PplWare Mobile

Fábrica da Tesla na Europa, a Gigafactory 4, será construída em Berlim


Redator

Destaques PPLWARE

  1. helder says:

    Mais uma prova que uma politica de salários baixos, não atrai investimento.

    • David says:

      Apenas o Sr. Belmiro de Azevedo… “Belmiro de Azevedo defende salários baixos para criar emprego”

      https://www.rtp.pt/noticias/economia/belmiro-de-azevedo-defende-salarios-baixos-para-criar-emprego_v636940

      Apenas seria bom para aumentar o lucro da sua empresa… contudo como o seu negocio são os supermercados, e todos precisamos de lá ir… pouco ou muito salário… todos nós deixamos boa parte do nosso ordenado nos supermercados… mas se fosse outro negocio penso que não falaria de igual modo…

      Mas… Paz à sua alma! (“Grande poeta”)

      Lembrem-se apenas do seguinte… se a moeda não circula… não há mercado, não há salário…país pára…

      E sim @Helder tem toda a razão, contudo provas há muitas… Mas o país continua igual…atrasado na mentalidade… O Socrates já foi preso? O Salgado tb? entre outras coisas… e quem paga? o Ze povinho… e na hora do voto? sempre os mesmos… começo a pensar que o povo quando vota estão “ganzados”… contudo… não há um partido de jeito… todos corruptos… Mas num pais em que ser corrupto recebe palmas… ser certinho conta o tostão… está tudo dito…
      Mas questionem os funcionários da AutoEuropa se recebem o ordenado mínimo? quando é preciso as empresas sabem pagar… O patrão “português” gosta de pagar pouco e cobrar mto… para ficar rico rápidamente… e é o que se vê…

    • Joca Silva says:

      “Mais uma prova que uma politica de salários baixos, não atrai investimento.”

      Pois não, é só ver a carrada de empresas de Tecnologias de Informação que se está a instalar no Porto. Deve ser porque os programadores do Porto são mais simpáticos 😀

  2. Alguem says:

    “A confirmação foi dada pelo CEO da Tesla, Elon Musk”

    Então mas ele não tinha sido expulso de CEO??

  3. Blackbit says:

    É pena não ter vindo para Portugal mas compreendo a escolha da Tesla pela Alemanha, é um ou mesmo o país de referencia a nível da industria automóvel.
    Juntou-se aos melhores para crescer ainda mais nessa industria muito competitiva.

    • Paulo L says:

      Geograficamente está melhor para distribuição pela Europa.
      Portugal só seria opção se houvesse interesse em distribuir para América Latina devido aos portos.
      Para a Europa, da Alemanha ou França pode cobrir desde Portugal até Escandinávia.

    • Pérolas says:

      Tem a ver com a centralidade da Alemanha… é uma questão de lógica logistica e int€r€ss€s instalados, nada mais!!! Básicamente é a velha máxima «se não podes vence-los, junta-te a eles».

  4. Pedro says:

    Off topic
    Google assistant finalmente em PT

  5. Aj says:

    Nunca um CEO ou empresário sério especialmente desse ramo instalaria uma fábrica dessas em Portugal devido aos custos com exportação. Começa nos impostos passa pelos portos já q via ferroviária e para esquecer e acaba na quantidade de greves e manifestações dos vários operadores. Não há grandes incentivos por isso o investimento foge.

    • Sergio J says:

      No entanto boa parte dos grandes exportadores nacionais são do ramo automóvel. No top 5 estão 3 e no top 10 estão mais algumas.

      • Aj says:

        E normal que grandes exportadores nacionais sejam o ramo automóvel e assim na maioria dos países.
        Mas Portugal na sua generalidade e um pais prestador de serviços e nao propriamente de grande industria.
        A Autoeuropa produz automóveis VW e quantos deles ficam em Portugal? Muito poucos em proporcao e podem dizer que e bom porque “exportamos muito” mas esquecem se que a Autoeuropa foi criada cá por 2 motivos simples : 1 porque na altura houve imensos incentivos fiscais e a VW vendia imensos carros em Portugal basta ver o VW golf que foi recordista de carros vendidos em Portugal inúmeros anos e segundo porque os modelos iniciais tinham em vista nao so o mercado português mas principalmente o espanhol ( alhambra ).
        Agora em termos analiticos se o grande mercado europeu em produçao automovel e os que mais estao a investir nos eletricos sao realmente os alemaes e normal que a fabrica seja la e chegue ao cliente montadoras alemas muito rapidamente e muito mais barato. SImples assim.

    • bill says:

      E nao esquecer os custos da energia. Alias não deixa de ser caricato que uma fabrica de automoveis amigos do ambiente, escolha para local da sua fabrica o 2º pais da europa com a energia mais suja, feita a partir de termoelectricas a carvão e por isso, com o custo da energia mais baixo.
      Mas a cereja no topo do bolo é a frase do Elon “os melhores carros do mundo são fabricados neste país e que por isso quer colocar a sua fábrica neste local para continuar o desenvolvimento da sua empresa” grande loool

      • IonFan says:

        As Gigafactories são desenhadas com o objectivo de serem auto suficientes energeticamente.

        • Filipe Coelho says:

          Chiu, não venhas para aqui com esses factos, assim o pessoal não tem como contrariar…

        • Nuno says:

          O que torna esta escolha (para mim) especialmente estranha. Não percebo porque um pais sul europeu (exposição solar), ou norte europeu (atividade geológica) com grandes fontes de energia renovável não foi escolhido para a fabrica. A Alemanha é praticamente um dos países com menos recursos renováveis.

  6. Napoléon Bonaparte says:

    Tá mal. Desta vez., o trogló do Musk espalhou-se…
    O nosso jardim à beira-mar plantado era uma melhor opção. Sem qualquer dúvida…!

  7. Informático Amador says:

    Falta mão-de-obra qualificada e empresas de apoio para uma unidade gigantesca como a Giga-fabrica. Estamos longe do centro da Europa. Como exportar a produção? Para escoar os milhares de carros, temos Mar, mas não temos marinha mercante à altura. Não nos entendemos quanto a aeroportos. A ferrovia está a cair de podre. E a Alemanha está mesmo no centro da Europa. O Musk fêz, o que qualquer um de nós faria, se estivesse no lugar dele. O resto é música. Resta esperar por uma das outras 8 fábrica que ele quer construir. Mas até lá, muita coisa tem de mudar, por cá.

  8. Pedro says:

    Se em vez de gastarem dinheiro em bancos, gastassem em criar infraestruturas (Aeroporto em condições, linhas ferreas de alta velocidade, etc) para suportar essa fábrica…mas os politicos corruptos não têm interesse nem alcance para isso.

  9. Sub says:

    É pena! Mais uma triste notícia…
    Ouvi dizer (e por isso vale o que vale…) que andamos a perder muito negócio por causa dos ambientalistas (que acho que devem ser tidos muito em conta mas quanto baste).
    No Sul não se consegue fazer a prospeção de petróleo que tanto dinheiro deu e dá ao norte da Europa, no norte está difícil alavancar a sério a exploração de lítio e, também por esta última, a TESLA apesar de já preferir a Alemanha arruma por completo as aspirações portuguesas a ter uma fábrica.
    Enfim……………………..

    • Joao Ptt says:

      A malta não gosta muito dos impactos no seu ambiente, especialmente com todos os maus exemplos do passado onde é evidente a pouca vontade dos privados e do estado em garantir um bom ambiente durante e após a conclusão da exploração… imagine porquê? Porque custa dinheiro! Por vezes tanto que não seria economicamente viável sequer começar a exploração em primeiro lugar, ou os lucros iam ser tão reduzidos que não compensariam, ou então nem existe forma de realmente reparar os estragos.

  10. Dani Silva says:

    Munique tem a BMW, Estugarda tem a Porsche e a Mercedes, e agora Berlim terá a Tesla, a humilhar tecnologicamente as concorrentes do sul da Alemanha…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.