Quantcast
PplWare Mobile

Código da Estrada: É legal estacionar onde quiser e ligar os quatro piscas?

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Paulo L says:

    Duhhh !!!
    O pessoal usa os 4 piscas de alguma forma para indicar que não vai demorar muito.
    Uma espécie de sinalética luminosa não escrito.
    Um pouco como o uso dos 4 piscas para agradecer o conductor de trás que facilitou uma manobra um indicou algo. Ou o uso de sinal de luzes para alertar o condutor da frente, os tais códigos de luzes que em lado nenhum estão escritos (como quando se assinala aos condutores em marcha contrária de polícia ou perigo na estrada)

    Agora não criei-o que alguém ache que pode estacionar onde lhe dá na gana e ao acender os 4 piscas fica automaticamente legal.(claro que os próximos comentários vão mostrar que estou errado )

  2. TugAzeiteiro says:

    Não percebi… o pplware não é um site de tecnologia?!

  3. Asdrubal says:

    Vejo montes de gente a deixar o carro estacionado em cima da passadeira com os 4 piscas para fazer umas compras, e tenho de atravessar a estrada fora da passadeira, e como a visibilidade fica reduzida pelo carro mal estacionado, nem vejo os carros em trânsito nem eles que vêem a mim, há o perigo elevado de ser atropelado.

  4. Carlos Fernandes says:

    O belo tuga é …3 – Os condutores devem ainda utilizar as luzes referidas no n.º 1, desde que estas se encontrem em condições de funcionamento:
    a) Em caso de imobilização forçada do veículo por acidente ou avaria, sempre que o mesmo represente um perigo para os demais utentes da via;..(tirar um borne da bateria e voltar a ligar )

  5. Eu says:

    Os instrutores das escolas de condução fazem o oposto.
    Usam os piscas para transgredir, obrigando muitas vezes os restantes utentes da via a cometerem infracções.
    Srs Instrutores, não sendo isto regra geral, quando precisarem de ir comprar o jornal ou fazer alguma tarefa daquelas que não lhes compete fazer durante o processo de instrução ao aluno. Ensinem aos alunos alguma ética pela vossa profissão.

  6. José Carlos Augusto Moreira says:

    Há uma diferença enorme entre “estacionar” e “parar”. No limite, em posso “parar” o carro em cima (por exemplo) de uma rampa, desde que me mantenha no interior do veículo em condições de o retirar desde que necessário.

  7. MegaDrive says:

    Mas os 4 piscas servem para a malta ficar imune às regras de transito… Não entendo estes artigos.

    • Jorge Rodrigues says:

      Boas
      Exactamente, vi um senhor muito bem vestido a argumentar acesamente com um agente da PSP precisamente por ter parado o seu bonito Audi em segunda fila obstruindo 2 viaturas de transportes de doentes não urgentes, o carro ficou assim porque o iluminado do condutor quis ir comprar tabaco e beber a bica da praxe, viu um bonito “cheque” de 300 euros ser passado.
      Se tivesse sido educado e cordial para com o agente se calhar tinha pago uma coima mais baixa.
      Enfim…

      • JC says:

        Então o problema era “o seu bonito Audi”.
        Se fosse um carocha com 25 anos, não havia crise…

        (Abomino quem estaciona em 2.ª fila, independentemente da marca ou modelo).

  8. Pinto says:

    Os artigos do código de estrada fazem sentido quando a policia actua. Neste caso em concreto é para esquecer pois nenhuma força da autoridade quer saber …. É a realidade pura e dura.

  9. Pedro Fernandes says:

    Os 4 piscas só está na moda devido à grande preguiça por parte das forças Policiais que hoje em dia deixam estacionar em qualquer lado, depois é como em tudo….. existe 1 que faz pela a primeira vez toca de levar com eles.

    Lembro-me perfeitamente quando ia para a 5 de Outubro e para percorrer a mesma demorava algum tempo devido aos carros parados em 2 fila com os famosos 4 piscas, quase que aposto que hoje em dia não mudou nada quem diz esta, diz outras.

  10. Sergio Garcia says:

    Tem que imperar o bom senso, para quem é comerciante e nao tem disponivel o lugar de cargas e descargas, os 4 piscas e em segunda fila sem impedir a passagem do transito, ajuda se a policia aparecer.. ” Senhor Guarda, fui ali à minha loja descarregar esta caixa ” e o senhor guarda compreende.
    Agora colocar 4 piscas para ir ao banco ou à casa de banho do café, é limpa-los todos a eito

    • Paulo L says:

      Não intendi esse conceito, ajuda aí a perceber.

      Portanto, carro mal estacionado em segunda fila e a ocupar uma faixa de rodagem, mas sem impedir a passagem do trânsito (existe outra faixa no mesmo sentido ou caso contrário sempre existe a opção de os outros veículos irem á faixa de circulação contrária).
      Em primeiro lugar, se estás em segunda fila, estás a prejudicar o trânsito porque obrigas os outros veículos a circular á volta do teu carro.
      Em segundo lugar, onde está escrito que um comerciante deixar uma caixa na sua loja é mais importante que um funcionário que vai ao banco na sua hora de almoço e se tem de despachar para voltar ao trabalho ainda dentro da sua hora de pausa? A desculpa pode ser “ senhor polícia, fui só ao banco e tenho de me despachar porque se me atraso o sou demitido.
      Em terceiro lugar, isso não é bom senso, é simplesmente estupidez e arrogância em pensar que a tua caixa é mais importante que o assunto bancário (pode que o motorista foi assinar o contrato da sua nova casa, algo importante da vida de uma família.

      • Vitolas says:

        Não estamos a falar de veículos ligeiros de passageiros ou de mercadorias que vá fazer uma descarga estamos a falar de veículos pesados ou de dimensões consideráveis,que não estacionam em qualquer lado e que tem de estar parados perto de onde vão descarregar.Achar que isso é o mesmo que alguém que tem de ir ao banco ou afins e que pode estacionar mais longe e andar que até faz bem, demonstra o bom senso e o pouco que se usa os neurónios no nosso pais.

        Alias, já por varias vezes vi policias a ajudar no transito em zonas problemáticas onde veículos estão a descarregar ilegalmente como dizes,experimenta lá ir pedir a Psp para ajudar a controlar o transito enquanto o teu carro fica mal estacionado para ires beber café ou comprar a revista maria.

  11. rikardo pereira says:

    se está mals estacionado, nao importa ter os picas ligados ou nao.. está mal e pronto.. se nao andava tudo com os 4 piscas ligados para nao pagar multas de radar por excesso de velocidade……

  12. pcrat says:

    Deviam fazer era um artigo sobre a localização da manete dos piscas nos carros, que as pessoas não os usam em lado nenhum… Todos sabem do botão dos 4 picas, mas ninguém sabe onde é a manete dos piscas e para que serve… Venha la um artigo… Se quiserem, existem dados sobre este assunto.

  13. Alguém que anda na estrada says:

    Pena é que muitos não dêem a devida utilização á manete dos piscas de mudança de direção como os 4 piscas, ultimamente para muitos passou de necessário a acessório.

  14. João Pêgo says:

    Pois as leis existem mas a polícia não multa. São os policias que devem multar e não avisar como se estivessem a educar crianças. Os condutores, quando estudaram o código, responderam ao código. Agora só têm de o cumprir. Como não são multados, infringem as leis e os outros que se lixem. Ecocentrismo Mundial

  15. Mário Santos says:

    Quando tive aulas de código o meu instrutor chamava os 4 piscas de “Botão para estacionar em qualquer lado”

  16. iFernando says:

    Indevidamente, muitos usam os quatro piscas para agradecer.
    Dando uma informação de perigo errada.
    É tão fácil levantar a mão….

  17. Rui says:

    Era melhor levantar o pé, principalmente a 200 km/h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.