Quantcast
PplWare Mobile

Vera: O camião elétrico e autónomo da Volvo está pronto para trabalhar na Suécia

                                    
                                

Imagem: Volvo

Fonte: Volvo

Autor: Pedro Simões


  1. Casuístico says:

    Muito bom, mas os antigos motoristas irão viver do quê, mesmo? Saudações.

  2. iDroid says:

    Sabem em que data vou efectivamente entrar em funcionamento?

    • Joao says:

      1 de janeiro de 2060

      • SANDOKAN 1513 says:

        “1 de janeiro de 2060” Ah,ah,ah !! Daqui a 41 anos !! O que o mundo há-de mudar até lá !! Já nem Pplware existe nem nada desta Internet.Nem me admira nada que por essa altura já hajam carros voadores quanto mais carros eléctricos.Olhem,eu é que não estar cá para ver isso.Vejo-vos de lá de “cima”,se Deus quiser. 🙂

    • Ricardo says:

      No Port of Qingdao, China já funcionam assim.
      E o futuro próximo serão os navios autónomos que já estão em construção.
      Os nórdicos e asiáticos já estão noutro patamar.

  3. iDroid says:

    *vai entrar*

  4. maxgiger says:

    “É, no entanto, um grande passo para garantir que surjam soluções menos poluentes e menos ruidosas nos próximos anos”, contribuindo para o desemprego e mais dificuldades laborais as pessoas.

    • Lucas says:

      O emprego é um mito, um padrão de vida criado pela mente humana amigo. Há sempre algo para fazer, ninguém fica quieto muiyo tempo.

    • Joao says:

      Mias postos de trabalho para desenvolvimento e montagem dos veiculos. Mais producao e investigacao. O trabalho nao e so o quadrado que se ve no seculo passado.

      • maxgiger says:

        Achas? então a montagem de veiculos já não é em grande parte feita por maquinas? É melhor acordarem para a vida pois para haver produçao e investigaçao tem de haver gente a investir. Se não houver ninguem a investir, é que ha pouca procura, logo lá se vai a produçao. e para onde vai essa gente que dizes que vai para a produçao? pois, vão de rodinhas para a rua! (espero que percebas as rodinhas)

    • Pedro Reis says:

      Podíamos estar todos sentados num café a discutir este assunto e a ler um jornal onde vinha esta notícia. Pagávamos o café e comprávamos o jornal.
      No entanto estamos sentados a ver uma notícia on-line e para isso pagamos um serviço de internet.
      A melhor parte é que o café continua aberto e o jornal ainda não fechou.
      Tudo isto faz parte da evolução. Há sempre prós e contras, mas não podemos querer viver numa caverna.

  5. Lucas says:

    Aproveito para perguntar aqui, e tem mais ou menos a ver com o tema:
    Porque é que na autoestrada A2 os simbolos dos carregamento de carros elétricos foram quase todos retirados? Estou neste momento a carregar o zoe na bomba da galp de Alcacer mas até entrei na bomba por outra razão, de repente dou com o carregador de EV disponível e a trabalhar, no entanto todos os símbolos de carregamento de EV estavam retirados ao longo de toda a A2 até este local!!!?
    É lamentável mas parece que existe uma perseguição directa ao carro elétrico! Quer dizer o mundo está a ir pela sanita abaixo, mas ao invés de o salvarmos estamos nas tintas para fazer algo positivo! Os políticos já se sabe o que a casa gasta, mas fazer frente às grandes corporações já será mais difícil… penso eu de que…

    • Joao says:

      Para a maior parte dos fabricantes na ointeressa o eletrico para ja. Em portugal tiram porque assim as estacoes de servico nao vendem combustivel. A simple regrecao deste pais.

  6. Mendez says:

    Parece que ninguém se preocupa e está a aumentar exponencialmente.
    O Maior elemento poluente no ambiente é a proliferação dos campos electromagnéticos.

  7. SANDOKAN 1513 says:

    Agora é que muitos hão-de querer ser camionistas !! Com bombas destas na estrada,olarila. 😀 😀 😀

  8. Luiz says:

    Não seria o nome caminhão,e não camião kkkkk

    • Vítor M. says:

      Viva Luiz. Caminhão não existe na língua portuguesa. Diz-se camião. Contudo, no Brasil usam a palavra caminhão que deriva do
      francês camion.

      • Carlos Moura says:

        Não acha que a proximidade entre palavras seja mais da Portuguesa em relação a Francesa??? afinal o Português e o Francês são línguas de origem Latina, já o Português do Brasil (que para mim nem faz sentido que seja assim nomeado) é Português que ganhou expressões depois do Português desembarcar no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.