PplWare Mobile

Tags: malware

uTorrent marcado como malware pelo Windows Defender e outros

Presente em milhões de dispositivos, o uTorrent é um dos clientes de torrents preferidos dos utilizadores. A sua forma simples e os poucos recursos que consome tornam-no como a opção lógica.

Se até agora era uma aplicação de confiança, isto parece ter mudado, com a Microsoft e o Windows Defender a marcarem o uTorrent como malware. Este problema parece não ser único e outros fabricantes de antivírus já começaram a fazer o mesmo.

uTorrent Windows Defender


Detido responsável pelos ataques de malware Carbanak e Cobalt

O líder do grupo criminoso responsável pelos ataques de malware Carbanak e Cobalt, que afetaram mais de 100 instituições financeiras em todo o mundo, foi preso em Alicante, Espanha, depois de uma complexa investigação conduzida pela Polícia Nacional Espanhola, com o apoio da Europol, do FBI dos EUA, autoridades romenas, bielorrussas e taiwanesas e empresas privadas de cibersegurança.

Em causa estavam cibercrimes que ascendiam já a mais de mil milhões de euros sacados.

malware


Estudo revela que o Windows 10 é mesmo o mais seguro de todos

Quando criou o Windows 10, a Microsoft não se limitou a mudar a interface das versões anteriores e esforçou-se por conseguir dar-lhe uma maior segurança e performance.

Não são por isso estranhas as conclusões de uma avaliação, que mostra que a mais recente versão do Windows é mesmo a mais segura de todas as versões do Windows.

Windows 10


Alerta: Malware que explora Spectre e Meltdown começou a surgir

Todas as falhas de segurança que não são tratadas acabam por cair em mãos mal intencionadas e são exploradas para benefício próprio destes atacantes na forma de malware ou vírus.

O Spectre e o Meltdown são as mais recentes falhas disponíveis e começam agora a surgir os primeiros ataques que as querem explorar.

Malware Spectre e Meltdown


Ainda é necessário antivírus no Android em 2018?

O Android é, sem dúvida, um dos sistemas operativos para smartphone mais famosos do Mundo, estando instalado na grande maioria dos equipamentos que estão disponíveis no mercado.

Deste modo, é fácil de perceber por que é que grande parte do malware para smartphones que circula por aí tem como alvo os smartphones que correrem o sistema operativo da Google.

Mas será que, em 2018, ainda precisa de um antivírus no seu Android?