PplWare Mobile

15 Factos que desconhece sobre o Facebook


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. Danillo Campos says:

    Por óbvio que se o português é a 3ª língua mais utilizada no Facebook é em razão de nós brasileiros, ora somos o maior país lusófono do mundo, e a propósito, a desativação do Orkut está proporcionando a migração do pessoal que utiliza dessa rede para o VKontakte, afinal nós já usamos o Facebook há eras.

    • Jorge Frazão says:

      O Brasil é assim. Sempre foi um país muito à frente no seu tempo 😀

      Cumprimentos

    • Tiago says:

      Brasil sempre na liderança da lusofonia. Também acredito que 100% das prostitutas e outras variantes no Brasil tenham Facebook!

      • Danillo Campos says:

        Portugueses sendo xenofóbicos, por que não me estranha?

        • delaorden says:

          é verdade…claro que o comentário acima do @jorgefrazão deve ter sido ironia. O Brasil é um país atrasado, com população semi analfabeta e com governos que se sucedem na bandidagem. Isso todo mundo sabe. Mas sinto sim, uma certa raiva em alguns comentários, sobre tudo o que vem do Brasil. O @Tiago está certo, mas ele deve saber que não só as prostitutas e variantes brasileiras estão no facebook, mas 86% de todas as prostitutas do mundo tem Facebook. Normal, é uma janela. Ou só há prostitutas e “variantes” no Brasil ?
          Para finalizar, amigos, Portugal e Brasil JAMAIS foram pátrias irmãs; foram sim colonizadores e colonizados, por sinal uma das mais sujas, desorganizadas e corruptas colonizações da época. Até os dias de hoje o Brasil sofre por conta de uma colonização que só visava a exploração, aniquilação e purgação de tudo o que não prestava na Corte, que foi enviado para cá e cá estamos. Mas, por favor, sem rancores ou hard feelings, ok ?

          • Adamastor says:

            delaorden voce nem conhece a historia das outras colonizações para estar a dizer isso, senão ainda agradecia aos portugueses pelo facto de terem colonizado o brasil. A ignorancia é sempre um obstaculo para que haja bom senso.

          • kv95 says:

            pois, se fossem espanhóis os colonizadores ias ver a diferença…estuda um pouco

          • bzzz says:

            Não é rancor, mas a sua mensagem merece dois comentários: procure instruir-se mais sobre outras colonizações antes de escrever o que escreveu; concordo que a colonização portuguêsa tenha produzido efeitos negativos no Brasil, mas já não “cola” persistir nesse argumento passados mais de 200 anos…

          • Teresa says:

            Isso de guardar rancor durante cerca de 500 anos cheira um bocadinho a mofo!!!
            Então os problemas do Brasil são culpa de Portugal??
            Não nos dê tanta importância que nós não merecemos….

            Penso que a falta de memória (como os Israelitas parecem ter) é grave, mas recalcamentos de cinco séculos…

            Quanto aos portugueses, alguns são xenófobos, mas o que fazemos melhor é mesmo deixar descendência mestiça para misturar genes e fortificar a raça Humana.

          • amator says:

            Não esquecer que a grandeza territorial do Brasil se deve aos portugueses com as “entradas e bandeiras”!

    • Vanessa says:

      É óbvio que penses assim, por isso mesmo se disse que o idioma era o português e não o brasileiro.

      Mas para quem mal sabe ler é difícil perceber a diferença.
      Podes continuar a tentar mas por agora tens de ir ver mais uma novela da Globo.

  2. Gilberto Pereira says:

    Top esta relação de factos, muito fixe. 😀

  3. Blasterjack says:

    13) Acho que 83% é está negligenciado.

  4. Vítor M. says:

    Sugiro que terminem já com esses arrufos parvos que roçam a xenofobia e falta de inteligência.

    Aqui neste site não há lugar para pessoas que não respeitam a pátria de cada um. São todos bem-vindos, quem não estiver bem com esta regra.., a porta é a serventia da casa.

    Se teimarem nesta discussão parva… os comentários estão, obviamente, banidos.

    Desde já um grande abraço para toda a comunidade de cidadãos de língua portuguesa.

  5. BRATUGA says:

    Estava a ver que nunca mais acabavas com esta estupidez… 🙂

    Guerrinhas infantis do “eu sou melhor que tu”

    Abraço

  6. José Simões says:

    Bem o facebook é tal qual como o mundo, e como este forum.

    Irmãos brasileiros, cidadãos do mundo, prosperem e tenham uma vida longa. Boa sorte para se livrarem dos atrasos e políticos corruptos. Espero ter essa sorte eu mesmo, se bem que não estou particularmente optimista.

  7. Leonisa says:

    Algumas coisas surpreenderam-me… Outras não. Mas foi muito bom saber. Bem hajam!

  8. Zero says:

    Gostava de saber quantos GigaWatts de electricidade são gastos diariamente com o facebook.
    Não será este um dos “causadores” do aumento do consumo de electricidade e consequentemente da poluição? Esquecemo-nos que a electricidade resulta, em muito, da queima de combustivéis fosséis. As facturas da EDP têm um gráfico que assim o demonstra apesar de termos barragens.

    • Ricardo says:

      1.21 gigawatts

    • José Simões says:

      A pergunta faz tanto sentido como perguntar quantos km/h são do Porto a Lisboa.

      O watt (minúscula!) é uma unidade de potência, não de energia.

      Se se querem referir a energia use-se o joule ou, porque não, o watt hora.

      Claro que o uso do facebook tem gastos energéticos. Tal como a TV e muito menos que o frigorífico e as máquinas de lavar.

      No entanto o uso da Internet (não do facebook) permite-me poupar gasolina em deslocações que não preciso fazer.

      E os gastos de energia em telecoms e informática pode ser reduzido se se tornar muito caro. Não é o caso dos frigoríficos e das máquinas de lavar.

      • Zero says:

        “A pergunta faz tanto sentido como perguntar quantos km/h são do Porto a Lisboa.”

        Velocidade mínima autorizada: 50km/h
        Velocidade máxima autorizada: 120km/h 🙂

        “O watt (minúscula!) é uma unidade de potência, não de energia”

        É de potência sim, mas Watt é uma das unidades que derivam do nome do seu criador, assim como Newton, Joule, Volte ou Ampere por exemplo. São usadas letras maiúsculas.

        Escrevi GigaWatts (o correcto seria gigaWatt) diariamente.
        Equivale a (W x 10e9) / 24h, logo estou a utilizar “energia” e não potência porque estou a utilizar um intervalo de tempo.

        Também não estamos sempre a utilizar a unidade Newton para dizer quanto “pesamos” quando vamos ao médico ou ao ginásio, certo? A unidade kg é mais prática.

        Quanto ao gasto energético da TV, não vejo sequer TV.

        Os frigoríficos e máquinas de lavar podem gastar mais electricidade, mas são bastante mais úteis em comparação com o facebook.

        Vivo sem facebook. Agora sem máquina de lavar e frigorifico é que já é mais complicado…

        • José Simões says:

          A regra das maiúsculas que referes aplica-se apenas nas abreviaturas.

          Isto de acordo com a a convenção internacional sobre o SI que Portugal assinou, de que o BIMP é depositário, o link seguinte leva-te para a página relevante do BIMP, na versão inglesa, sendo que a versão francesa é que é a autoridade (podes obter a versão francesa clickando perto do canto superior direito, onde diz “version française”).

          http://goo.gl/n7RB2p

          O assunto é um pouco mais complicado do que o que parece, mas não há espaço aqui para elaborar.

          Vamos de seguida ao “gigawatt” (abreviatura: GW), cf também:

          http://goo.gl/cyU2mZ

          Claro que podes adoptar as convenções que quiseres, não o recomendo, mas quem sou eu. O problema é que adoptar convenções pode levar a conclusões absurdas.

          Claro que a tua convenção dá significado à frase: “consome 2.2 gigawatt por dia”, o problema é que se “consome 2.2 gigawatt por dia” mais coisa menos coisa também irá “consumir 2.2 gigawatt por semana” ou seja o consumo numa dia e numa semana são valores semelhantes, o que é uma noção que obrigaria a atirar fora a noção comum de “consumo”.

          O SI (sistema internacional de unidades) foi cautelosamente definido. Usar outras convenções pode levar a alguns absurdos, se bem que não necessariamente.

        • Nuno Vieira says:

          Embora as unidades como o watt, volt, ampere, coulomb,… sejam um homenagem aos cientistas, estas são escritas em letras minúsculas.

          (W x 10e9) / 24h WTH!!!! A energia é o produto da potência pelo tempo, não uma divisão.

          Meu deus. O newton é uma unidade de força, a grama é uma unidade de massa. O newton é a força necessária para acelerar um objeto de 1 kg a 1 m/s². Por favor não as confundas.

  9. Ruivix says:

    Eu às vezes sinto-me “morto”, agora já sei o porquê… 😈

  10. Fernando Telmo Silva Santos says:

    Allfacebook,esta não conhecia!Hehehehe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.