Quantcast
PplWare Mobile

App STAYAWAY COVID: Decreto-lei já publicado em Diário da República

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. LG says:

    Funciona tal e qual como este na Suíça: https://github.com/DP-3T/dp3t-app-android-ch

    App desenvolvida em Março. Testada com 10’000 pessoas em Abril. Em circulação desde Maio/Junho após algumas revisões do estado que muito aperta com a segurança e privacidade.

    O mundo está em estado de emergência. Mas Portugal e a sua burocracia leva mais 3-4 meses a desenvolver uma App já existente e disponível no mundo open-source…

    • Marco Lopes says:

      Realmente… agora fiquei boquiaberto… é sempre a mesma porcaria… centenas de milhares em FUNDOS gastos sem necessidade. Custava alguma coisa uma joint venture internacional? Até fiquei doente quando vi esse link…

  2. InstalemVocês says:

    E Todos sabemos como podemos “confiar” nas instituições quando se trata de salvaguardar privacidade de dados pessoais. Aquilo das fugas de informação constantes, das autarquias a publicarem listas de possíveis infetados, de pessoas a quem os vizinhos exigiram a saída nem sequer por estarem infetados mas por terem vindo a saber que lidavam com infetados, foram só “acidentais”…

  3. Fusion says:

    Sinto que quando sair esta app já o covid desapareceu… Entre partilhar os meus dados ou ficar protegido do covid , prefiro a ultima hipótese. Mas demora a sair a aplicação

    • Samuel MG says:

      Não precisas da app para estares protegido do Covid-19, para tal basta usares mascara e lavar as mãos com álcool etílico ou água com sabão frequentemente. Se todos fizessem isto não havia Covid-19 no mundo. Acho que esta aplicação é deitar o dinheiro dos contribuintes fora tal como aconteceu no Novo Banco.

      • Fusion says:

        Num cenário perfeito concordo contigo, se todos fizéssemos isso não haveria Covid-19, mas a realidade está longe de ser essa, neste momento existe uma pandemia e vamos ter que lidar com ela com as armas que temos.
        Lavar as mãos e usar mascara é uma medida, talvez a mais eficaz para nos proteger a nós e aos outros, mas se pudermos usar outras ferramentas que nos ajudem a proteger mais um pouco é melhor que nada.
        Lembra-te que grande parte das pessoas que apanharam covid acredito que estavam protegidas, tirando os iluminados acho que ninguém que apanhar covid só porque sim. Eu não uso redes sociais, porque não me atrai o conceito e um pouco pela privacidade, mas neste caso com está aplicação, no dia que sair será o dia que instalarei.

      • Sérgio Mateus says:

        Infelizmente não é apenas essa a solução para o problema. Se fosse apenas lavas as mãos não havia casos. Infelizmente nos temos momentos em que nos distraímos e baixamos a guarda. Tal como numa ida ao supermercado em que não lavamos os produtos. Uma ida a um restaurante em que os produtos não foram devidamente desinfectados. Até mesmo numa visita a um familiar podemos apanhar.
        Talvez seja boa ideia rever o conceito de contágio do Covid.
        A App vai ser uma grande ajuda, porque as pessoas que se cruzam com que pessoas que podem estar contagia porque não cumprem todos os procedimentos de segurança.

      • eu2 says:

        A app não protege a mim próprio, pois se sou notificado por ter estado ao pé de alguém infetado, já não há nada a fazer para me proteger da infeção, ou já estou infetado ou nunca estive. Se for infetado e notificar os meus contactos também não estou a proteger a eles de serem infetados, pois já estiveram (no passado) em contacto comigo, já tiveram a chance de serem infetados e já não há nada a fazer. O que a app protege é dos [futuros] “contactos” dos contactos, pois se os meus contactos se testarem imediatamente e se puserem em quarentena, já não vão ter tempo de infetar ninguém, e é aí que a pandemia começa a abrandar, pois começam a infetar menos de 1 pessoa cada. Graças a uma app deste género podemos ser capazes de ser mais rápidos do que a propagação do vírus, sabendo imediatamente onde ele pode estar (desde que as pessoas envolvidas usem a app).

        TL;DR: A app faz baixar o número do gráfico de novos casos https://www.worldometers.info/coronavirus/country/portugal/ e não nos protege a nós individualmente (protege os outros).

        Para nos protegermos individualmente com esta app temos que pensar que há outras pessoas a quererem também proteger-se e fazer a nossa parte de protegê-las e esperar que elas façam a delas e proteger-nos, e assim poderemos baixar o número de novos casos e acabar com a pandemia do covid-19.

        • Samuel MG says:

          Não vai proteger os “…”contactos” dos contactos”…!! Lembra-te que o período de incubação do Covid-19 é de 14 dias, o que os vai proteger é a mascara.

          • Joaquim Sobreiro says:

            Se te achas protegido pela máscara, utiliza.
            Se tiveres interesse em outro conhecimento procura saber pelos movimentos de médicos pela verdade ou advogados pela verdade, que existem em vários países. Os que conheço são na Alemanha e Espanha.
            Consulta páginas oficiais ou alternativas sobre estudos científicos quanto a proteção dada pela máscara, para qualquer vírus.

          • Samuel MG says:

            Então responde porquê é que na cidade onde vivo, que pertence a região de Lisboa e vale do Tejo, não existem casos?

          • Sérgio Mateus says:

            Não há casos onde moras porque só aí é que se lava as mãos. O resto de Portugal ainda está um nível abaixo. Talvez seja melhor darem o vosso método aos profissionais de saúde, porque apesar de cumprirem todos os procedimentos de segurança estão a ser infectados. O problema do Covid são os que pensam que sabem tudo e que arranjam soluções mais fáceis e rápidas que os cientistas.
            Sugiro refletir sobre o efeito de Dunning-Kruger…
            Obrigado

  4. Algo says:

    Eu já sabia que isto ia chegar porque nas definições do Google no android tem uma opção que diz “Notificações de Exposição”, mas está desativada por aparentemente não ter nenhuma aplicação relacionada instalada. Deve ser aqui que esse decreto entra. Que horror.

  5. Miguel says:

    Nem que quisesse, isso iria funcionar no meu telemóvel. Não tem serviços google.
    Mas como também não tenciono instalar, não faz diferença nenhuma.
    Boa sorte para todos aqueles que conscientemente abdicam mais um bocadinho da sua privacidade, e por arrasto tiram aos outros.

    • Samuel MG says:

      Eu também não tenciono instalar mesmo tendo os serviços google. Acho uma perca de tempo instalar esta app.

    • eu2 says:

      Onde é que isto tira privacidade?? Nem de quem a utiliza e muito menos aos outros.

    • Compilador says:

      Em vez de mandar uma papaia para o ar, e já que o código é aberto a consulta pública, pode indicar que parte do código viola a sua privacidade?
      Era interessante discutir isso e não coisas vagas, filosofia e outras teorias.

      • Miguel says:

        1o – utiliza APIs da Google/Apple. Só isto já é suficiente para não usar
        2o – bluetooth ligado. Outra desgraça
        3o – qualquer app que necessite de ligação à internet (e não só) pode ser “espiada”. Código fonte aberto ou não. E não tenho a menor dúvida que se não fôr “espiado” directamente pela app, há-de ser de outra forma, se é que me faço entender
        4o- este tipo de apps e ideias só abrem mais portas a 1984. Por isso não, obrigado. EU não vou usar

        • Compilador says:

          Portanto, pegando nos teus pontos:
          1- usa a API da Google e da Apple, portanto deduzo que não uses nenhum telemóvel com Android nem iOS, certo? É que se só o facto de usar a API destas empresas já é motivo para não usar, é um absurdo usares um telemóvel com o sistema operativo deles, e só isto chega para ver que na tua cabeça sao mais teorias da conspiração que outra coisa, pois usas de certeza absoluta um telemóvel.
          2- não funciona como pensas que funciona, não é igual a uma aplicação que tens de emparelhar com outro dispositivo
          3- mais uma vez, não usas telemóvel, e aqui junto computador, porque hoje em dia toda a gente usa internet, portanto deves ter escrito este teu comentário num computador “público” qualquer, nunca em nada teu hahahaha
          4- engraçado que como sei que usas o teu telemóvel com Android e/ou iOS, tens aplicações que fazem tracking e vives com isso. Tens varias aplicações no teu telemóvel que permitem às empresas detentoras do serviço terem muito, mas muito mais informações do que esta app, coisas provavelmente nem os teus amigos ou familiares sabem.

          Quanto a instalares ou não, é um assunto teu, mas nenhum argumento apresentado é motivo para se apontar a app Como insegura.

  6. Vivas says:

    Fico com centimen-tos dubius relativamem-te a está appe. Onde ce pode baixar para esperimentassao?

  7. BlackFerdyPT says:

    «A utilização da app é voluntária e não intrusiva.»

    Por enquanto…

    E, no dia em que deixar de ser voluntária, sendo este país da maneira que é, vai tudo comer e calar.

    Lembrem-se, cidadãos, o Grande Irmão existe para o vosso bem.

    • Compilador says:

      A lei existente em Portugal não permite que esta app seja imposta, e é só esse facto mesmo de não estar presente em todos os telemóveis de todos os portugueses.
      Têm de ser de livre vontade a sua instalação, e era bom discutir era qual o motivo para a desconfiança da APP.
      Mas coisas técnicas, não algo vago.
      Qual é a parte do codigo, que é publico que está a causar desconfiança?

      • Miguel says:

        Só a ideia de andar de “pulseira electrónica”, a cruzar com outras, é suficiente para não usar. Nem é preciso ver código nenhum.
        O facto de andarmos de telemóvel (e o que as operadoras e outros podem fazer por causa disso) já é mau suficiente. Não é preciso piorar a coisa voluntariamente.
        Entretanto as leis mudam.

    • Joaquim Sobreiro says:

      Também até agora a legislação considerava crime a introdução de material genético que pudesse alterar o ADN humano. Criando mutação genética.
      Na Comissão Europeia está prevista aprovação de autorização para a vacina milagrosa conter material genético que fará alterações ao ADN.
      Qualquer vacina que venha a ser aprovada, será sem responsabilização dos possíveis efeitos secundários, pelo fabricante.
      Verifiquem a veracidade desta informação.
      Em caso de ficarem com dúvidas procurem mais informação por parte do advogado espanhol Luís de Miguel, que está a colocar legalmente em tribunal impedimento e esclarecimento público desta decisão.
      Após aprova aprovação, todos os Estados membros estão legalmente autorizados u utilizar esta solução nas vacinas, com obrigatoriedade.

    • Rock says:

      Não dá no meu Samsung D500

  8. Nuno S. says:

    Realmente, acho que quando a app sair a pandemia já acabou…
    Acho curioso tanta gente preocupada com a privacidade quando têm o Facebook e apps ainda piores instaladas no telemóvel se for o Zuckerberg ou os chineses não há problema, o governo português já é suspeito lol

  9. eu2 says:

    Esta app não nos protege individualmente do covid, mas ajuda a acabar com a pandemia e a poder voltar mais rapidamente a como as coisas eram dantes!

  10. ZéBoss says:

    eu ja uso a app

  11. Ab says:

    Tenho uma aplicação no meu telemóvel “Stayaway corruptos” e quando passo na zona de S. Bento, largo do Rato e outras localidades não só de Lisboa mas também no restante país o meu telemóvel fica completamente cheio de pontos vermelhos, isto sim é uma aplicação bastante eficaz e eficiente. Haja moral, mais um meio de controlo populacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.