PplWare Mobile

Huawei perde o interesse do público e dá lugar à Samsung e Xiaomi


Imagem: Yahoo

Fonte: Reuters

Desenvolveu desde cedo o gosto pela escrita e comunicação. Em leis formado, tem como hobbies a aquariofilia e a música. Mas é na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e no Pplware a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.

Destaques PPLWARE

  1. Olhos azuis says:

    Xiaomi tudo bem agora Samsung, fujam dessa “Sangsuga “

  2. Olhos azuis says:

    Xiaomi tudo bem agora Samsung, meu deus

  3. iFernando says:

    EUA dominam a tecnologia.
    Software é o mais importante.
    Depois são os processadores.
    O parafusos e carcaças ficam para os Chineses

    • Barta says:

      Meu deus, como andas desinformado. O problema dos EUA é mesmo não dominar as tecnologias e verem-se ultrapassados por uma rival chinesa. o problema é o 5G e o domínio da Huawei.
      Se a Huawei está a perder, não penses que as empresas americanas estão safas, aliás elas já reportam os prejuízos que daqui advém e por isso já há movimentação interna (EUA) para acabar com este imbróglio.

      Por isso os russos puseram lá o trump, é a chacota.

      • Pedro Sousa says:

        Já viste os casos que a Huawei tem pedido em tribunal por roubar propriedade intelectual?
        Já viste que os seus funcionários vão a feiras tecnológicas disfarçados e desmontam aparelhos inovadores para os fotografar?
        Código fonte roubado à cisco…
        O robot da T-mobile…
        Falsificação de benchmarks…
        Usar dslr a passar por um Huawei…
        O modo de lua que falsifica as imagens com uma imagem de alta resolução da lua…
        Achas que não há motivos para desconfiar de uma empresa que sempre cresceu à custa do trabalho dos outros dem dó nem piedade já para não falar de moral???

        • Jorge Carvalho says:

          Samsung’s latest bendable screen technology has been stolen and sold to two Chinese companies, according to prosecutors in South Korea.

          The Suwon District Prosecutor’s Office charged 11 people on Thursday with stealing tech secrets from Samsung (SSNLF), the office said in a statement.
          The prosecutors allege that a Samsung supplier leaked blueprints of Samsung’s “flexible OLED edge panel 3D lamination” to a company that it had set up. That company then sold the tech secrets to the Chinese firms for nearly $14 million, according to the prosecutors.
          They did not name the people or companies involved in the theft.
          Samsung Display, a subsidiary of the South Korean conglomerate, said in a statement Friday that it was “surprised and appalled at the results of the investigation by prosecutors.”
          The findings come at a time of intensifying competition for new tech among rivals.
          Samsung or Xiaomi? It’s a two-horse race for India’s smartphone market
          Prosecutors said Samsung invested six years and some 150 billion won ($130 million) to develop the bendable screen.
          As demand for high-end smartphones begins to wane in key markets, companies have been searching for the next big thing to convince consumers to upgrade their devices.
          Samsung’s bendable screen had been hyped as a potential game changer. The company teased the tech at a conference earlier this month, showing images of a new folding smartphone.
          Samsung is the world’s largest smartphone maker, accounting for about 20% of global market share last quarter, according to research firm Canalys.

          Investigators have not been able to track down and question two Chinese individuals believed to be involved in the case, and have asked Interpol to help find and detain them. Of the 11 people indicted, three have been detained.
          A trial date has not yet been set.

        • Roberto Moura says:

          Mas Bill Gates e Jobs não fizeram o mesmo, entrando disfarçados na Xerox, como “visitantes”, copiar a tecnologia da Xerox e “criar” os próprios sistemas, há décadas?
          Também “roubaram” propriedade intelectual.
          E todo mundo aceitou.

      • iFernando says:

        Berta o que é tecnologia para si?
        Que eu saiba tecnologia é software e hardware. Tecnologia é Tesla; Android; Microsoft; Apple; Facebook; Gmail; Whatsapp; Intel; Qualcomm….Tudo dominado pelos EUA.
        Lucros das empresas americanas nunca foram tão altas: Lucros Microsoft cerca de 30 000 000 000€. Lucros Google cerca de 26,6 mil milhões de euros.
        D. Barta só diz mentiras. Por favor, tenha o cuidado de se informar antes de vir para aqui enganar os mais distraídos.

        • Karrico says:

          Em que ano estás? Eu estou em 2019. Mudou muita coisa. Informa-te antes de dizeres barbaridades. Não vale a pena dar lições de moral a quem fala só dos lucros de empresas dos EUA. Sem comentários.

        • Karrico says:

          Em que ano estás? Eu estou em 2019. Mudou muita coisa. Informa-te antes de dizeres barbaridades. Não vale a pena dar lições de moral a quem fala só dos lucros de empresas dos EUA. Sem comentários.

          • iFernando says:

            só respondi à Berta que dizia que as empresas maiores e mais lucrativas do Mundo estavam falidas. e a ti agora também, porque essas empresas aumentaram os lucros no primeiro trimestre de 2019. Não percebo onde esta gente (Karricos e Bertas) vão buscar essas ideias. O que aconteceu em 2019?

      • iFernando says:

        Berta estás a sonhar alto. Nem uma única frase tua é verdadeira. És o cumulo da ignorância. Aconselho-te a leres mais sobre estes temas.

    • Malamen says:

      Era os “seus” cientistas e pesquisadores voltarem para o país de origem e veríamos o grande domínio que eles têm… cereais e algodão…

  4. Greenshines says:

    Quando baixarem os preços vamos ver tudo a voltar à huawei novamente 😀

    • Filipe F. says:

      Porque? Porquê comprar um dispositivo que a partida nem terá o novo Android nem OTA updates da Google que serão pela play store na nova versão? Estes equipamentos vao desvalorizar muito.

      O estranho nesta noticia é que se calhar o Trump queria beneficiar a Apple, e acaba a ”beneficiar” a Samsung e outras chinesas lol

  5. Antonio Magalhaes says:

    Bem dito Barta, os Americanos começaram a ficar para trás em relação a tecnologia ultrapassados pelos Chineses da huawei por isso o Sr Trump arranjar mais um problema ou uma calúnia para a huawei perder milhões. Tanta polémica e os iPhones sao montados na China!!

  6. Briga says:

    A guerra comercial não se faz apenas de restrições… No papel principal estão estas pseudonoticias, que cirurgicamente vão aparecendo para que a populaça não esqueça. A realidade não é bem essa que faz querer passar. Não é á toa que a Huawei é líder no 5G e está em segundo a nível mundial na venda de tecnologia, bem á frente da Apple. Faz sentido esta pressão? Faz. Os EUA estão a perder o comboio das novas tecnologias.

  7. pic says:

    APPLE APPLE APPLE

  8. Bruno Bispo says:

    Continuem desvalorizando os smartphones da Huawei pra eu comprar um e jogar uma custom rom nesse garoto

  9. Vasco says:

    A carneirada que faça o que bem entender. Eu, por mim, continuo fiel à Huawei porque está muito à frente da concorrência e não há trumpeta que me imponha o que devo pensar ou comprar. Os cães ladram, mas a caravana vai acabar por passar, logo que a poeira assente é seja possível ver com clareza.

    • rodrigo says:

      o problema nao sera os telemóveis de Huawei de agora..serao os futuros modelos que nem vao existir.
      A mesma coisa aconteceu com a marca de telemoveis ZTE que deixou de existir.

  10. meio_metro says:

    Proponho ao pplware fazer uma noticia sobre a Huawei e as capacidades da empresa para dar a volta ao assunto.
    Isto se tiverem inteligência para fazer uma verdadeira pesquisa não baseada em opiniões de outros e tomates para apresentar a empresa como ela é

    • Fulano says:

      Pelo que tenho estado a ler em vários sites de economia e tecnologia, este ban do Trump está a sair ao lado do esperado, visto que a grande maioria dos Países continua a encomendar e a instalar equipamento Huawei e mesmo dentro dos EUA já existem departamentos do próprio governo a exigir biliões de dolares para poderem alterar o sistema por equipamento com qualidade inferior e que não serve no geral à população. Alemanha, Polónia e Inglaterra são apenas alguns dos Países da UE que continuam a importar e a vender Huawei e a Austrália já disse que o ban do Trump não terá qualquer impacto no País.
      Tanto que o Trump já admite a Huawei no acordo comercial com a China, e sendo assim, tudo não passa de mais uma trumpalhada para que certas empresas Americanas que recentemente têm acumulado milhões de prejuizos mensalmente pudessem ter algum impacto na economia.
      Já na Asia, não se notou qualquer impacto…

      • meio_metro says:

        Eu sou developer e posso-te dizer que a mais de um ano que não posso usar Huawei nos EUA. No entanto na UE era o mais vantajoso de todos porque eles até o código fonte te dão para poderes fazer o teu próprio sistema, o único contra é que para eu ter um sistema assinado por mim eu tinha que fazer uma encomenda de no mínimo 5000 telemóveis do mesmo modelo e a partir daí eu podia usar o sistema deles para assinar o meu sistema e ter o meu próprio sistema de updates OTA.

        Será que uma empresa com esse nível tecnológico tem assim tanta dependência nas outras empresa?

    • Jorge says:

      Go to china

  11. Fulano says:

    Pelo que tenho estado a ler em vários sites de economia e tecnologia, este ban do Trampas está a sair ao lado do esperado, visto que a grande maioria dos Países continua a encomendar e a instalar equipamento Huawei e mesmo dentro dos EUA já existem departamentos do próprio governo a exigir biliões de dolares para poderem alterar o sistema por equipamento com qualidade inferior e que não serve no geral à população. Alemanha, Polónia e Inglaterra são apenas alguns dos Países da UE que continuam a importar e a vender Huawei e a Austrália já disse que o ban do Trampas não terá qualquer impacto no País.
    Tanto que o Trampas já admite a Huawei no acordo comercial com a China, e sendo assim, tudo não passa de mais uma trumpalhada para que certas empresas Americanas que recentemente têm acumulado milhões de prejuizos mensalmente pudessem ter algum impacto na economia.
    Já na Asia, não se notou qualquer impacto…

  12. Fulano says:

    Pelo que tenho estado a ler em vários sites de economia e tecnologia, este ban do Trump está a sair ao lado do esperado, visto que a grande maioria dos Países continua a encomendar e a instalar equipamento Huawei e mesmo dentro dos EUA já existem departamentos do próprio governo a exigir biliões de dolares para poderem alterar o sistema por equipamento com qualidade inferior e que não serve no geral à população. Alemanha, Polónia e Inglaterra são apenas alguns dos Países da UE que continuam a importar e a vender Huawei e a Austrália já disse que o ban do Trump não terá qualquer impacto no País.
    Tanto que o Trump já admite a Huawei no acordo comercial com a China, e sendo assim, tudo não passa de mais uma trumpalhada para que certas empresas Americanas que recentemente têm acumulado milhões de prejuizos mensalmente pudessem ter algum impacto na economia.
    Já na Asia, não se notou qualquer impacto…

  13. Paulo says:

    Bem mas pelo menos a Xiaomi não tá a ser PORCA como a Samsung e não está a oferecer descontos pela troca.

  14. Sergio says:

    Quando a Xiaomi passar a apple o Trump faz o embargo à xiaomi, isto tem tudo a ver com guerras de empresas, a Huawei fez confusão a muita gente ter o sucesso que teve

  15. Tiago says:

    A questão de fundo que se coloca não são as marcas “A” ou “B” mas sim a tecnologia e essa sim os EUA estão perder a batalha neste segmento e há que interromper a hegemonia alheia !

    • iFernando says:

      não vês que é a tecnologia Americana que domina os Huawei? Não vês que está tudo dependente da tecnologia Americana? (Android, Gmail, Onedrive, Intel, Qualcomm, Facebook, Whatsapp, Office, Xbox,… a lista não tem fim) e tu vês??

      • Miguel says:

        Não sabes o q dizes. As empresas são americanas mas a América dependa da China. Já para n falar que Googles e afins são lideradas, pensadas e executadas por pessoas que são tudo menos americanas. Nem a Apple é 100% americana. N sabes o q dizes. Se a China corta relações com a América 100% sabes quantas dessas empresas morriam? Todas. A n ser q mudassem as empresas para outro país. Palas nos olhos n te faz bem.

        • iFernando says:

          Dizes bem as empresas são Americanas.
          Dizes bem nessas empresas há muitas nacionalidades, mas…só dentro dos EUA, as empresas encontram um ambiente de negócios propício ao crescimento de grandes empresas como a Google, Microsoft Youtubes e muitos outros…
          Em mais lado nenhum do Mundo existe esse ambiente empresarial.
          ( a dependência é outro assunto, os EUA podem mandar montar os aparelhos na India ou outro País. Enquanto que a China não tem outro País onde possa comprar sistemas operativos e outras grandes apps de uso universal.)

          • Bruno says:

            Normalmente os iGnorantes só vêm o que lhes interessa. A maquina de marketing da maça é boa, mas só mesmo a maquina de marketing.
            A china se cismar que não produz os componentes electrónicos (Não só processadores) para as marcas americanas, nenhuma delas se aguenta. Até podem mandar fabricar na Índia, mas até esta ter capacidade total para produzir vão passar anos e as marcas americanas acabam por ser ultrapassadas. Não se esqueçam que esta guerra do trump pode até acabar com a cisco, intel, amd, nvidia. Basta a china se negar a produzir uma simples resistência ou condensador necessário em qualquer circuito electrónico para as empresas americanas. Quer os iGnorantes gostem ou não a china é a nova maior potencia mundial e os Americanos não estão a gostar.
            Agora será que o problema do Trump e dos EUA, que acusam a Huawei de espionagem, nao poderá eventualmente se dever ao facto de o mundo estar a deixar de usar Cisco, HP e outras marcas americanas nos equipamentos de Rede activos (Routers, Switchs, servidores, antenas, etc) e a NSA começar a deixar de ter acesso a informação como tinha?
            É que mesmo o Sistema de DNS já começa a deixar de ser centralizado nos estados unidos. Todo o trafego já não passa por lá e para eles é um problema.

          • iFernando says:

            BRUNO – Onde é que a China vai comprar Apps Universais e Sistemas Operativos fora dos EUA??? Em lado nenhum!
            Vou tentar explicar melhor a ver se percebes. O culto Bruno comprava um telemovel: sem Facebook, sem Gmail, sem WhatsApp, sem Youtube, sem GoogleDrive, sem Office, sem LibreOffice, sem OneNote,sem…?

  16. Mapril Gouveia Oliveira says:

    Quando os britânicos ocuparam Hong Kong pela força, os chineses tentaram negociar a devolução do território após 99 anos. Os britânicos, talvez achando que 99 anos eram uma eternidade, aceitaram. Afinal o tempo passou depressa, e Hong Kong já voltou à soberania chinesa. Os americanos, já se sabe, são ignorantes, e pensam que ganham ao atacar hoje a china. Engano. Podem ganhar hoje, mas amanhã vão perder, e isso está escrito nas estrelas.

  17. Ana Pereira says:

    Isto é um absurdo.
    Eu não troco o meu Huawei p20 pro por nada só se for pelo pelo p30 pro. Telemóveis topo de gama e sem risco algum de usar esta marca

  18. strik says:

    O Trump só dá tiros nos pés, enfim isto no fim não vai dar em nada, só ruido.
    A verdade é que 90% da tecnologia está a ser desenvolvida e produzida na china e restantes países da Ásia.
    Países como China EUA e Rússia deviam preocupar-se com a poluição e uso desbaratado dos recursos naturais do planeta, mas não, preferem enveredar por mais bullshit

    • iFernando says:

      Um Pais Comunista nunca pode desenvolver nada. Não sei a que tecnologia te referes? Sem a tecnologia Americana os Huawei nem arrancam. (Android, Gmail, Qualcomm, Intel, Facebook, Whatsapp, Office, Xbox, Adobe, Chrome, Youtube….e…windows, linux…))

  19. Miguel says:

    Quando a China começar a cortar certas coisas aos americanos quero ver quem é a “pontencia” ou quem é q está mais a frente. Se a China deixar de fornecer os minerais para os processadores, ou até mesmo a mão de obra… A América morre. O americano começou por um grupo de ingleses criminosos q mataram os índios e ficaram com tudo já feito. Americans are just boosted noobs.

  20. Marina says:

    O meu Huawei P8 lite 2017, com apenas uma semana de uso, começou a ficar curvo, ninguém quis saber. Supostamente fui eu que “mal tratei”. Estive a ler e há mais casos como o meu… Em fim… O próximo telemóvel, com certeza, não será desta marca.

  21. Miguel says:

    Não sabes o q dizes. As empresas são americanas mas a América depende da China. Já para n falar que Googles e afins são lideradas, pensadas e executadas por pessoas que são tudo menos americanas. Nem a Apple é 100% americana. N sabes o q dizes. Se a China corta relações com a América a 100% sabes quantas dessas empresas morriam? Todas. A n ser q mudassem as empresas para outro país. Palas nos olhos n te faz bem.

    • Karrico says:

      Miguel não vale a pena tentar explicar a quem não conhece o mercado chinês, nem conhece as grandes marcas chinesas que não dependem dos EUA.

  22. Jorge says:

    Mas continua a valer a pena comprar um Huawei? E quem já tem um Huawei o que vai acontecer agora?

    • Brunooliveira says:

      Isto vai passar….vai voltar tudo ao normal. A china precisa dos EUA e vice versa. Na minha opinião e vale o que vale, os EUA precisam mais da china que o contrario. Isto e só mesmo o Trump a ser Trump.
      Em todas as guerras em que a América se envolveu nunca saiu vitorioso, esta vai ser mais uma para o repertório.

  23. João Morais says:

    Um dia destes fui a uma loja oficial Huawei e estive lá um bom bocado … talvez uma 1/2 hora.. nesse espaço de tempo ninguém entrou .. Isto deve querer dizer alguma coisa .. Digam lá o que quiserem mas nós consumidores não vamos comprar um equipamento que não sabemos ( perante a situação actual )se será viável ou não em um futuro próximo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.