PplWare Mobile

Facebook aceita submissões de óbito falsas


Gestora de conteúdo e de redes sociais do Pplware. Mestre em Economia, foi o fascínio pelo universo da tecnologia e da comunicação que falou mais alto.

Destaques PPLWARE

  1. Arlindo says:

    Penso que uma simples validação por email enviada para o titular da conta do tipo “a sua conta foi assinalada como pertencendo a alguém que já faleceu, clique aqui para revogar esta indicação (link). Se não revogar nos próximos 5 dias esta informação será considerada correcta.”… se o gajo estiver morto não me parece que responda ao email 😛

  2. Telmo Sousa says:

    “…principalmente para quem utiliza esta rede social a nível profissional…”
    Eu acho este género de situações muito mais grave a nível pessoal, mas é apenas a minha opinião.

    • Hugo Cura says:

      Do ponto de vista sentimental, sim, também concordo.
      Penso que a ideia que foi tentada passar nessa citação se deve à indisponibilidade de utilização da conta enquanto gestor “comercial” do mural ou de páginas de fãs. Para quem usa o Facebook como meio de trabalho, pode ser um problema sério.
      Mas claro, a preocupação quando se vê que um amigo alegadamente faleceu e, afinal, tudo não passou de um mal entendido… traz também grandes transtornos.

  3. João says:

    Obrigado por esta informação! Vai ser só spamar os meus amigos a dizer que estão mortos!!!

  4. joao says:

    Isto é do mais estupido que pode existir. Certidão de obito no Facebook…..dasse
    Se uma conta não é utilizada ao fim de algum tempo é bloqueada e extinta.
    Então agora começo a preencher formularios de obito no Facebook e como as pessoas estão psicologicamente viciadas e dependentes até vão acreditar, e vão-se fazer funerais, vão para a morgue e no fim so se apercebem que mais uma vez foram enganadas.
    O pessoal paracem as ovelhas no que toca as ditas redes socias, que de social nao tem nada. Como um user ja disse, no Facebook as pessoas são um produto para vender

  5. Rodrigo S. says:

    Não é nenhum choque. O mesmo se passa com coisas realmente importantes, como contas bancárias. Assim que uma cópia de certidão de óbito cai no banco, as contas são bloqueadas, independentemente de terem outros titulares. Se o “mundo real” funciona assim, é tão chocante que o “mundo a brincar” seja igual?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.