Quantcast
PplWare Mobile

China consegue produzir carros elétricos por menos 10.000 euros, diz executivo do ramo

                                    
                                

Fonte: Reuters

Autor: Marisa Pinto


  1. B@rão Vermelho says:

    O que o Srº não diz é porque que os ordenados são mais baixos, seguramente não é por vontade dos trabalhadores eles também gostão de dinheiro, pagar ordenados baixos em ditadura é muito mais fácil.
    Em relação a qualidade não sei, mas nos diversos países Asiáticos que conheço já há bastantes carros elétricos Chineses e há alguns bastante bonitos e bem conseguidos.

    • TugAzeiteiro says:

      Mas basta virem produzir para Portugal que o preço de produção irá ficar ela por ela… os nossos salários já caminham de encontro aos de países de 3º mundo, depois há a questão do custo com transporte, já estamos na ponta da Europa, logo é mais barato que na China… Portanto estamos a caminhar para lá… Viva Portugal Mais uns anos e caminhamos para o nº 1 da Europa…

      • Toni da Adega says:

        Os salários (líquidos) em Portugal são baixos, mas se formos a comparar os salários brutos (custo para a empresa) estamos na média Europa. Isto devido aos impostos extremamente elevados

      • PTO says:

        Que estupidez de afirmação. Obviamente não tens a minima ideia do que é um salário de um país do 3º mundo.

        Mas se aqui é assim tão mau (dizes tu) pega na trouxa e põe-te daqui para fora, pessoas com a tua mentalidade limitada e ignorante não fazem falta nenhuma a Portugal.

    • David Guerreiro says:

      E não só, também porque é tudo uma porcaria, materiais dos 300 e as baterias num instante vão. Não tenha mentalidade de senhora, que basta ser bonito, o resto não interessa.

      • Grunho says:

        Em matéria de avarias os fabricantes europeus não ficam atrás da concorrência. Uma avaria é sempre uma oportunidade para esfolar melhor o cliente, facturando-lhe uma reparação caríssima ou vendendo-lhe outro carro, e os europeus são mestres em aproveitá-las. E já agora, os tais materiais dos 300 e as baterias dos carros europeus são produzidos maioritariamente na China. Portanto, um carro europeu é um carro chinês sabotado à nascença.

        • B@rão Vermelho says:

          Há uma diferença, do ser feito na China e ser feito na China com padrões de qualidade Europeu, dando um exemplo prático os produtos da Apple são feitos na China e a qualidade é inegável, assim com outros produtos feito na China os tlf da Vivo ou da Oppo são a prova viva que também da China podem vir produtos de classe mundial.

          • Mr. Y says:

            O continuarem a achar que os produtos na China são da mesma qualidade que há 30 anos depois admiram-se da fatia de mercado que a China tem no comércio mundial…

      • Yamahia says:

        Na generalidade todos os BEV o são. Uma miséria franciscana em termos de requinte e qualidade. Salvo algumas raras e honrosas excepções.

    • Sabe-se lá says:

      Em questão á qualidade, conheço um sábio que costuma dizer:
      “A china faz o fraco, mas também faz o bom”

  2. Técnico Meo says:

    Será que aguentam cair de um barranco abaixo sem matar os ocupantes? Maybe not …

    • JP says:

      Esse tal, também os fecha lá dentro e a seguir frita-os. Deixem-se de fanatismos. Foi um milagre não terem morrido.

    • PTO says:

      Pega no mesmo carro, com as mesmas pessoas e atira-os outra vez abaixo do mesmo barranco.
      Aposto contigo que o resultado não será o mesmo que o inicial. E se voltares a tentar mais uma terceira, quarta e quinta vez, o resultado continuará a não ser igual ao resultado inicial.

      É que milagres como aquele (afirmação dos serviços de resgate que lá estiveram) só acontecem muuuuito raramente, seja qual for a marca do carro.

      • Técnico Meo says:

        Deixa-me adivinhar, Se fosse BMW ou Mercedes etc etc era ciência e qualidade, inovação etc etc. Mas como é algo de alguma forma relacionado com o musk é coincidência e milagre… Eu nem sabia, mas fui ver os testes europeus e Americanos de testes auto e é o carro mais seguro comercial que passa nos testes de choque com distinção. Mas não, é milagre e coincidência. Respondo-lhe o mesmo que me responderam acima…..deixem-se de fanatismos…

  3. Jota says:

    Por aqui se vê o quanto os stands/concessionários de automóveis estão a mamar!

  4. Linus says:

    Da china não ha qualidade. Venham produzir para Portugal que assim o pais sempre crescia, veja se a skoda na republica checa. Quem diria que hoje em dia um checo compra casa em Lisboa e diz que e barato

  5. guedes says:

    O salário de um trabalhador médio Chinês numa fábrica provavelmente já é superior ao Português

  6. Luís Silva says:

    Quando vierem para as lojas dos 300 chineses, vou lá comprar dois; um para quando avariar o outro 🙂

  7. AlexX says:

    “O executivo diz que estes custos mais reduzidos são possíveis devido aos custos mais baixos de pesquisa e desenvolvimento na China, assim como os níveis mais baixos de capital e também devido aos salários mais baixos do que na Europa.” O que o executivo convenientemente não diz é que a China é provavelmente o maior sanguessuga de minério no mundo com a quantidade de minas que detém na China e na África onde trabalham muitos escravos entre eles crianças. Adoeceu ou não quer trabalhar mais na mina? É morto. Depois não lhes falta actualmente indústria metalúrgica para purificar e trabalhar os metais que extraem/reciclam e onde trabalham mais escravos. Depois chegamos às pequenas indústrias onde são fabricadas por pessoal mal pago incluíndo uma vez mais crianças, pequenas peças que são como ingredientes que irão integrar numa peça maior montada noutra fábrica por robôs. Até que finalmente chegamos à maior fábrica robotizada onde é montado o automóvel com peças oriundas de várias centenas doutras empresas desde a origem, fábrica esta onde já se encontram trabalhadores especializados e bem melhor renumerados. Isto é feito maioritariamente na China quiçá com alguma/pouca importação da Índia, Coreia do Norte, Taiwan, e tem tudo para ser barato. Quando dizem que o preço médio caiu para 31829 euros, devem querer dizer 21829 euros (custo de produção, não de venda) para um veículo que depois é lá posto à venda por 66819 euros. Se o veículo é posto à venda por 31829 euros, nesse caso o custo de produção não deve ultrapassar os 10000 euros. Margens de lucro de 15% (ou 150% já agora) em produtos de qualidade superior são pura ilusão.

    • PTO says:

      “sanguessuga de minério”? Então e depois, os recursos são deles, estão no país deles, não podem utiliza-los?

      Se Portugal tivesse abundância de petróleo não o podia usar como quisesse?

      • AlexX says:

        Claro que podem, nem disse o contrário. Seja no país deles ou noutro qualquer onde adquiram uma mina com as devidas licenças para explorá-la. O que quis dizer é que a empresa que monta o automóvel é a excepção em termos de custos com mão de obra, a par dum punhado doutras de fornecedores onde seja montada electrónica. E mesmo nessas são apenas alguns operários que ganham mais e a quem é permitido levar uma vida um pouco melhor. Em todas as outras de fornecedores de matéria prima e peças, o custo para com a mão de obra é muitíssimo mais baixo que aquele que o executivo quis insinuar. No final tens um bom carro a preço baixíssimo e ainda assim com excelente margem de lucro. Nenhum outro país no mundo consegue competir com isso. Daí teres personagens como Biden, Lula Silva e Klaus Schwab elogiando a China como sendo um bom modelo a seguir. Vai ser fantástico.

  8. Jr says:

    Isso custa a maioria dos carros comerciais em espanha! Novos.

  9. AP says:

    Continuemos a comprar mas depois não se qeixem que o mapa Mundi geopolítico está a rodar e a Europa a ser atirada para o fim da folha do lado esquerdo. Depois vemos países encostados aos Chineses a ganhar força e até a tentar invadir vizinhos. E as grandes empresas estão lá preocupadas connosco… Querem é encher os bolsos. Morra quem morrer, seja aos tiros ou seja de fome.

    Comprem meninos comprem!

    • Linus says:

      E? Ate podes ter razão mas as pessoas so querem consumir. Eu compro roupas que nem visto, carroes e gadgets que mudo a cada 2 anos, adoro consumir e quero e que seja acessivel. Quero la saber se e feito na china com bebes a trabalhar, desde que chegue a mesa tudo bem

      • AP says:

        É verdade. Está tudo viciado. Estão dopados e já não conseguem viver sem a dose de consumismo.

        Agora a culpa da guerra, de estarmos a ficar para segundo plano neste barco chamado Europa é de alguém menos nossa. Olhem… Os grandes CEOs que fugiram há 20 anos para a China e nos deixaram desemprego é que deviam ir engrossar as fileiras na Ucrânia. Mas pronto… Como sempre enchem os bolsos, assobiam de fininho, e ainda transformam as ovelhas em carneiros a marrar uns com os outros.

  10. luisa says:

    Por esse preço compro já dois carros chinocas! Manda vir

  11. Carlos says:

    Como se vê nos comentários a chinofobia está em marcha esquecendo-se eles que a maior parte dos bens de consumo (gadgets, componentes electrónicos, etc) são lá fabricados. Pensar é difícil!…

  12. Jorge says:

    Pois nem gratis os aceito!! Seja que marca ou qualquer modelo electricos NUNCA

  13. secalharya says:

    A Tesla faz por 27.000€.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.