PplWare Mobile

Galaxy Note7 substituído incendeia-se dentro de um avião


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Nuno Gil says:

    Realmente começa a ficar difícil conseguir confiar neste equipamento. Quando vi o presidente da Samsung desculpar-se publicamente pelo sucedido e a anunciar as medidas de resolução, achei positivo. Isto pode acontecer a qualquer marca. Contudo, os casos começam a ser demasiados e num telemóvel de substituição e dado como “seguro” pela marca a situação é inadmissível. Ainda esta semana durante um voo ouvi o já famoso alerta acerca do Galaxy Note7. Somando os alertas das companhias aéreas à falta de capacidade da Samsung para solucionar em definitivo esta questão, afecta certamente a imagem numa altura em que a concorrência não dá tréguas.

  2. duarte says:

    Com este caso acho que o NOte 7 arrumou de vez.

  3. iSad says:

    Samshit diferent day. Repito o que ja disse nestes forums. Desde o S3 esta marca morreu para mim.

  4. AlmeidaRM says:

    Provavelmente é desta que a poderosa TSA proíbe os Note 7 nos voos que utilizam espaço aéreo Norte Americano

  5. Carlos says:

    Tal como os fans do iphone dizem que os casos deles são só noticias sem “provas”, este caso então também não é real visto que ninguem conheçe a pessoa xD

    • Jorge Carvalho says:

      è conhecido sim. E isto mete a Southwest Airlines com os custos que teve com esta “brincadeira”.

    • Bartolomeu says:

      A pessoa está identificada e o incidente tem testemunhas e o envolvimento de autoridades, e soma-se a vários outros casos e ao reconhecimento de que existiu um defeito grave no fabrico dum conjunto alargado de aparelhos Note 7.
      Que casos é que conheces com iPhone 7? Um explodiu ao que tudo parece depois de ter sido atingido durante o transporte por algo bastante considerável, e outro ficou com a bateria inchada sem se saber bem como.

      • joao magalhaes says:

        É o que o Carlos está a tentar dizer, um que explodiu que “parece ” e outro que “não se sabe bem porque” e outros que as pessoas foram pagas para não falar e os Samsung que provavelmente então, levou uma pancada quando passou no detector no aeroporto e que por sua vez activou uma pequena carga eléctrica que por sua vez explodiu. Quem te disse a ti que não foi tudo preparado pela pessoa? Atenção que não uso Samsung, mas sinceramente a malta dos Iphones já enjoa.

        • Bartolomeu says:

          Os “Samsung” têm um problema assumido pela própria Samsung, o problema não é uma invenção, história ou suposição. Quereres uma história de defeito para o iPhone não a torna credível ou verdadeira.
          Era preciso ser muito estúpido para a pessoa fazer de propósito uma coisa daquelas num avião. Incidentes em aviões são demasiado sérios para as autoridades deixarem passar.

        • Carlos says:

          exatamente isso, eu tambem nao uso samsung mas temos de conseguir ver os 2 lados. Qualquer telemovel tem problemas !

    • Rui Miguel says:

      E se te calasses com o iPhone?

      Esta notícia tem a ver com o Samsung, e é bem real, aconteceu num voo.

      Já nos “casos” do “iPhone”, está mais que visto que foi a Samsung que comprou uns, queimou e postou nas redes sociais para ver se pegava.

    • FAB says:

      Ninguém conhece a Southwest Airlines?

      Estás a puxar demais… aguenta-te com os telemóveis explosivos/incendiários.

    • Carlos says:

      não digo que isto nao tenha acontecido, mas, quando é o mesmo caso para o iphone já veem dizer que é tudo mentira e mais nao sei o que xD sempre desculpas

  6. Hugo says:

    Eu sempre achei que foram muito rápidos a substituir.
    Já diz o velho ditado que a pressa é inimiga da perfeição.
    Foram com demasiada cede ao pote para o lançamento na tentativa de travar um pouco as vendas do iPhone agora novamente, para tentar travar a tentativa das pessoas desistir do Note 7.
    Acho que este prego no caixão pode ter encerrou de vez.
    A Apple é que agradeço.
    Atenção que sou um utilizador Android (mas não Samsung).

  7. rui says:

    Então mas trocam as baterias, mas continuam a apostar nas mesmas que trazem problemas? Pelos vistos é isso mesmo que estão a fazer.

  8. Ricardo says:

    Isto só revela o excelente controlo de qualidade da samsung.

  9. Miguel Amaral says:

    O que acho mais interessante é que na Europa não há registo de qualquer equipamento a explodir……..no mínimo interessante. Além disso, algo como isto não é inédito. É interessante que ainda em Março deste ano um iphone explodiu e incendiou-se num voo do Alaska para o Hawai, e ninguém fala no assunto.

    • Bartolomeu says:

      Uma diferença significava, não há suspeitas de defeitos grave de bateria, são casos isolados tal como outros doutras marcas, que decorrem infelizmente da natureza deste tipo de baterias

    • Bartolomeu says:

      Sobre não haver notícias na Europa, isso pode ser por causa do lançamento na Europa ter sido mais tarde do que nos Estados Unidos. Na verdade o lançamento oficial em lojas de vários países europeus foi até cancelado, por isso o número de unidades vendidas na Europa deve ter sido bastante mais pequeno do que nos Estados Unidos.

      • joao magalhaes says:

        O que é que isso interessa? Se todos supostamente vêm com defeito então já devia haver noticias também na Europa, ou não? Ou os Europeus tiveram sorte ? Ou em 1 milhão há 1 que explode?

        • Bartolomeu says:

          Tem a ver com probabilidades, isto é, o número de casos de explosões depende do número de aparelhos em uso e do período de tempo decorrido.
          Mesmo que sejam todos a ter o defeito (o que não deve ser o caso), a consequência de explodir não é imediata e idêntica para todos, mas quanto mais tempo passar maior a chance disso acontecer.
          Como na Europa se vendeu menos (deve ter sido bem menos do que 1 milhão) e foram usados durante menos tempo do que nos Estados Unidos, o número de casos de explosões noticiadas por cá pode facilmente ser zero.
          Para terminar, o modelo europeu não é igual ao modelo americano, por isso o risco de explosão pode ser diferente.

  10. Pedro Antunes says:

    Existe aqui 2 questões que ainda ninguém fez. Será que a Samsung substituiu realmente as baterias do Note 7? Será que o problema não será de uma avaria interna do equipamento (não da bateria) que estará a provocar o sobreaquecimento das baterias.? Se for esse o caso por mais baterias que se troque o problema nunca ficará resolvido.

  11. Blue Oister Club says:

    tenho um desde a sexta feira passada. Nunca o desliguei até agora. Durante o dia, uso normal. 4 horas de spotify no trabalho. Chega ao final do dia com 40% de bateria. Não aquece nem a trabalhar nem a carregar.

    • Bartolomeu says:

      Aquecer deve aquecer, o que podes dizer é que o teu aparelho não sobreaquece.
      De qualquer das maneiras o aquecimento que tem sido falado é uma das consequências finais do defeito. A ausência desse aquecimento não é garantia de ausência de defeito, em nenhum aparelho.

    • Rui Miguel says:

      Claro, se não explodiu até agora, quer dizer que nunca vai explodir.

      O dono do N7 que explodiu também podia ter dito o mesmo.

    • jean behnke says:

      Qual o modelo do seu Note 7 ? O meu é o N930FD. Desativei o modo de carregamento rápido e percebi que não aquece nada durante este processo.
      Nem mesmo durante o uso não percebo aquecimentos. O que você acha?

  12. Rui says:

    Baixem o Preço, e o pessoal compra 🙂

  13. Fernando says:

    Estou a espera do meu… até estou com medo..

    Pena que os iPhone 7 estão esgotados e não existe data de venda ao publico… se não já tinha feito a troca.
    Não sei se para melhor ou pior, já que só tive android, ouve se muita coisa uns dizem bem da Apple outros do Android ainda não sei o que fazer… mas esta situação começa a preocupar..

    • Luis says:

      @Fernando, certamente tens amigos com Android e iOS. Pede para te explicarem as boas e as más características e depois decide. Eu ficaria preocupado com está bomba.

  14. jean behnke says:

    Meu Note 7 do primeiro lote está funcionando muito bem obrigado. Acredito que tem muita galera quebrando tela, trincando o aparelho e dando um jeitinho de fazer o aparelho explodir para ganhar a garantia da Sammy.

    • Rui Miguel says:

      É, e a fazer isso num avião…

      • jean behnke says:

        Não nesse ponto, reconheço o problema. Mas acredito que esteja acontecendo bastante má fé por parte do usuário. Sabemos que é quase todo o aparelho é construído em vidro e que nenhuma fabricante cobre garantia em telas quebradas ” nem a Apple”. Então por que não simular um problema dentro de um avião para o caso repercutir e forçar a Samy dar a garantia?

    • MLopes says:

      a troca dos aparelhos não depende de estes darem problemas ou não. a samsung comprometeu-se a trocar todos os note7! e era o que devias fazer, trocar o teu por um dos novos

      • jean behnke says:

        Diferente da Apple a Samsung não possui garantia mundial. Meu aparelho foi comprado na Europa. Moro no Brasil e nos contatos que fiz com a Samy o aparelho será trocado apenas no seu pais de origem, ou seja não vou gastar 10 mil reais para ir trocar o aparelho.

        • Brasil says:

          Brasileiro é fogo…vai achando que todo mundo é aproveitador e mau caráter! Hahaha
          Está mais do que claro que não é um caso eventual e se trata de um problema crônico do aparelho!
          Claro que o uso vai influenciar muito! O meu uso, por exemplo, é muito moderado, nunca precisei de mais de uma carga por dia em qq aparelho! Acredito que dificilmente explodiria comigo! Mas sei que tem pessoas que são heavy users, jogam e usam o celular o tempo todo, e ao puxar ao extremo, o risco de explosão é altíssimo!

        • rafael says:

          Manda o teu para aqui, eu troco ele para ti 😀

  15. okapi says:

    A ser verdade que este é um replacement então o smartphone …

    • MLopes says:

      pois, resta saber se é mesmo um de substituição ou se é um não caso novamente.
      de qualquer modo um em tantos dos novos já a circular não tem qualquer expressão estatística e só serve para alimentar os media sensacionalistas. agora se começar novamente a acontecer uns atrás dos outros…

      • Bartolomeu says:

        Vários aparelhos novos a rebentar passados poucos dias tem expressão estatística. A gravidade das consequências do defeito e o ritmo com que acontecem, tem importância para saber a relevância estatística. Se assim não fosse não andariam a recolher todos os aparelhos vendidos.
        Quer seja ou não um aparelho de substituição (e isso virá a ser de certeza publicamente confirmado), será sempre um caso, apenas alteraria a escala do embaraço para a Samsung.

  16. iSad says:

    Ainda nao acredito que exista tanta gente com estes notes. Se calhar querem arder a casa e receber guito do seguro!

  17. José Coelho says:

    A Samsung tem deixado muito a desejar… Mas esto cheira e não é a fumo mas a um complô (podem diz que é mais um teoria da conspiração)!
    Mas o que é certo, é que numa altura em que a marca Sul Coreana se estava a afirmar cada vez mais no mercado surge este problema… bom o problema existe pois foi confirmado pela marca… mas dai a não ter resolução ou a solução voltar a dar o mesmo defeito…
    Eu acredito que os Fans Boys de outras marcas estão agora a fazer o seu papel para tentarem reafirmar uma marca que não tem vindo a inovar… que ano após ano tem vindo a lançar produtos novos mas que não passam de mais do mesmo…
    Bom esta é a minha opinião… pois a Samsung não é uma marca com 3 dias… e hoje eu ainda utilizo um Samsung S3 pois como não sou rico tenho de prolongar a vida dos meus equipamento por muitos anos, se não já tinha trocado mas não seria para outro Samsung ou mesmo Iphone! Pois hoje existem no mercado Europeu outras marcas de grande qualidade a preços mais razoáveis e realistas.

  18. Alpha says:

    Vamos ver a resposta da Samsung, a não ser que imite a Apple e se remeta ao silêncio…

  19. Valadares says:

    Como adoro os Androids fraquinhos…

  20. Helder Vaz says:

    Estes flagships de 800€ estão a sair mesmo potentes, até faz chorar!!!
    A inovação tem mesmo destas coisas, daqui a uns dias vamos descobrir que afinal é um problema do equipamento e não da bateria,

    Lembram se do “mudasti mudasti mudasti” pois eu mudei mesmo, mas não foi para a Iphodasse, nem para iphaga, algo bem melhor e mais barato, cerca de metade do preço destes aparelhos que só tem fama de serem bons….

  21. Caetano says:

    Ainda ninguém reivindicou os ataques?
    Tenho para mim, que estes são os novos mártires.
    Se ne sui pas Samsung.

  22. fabio says:

    Estranho são estes casos surgirem sempre perto da saída de um novo modelo do iphone.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.