PplWare Mobile

Hyundai construiu autocarro elétrico de dois andares


Imagem: Hyundai

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. Martins says:

    Em Lisboa por exemplo a guerra contra o automóvel não pára… Tudo a bem do ambiente (claro!) e até se fala em banir o diesel. No entanto, para barcos de cruzeiro que emitem o equivalente a um milhão de automóveis por dia já não há qualquer problema. E no aeroporto os aviões queimam diariamente toneladas de jet fuel, mas também são abençoados pelas autoridades.

    https://www.euractiv.com/section/air-pollution/news/daily-emissions-of-cruise-ships-same-as-one-million-cars/ e https://ec.europa.eu/clima/policies/transport/aviation_en

    Mas para o nosso governo o mal está nos carros do cidadão comum. Se for avião ou cruzeiro pode entrar em Lisboa e poluir à vontade!

    • fc says:

      Mas o problema dos carros é apenas o combustível que usam? Podíamos ter todos os carros de Lisboa a energia renovável que grande parte dos problemas iam continuar. Não é viável uma grande cidade depender do carro como depende Lisboa. Não há espaço. O congestionamento é grande. E são esses os problemas que quem usa carro tem que ultrapassar, no fim de tudo é que a parte ambiental nos preocupa.

    • hsff says:

      Não é contra o automóvel é contra o automóvel dos que vivem na periferia. Faz parte do plano de libertar a cidade para os que têm dinheiro.

  2. TugAzeiteiro says:

    Então não era a Hyundai que ia apostar no desenvolvimento de veículos Fuel Cell (hidrogénio), tendo até criado um SUV de nome “Nexos”, porque os eléctricos não eram solução?! Afinal de contas……..

  3. José Antunes says:

    Um dos melhores fabricantes mundiais do ramo automóvel (Hyundai e KIA).

  4. helder says:

    O que é uma grande bateria enorme?

  5. iDespairing says:

    300 KM de autonomia num autocarro, lol

    • ok says:

      E só 321 cv lol. No meu hatchback de 160 cv já noto a diferença nas subidas com 5 pessoas, nem quero imaginar este autocarro com todos o bancos ocupados mais as bagagens.

      • Toni da Adega says:

        Como se os numero de CV tivesse alguma coisa haver com a performance de um carro numa subida.
        Carro A pode ter metade dos CV de carro B e mesmo assim subir com maior facilidade.

    • anon says:

      Estavas a espera do que? Os VE estão neste momento onde os carros atuais estavam no início dos anos 1900.

  6. paulo rodrigues says:

    Só 1 hora e 12 minutos para carregar a bateria… se for para “tachos e panelas” até dá! 300 km de autonomia é pouco. Menos de 400cv é pouco para exigências actuais, ainda mais nesse veículo de grande dimensão.

    • Toni da Adega says:

      Entao alguém que vá avisar os fabricantes de Autocarros porque a maioria deles andam a fazer motores em que a potencia varia entre os 250-350CV.

      • paulo rodrigues says:

        Achas? Quem compra é que sabe o seu orçamento… olha deixo aqui um link para a Volvo Buses… procura outras marcas. Se queres dar uma volta numa B9 com caixa I-Shift com 380cv podemos combinar… uma MAN com 460cv foi o mais potente que me passou pelas mãos.

        https://en.wikipedia.org/wiki/Volvo_B9R

        A MAN tem até 500cv:

        https://www.chassis.man.eu/en/index.html#engines__equipment

        • Toni da Adega says:

          Eu afirmei a maioria dos fabricantes/modelos e não todos porque sei que existem alguns mais potentes.
          E para a tua afirmação ser coerente devias ter afirmado que o mais fraco que te passou pelas mãos tinha 460CV, porque abaixo dos 400cv disso nem interessa.

          • paulo rodrigues says:

            Todos os fabricantes tem carros potentes e menos potentes… quem compra é que sabe ao que vai/pode.

            Não existe nenhuma incoerência no que afirmei… afirmei de que a forma como colocaste a questão não corresponde à realidade. Abaixo dos 400 cv não interessa? Claro que “interessa”: um carro de 18 lugares não precisa de tanto… este que aqui está referenciado é um “peso pesado”, com estes cv vai “morrer” muito a subir, nas que são extensas e acentuadas, queres tu queiras ou não…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.