PplWare Mobile

Malware para Android resiste até ao restauro de fábrica


Autor: Daniel Jesus


  1. zeca says:

    ou meter rom nova!

  2. Carlos Gonçalves says:

    e um linkzinho para a noticia original?

  3. PeterOak says:

    Só li o título e fiquei na dúvida: o malware resiste até ser feito restauro de fábrica e depois desaparece, ou, o malware resiste após ao restauro de fábrica?

  4. abaptista says:

    Que tal ler o artigo…, assim ficas com a duvida esclarecida!!!!

  5. Pedro Fonseca says:

    O melhor a fazer sempre num caso de malware é mesmo reinstalar a stock ROM.

  6. Polo says:

    So agora? Cheguei a apanhar um Android que tinha publicidades maradas, com restauro tinha ads logo no menu de configuração.. Só flashando nova rom

  7. informado says:

    se não instalar nao tem

  8. Pedro F. says:

    Isto não é novidade!
    A aplicação que qualquer desesperado instala em primeiro lugar para tentar fazer root a um telemóvel, o “famoso” kingroot, é um exemplo de um malware que prolifera livremente há anos e também não sai com restauro de sistema… So mesmo com rom nova!
    Testado e verificado por mim já em 2015 no android 5…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.