Quantcast
PplWare Mobile

Tesla adicionou em segredo o carregamento bidirecional ao Model 3

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. André R. says:

    Isso já existe à muitos anos nos carros a combustão, chamam-lhe: encosto de bateria…

  2. Hélder Martins says:

    André, os cabos de bateria é para dar um “boost” quando ñ há bateria no carro a combustão, para ele pegar.
    Aqui estão a falar no cenário de dar boost, mas também carregar 10, 20 ou mais % se quiserem.

    • André R. says:

      Eu sei disso. Se fizeres um encosto de bateria entre dois carros mas não deres o arranque, a bateria descarregada começa a carregar e a tua a descarregar…

  3. Nuno José Almeida says:

    Como ter energia “grátis” em casa. Ter um carro eléctrico. Trabalhar numa empresa que oferece o carregamento. Ir para casa e usar a electricidade do carro.

    • Tiago Eusébio says:

      Acho que será preferível pagar a eletricidade do que pagar a substituição da bateria em poucos anos devido ao desgaste que isso lhe traria. 🙂

    • nuno says:

      Exactamente, era o que faria se podesse carregar no trabalho.
      Isto é excelente.

    • Louro says:

      Ou entao teres um Tesla que tem carregamentos gratis para o resto da vida nos superchargers e voilá…

      Energia em casa gratis em casa.

      Os custos das baterias basta que andes a fazer carregamentos mais lentos para reduzir o desgaste das baterias ao máximo.

    • Louro says:

      Outro exemplo é teres também carregamentos grátis nos superchargers e quando chegas a casa ao invés de carregares o carro, carregas as baterias que tens em casa usando a energia que tens no carro.

      No dia seguinte voltas para a rua, só tens de ter autonomia suficiente para chegar ao supercharger, carregares e voltares para casa para voltar a dar energia as tuas baterias. 😉

  4. Nelson says:

    Isto é o princípio do vehicle-to-grid (v2g) tecnologia que já fala alguns anos e que em teoria é possível.

  5. eu2 says:

    Basicamente, quando houver muitos elétricos (Teslas) na estrada, quando se der por ela já não será preciso powerwalls e já haverá baterias suficientes para que a energia solar faça sentido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.