.. sabes ler? Se tu leres a proposta do governo.. metade do que escreves-te é mentira ou impossivel de acontecer, com o que está a ser proposto.

          É que tu ainda nao percebes-te que a proposta do governo não é ires na rua e um agente da autoridade abordar-te..
          Ou se quer acabar com o virus.

          E tu quer gostes do que foi proposto ou não, estás a ser incorrecto porque nao descreves o que foi proposto, aliás notasse por todo o teu comentario que não leste uma unica noticia completa de algum site sério.

        • Infetado says:

          Tens de ter dar ao respeito. O caracter de obrigatoriedade do uso da app foi atribuido a determinados contextos. A obrigatoriedade geral como desinformadamente é veiculada pelos detratores da ideia, simplesmente não existe. Nunca existiu. Se queres verdade, divulga a verdade. Não deturpes a teu favor para justificar argumentos desprovidos de qualquer fundamento. Mesmo não cumprido com outras regras, ao fazer isto, já darias um contributo positivo para o bem de todos. Não espalhes ódio e desinformação.

    • Cansado says:

      Outra vez arroz. Tantos comentários e só escreves palha. Deixa-te de grupos de facebook de conspirações e uma vez nada vida procura não fazeres figuras tristes.

      • Spoky says:

        Em breve camarada também terei um blog para falar acerca disto mais abertamente. Vêm tentar deitar a baixo.

        • Almaister says:

          Olha que boa ideia que tiveste. Depois avisa que eu também quero ler. Já agora que plataforma vais usar ou seja, qual o site onde vais criar o blog? É que também gostava de escrever uns “disparates” se é que me entendes… 😉

    • Infetado says:

      Sabes o que é uma ditadura? Se sabes, diz-me lá qual delas é que funcionou com apps.

  15. Leandro says:

    Não instalo esta APP por duas razões:

    – gasta demasiada bateria do meu telemóvel

    – não adianta para nada relativamente á minha segurança na doença covid. Se ela me alertar á noite em casa, que tive 20 min ao pé de uma pessoa infectada nesse dia o que adianta? Telefono para a saúde 24 e mandar-me dar uma volta ao bilhar grande.
    Não me dão atestado para faltar ao emprego com tudo pago nem me vão fazer um teste que custa 100€

    • Infetado says:

      Informa-te. Em caso de isolamento profilático é-te entregue documento para entregares à tua entidade patronal que por sua vez tem de entregar à segurança social. Não sejas palerma.

  16. joaneta says:

    Report content issues or violations – Denuniar com inapropriado. Está a infringir uma regra da Google. Feito .

  17. Pedro says:

    Como tenho medo do Ps….
    Ps!ps!ps!ps!
    Eles mandam nisto tudo….

  18. ToFerreira says:

    “Aqueles que abrem mão da liberdade essencial por um pouco de segurança temporária não merecem nem liberdade nem segurança.”
    Benjamin Franklin

    E assim evolui uma ditadura socialista (pouco) encapotada, apoiada no medo da população.
    Não instalo e não desbloqueio o meu telemovel para ser bisbilhotado. Quem me vai obrigar?

  19. Filipe says:

    Não falhou apenas “a divulgação/apresentação da app”. Falhou o próprio desenvolvimento e ideia inicial. A app é completamente e absurdamente inútil. O seu funcionamento depende de “competência” e “boa vontade”/”bom senso”. Não existindo isso, 20% dos infectados tiveram código gerado. Nem 5% desse número colocaram o código na app. Para que serve? Nada.

    • Infetado says:

      Falta informação para se acabar com os disparates. Ninguém teve ideias melhores, mas quando surgiu a app a primeira coisa que se fez foi negar sem conhecer. E a seguir, peran a insistencia, desinforma-se e destila-se ódio. Falta de informação dos recetores da ideia. Falhas de comunicação nos emissores da ideia.

  20. Figueiredo says:

    Alguém me explique como meter a aplicação no meu velhinho Nokia 3310?
    Terei de desinstalar o jogo da cobrinha?

  21. Luis Martins says:

    Eu não instalo apps que usam Bluetooth porque nunca activo o Bluetooth , tem falhas de segurança gravíssimas que facilitam imenso a vida aos hackers.
    Tambem não uso GPS para assim proteger a minha privacidade.
    Uso vpns construídas e geridas por mim pois não confio na segurança das empresas que vendem serviços de segurança a toda a gente inclusive ditaduras.
    Um telemóvel com o GPS e o Bluetooth sempre ligados gastam muito mais rápido a bateria.
    Nunca na minha vida irei instalar uma app para me espiarem e seguirem os meus passos é uma total violação da minha privacidade .
    Esta aplicação usa a api da Google ou da Apple e portanto nada me garante que os dados recolhidos estejam protegido do acesso da Google e da Apple.
    Além desta app violar a constituição também viola o Regulamento Geral de Protecção de Dados.
    E para terminar sou um especialista em segurança e dos mais velhos de Portugal, uso profissionalmente a Internet desde 1986 , muitos anos antes do povo e empresas portuguesas começaram a utilizar a Internet .
    Tenho quase a certeza que esta ideia estúpida e criminosa de querer obrigar a instalar a app do Starway vai ser reprovada no Parlamento.
    Caso seja aprovado esta proposta criminosa eu irei encarregar-me de liderar um movimento para arrebentar com os servidores e serviços associados a esta app, e de forma frontal nao é às escondidas,

    • Hélio Musco says:

      Muita parra, pouca uva.
      Com tanto medo da falta de privacidade, daqui nada vai dizer que construiu um OS de raiz para o telemóvel.

      • Spoky says:

        Não vale a pena lutares. Quer queiras ou não. Tem gente que vai continuar a lutar pelos seus direitos, a dificultar a vida ao governo e muito.

        Ale ale como eu adoro ver estes tipos com a mania que vão mandar em tudo e todos, haver vamos. Quero ver se vão me multar, se tiver a app instala mas bloqueada por firewall 😮

        Não te canses, senão ainda ganhas musgo..

        • Hélio Musco says:

          Neste caso nem estava a lutar, porque está visto que o colega Luís tem alguma paranoia com a segurança. De certeza que está fora da rede eléctrica para a EDP nem saber os kWh que gasta!

          Qualquer das maneiras, se o problema é a privacidade, podem estar tranquilos. O código está disponível para todos, por isso, se forem tecnicamente capazes de entender, verão que a APP não guarda dados pessoais nenhuns, apenas guarda ids/tokens (i.e. códigos aleatórios) para comunicar.
          Em termos de Bluetooth, podem estar descansados. É um dos protocolos mais usados do mundo e está em constante melhoramento. Se fosse assim tão inseguro, era só andar de metro para apanhares pessoas a usaram headphones/smartwatches/etc com bluetooth e sacar os cartões de credito e afins, só que não…para isso acontecer tinhas que dar permissões ao atacante (e.g. emparelhar com o dispositivo do hacker – ver Bluesnarfing), e mesmo assim ele apenas teria acesso a número muito restrito de informação.
          (fonte: sou desenvolvedor de software e segurança faz parte do meu trabalho)

          Isto passou-se o mesmo quando apareceu o covid. Toda a gente era especialista em vírus, estatística, etc…agora apareceu a aplicação e toda a gente é especialista em segurança das aplicações, bluetooth, gps, etc…

      • Luís Martins says:

        Nao tenho nenhum medo da falta de privacidade pois sei defender-me e usar tecnologias que me protegem ao contrário de V.Exa.
        Nao tenho medo das armas porque sei usar as armas , nao tenho medo de andar de carro ou moto pois sei conduzir etc etc percebeu?

      • Luís Martins says:

        Para tua informação não é preciso construir um OS do zero para o telemóvel para ter privacidade basta não usar o telemóvel, pois o maior problema nao é do OS mas das redes de telecomunicações que não têm nenhuma privacidade O mesmo se passa ao andares a passear num centro comercial com cameras de segurança ficam a saber o compraste, o que comeste as lojas aonde entraste e com quem. Nesta sociedade pseudo moderna cada vez temos menos privacidade.

        • Hélio Musco says:

          Sim, mas tenho a certeza que já deves ter desenvolvido um protocolo para a camada de internet. Ainda o povo está a mudar-se para IPv6, já estás tu no IPv8.
          Continuo a dizer, não é preciso fechar tudo a 7 chaves para teres segurança. Um pouco de senso comum e evitas 99,999999% dos problemas.

          Mas se tens tanta comichão por causa da privacidade, uma cidade não é de todo o sítio ideal para ti. Parece o Big Brother, uma câmara em cada esquina. Mas adivinha porque é que as pessoas usam-nas? Segurança. Aquilo que todos nós queremos, mas por alguma razão continua a existir pessoas que fazem mal a outras e por causa dessas pessoas todos pagam, isto é, com menos privacidade. Por isso, não culpes as pessoas querem mais segurança, culpa aquelas que fazem sentir as outras inseguras.

    • PTO says:

      LOL vais rebentar os servidores de forma frontal? Excelente ideia!

      Já agora recruta o Spoky e outros anarquistas que por aqui andam para o fazerem contigo que depois na cadeia passam-vos as teorias da conspiração e a rebeldia sem causa num instantinho.

      • Spoky says:

        Cadeia de quê? Por não usar a App? Deixa-me rir. Chamas os outros de anarquistas, mas tu és outro.

        Mandas balas, mas não em tiros certeiros. Continua, hás de la chegar por tão pouco.

        • PTO says:

          “Cadeia de quê? Por não usar a App? Deixa-me rir.”

          Cadeia por rebentar servidores dos Estado, ó atrasadinho. Vê lá se deixas de fumar dessa merda para ao menos conseguires acompanhar a conversa dos adultos.

          Depois eu é que não dou tiros certeiros, LOL.
          Mas que tótó!

    • TóSousa says:

      Além de segurança paranóica não deve saber bem a história. Em 1986 a Internet não exista, a não ser para uso meramente cientifico. o TCP/IP foi tornado stardard em 1982
      Constroi VPN? Eu também com pfSense e outras open source. So what?
      Eu estou nos meus 60 e poucos, e comecei a usar a net em 1994/1995, antes disso usava as BBS…
      Então pelas contas, ele deve andar nos setentas.
      Mais um que não usa cartões, não tem faturas com NIF, não tem seguros, casa, carro, e muitas outras coisas ….. Até um comentário aqui o pode traçar se quiserem.
      Os Log’s servem para alguma coisa…. fraca paranóia.

    • Há cada gajo says:

      Facilita a vida aos hackers ?? Julgas-te quem ? Ninguém quer saber o conteúdo da porcaria do teu telelé. Que convencido este ! Seguir os teus passos ? Dás cada tiro a cada frase. Tão sábio que és sobre hacking e nem te deste ao trabalho de saber como funciona a APP. Usas a net profissionalmente deste 86 ? Interessante isso…

  22. Pessoal e a revolução!!! says:

    isto é pouca vergonha!!! Obrigar a instalar a APP no meu telemóvel!!!!!!
    eu sei o que faço com as minhas coisas. Alias ando sem bilhete de identidade e carta de condução. porque a carteira é minha e eu é que sei o que carrego na carteira ou não!!!
    Enfim viva anarquia viva a revolução!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • Spoky says:

      Viva!!! Ale é assim mesmo que se canta. Viva ao Bruno de Carvalho, viva a Alcochete viva! Bravo

      Viva Luís Filipe Vieira, oh wait é presidente do Benfica já tá desculpado das porcarias que fez. Indeed

      Viva portugal, viva a monarquia, viva o monopólio dos negócios ilícitos..

      Yeeeh e o melhor a dívida do Luís Filipe Vieira foi paga pelos contribuintes tanto que desapareceu. vivaaaaa

      Toca apoiar o estado pessoal bora bora vamos!

  23. Asdrubal says:

    Essa aplicação feita à pressa pode ter alguma vulnerabilidade que pode ser explorada por alguém. Utiliza-se a rede blutooth em que os equipamentos irão estar a transmitir normalmente dados entre si. Nesta aplicação pode ser apenas o id de outro dispositivo e fica vinculado com a localização gps. Ora, se há troca de dados, mesmo que mínimos entre dispositivos, podem ser exploradas falhas, e quem sabe algum espertinho consiga algo mais, muito algo mais do que apenas o id da instalação da aplicação de outro dispositivo, e pode até enviar algo por essa falha explorada. E quando se juntam muitas pessoas, normalmente em locais de transporte públicos, irão estar muitos equipamentos a trocar dados entre si, supostamente apenas o id.

    • Luís Martins says:

      O problema de segurança é muitíssimo mais grave do que referi no meu anterior comentário, há carradas de smartphones com versões de firmawre maiams antigas do Bluetooth com carradas de bugs que comprometem a segurança dos smartphones. O que vêm nos filmes de alguém a clonar ou roubar informações de um smartphone quando está ao perto desse telemóvel atraves do Bluetooth não é ficção científica.

    • Jomra says:

      Eu não devo ser o único a aproveitar-me do Blueborne, na minha zona já consegui sacar um valor bacano pelas aplicações banking depois de entrar nos Android com updates ainda de 2012… Enfim na maior parte dos casos é só sacar as credenciais das aplicação Notas e voilá é só utilizar remotamente a aplicação de Homebaking para comprar alguma Cryptocurrency.
      É do meu interesse que as pessoas continuem a instalar para mostrar o quão grave é utilizar o Bluetooth de forma quase permanente e pior em dispositivos extremamente antigos, da melhor forma que se pode fazer atacando as carteiras.

      O meu problema não é com a ideia da aplicação, mas sim como ela está pensada para funcionar.

      Vi vários comentários sobre estar tudo identificado pelo NIF e pelas transacções bancarias e ninguém ter nada a esconder, mesmo tudo isso sendo verdade vou propôr o seguinte… Coloquem as vossos utilizadores e passwords aqui de todas as contas que tenham, afinal para quê ter um código certo ou mesmo uma fechadura em casa certo?

      A ideia de forçar as entidades referidas e os seus alunos, colaboradores, etc…. Não é ético, o estado se quer que as pessoas instalem e usem devem mostrar as vantagens de forma a convencer as pessoas pelo que é certo e não pela força.

      Saúde a todos!

  24. Henrique says:

    LOL, incrivel, minha mãe não tem telemóvel, porque nunca o queria, nunca foi de tecnologias vão obrigar a comprar ou o governo vai oferecer um para instalar app? HAHHHAH, acreditem no Costa ainda existe por ai muita gente que não usa. isso de obrigatoriedade tem muito que se diga, enfim, protegem-se com mascaras, lavem as mãos, distanciamento social, nada de borgas, isto é um virus mas o pior “virus” somos nós ” aqueles que ainda não acreditam na doença” sou profissional de saude tomo as minhas cautelas, mas vejo pessoal como se nada passasse, querem que chegue a altura como aconteceu em países que tiveram que desligar ventiladores? optar quem vive e quem não vive? se continuar-mos com essas atitudes para lá caminhamos

    • PTO says:

      “LOL, incrivel, minha mãe não tem telemóvel, porque nunca o queria, nunca foi de tecnologias vão obrigar a comprar ou o governo vai oferecer um para instalar app?”

      É óbvio que será obrigatório apenas para quem tem meios para a utilizar. Seria de esperar que um alegado profissional de saúde fosse mais inteligente.

      • Almaister says:

        Agora estiveste bem… 😀

      • EU says:

        Certamente que tem inteligência suficiente se for necessário salvar-te a vida.

        O corpo humano também é open source mas tenho a certeza que não percebes muito do que nele se passa.

        Deixa-te de juízos acerca da inteligência das outras pessoas. Sabes lá tu o que cada pessoa conhece ou ignora…

  25. Joao says:

    Sem querer entrar em polémicas tenho uma questão que não consigo mesmo perceber, será que me podem ajudar a compreender:
    Se, quem sabe que está infetado, e até tem o tal código para colocar na APP, não teria de supostamente estar em casa em quarentena??? Se sim, então porque é que precisa de meter o código na APP? Nesse caso, se está em casa nao irá contagiar ninguem. Se sabe que está infetado e mesmo assim anda fora de casa (sem fazer a quarentena) então já é um crime e não acredito que quem faz isso se preocupe muito em colocar um codigo numa APP. Dito isto, onde é que a APP nos pode realmente ajudar?

    • Luís Martins says:

      Se essa pessoa infectada meter o código na app , teoricamente as outras pessoas que estiveram em contacto com essa pessoa irão receber um alerta se também tiverem a app instalada.
      Tudo muito bonito, mas as falhas de segurança são gigantes pois o Bluetooth não é seguro por via de ter falhas de segurança nos firmwares dos telemóveis nas versões mais antigas .

      • PTO says:

        “Tudo muito bonito, mas as falhas de segurança são gigantes pois o Bluetooth não é seguro por via de ter falhas de segurança nos firmwares dos telemóveis nas versões mais antigas .”

        Sim, sim, temos tido ENORMES ataques via bluetooth de forma MUITO regular e sistemática na MAIORIA dos telemóveis da população portuguesa. Sem dúvida que o risco é GIGANTESCO.

        Enfim…

    • Pedro Silva says:

      Bom dia João, e espero que esteja tudo bem consigo.

      Vou responder ao seu comentário, apenas porque foi o primeiro que não entra em discussões fúteis e porque é a primeira pessoa a tocar no ponto nevrálgico.

      Funciona desta forma:

      Eu e você temos a app;
      Tivemos contacto próximo um com o outro;

      Eu posteriormente começo a ter sintomas e ligo para a Saúde 24. Encaminham-me para o SNS … faço o teste e dou positivo. Irei receber o código do médico para inserir na app.
      Ao inserir, você irá receber a notificação que teve contacto com alguém.

      Problemas: Para começar, e como já foi referido publicamente… os médicos avessos à tecnologia, muitos nem sabem que tinham de fornecer o código aos pacientes;
      Muitos pacientes infectados, paranóicos ou não com a privacidade, não irão meter o código.
      Outro problema, mas aqui entra a minha parte leiga na matéria, se eu tiver contacto consigo no dia 1, e nesse dia eu posso estar a incubar o virus (penso que já seja suficiente para eu poder transmitir a outros) . Começo a ter sintomas 10 dias depois. Vou ao médico, faço o teste, demoro mais um dia ou dois a receber o código. Recebo a confirmação. E se eu colocar o código apenas dois dias depois? Já irá passar o período dos 14 dias de contacto consigo, mas poderei ter transmitido. (Sim,a culpa seria minha por não ter colocado logo no próprio dia mas isto apenas é um indicador que é inviável.)

      https://expresso.pt/sociedade/2020-10-10-App-StayAway-Covid.-Medicos-criam-codigos-para-menos-de-2-dos-casos
      https://pplware.sapo.pt/informacao/stayaway-covid-dos-403-codigos-gerados-apenas-113-foram-usados/

      • Joao says:

        Muito obrigado Pedro Silva pelo seu esclarecimento. Assim, realmente já me faz mais sentido a APP

      • Miguel says:

        Ou seja, o que realmente é fútil é a App.
        Já há milhares em lista de espera para rastreio e anda tudo preocupado com uma app fútil.

        • PTO says:

          Tudo que possa contribuir para evitar mais propagação de infeções, por pouco que seja, nunca será fútil. O que é fútil e irresponsável é a desinformação que por aqui é espalhada por alguns comentadores ignorantes.

          • Miguel says:

            É fútil e ponto final. Não há nada de útil nesta app para combater a pandemia. Isto é mais uma medida tosca porque para as necessárias já não há dinheiro

          • Tuga says:

            E haverá muito menos a continuar com esta avalanche de irresponsabilidade individual de cada cidadão chico-mais-esperto-que-todos.

      • Almaister says:

        E porque razão esse código não é introduzido automaticamente no SNS (que depois a pp teria acesso a uma base de dados por exemplo) em vez de ser dado aos “infectados” na esperança que cumpram o seu dever cívico e usem o código na app?

    • LR says:

      De forma simples: imagina que fazes análises e descobres que tens uma qualquer DST. Não usando recebes o resultado da tal análise, ligas a uma amiga com quem tiveste relações 8 dias antes, para a informar de que PODE estar também infectada, e que deverá fazer análise a confirmar. Ora é assim que a app funciona. O “Manel” faz o teste de Covid e dá positivo. Insere o código na app. A app notifica o sistema, que por sua vez notifica os telemóveis que estiveram perto (segundo os padrões definidos) nos últimos 14 ANTERIORES AO RESULTADO POSITIVO. Será assim tão difícil de entender?

    • PTO says:

      A pessoa só tem acesso ao código no PRECISO momento em que testa positivo. E nessa altura, ao inseri-lo na app o sistema vai alertar todas as pessoas que estiveram perto daquele telemóvel nos 14 dias ANTERIORES à data em que a dita pessoa testou positivo.

  26. Miguel says:

    Ai costa costa… então andaste a dormir no verão com festas e festinhas por todo o lado, e em vez de fazeres o trabalho de casa vens-me obrigar a instalar uma app?
    No meu telemóvel ainda mando eu meu menino… passa mas é a pasta a outro que não tens jeitinho nenhum para isto 😉

  27. Sardinha Enlatada says:

    Resumindo e concluindo, esta app so serve para gerar mais confusao e medo as pessoas. Virus em periodo de incubacao ? Mostrem-me um artigo onde esta provado que o virus consegue fazer isso ? Parece um alien a crescer-nos por dentro neh ? lol

    • Pedro Silva says:

      Bom, concordo em absoluto que a app apenas serve para gerar confusão e para “mascarar” a incompetência do governo na gestão desta crise.

      Relativamente a “Virus em periodo de incubacao ? Mostrem-me um artigo onde esta provado que o virus consegue fazer isso ? Parece um alien a crescer-nos por dentro neh ? lol” como não o conheço não sei se está a ser sarcástico mas de todo o modo deixo um link a explicar a situação (e no qual existem estudos). Se não sabe o que é o período de incubação de vírus…

      https://www.news-medical.net/health/Coronavirus-Incubation-Period-(Portuguese).aspx

      • Sardinha Enlatada says:

        Pedro esse site a mim parece-me mais um artigo de opiniao. Isso nao prova que e exactamente assim. E onde e que o virus e incubado especificamente ? So fala dos periodos de incubacao nada mais.

    • PTO says:

      Período de incubação é o tempo decorrido entre a exposição a um organismo patogénico e a manifestação dos primeiros sintomas da doença.

      Entre outras, todas as doenças causadas por bactérias e vírus têm um período de incubação. Alguns desses períodos são de apenas umas horas e outros podem durar semanas ou meses.

      Santa ignorância!

  28. PMT says:

    Primeiro o dedo, depois o braço…

  29. Ricardo Oliveira says:

    Tive a aplicação instalada, até ontem!

    • PTO says:

      Então porquê, roubaram-te o telemóvel ou o teu sentido de consciência cívica e de responsabilidade social era assim tão fino que estalou o verniz?

  30. Sergio says:

    Eu instalei sem problemas ainda antes desta proposta de obrigaçao e como disse alguem aqui ontem e bem, a obrigatoriedade descrita na noticia tem de ser bem interpretada .

    Seja como for e contrariando o artigo, no meu smartphone mantendo ligado 24h o bluethoo e a localização, notei que gastei mais bateria.. acho que isso é factual.
    Como é obvio, uma pessoa se for cuidadosa vai ligando e desligando conforme o local onde está.
    Até porque basicamente, o governo so quer obrigar no local de trabalho e escolas.. tal como eu na minha empresa obrigo os meus colaboradores a usar medidas extra se necessario.

  31. Nhecos says:

    A informação sobre o funcionamento da aplicação está disponível bem como o código que é aberto. Dado que este é um blog de tecnologia a ignorância demonstrada nesta secção de comentários continua a chocar-me.

    Disto isto, sou contra a obrigatoriedade uma vez que para a enforçar isso significa que em teoria posso ser obrigado a desbloquear o meu telemóvel para alguém o inspeccionar. É uma medida proposta por quem claramente não percebe as implicações.

    Em vez disso, o governo devia ter investido sim em campanhas de educação sobre a aplicação para dissipar dúvidas. Ainda ontem no telejornal da RTP3 a jornalista pensava que a aplicação guardava dados geolocalização e fazia comparações com as apps chinesas e coreanas.

    A aplicação é mais uma ferramenta que ajuda a evitar possíveis contágios e não interfere em nada no normal funcionamento do smartphone para além de gastar um pouco mais de bateria por ter o Bluetooth sempre ligado. Não custa perder 10 minutos a ler um pouco e ficar mais esclarecido em vez de saltar logo para as teorias da conspiração.

    • PTO says:

      “Disto isto, sou contra a obrigatoriedade uma vez que para a enforçar isso significa que em teoria posso ser obrigado a desbloquear o meu telemóvel para alguém o inspeccionar. É uma medida proposta por quem claramente não percebe as implicações.”

      Sinceramente não vejo que isso seja assim um problema tão grande como o querem fazer parecer. Se uma autoridade te pedir para demonstrares que tens a app instalada apenas tens de abrir a referida app e virar o tlm para o policia que logo o primeiro ecra da app aparece a verde com a menção: “Não foram registados quaisquer contactos de proximidade com elevado risco de contágio. A StayAway Covid está em vigilância permanente”.

      Caso a app não esteja ativa o ecrã que aparece é azul e tem logo à cabeça a informação “Rastreio Desligado”.

      Resumindo, é como quando nos pedem o cartão de cidadão tb não nos pegam na carteira para o procurar pelo que tb não nos vão inspeccionar o nosso telemóvel.

  32. Peter Balsemao says:

    O que o governo queria conseguiu , por um bando de tomanés a promover a merda da app. Nao atingiram totos?

  33. C.S. says:

    Estão umas contas bem feitas.
    Então se já havia 1 milhão e tal de downloads como é que mais 177.470 representa um aumento de 140%?
    Não revejam a matemática que não vale a pena.

    • PI says:

      Com calma! O artigo do pplware menciona que o número de downloads foi de 177470, entre quarta e quinta. Não diz que, no mesmo período de tempo anterior, tinham sido registados 73509. Tendo em conta estes valores, é assim que se mostra que houve um crescimento de 140%.

  34. Miguel says:

    So aqui vi para ver os comentários dos covideiros profissionais, e estou a gostar.

    Alguns já estão tão infectados com o virus da covidisse que comparam a obrigatoriedade de ir á escola e levar vacinas para doenças com alta taxa de mortalidade com uma app de origem duvidosa, inútil e que viola a constiuição. Borreguinhos…béééé

    • Hélio Musco says:

      “app de origem duvidosa”…o código é open-source…irraaaaa. Já dizia o outro: “O pior cego é aquele que não quer ver”

      • Spoky says:

        “Considerando que o código-fonte do software utilizado não está publicado na totalidade, pois falta a componente fundamental relativa à parte que é controlada por Google e Apple e cujo funcionamento não conhecemos, é mais que legítimo questionarmo-nos sobre se queremos ou não instalar esta app”

        “a obrigação de instalação de uma app, qualquer que seja, é uma intrusão inédita e antidemocrática, digna do autoritarismo chinês e não do modelo europeu de sociedade”.

        Isto serve para os dois @LR e @Hélio Musgo

        • Hélio Musco says:

          Para o primeiro ponto: Estás sempre dependente de alguém. Neste caso é a Google e a Apple porque são eles que providenciam a API. Sem este mecanismo, era muito mais complicado e muito mais custoso para os programadores.
          O sistema Android e iOS (para não falar das apps todas) também tem os seus problemas, mas não é por isso que as pessoas deixam de utilizar, mesmo havendo alternativas.

          Para o segundo ponto. Já tinha falado nisto noutro comentário. Nós não estamos a viver numa situação normal, e por causa disso é preciso de abdicar de certos direitos para que outros possam viver. Por exemplo, ninguém gosta de ficar confinado, ninguém gosta de usar máscara, ninguém gosta de ver os bares fechados, ninguém gosta de lavar as mãos com álcool 50x por dia, ninguém gosta de estar afastados dos amigos, etc…isto tudo são regras que tiveram que ser tomadas porque as pessoas não ouviam as recomendações. A aplicação é apenas mais uma. Quanto mais cedo as pessoas preocuparem-se com os outros, mais cedo saímos desta crise, mais cedo acabam-se estas regras todas.
          Não é cada um por si porque isso só vai prolongar a situação em que nós estamos.

        • PTO says:

          Com essa enorme preocupação com o que a Google ou a Apple consegue saber sobre ti de certezinha que ainda deves usar um telemóvel de teclas dos anos 90.

          Ou isso ou és absolutamente incoerente. Take your pick.

      • Miguel says:

        Duvidosa na parte”monetária”!
        Aliás como muita porcaria deste governo.

        • Hugo says:

          O teu problema é achares que algum dia os governos não vão ser corrupto ou todos os negócios vão ser imparciais.
          É melhor aceitares isso do que viveres para sempre revoltado com essa utopia.
          Se acho bem? Claro que não, mas o facto de existirem corruptos não faz com que tudo seja corrupção e todas as tuas opiniões valham alguma coisa. Até um relógio parado está certo duas vezes por dia.
          Se queres ser esse relógio força, estamos cá para rir.

    • LR says:

      Pronto, e agora que já viste, podes ir andando, para ir mudar a folha de alumínio, ok? Bom fim de semana.

    • PTO says:

      “app de origem duvidosa” – se não sabes a origem então é porque ou és ignorante ou não queres sequer saber.

      “inútil” – funciona e já alertou dezenas de pessoas. Não tem mais eficácia devido a pessoas como tu.

      “viola a constituição” – o teu conhecimento da constituição deve ser igual ao teu conhecimento de fusão nuclear a frio.

      “Borreguinhos” – muito bons assados com batatinhas e grelos, acompanhado de um bom tinto encorpado.

      • Miguel says:

        Este já nem com lixivia. O virus da covidisse já te está a comer os miolos..bééééé….

        • PTO says:

          Uau, és fenomenal na tua capacidade de argumentação!
          Parabéns!

        • EU says:

          Dada a frequência e a avidez com que o PTO comenta, em 99% dos casos comentários sem grande conteúdo, ainda não percebi se ele é um deputado pago com o dinheiro de todos nós ou se é alguém que não tem que fazer mas que combate com todas as suas forças a favor do actual governo.

          Qualquer que seja o caso, ja ignoro os comentários dele porque, para mim, na sua maioria pouco acrescentam de interessante.

  35. TóSousa says:

    Spooky

    Duas coisas:
    Devias aprender a escrever português já que os erros são mais que muitos;
    Devias tentar fazer algo de útil em vez de andares a perder tempo com estas tretas que escreves.

    Fica bem e cuida-te

  36. Samuel MG says:

    Agora é a Stayaway Covid , a seguir é o MB Way. A obrigatoriedade leva a pessoa a comprar um smartphone com pelo menos o Android 7, a instalar a app e por fim a subscrever um pacote de dados no smartphone. Resumindo a obrigatoriedade vai fazer uma pessoa gastar mais ou menos 400 euros no primeiro mês e depois pagar o pacote de dados todos os meses, sendo o salário mínimo menos de 635 euros como é que a pessoa vai comer com esta despesa adicional? Governo vai pagar o smartphone a quem não pode? Vai pagar a subscrição do pacote de dados? NÃO!! Outra coisa é contra a regras da UE (mais uma multa para Portugal).

    • PI says:

      “A obrigatoriedade leva a pessoa a comprar um smartphone com pelo menos o Android 7, a instalar a app e por fim a subscrever um pacote de dados no smartphone.” – What!?

      A obrigatoriedade não leva a pessoa a comprar nenhum smartphone!

      O art. 4º da proposta para discutir a obrigatoriedade do uso da aplicação na assembleia da república diz que “é obrigatória, no contexto laboral ou equiparado, escolar e académico, a utilização da aplicação StayAway Covid pelos possuidores de equipamento que a permita.”

      • Samuel MG says:

        A app requer casualmente acesso à internet pelo que leva à subscrição de pacotes de dados.
        “… aplicação, duas vezes por dia, sem hora certa, acede ao SPD e descarrega as chaves TEK aí disponíveis até ao limite de 14 dias anteriores.”

  37. JCR says:

    O Portugal do século 21 e do anterior também, sempre dispensou as classes mais baixas e desfavorecidas, e portanto, rumo em frente, que a panaceia da COVID-19 encontra-se numa APP 1000% inútil!

    Basta o infectado não meter o código de 12 algarismos, e torna-se logo inútil, mas não, o cabeçolas do Costa, toca a inventar 1 alarme e multas, para as pessoas depois andarem que nem loucas, a fazerem downloads duma, e repito, APP inútil!

    E não, não é assim tão simples o sistema, porque não basta 1 pessoa infectada introduzir o código, tem que também ter a APP instalada antes de estar infectado, e partilhar depois, com o servidor que está na Casa da Moeda, todos os código trocados com as pessoas com que teve contacto, e só aí é que as pessoas com quem contactou, é que são avisadas!

    É mais fácil ganhar o Euromilhões, do que alguém ser notificado, dada a probabilidade reduzidíssima! Mas também depois iremos ver começar os milhares e milhares de falsos alertas, caso a APP da treta seja adoptada pela maioria da população (eu não), mas depois pergunto, há testes suficentes para testar essas pessoas?

    E não basta só ter a APP instalada, tem que se ter também internet no telemóvel, e bluetooth sempre ligado, toda a gente anda a todo o segundo com esse meio de comunicação que não gasta nenhuma bateria, sempre ligado, pelo que, sem sombra de dúvidas, que as classes mais desfavorecidas, vão ser postas de lado, como sempre foi feito!

    Portugal não é a ditadura comunista da China, aonde tudo é controlado por APPs, em telemóveis que custam o preço da uva mijona, mas o acéfalo Costa quer que o nosso país se torne numa mini-China, só pode! E também não é cobaia para implementações de George Orwell!

    A APP usa, segundo investigação da Deco, o sistema de notificações GAEN (Google/Apple Exposure Notification), e cujo o código fonte desse serviço, não é público, os 2 gigantes não disponibilizaram, mas mais detalhes, ver o enderço da Deco:
    https://www.deco.proteste.pt/tecnologia/telemoveis/noticias/stayaway-covid-nao-recolhe-dados-mas-suscita-reservas

    Precisava de comprar 1 novo telemóvel, mas enquanto, se vier a acontecer, a obrigatoriedade estiver em vigor, mantenho o meu velho telemóvel, ninguém me impõe nada da treta, que não vale nada de nada!

    A UE hoje disse que as APPs devem ser facultativas e não obrigatórias, e não deve haver nenhum penalização, se 1 pessoa não tiver instalado. Os autoritarismos, têm sempre os efeitos contrários ao pretendido, mas os burros estão todos na UE, nós, mais concretamente, o “Marquês” Costa é que é o esperto deste “reino”!

    Multas de 500 €, era caso para derrube do governo logo, mas o PR Costa 2 anda de papo cheio, à conta da desgraça em que o povo que ele é presidente anda e está!

    Termino com 1 pergunta: se 60 ou 70% das pessoas tiverem a APP instalada, mas os números continuarem a subir, o que é que se segue? Andarmos todos em casa, com tubo de mergulhador? Ideias ridículas e absurdas, criam sempre alarmismos, e é por isso que sou 100% contra esta APP, que já se viu bem que é inútil, mas mesmo se não fosse, continuava a ser, porque não abrange 100% da população Portuguesa, mas isso desde há muito tempo, que os nosso políticos têm este comportamento, de varrer para baixo do tapete, os mais desfavorecidos da nação Lusa, e contra isso, estari sempre contra!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.