Quantcast
PplWare Mobile

Lucid Motors considera Tesla uma marca inovadora, mas não de luxo

                                    
                                

Autor: Ana Sofia


  1. SANDOKAN 1513 says:

    Ao ler isto só dá para rir !! 😀 😀 😀

  2. David Guerreiro says:

    E é verdade que os interiores de um Tesla não estão ao nível de um Mercedes ou BMW topo. Quem quer mesmo luxo tem de optar por outra marca, mas a combustão interna.

  3. Vasco says:

    Tenho um bocado a noção de que a Tesla só é considerada “de luxo” em Portugal, dada a pobreza económica e o baixíssimo nível de rendimentos do nosso país. Qualquer coisa que por aqui custe mais de 20 ou 30 mil euros e não seja objecto de compra através dos mais diversos instrumentos de credito, é uma raridade em termos de percentagem da população, o que mostra bem a nossa pobreza disfarçada – tudo isto comparando com o resto da UE. Depois existe precisamente a questão dos defeitos e falhas nos acabamentos, em que a maioria dos proprietários apresenta as mais variadas queixas. Claro que a Tesla não pertence ao segmento de luxo, apesar de ser inovadora.

  4. darksantacruz says:

    Concordo plenamente. Aliás nem penso que o objetivo da Tesla seja competir no segmento de luxo (basta olhar para a qualidade dos materiais dos seus veículos), os preços dos Tesla são caros porque a tecnologia inerente ainda é cara.

  5. Rui says:

    Secalhar a melhor definição que vi da tesla, é realmente uma marca que eleva a fasquia na inovação mas em termos de qualidade não está ao nivel das 3 alemãs se a lucid se quer posicionar aí boa sorte mas vai ser dificil, agr falta ver se a tesla realmente quer continuar assim ou quer tambem aumentar a qualidade para niveis superiores

  6. wtvlol says:

    Tesla e luxo na mesma frase não combina.

    Os Teslas são os Dacias dos eléctricos. Simplesmente é fácil extrair potência de um motor eléctrico/bateria.

  7. Pedro says:

    Pois não está. Distribui durante 3 anos Teslas por todas as stores da Suiça, falhas de acabamentos interiores, falhas de acabamentos exteriores, piscas a soltarem-se, fraca resistência a corrosão, plásticos de qualidade duvidosa, secção traseira dos bancos do model X muito sujeita a riscos, prateleira/compartimento inferior do ecrã tátil opcional para objetos de plástico de inferior qualidade, compartimento central de arrumação inicialmente sem fecho, aberto sujeito a desgaste e riscos diversos. Comandos detrás do volante copiados da Mercedes (série A/CLA, GLA), frisos cromados das portas soltam se com o tempo, acertos diferentes entre as ópticas e a distância a chapa visível analisando com detalhe, frisos cromados mal nivelados/acertados ao longo da carroçaria.
    Inovação sim, qualidade de construção e acabamentos pouco condizente com o nível de segmento médio europeu. Bons materiais a nível de bancos e forro/revestimento do tablier.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.