PplWare Mobile

Carros elétricos: Reclamações dos postos de carregamento MOBI.E aumentam 266%


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. as13 says:

    Pois, esta é vergonhosa realidade dos carros eletricos. Postos rápidos de carregamento por ex. no Porto são 2.
    Chega-se a estar 2,5h a 3,5H para carregar o carro num posto rápido.
    Tenho um 100% eletrico que trabalha 24h, estou seriamente a pensar substitui-lo por um disel novamente.
    Para além do preço dos carregamentos rápidos esta também a falta deles. Inviabiliza qualquer negocio.

  2. Gonçalo Oliveira says:

    Não havendo infra-estruturas para o apoio à utilização dos carros eléctricos, ou as que havendo não dão a resposta necessária face ao crescente número de veículos, é sem dúvida um revés à generalização destes.

  3. Carlos says:

    Imaginem quando existirem umas centenas de milhares de eletricos a circular e uns bons milhares de postos de carregamento.
    Todos deviam fazer como a Tesla que penaliza fortemente, ao minuto, o tempo que o carro fica no carregador depois de carregada a bateria.

  4. AxTag says:

    Mais uma vez financiamos algo que vai ser pago por nós e no final há alguma empresa privada que lucra. Se os privados querem ter uma melhor rede os privados que as financiem. Eu antes de comprar um Plugin vi tudo e um par de botas para firmar a minha decisão, inclusive o site das condições da Mobi.E que indica que após reclamação por mau funcionamento de um carregador tem X horas para resolver o problema. Posso dizer-vos que no primeiro dia que recebi o carro tentei carregar junto ao meu escritório e vi que o posto se encontrava completamente inoperacional. Reportei e até hoje o problema não está resolvido (tendo já passado 4 meses). É inadimissivel que o estado faça entidades e contratos de níveis de serviço quando no final ninguém fiscaliza para saber se são cumpridos ou não.

  5. CMatomic says:

    Precisamos de um posto de carregamento , por zona , por aldeia , 30km em 30 km em estradas regionais , só assim a coisas funcionam .

    E o estado deve dar isenção de imposto nos carregamentos feito por viaturas empresariais .

    • CMatomic says:

      ” Carregamento rápido ” temos em Portugal uma empresa disponibiliza postos de garramento rápido que permite futuramente as viaturas eléctricas efectuar carregamentos 100 km de autonomia em apenas 5 minutos .

    • Pedro Ferreira says:

      Mais isenções para as empresas? Os carros da frota que paguem como os outros. Até porque neste caso não estamos a falar certamente de veículos de transporte de mercadorias mas sim dos carrinhos de alta cilindrada dos patrõezinhos. Paguem e não bufem. O país está farto das vossas isenções.

      • Tekman says:

        @Pedro Ferreira No que diz respeito a viaturas, as empresas não só pagam os impostos que todas as pessoas pagam, como pagam um imposto adicional chamado Tributação Autónoma.
        Tenho uma micro empresa e não beneficio de qualquer isenção do Estado, antes pelo contrário, pago mais impostos do que pagava quando era trabalhador por conta de outrem.

  6. Tunes says:

    Eu so gostava de saber quem e que esta a lucrar com isto. Como e que e possivel instalarem caixas novas e ao fim de umas semanas estarem inoperacionais? Querem que o pessoal invista numa viatura electrica e depois nao a carregadores suficientes, e nem penalizacoes serias para aqueles que deixam o carro a carregar 24h no mesmo sitio, numa situacao na zona de Almada precisei de carregar o carro passei por 5 carregadores e todos avariados.resultado fiquei apeado.

  7. santos says:

    eu tenho o tesla XP100D e estou muito contente , em Noruega tudo funciona diferente..

    • Eu próprio says:

      Com as temperaturas da Noruega deixas o carro na rua 2 dias e ficas com a carga a zero. Nem a porta consegues abrir. Kkk

      • mlopes says:

        deve ser por isso que têm um parque de elétricos enorme e as compras de elétricos crescem enormemente significando já mais de 50% das aquisições de veículos novos

  8. Tony says:

    Infelizmente não somos de raciocínio igual ao povo da Noruega.
    Não temos políticos honestos nem de raciocínio rápido.
    Toda a porcaria que os nossos políticos acharem que é bom para Portugal o povinho assina por trás.
    Conto aos carros elétricos de baterias!?…esperem e vão ver de aqui alguns anos o problemas que vão ter.
    Isenção de impostos??? He he he… aguardem.

  9. Tony says:

    Não se esqueça de tomar as vacinas da gripe e das aves.hehehe

  10. Ze says:

    Reclamam a partir do momento que é a pagar! Quando era à borla e há conta até se submetiam a fazer serões longe de casa para carregar o carrito à conta dos outros! Começou a ser pago, aparece o tuga a reclamar…

    • Eu says:

      Não fales sem saber.
      os carregadores pagos são poucos os que não funcionam. São os carregamentos normais que estão na sua maioria desligados e esses não se pagam ainda. Se calhar o problema é mesmo esse. Não são pagos não há vontade de reparar e deixar em funcionamento.

  11. jaugusto says:

    Agora que o estado quer carros electricos já tem dsculpa por chegarem com 2 dias de atraso!!

  12. Vitor says:

    Jasus 4500km mês, dois meses da 9000km. Preço edp 877 euros. Ora meu Clio atesta com 50 paus diesel. faz 900km. 900km por 10 da 9000km. 10 por 50 paus da 500 paus. Meu diesel e mais econômico k eléctrico e mais barato na compra. Manutenção, já sei, barata estamos a falar de Clio.

    • Tiago Barros says:

      Bem, primeiro de tudo acho que quem deu essas informações não as está a contar corretamente,. Digamos que ele tenha um Nissan leaf ( ou equivalente) tem 320 km de autonomia wltp, e as estimativas de carga num plano bihorario é de 2€/100km por isso é MT difícil esses dados estarem corretos.

    • Eu próprio says:

      Que os carros elétricos ficam mais caros ao Km do que os diesel só os maluquinhos não querem ver. Já disse isso várias vezes. Comprem elétrico e depois chorem.

    • JV says:

      Ele está a carregar em postos de carregamento rápido, é natural que gaste MUITO mais. Nem sequer é um modelo de negócio sustentável e ou não fez contas ou as fez mal na altura de se meter nessa aventura. É a mesma coisa que o Vitor no seu Clio citadino andar sempre em AE a 140km/h e atestar nas bombas de auto estrada com preços bastante mais altos, esses 50 paus vão-lhe dar para muito menos do que dão atualmente.

      Cada carro tem a sua utilização. Um citadino em auto estrada gasta muito mais do que devia e um elétrico a carregar em postos de carregamento rápido paga preços exorbitantes. Mas, tal como o Tiago diz, esses valores parecem estar incorretos

      • as13 says:

        Esses valores estão corretos. O carro só carrega em postos rapidos. Sim, fiz contas o problema é que quando o carro foi comprado em Setembro não se sabia o preço dos carregamentos. Se for para carregamentos em casa é um bom negocio. Neste momento só vale pela manutenção e pouco mais, dai eu estar a pensar trocar novamente para um disel.

  13. AxTag says:

    Vejo montes de discussão sobre se compensa ou não compensa mas também percebo que as pessoas falam sem saber. O custo por cada 100km varia entre 10/13 kw/h, logo tendo em conta que em casa pago 0,10 centimos por cada Kw/h façam as contas. Nem o carro Diesel mais económico do mundo…Já agora provem que a viciação das baterias acontece como falam, parece que estão a falar de um Nokia dos anos 90.

  14. Vitor says:

    Então elétrico só se for para carregar em casa, nos postos de carregamentos nem pensar, mais um entrave aos electricos.

  15. Ana Gomes says:

    Os seguintes postos não estão a funcionar, alguns à mais de 2 semana. É inadmissível esta situação.

    Gostava de saber como vou carregar o meu veiculo!!!!

    Posto LSB-00091 – Av. D. Carlos I, Lisboa
    Posto LSB-00101 – Rua Dom Luís I, Lisboa
    Posto LSB-00169 – Avenida 24 de Julho, Lisboa
    Posto LSB-00110 – rua António Maria Cardoso, Lisboa

    • Axtag says:

      Amigo, a da 24 de Julho não está a trabalhar pelo menos desde Outubro do ano passado. Já reclamei por escrito pois trabalho também nessa zona e nem resposta tive

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.