Quantcast
PplWare Mobile

A Volkswagen já idealizou o futuro do carregamento dos carros elétricos

                                    
                                

Fonte: Volkswagen

Autor: Pedro Simões


  1. Nuno25 says:

    Primeiro, era preciso que a Vw tivesse algo autónomo… até lá… a Efacec( tanto com o ionity como no American eletrify) já possui tecnologia de carregamento a 350kw. Apesar de não haver carros/baterias que suportem tanta velocidade de carregamento, isto daria tempos de carregamento na ordem dos 3 minutos cada 100km. Colocar 300km de autonomia em 9 minutos não é chocante… é uma questão de tempo até os tempo de carregamento serem considerados bons. Os telemóveis tinha duração de bateria de 7 dias, quando passamos a ter smartphones sempre ligados a durar apenas 1 dia, foi uma questão de tempo até toda as pessoas considerarem normal, chegar a casa ao final do dia e deixar o telefone a carregar, ou usar um powerbank.
    é tudo uma questão de adaptação. Os EV vão trazer muita coisa boa, mas com algumas desvantagens agarradas. o Meu primeiro smartphone dificilmente durava o dia todo e eu dizia que nunca iria querer um telefone grande. já agora… onde posso ir comprar um smartphone com ecrã de 3,5″? Baterias grandes e CPU eficientes, e a bateria pode fazer mais de 1 dia… nos carros será igual. não será preciso tanta invenção como nesta propaganda de marketing.
    Mais facilmente se criavam uns conectores simples por baixo do carro e encostava lá o robot. a própria bateria poderia ser autónoma…isto é apenas entretenimento do marketing para entreter os clientes Vw.

  2. MalicX says:

    Hoje estacionei ao lado de três lugares para carregamento elétrico. Vazios. Agora pergunto, se deixasse o meu carro de golf a pilhas nesses lugares, ia apanhar o comboio e voltava no final dia. Nessa altura o carrito a pilhas tinha atingido 50% de carga. 50% em 8 horas. Está tudo louco não? É que nesse caso seria necessário q todos os lugares de estacionamento fosse carregadores. Tolices

    • Joao says:

      um tesla carrega 120km em 5 minute nao sei onde é que viste um carro eletrico demorar 8 horas a carregar 50% num carregamento de rua as pronto é mais uma posta de quem nao percebe nada do assunto mas manda para o ir com conhecimento 0

      • King Banido says:

        Carrega em 5min, no supercharger ou num normal?

        Toda a gente tem garagem? Todos tem parques/postos ao pé de carregamento?

        Toda a gente tem dinheiro para um Tesla?

        • Paulo L says:

          Estão a sair carros eléctricos por 15k e 20k Euros.

          O tesla é caro como um BMW ou Mercedes de gama média e alta.
          Nem toda a gente tem pasta para estes modelos 😉

          • King Banido says:

            Eu sei que estão Paulo, mas esses carros não são nem de perto um Tesla… Que eu tenha conhecimento, a tesla é a unica que num supercharger, garante 80% em coisa de 10min…. Mas tem de ser Tesla 🙂

            Esses carros de 15/20k, vão levar eternidades para carregar… Mas lá está, esses são feitos a pensar na cidade, e em cidade é raro passares os 30km diarios, que para uma autonomia de 100/150km chega e sobra. Mas já es obrigado a ter onde carregar todos os dias e à noite, porque senão vais perder anos de vida a carregar o carro.

        • ervilhoid says:

          Sim nem toda a gente tem € para 1 Tesla, mas ter um carregamento para uns bons kms em poucos minutos vai ser banal..

          já agora para a maioria dos condutores a pouca autonomia que alguns veículos oferecem é suficiente.

          Agora dizer 50% em 8 horas é só falar por falar

          • MalicX says:

            Segundo site o mobi.e os carregadores normais são de 3,7 kWh.
            . No site da Renault o carregamento do ZOE em ficha de 3,7Kwh demora 14h58
            . Portanto 50% em 8h não anda muito longe da verdade (segundo os fabricantes).
            Agora imaginem um tesla com bateria gigante. Provavelmente carrega 20% nessas 8hrs. Ou como diria o gajo do pântano é só fazer as contas.

      • MalicX says:

        Segundo site o mobi.e os carregadores normais são de 3,7 kWh.
        . No site da Renault o carregamento do ZOE em ficha de 3,7Kwh demora 14h58
        . Portanto 50% em 8h não anda muito longe da verdade (segundo os fabricantes).
        Agora imaginem um tesla com bateria gigante. Provavelmente carrega 20% nessas 8hrs. Ou como diria o gajo do pântano é só fazer as contas.

      • Tarcis says:

        100 carros iguais ao teu carregando ao mesmo tempo derruba a rede elétrica de grande parte da tua cidade, se for cidade grande.

    • Paulo L says:

      Porque tolice?
      Acho mais tolice a idea da VW, para estes posto móveis são necessárias baterias, mais extração de minério, além disso carregar uma bateria para depois carregar o carro origina mais desperdício de energia e mais ciclos de carga numa bateria que vai perder performance.

      Colocar uma tomada na parede ou no chão é algo quase tão simples como pintar a parede.
      Não me parece nada complicado uma autarquia quando pavimenta o chão colocar uma tomada em cada ponto de estacionamento!!!

    • rikardo pereira says:

      porque é que nao carregam em casa ? qual é essa mentalidade que demora 8h para 50%?
      ainda bem que ha quem ande para frente e nao pense como estas mentes brilhantes, quadradas e vazias de conhecimento.

      • MalicX says:

        Então vejamos a “mentalidade das 8h e 50%”:
        . Segundo site o mobi.e os carregadores normais são de 3,7 kWh.
        . No site da Renault o carregamento do ZOE em ficha de 3,7Kwh demora 14h58
        . Portanto 50% em 8h não anda muito longe da verdade (segundo os fabricantes).
        Agora imaginem um tesla com bateria gigante. Provavelmente carrega 20% nessas 8hrs. Ou como diria o gajo do pântano é só fazer as contas.

        Mas o mais relevante do meu comentário original é a componente prática da coisa. Imaginem que, como fazemos atualmente, deixamos o carro estacionado e a carregar quanto vamos trabalhar. Significa que todos os parques tinham que conseguir disponibilizar carregados para as pilhas em todos os lugares (ou quase todos). Isso tem alguma viabilidade? Ou acham que todos vivemos numa moradia e carregamos em casa?

        O modelo dos EVs a pilhas está condenado ao fracasso. Por alguma razão o fabricantes de repente passaram a olhar para o hidrogénio com outros olhos.

        • Joao says:

          ora bem para se falar tem que se saber falar existe 3 modos de carregamento na mobi e normal semi-rapido e rapido o modo normal é 3.7kw e é suposto usares esse se ja tiveres muita carga nao é suposto carregares do 0 para isso existem os outros dois que têm 22kw.
          Segundo entao fazer uma bomba em cada esquina tem vabilidade colocar 10 ou 15 posto num parquet ja nao tem esta certo entao visto que uma bomba tem que ter alguem a trabalhar la tem que ser constantemente abastecida po camioes enquanto 15 postos de carregamento estao constatemente a ser alimentados e tu achas que uma bomba de gasoline tem mais viabilidade esta certo é por estas mentalidades que isto nao anda para a frente.
          Quanto ao hidrogenio é uma boa alternative mas nao acho que seja o future mais uma vez dependemos de fornecimentos externos e o hidrogenio é um gas ou seja muito mais dificil de armazenar do que um liquido portanto daqui a uns anos ja se andam todos a queixar do preço do hidrogenio

    • Balmer says:

      “Hoje estacionei ao lado de três lugares para carregamento elétrico. Vazios.”

      Ok?

      “o meu carro de golf a pilhas”

      Nós por cá preferimos EVs com capacidades um pouco mais sofisticados, mas pronto, cada uma com o que se sente mais comfortavel.

      “Nessa altura o carrito a pilhas tinha atingido 50% de carga. 50% em 8 horas.”

      Erm…Estás a falar em limitar a carga? Carregamento com paineis solares (Generosos)?
      Claramente não estás a falar da realidade, portanto se isto era uma critica a carros electricos é no minimo não informada, de todo.

      • MalicX says:

        Segundo site o mobi.e os carregadores normais são de 3,7 kWh.
        . No site da Renault o carregamento do ZOE em ficha de 3,7Kwh demora 14h58
        . Portanto 50% em 8h não anda muito longe da verdade (segundo os fabricantes).
        Agora imaginem um tesla com bateria gigante. Provavelmente carrega 20% nessas 8hrs. Ou como diria o gajo do pântano é só fazer as contas.

        • Joao says:

          3.7 é o carregador mais fraquinho é obvio que vai demorar muito tempo se carregares do 0 nao é esse o objetivo deles, isso simplesmente é um argumento sem sentido se nao tambem faço um argumento novo:
          – Um EV demora 100H a carregar 20% (se usar o carregador do meu telemovel)
          pronto parabens podes ficar com este

          • MalicX says:

            É fraquinho mas é o que está disponível a preço decente. E a maioria está avariado. Portanto é uma bela treta.

    • Filipe Ferreira says:

      Deixo aqui uma sugestão tente alugar um carro eletrico durante 3 dias e depois vê o resultado , seria bastante interessante pois quando não percebemos nada de um assunto ….quando experimentar fica a perceber

    • Filipe Ferreira says:

      Mais um que não percebe nada de veículos eletricos

    • Filipe Ferreira says:

      Mais um que não percebe nada de veículos eletricos

  3. Julio Spinola says:

    Para ter um carregamento de 5/6 min, precisamos de carregadores de qtos kW?
    50/100/350 kW?
    Os transformadores dos postes são de qtos kW?
    Para carregarmos 20 carros, simultaneamente, em três minutos, precisaríamos de uma subestação de energia de 7000 kW com suas redes de alta tensão, em cada posto de recarga?
    E, se tivermos 300 carros a carregarem simultâneos, no final de um dia de trabalho?
    SERÃO 1.05 GIGAWATTS DE ENERGIA.
    1.05 milhões de kW!
    Ligaremos estes 300 carros numa usina nuclear, só para eles?

    • Paulo L says:

      Nós não temos uma usina nuclear em Portugal, mas so na area do Porto existem mais de 300 carros a carregar simultaneamente, como conseguimos isso e ainda prover energia para todas as casas, comercio, ruas, etc ???

      Queres refazer as contas, talvez estejas a ser um pouco dramático e a exagerar ligeiramente?

    • Joao says:

      respondendo à primeira pergunta 350 kw um tesla carrega 120 km em 5 minutos.

      De resto muito boas contas sim senhor agr faz essas contas para o combustivel em media quantos litros leva um carro * media de carros que vai a uma bomba * numero de bombas em Portugal (so para nao multiplicar por todo o mundo) e ves quantos litros sao necessaries para abastecer um pais de um recurso nao renovavel altamente poluente extraido em alto mar transportado para todo o mundo para todos as bombas de um pais do outro lado tens uma energia renovavel que pode ser extraide de quase tudo sol vento agua Portugal usa 51% de energias renovaveis é certo que tambem usa centrais que tambem poluem mas isso polui num sitio nao anda espalhado por todo lado se meteres uma central no meio de um Floresta as arvores consomem o CO2 que a central produz, esta levas de borla as restantes puxa pela cabeça

    • Filipe Ferreira says:

      Calma isso só vai acontecer lá pra 2050 até lá certamente a tecnologia vai acompanhar

    • Fernando Moreira says:

      Parabéns. Até que enfim que apareceu alguém que sabe do assunto.
      Muitas pessoas julgam que o carregador público é que (cria) a eléctricidade.

  4. Julio Spinola says:

    Um tanque de posto de gasolina guarda em cada tanque, 67.000 kW/hora aproveitáveis pois, um motor de ciclo Otto gasta 0.6 litros/kW.
    Assim, um posto com 5 tanques de 30.000 litros equivalem a uma usina de 200.000 kW/hora e 5 postos de gasolina equivalem à energia gerada por uma termelétrica de 1 milhão de kW.
    Distribuída durante o dia, a energia de uma central nuclear de um milhão de kW, pode recarregar quantos carros?
    Como os engenheiros nucleares afirmam que, depois de somar toda a energia térmica do transporte, fabricação do aço, do concreto, etc , a usina nuclear TER BALANÇO ENERGÉTICO NEGATIVO, ou seja, gasta-se mais energia a construî-la do que toda energia que ela devolverá, gastar energia térmica e elétrica para construir uma central nuclear, NÃO SERÁ TROCAR SEIS POR MEIA DÚZIA?
    O único balanço positivo seria econômico: o kW do carvão gasto no cimento, mais barato do que o kW das outras fontes…

    • Joao says:

      “Um tanque de posto de gasolina guarda em cada tanque, 67.000 kW/hora aproveitáveis” so esta parte ja tem graça vai aprender qualquer coisa para nao dizeres parvoices o resto so as contas é que estao erradas.
      Esqueceste te do principal um motor a combustao é muito menos eficiente que um motor eletrico portanto la se vao as tuas contas.
      Quanto ao nuclear tambem nao sou fa mas claramente nao sabes minimamente o que um central nuclear consegue produzir

  5. Fábio Gallo Pacheco says:

    Na minha opinião o futuro dos carros elétricos, no tocante ao carregamento, deverá ser como os carros à gasolina. Será semelhante ao controle remoto da tv da nossa casa, que usa pilhas e quando acabam a gente compra novas em qualquer mercado e qualquer marca de pilha serve em qualquer marca de TV, pois possuem tamanhos e conexões padronizados.
    Haverão postos de carga, onde haverão baterias previamente carregadas substituirão as baterias vazias do carro e estás serão recarregadas e disponibilizadas a outro cliente. O tempo de troca das baterias será semelhante ao tempo para encher um tanque de gasolina, ou seja, poucos minutos.

  6. Manuel Conceicao says:

    De vez em quando aparece-me estas notícias e acho sempre engraçado os comentários. Uns defendem uma coisa outros defendem outra. É claro que a eletrificação é o futuro. Depois de resolverem as questões dos carregamentos e da disponibilidade eléctrica. Se todos os automóveis fossem de repente eléctricos não iria haver electricidade para tudo. Mas indo mais fundo, geralmente as pessoas pensam que por ter um automóvel eléctrico já não são poluidoras e ficam com a consciência tranquila e também desenvolvem um sentimento superior aos restantes. Os automóveis são responsáveis por uma pequena parte das emissões, vão investigar por favor antes de criticar. Se realmente essas pessoas querem ajudar o planeta mudem de estilo de vida. É o estilo de vida moderno que arrebenta com tudo. Não consumam. E se consumirem tentem consumir produtos locais. Que adianta ter um carro eléctrico se o resto do que faço deixa uma enorme pegada ecológica. Só asim se conseguiria reduzir as emissões, mas como isso não vai acontecer…a

  7. Rafael says:

    Para depois quando for para mudar uma bateria no valor de 30mil €uros.
    Só cai quem quer…

    • Paulo L says:

      Já paraste para pensar no que estás a dizer ?

      Não te quero ofender, mas é realmente difícil escrever isto sem te chamar o oposto de inteligente.

      Usas informação que lês em comentários sem fundamento e vens para aqui replicar.
      Para teres uma idea do quantoPensa desta forma se um smart ou mesmo

      • Paulo L says:

        Desculpa, enviei antes de completar

        Pensa desta forma, se um smart ou os Renault que estão para sair já no princípio de 2020 vão custar 20k e 15k, tu vais depois pagar 30k para substituir a bateria ?
        Mais rápido comprarias um carro novo.
        Entendes agora o desfasamento da tua resposta ? Comercialmente não seria viável !!!

  8. MARCO AURELIO MARQUES DUARTE says:

    Nossa a dona VW podia ter pensado em algo melhor que piada, carregar uma bateria pra depois carregar outra bateria. Se colocar o ponto de energia no centro do estacionamento e puchar um ponto de tomada pra cada vaga seria bem melhor

  9. CBRR says:

    ninguém aborda o tema eu pergunto porque a vw e a maioria dos construtores de carros não incorpora na cobertura dos carros celulas de auto-carregamento celular …
    os chineses já apresentaram um que carrega com o sol para curtas distancias sem necessidade de ligar ao carregador

  10. MICHAEL ANDERSON RESENDE says:

    Por isso a melhor invenção e carro movida a água salgada. Já que ela é 98% da existente no mundo. E o sal e descartado numa bandeja para o sal de cozinha . E o fim de comprar sal de cozinha e melhora na evaporação da água .ambientes me os úmidos sem impactando e a água doce e chuvas de forma positiva

  11. Fabio says:

    Primero , carregar carro elétrico é a forma de nos mantermos dependentes do sistema financeiro , apenas deixaremos o dinheiro do petróleo pelo da eletricidade. Segundo e não menos importante , quero ver o gigantesco problema ambiental que essas baterias irão causar quando tivermos uma frota mundial de 1 bilhão de veículos.

  12. ALBATROZ says:

    Ora temos aqui um “CALCANHAR DE AQUILES” problema que talvez não o seja, atendendo ao avanço do tempo. Eu costumo dizer que já temos coisas a mais inventadas, agora só necessitamos de as aplicar/direcionar. Talvez a invenção da RODA tenha sido mais difícil para os nossos antepassados, no entanto ela apareceu e foi utilizada em várias formas e situações, lá está aplicar/direcionar. Eu penso que já saltamos a era da ficha&tomada, como não pensar nas energias alternativas. EÓLICAS, SOARES etc.Já me ocurreu por exemplo nano células fotovoltaicas (sim pois já estamos na era do “NANO”) distribuídas pela carroçaria do dito veículos libertando-nos dos ancestrais pontos de abastecimento. Pensem nisso & Bom Ano 2020.

  13. Flavio Santos says:

    Acho que uma boa sugestão seria o rodízio de baterias, para isso seria necessário um padrão mundial de uma bateria removível que pudesse ser trocada num posto de rodízio, onde ela fica carregando esperando um próximo carro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.